20171109

Crendo na Palavra da nova aliança! Rm 10:17. Pr. Edenir Araújo - CUlto de Celebração - 05/11/17

“E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo.” Rm 10:17 (RA)

Introdução

O poder do Evangelho consiste em viver cada momento na presença do Senhor abundantemente, para isso, precisamos ter confiança de que todos os nossos pecados foram de fato perdoados. Segundo Isaias, o pecado separa o homem de Deus, afasta-nos das manifestações de poder do Senhor.

Muitos cristãos ainda se comportam como se a responsabilidade de manterem-se perdoados coubesse a eles por intermédio das obras que fazem. É por isso que muitos carregam um perpétuo sentimento de culpa e condenação, associado ao pensamento de que perderam a comunhão com Deus até que confessem todos os pecados.

Muitos irmãos, pastores, líderes, estão confusos quanto ao perdão de Deus.

Muitos irmãos estão crendo de maneira errada a respeito do perdão de Deus. Mesmo pastores, pregadores e líderes, com títulos e credenciais eclesiásticas ainda estão confusos acerca do ensinamento do perdão. Se você não entender que os seus pecados foram todos perdoados, dificilmente você receberá toda a graça que lhe está reservada.

Existem dosi tipos de ensinamentos quanto ao perdão de Deus na Bíblia. Um, está baseado na antiga aliança, enquanto que o outro está baseado na Nova Aliança.

Na antiga Aliança, o perdão é concedido mediante ao seu esforço. Na nova aliança, seu perdão é concedido pelo que Cristo fez.

Mudar a sua teologia é fundamental para que algo novo aconteça. Sua crença e valores determinam o que você vai experimentar.

Como entender o evangelho

O melhor jeito de entender o Evangelho puro e libertador, é olhar o que os apóstolos pregaram na igreja primitiva. Vamos examinar o que Paulo, o apóstolo da nova aliança, pregou:

Em Listra, costumava estar assentado certo homem aleijado, paralítico desde o seu nascimento, o qual jamais pudera andar. 9 Esse homem ouviu falar Paulo, que, fixando nele os olhos e vendo que possuía fé para ser curado, 10 disse-lhe em alta voz: Apruma-te direito sobre os pés! Ele saltou e andava.” Atos 14:8-10

Observe como o Espírito Santo descreve este homem aleijado:

Primeiro, ele estava sem força em seus pés.
Segundo, ele era deficiente desde o ventre de sua mãe.
Terceiro, ele jamais tinha andado.

O Espírito Santo usou três diferentes descrições para enfatizar que o homem não podia andar e estava enfrentando um problema aparentemente impossível de ser solucionada. No entanto, quando ele ouviu Paulo falando, ficou cheio de fé para ser curado! Ele ouviu a pregação, a pregação pela palavra de Cristo e isso ativou sua fé! Rm 10:17

Ouvir a palavra de “CRISTO” nos liberta

O homem de Listra ficou cheio de fé porque ouviu a palavra de Cristo! Algumas traduções da Bíblia constam que a fé vem pelo ouvir “a palavra de Deus”. Mas se você estudar a palavra original em grego para “Deus” aqui, verá que não está sendo utilizada a palavra Theos para “Deus”, e sim Christos, que é “Cristo”.
Observe que a fé não vem pelo ouvir a palavra de Deus, porque a palavra de Deus abrange tudo na Bíblia, incluindo a lei de Moisés. Não há liberação de fé quando você ouve os Dez Mandamentos sendo pregados. A fé vem somente pelo ouvir a palavra de Cristo. Ouvir a palavra de Cristo é ouvir a pregação e o ensino puro através da nova aliança da graça e da obra consumada de Jesus.

Somente quando Cristo é pregado a fé é transmitida. Você pode pregar qualquer texto do velho testamento, mas deve fazer isso sob a perspectiva de Jesus e de Sua graça. Sim, porque Ele estava lá. Afinal de contas, Cristo está oculto no Antigo Testamento e revelado no Novo Testamento.

Voltemos a mensagem de Paulo

Agora voltemos para a mensagem de Paulo e a pergunta que faço é: O que Paulo estava pregando? O que era tão poderoso a ponto de conceder tal fé àquele homem que o levou a crer na cura, mesmo em sua situação impossível? Com certeza Paulo estava pregando o Evangelho de Jesus, a mensagem da graça!

“Tomai, pois, irmãos, conhecimento de que se vos anuncia remissão de pecados por intermédio deste; 39 e, por meio dele, todo o que crê é justificado de todas as coisas das quais vós não pudestes ser justificados pela lei de Moisés.” At 13:38-39

“38 Portanto, meus irmãos, quero que saibam que mediante Jesus lhes é proclamado o perdão dos pecados. 39 Por meio dele, todo aquele que crê é justificado de todas as coisas das quais não podiam ser justificados pela Lei de Moisés.” Atos 13:38-39 (NVI)

“Quero que vocês saibam, meus prezados, que é por causa do Jesus ressuscitado que o perdão dos pecados pode ser prometido a vocês. Ele realiza, naqueles que creem, tudo que a Lei de Moisés nunca pôde realizar. Mas qualquer um que crê no Jesus ressuscitado é declarado bom e justo diante de Deus.” Atos 13:36-39 (A Mensagem)

A antiga aliança estava fundamentada na justificação pelas obras (obediência aos Dez Mandamentos). Você precisava ter um bom desempenho para ser perdoado. Mas a nova aliança da graça é fundamentada inteiramente na justificação pela fé (crer em Jesus Cristo). A exigência não está mais sobre você, e sim em Cristo. Esta é a boa-nova: Todos aqueles que creem em Jesus recebem perdão de todos os seus pecados e são justificados de todas as coisas!

Temos um advogado junto ao Pai que intercede por nós

“Será que alguém poderá condená-los? Ninguém! Pois foi Cristo Jesus quem morreu, ou melhor, quem foi ressuscitado e está à direita de Deus. E ele pede a Deus em favor de nós.” Rm 8:34 (NTLH)

“Quem pois é que nos condenaria? Ninguém o poderia fazer visto que foi mesmo Cristo quem morreu e ressuscitou por nós, e se encontra sentado no mais honroso lugar junto de Deus, ali intercedendo em nosso favor.” Rm 8:34

Para todo ato de pecado há duas manifestações:

1.      Jesus intercede por nós. Rm 8:34; 1Jo 1
2.      O diabo intercede contra nós. Acusador dos nossos irmãos - Ap 12:10

Voltemos ao homem de Listra

Podemos imaginar como o homem em Listra respondeu quando ouviu Paulo anunciando que ele poderia ser justificado de todas as coisas se apenas cresse em Jesus. Quando ele ouviu Paulo pregando sobre a boa nova de Cristo, a fé veio e encheu o seu coração. Com lágrimas em seus olhos, ele deve ter ignorado suas pernas defeituosas e rejeitado cada pensamento de enfermidade. Em lugar disso, ele deve ter acreditado com todo seu coração que se cresse em Jesus Cristo, seria perdoado de todos os seus pecados. Ao ouvir a mensagem certamente ele disse: Eu creio!!! E naquele momento, ouviu uma voz forte dizendo: “Levante-se! Fique em pé!” Era Paulo dando uma ordem a ele, e antes que tivesse tempo de hesitar, ele se viu saltando sobre seus pés com alegria e, pela primeira vez em sua vida, ele andou!

O evangelho da graça transmite fé, e quando você ouvir a mensagem da cruz, a boa nova da graça, diga: Eu creio!!! Observe que Paulo não precisou colocar as mãos sobre o homem para curá-lo. Não houve apelo, ninguém foi convidado para ir a frente para receber cura. A fé para ser curado veio sobre aquele homem simplesmente ao ouvir o evangelho de Jesus Cristo.

Quanto mais revelação você tem da obra consumada de Jesus, mais recebe uma liberação de fé para qualquer situação, mesmo as aparentemente impossíveis!

O texto não menciona o nome do homem de Listra, acredito que de propósito. Para que você seja esse homem ou mulher de Pirituba, do Jaraguá, de Franco da Rocha, de São Paulo, etc.

Coloque seu nome no texto, creia e viva o mesmo milagre que esse homem experimentou!!! 

Esse é o poder do ouvir, e ouvir o Evangelho de Jesus.

É desse modo que a fé surge! Quanto mais de Jesus nós ouvimos e cremos, mais de Sua graça recebemos.
Jesus perdoou todos os nossos pecados e venceu todas as nossas lutas quando nos justificou naquela cruz, creia nisso!

O homem de listra creu e foi perdoado e curado! Não sei quem você é e nem o problema que está enfrentando, mas sei que Jesus não mudou, pois nele não há sombra de variação, Ele é o mesmo ontem, hoje e para sempre será! Creia agora e seja perdoado de todos os seus pecados, curado de todas as enfermidades e completamente restaurado em todas as áreas de sua vida em nome de Jesus!

Cabe aqui o apelo que Paulo fez àquele homem:


“Levante-se! Fique em pé!”

Deus é bom, e quer prosperar você! Mt 7:11. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 29/10/2017

“Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhe pedirem?” Mt 7:11

Queridos, uma coisa que tenho aprendido é que não existe evangelho da prosperidade, só há um evangelho: O evangelho de Jesus Cristo! Esse evangelho é o evangelho da prosperidade, pois na cruz Jesus tomou sobre si a maldição da pobreza e miséria.

Quando nascemos de novo, passamos a receber toda prosperidade que Jesus conquistou na cruz. Ouça com atenção o que Paulo escreve aos Gálatas: “Assim vocês não são mais escravos; vocês são filhos. E, já que são filhos, Deus lhes dará tudo o que ele tem para dar aos seus filhos.” Gl 4:7

O problema é que muitos vivem como escravos, mesmo sendo filhos. “Digo, pois, que, durante o tempo em que o herdeiro é menor, em nada difere de escravo, posto que é ele senhor de tudo.” Gl 4:1

É sabido de todos nós que um pai sempre procura dar o melhor para seus filhos. Agora tente imaginar como o nosso Pai celestial deseja tratar com as nossas necessidades.

Se queremos ver nossos filhos saudáveis, Deus Pai quer que você experimente de sua abundante saúde. Da mesma forma que queremos nossos filhos recebendo além do que precisam, Deus Pai quer que desfrutemos de sua provisão sobrenatural. Essa é a perspectiva que Jesus nos dá quando diz que nosso Pai quer nos dar muitas bênçãos.
Deus se alegra na prosperidade de seus filhos!
Porque Ele se Alegra, Ele tem o desejo, tem prazer em que sejamos prósperos. Sl 35:27

Deus não tem prazer no sofrimento dos homens

Acredite, Deus abomina a miséria, a pobreza, as doenças e os vícios. Ele deu tudo o que tinha para exterminar com a pobreza e a doença quando nos deu Jesus Cristo para morrer na cruz por cada um de nós! Jesus decidiu levar sobre si as nossas dores e enfermidades. Sobre seu corpo todo pecado foi lançado e a obra consumada de justificação nos trouxe da sua abundante graça. Deus quer que experimentemos de sua abundancia de bênçãos. Deus quer que sejamos abençoados no espírito, na alma e no corpo. Na graça de Jesus há uma promessa de prosperidade e abundância de bens.

Algumas pessoas pensam que Deus é contra você ter muito dinheiro e bens.

O Senhor não é contra você ter dinheiro e bens, Ele é contra o dinheiro e as coisas possuírem você. Gosto de uma frase do pastor Joseph Prince: “Ame as pessoas e use o dinheiro, não ame o dinheiro e use as pessoas.” Deus quer que você e sua família sejam totalmente abençoados com mais do que o suficiente para serem bênçãos. Minha oração é para que a maravilhosa graça do Senhor nos prospere abundantemente nos fazendo desfrutar de tudo o que nosso Pai amoroso tem para nos dar.

A oração de Jabez pode nos ensinaro quanto Deus quer nos abençoar.

“Foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos; sua mãe chamou-lhe Jabez, dizendo: Porque com dores o dei à luz. 10 Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Oh! Tomara que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido.” 1Cro 4:9-10 (ARA)

“9 Houve um homem chamado Jabes, que foi a pessoa mais respeitada da sua família. A sua mãe pôs nele o nome de Jabes porque ela havia sofrido muito durante o parto. 10 Mas Jabes orou assim ao Deus de Israel: “Ó Deus, abençoa-me e dá-me muitas terras. Fica comigo e livra-me de qualquer coisa que possa me causar dor. E Deus atendeu a sua oração.” 1Cro 4:9-10

Essa é a menor biografia da Bíblia, e aparece em uma genealogia. Os 4 primeiros capítulos do primeiro livro de Crônicas mencionam uma genealogia. Quinhentos nomes aproximadamente são mencionados, apenas constando e ponto nada mais que isso, mas quando aparece o nome desse homem chamado Jabez, algo diferente acontece. A genealogia imediatamente é interrompida e só depois de contar a história de Jabez o texto continua. A respeito de Jabez, o texto diz que ele foi o mais importante, o mais nobre de seus irmãos. Dos quinhentos personagens dessa genealogia ele foi o mais ilustre, mas não era pra ser assim, a começar pelo nome que Jabez recebeu de sua mãe.

O nome Jabez significa: Dor ou aquele que provoca dor.

O texto diz que sua mãe lhe deu este nome pelas dores fortíssimas que sentiu no parto. Nos tempos Bíblicos os nomes eram profundamente ligados a personalidade da pessoa.

Mas no verso 10, Jabez faz uma oração, não baseado em quem ele era, mas no que ele cria que Deus era. O pedido simples e direto que fez a Deus, mudou a sua vida e marcou a história de Israel. Essa oração diferenciou Jabez de todos os demais nomes da lista.

A oração de Jabez pode ser sincera, sensível, e até nobre, mas não poderíamos dizer que é extraordinária.

Jabez não foi um “Grande” homem de Deus.

Jabez não aparece triunfalmente no Antigo Testamento, como um Moisés, Davi ou Elias, nem tampouco no Novo Testamento como um herói da fé cristã. Ele não ilumina o livro de Atos como aqueles primeiros cristãos que viraram o mundo de cabeça para baixo. Mas uma coisa é certa: a pequena diferença na oração de Jabez, fez toda a diferença.

1º Jabez pediu a Deus a sua bênção. Oh! Tomara que me abençoes...”. V. 10

Em uma recente pesquisa entre cristãos, descobriu-se que 85% dos cristãos não pedem a bênção de Deus diariamente. Estes dizem: Deus sabe do que eu preciso, então não preciso ficar pedindo, só agradeço. Muito bonito e poético e até piedoso, mas pouco bíblico. Jesus disse: Pedi e dar-se-vos-a!!!

Um depósito de bênçãos estocadas

Alguém contou que teve uma visão do céu, enxergou um galpão com uma porta escrita com o seguinte dizer: DEPÓSITO. Quando o irmão adentrou aquele lugar viu muitas bênçãos empoeiradas. Perguntou ao anjo ali presente: Porque tantas bênçãos empoeiradas aqui desse jeito? O anjo respondeu: Os homens não as reinvidicam através da oração, e elas continuam aqui.
Nas traduções diversas da Bíblia na nossa língua, podemos ler:

Oh! Tomara que me abençoes...” (ARA)
“Se me abençoares muitíssimo...” (ARC)
“Oxalá que me abençoes...” (ARMT)
“Que tu me abençoes...” (ASXXI)
“Peço-te a tua bênção...” (BPT)
“Peço que me abençoes...” (Católica)
“Tomara que me dês a bênção” (CNBB)
“Peço-te que me concedas as tuas maravilhosas bênçãos!” (O Livro)
“Oh, quanto eu desejo que o Senhor me abençoe maravilhosamente...” (VIVA)

Mesmo diante de tantas traduções desse início da oração de Jabez, não foi possível traduzir o que realmente o original em hebraico diz. A expressão para essa frase Oh! Tomara que me abençoes” é algo como: “Deus me abençoes muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito...! Me abençoes muitíssimo!”.
A bênção nada mais é do que a perfeita vontade de Deus sendo feita em nossas vidas. Orar pela bênção é orar para que o desejo de Deus se cumpra. “A bênção do Senhor é a base da verdadeira riqueza, pois não traz tristezas e preocupações”. Pv 10:22

Falta-nos orar como Jabez: Senhor me abençoe muito! “Pedi, e dar-se-vos-á...” Mt 7:7; “Nada tendes, porque não pedis, diz Tiago.” Tg 4:2

Se ontem não lhe pedimos a bênção, então não receberemos hoje o que poderíamos receber.

2º Jabez pediu crescimento. “me alargues as fronteiras.” V. 10
“Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.” 1Co 2:9

Agora alargar as fronteiras é ter mais influência, maior responsabilidade. Algumas pessoas não desejam isso. Temem crescer e decidem continuar onde estão porque não querem mais responsabilidades.

Saiba de uma coisa: Não crescer é pecado!!!

Você pensa que pecado é só falar palavrão, se drogar, se prostituir, assistir a novela das 8. Não desejar crescer é pecado e é gravíssimo porque fere o primeiro mandamendo de Deus para o homem. Gn 1:26
Jabez conhecia Gênesis 1:28 e por isso decidiu orar “me alargues as fronteiras.”

3º Jabez desejou a obra das mãos de Deus em sua vida. que seja comigo a tua mão”. V. 10
A mão de Deus só será com você se você estiver disposto a trabalhar para o reino de Deus. A mão de Deus foi com sansão enquanto estava com aquela queixada matando aqueles mil filisteus, mas quando agiu de maneira pecaminosa Deus retirou sua mão e a vida de Sansão de desgraçou no colo de uma mulher chamada Dalila. Davi foi um grande guerreiro enquanto as mãos de Deus foram com ele, mas quando se distanciou da mão de Deus, foi derrotado e envergonhado.
Quem ora para que as fronteiras se alarguem, precisa pedir a proteção das mãos de Deus. Pois os desafios serão maiores, e as lutas mais ferrenhas. As oportunidades que surgiram na empresa onde você trabalha parecem exigir recursos que você não possui. A obra ministerial que lhe foi confiada parece exigir uma pessoa com habilidades muito superiores às suas. Isto tudo produz uma sensação de desconforto e insegurança, mas este sentimento se chama dependência. Quando deixamos de ter esse sentimento de dependência isto significa que deixamos de viver por fé.

Enquanto nos sentirmos pequenos e dependentes a mão do Senhor estará conosco

O termo bíblico “a mão do Senhor” expressa o poder e a presença de Deus na vida de seu povo.
“Para que todos os povos da terra conheçam a mão do SENHOR, que é forte, para que temais ao SENHOR, vosso Deus, todos os dias.” Js 4:24
Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem o seu ouvido, agravado, para não poder ouvir.” Is 59:1
Em Atos o sucesso da Igreja é atribuído a mão do Senhor. “E a mão do Senhor era com eles, e grande número creu e se converteu ao Senhor.” At 11:21

4º Jabez pediu livramento do mal. e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição” V. 10.

 Você se lembra de alguém que fez uma oração parecida com essa de Jabez? Se você disse Jesus acertou.

Queridos veja que Jabez centenas de anos antes de Jesus terminar o Pai Nosso dizendo: “Não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal” Jabez orou exatamente como ele.

 “Certa vez um aluno disse a Howard Hendricks: “quando cheguei ao seminário estava sendo tão tentado e atacado que pensei que iria sucumbir. Mas agora a minha vida aqui no seminário está mais tranqüila". Hendricks ficou muito preocupado – uma reação que o aluno não esperava. Esta é a pior coisa que eu poderia ter ouvido. Isto significa que você não está mais na batalha.”
Uma estória diz que dois homens saíram para caçar patos, um destes homens era caçador experiente, enquanto que o outro um iniciante. Enquanto esperavam, alguns patos se aproximaram voando em “V”, o caçador mais experiente logo atirou, e de pronto viu cair patos mortos e outros feridos. O caçador mais novo correu para pegar os patos mortos quando foi de pronto exortado pelo caçador mais experiente que disse: Não se preocupe com os mortos, não mexa neles, pois já são nossos.

Me preocupa ouvir crentes desviados em sua prepotência e orgulho dizerem: “Depois que parei com a igreja as coisas melhoraram.”

Melhoraram sim, pois satanás não está mais preocupado com você. Você não precisa orar mais como Jabez, me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição”. 
“também sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar para o dia do juízo os injustos, que já estão sendo castigados.” 2Pe 2:9

“E esta é a confiança que temos nele, que se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. e, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que já alcançamos as coisas que lhe temos pedido.” 1Jo 5:14-15  

20171026

Vença a batalha por sua mente. Parte 2. 2Co 10:4; Pv 23:7. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 22/10/2017

“3 Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne. 4 Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas 5 e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo, 6 e estando prontos para punir toda desobediência, uma vez completa a vossa submissão.” 2Co 10:4

Porque, como imagina em sua alma, assim ele é...” Pv 23:7

Introdução

Meu objetivo hoje, é te ajudar a mudar sua mente renovando seu entendimento, pois seu sistema de crenças  determinam quem você é os resultados que você alcança.
Crenças e pensamentos errados o manterão derrotado. Crenças e pensamentos corretos o lançarão à sua vitória.

Creia corretamente e você viverá corretamente. O oposto também é verdade: Creia incorretamente ou de maneira errada e você viverá de forma incorreta.

Há uma batalha por sua mente e nós a vencemos pelo poder da crença correta. O lugar onde o inimigo lança seus dardos inflamados é nas nossas mentes.

Pensamentos são gatilhos para as suas emoções.

Por que eu devo mudar meu sistema de valores e crenças?

A importância de mudar os seus valores e crenças é que tudo acontece a partir do nosso interior. Na vida de um cristão tudo acontece de dentro para fora. Estabelecer uma nova base de crenças e valores no pacto da nova aliança é de fundamental importância para que novos resultados proveitosos e duradouros aconteçam.

DEUS QUER QUE VOCÊ OLHE PARA DENTRO, MAS DEUS QUER ATRAIR A SUA ATENÇÃOS PARA DENTRO! TODA TRANSFORMAÇÃO VAI ACONTECER DE DENTRO PARA FORA!


20171019

Vença a batalha por sua mente. Pv 23:7; Rm 12:2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 15/10/17

Porque, como imagina em sua alma, assim ele é...” Pv 23:7
“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Rm 12:2

Introdução

Meu objetivo hoje, é te ajudar a mudar sua mente renovando seu entendimento, pois seu sistema de crenças  determinam quem você é os resultados que você alcança. Crenças e pensamentos errados o manterão derrotado. Crenças e pensamentos corretos o lançarão à sua vitória. As verdades que você crê tem poder para dominá-lo. “Porque, como imagina em sua alma, assim ele é...” Pv 23:7

Creia corretamente e você viverá corretamente. O oposto também é verdade: Creia incorretamente ou de maneira errada e você viverá de forma incorreta.

Há uma batalha por sua mente e nós a vencemos pelo poder da crença correta. O lugar onde o inimigo lança seus dardos inflamados é nas nossas mentes.

Pensamentos são gatilhos para as suas emoções.

Por que eu devo mudar meu sistema de valores e crenças?

A importância de mudar os seus valores e crenças é que tudo acontece a partir do nosso interior. Na vida de um cristão tudo acontece de dentro para fora. Estabelecer uma nova base de crenças e valores no pacto da nova aliança é de fundamental importância para que novos resultados proveitosos e duradouros aconteçam.

“Portanto, com a ajuda de Deus, quero que vocês façam o seguinte: entreguem a vida cotidiana — dormir, comer, trabalhar, passear — a Deus como se fosse uma oferta. Receber o que Deus fez por vocês é o melhor que podem fazer por ele. Não se ajustem demais à sua cultura, a ponto de não poderem pensar mais. Em vez disso, concentrem a atenção em Deus. Vocês serão mudados de dentro para fora. Descubram o que ele quer de vocês e tratem de atendê-lo. Diferentemente da cultura dominante, que sempre os arrasta para baixo, ao nível da imaturidade, Deus extrai o melhor de vocês e desenvolve em vocês uma verdadeira maturidade.” Rm 12:1-2 ( A Mensagem)

Deus quer trabalhar de dentro para fora.

Tabernáculo - A planta do tabernáculo foi dada a Moisés de dentro para fora.
Arca da Aliança - A própria arca da aliança que representa a presença de Deus, foi construída de madeira revestida de ouro. O ouro simboliza Deus e a madeira aponta para o homem. Este foi um poderoso sinal do que aconteceria com o homem tempos depois se tornando um com Deus como nós somos hoje. Mas o Maná (Provisão), o Cajado de Arão (Autoridade) e as Tábuas da Lei (Palavra de Deus), estavam dentro da arca. Nesse contexto a arca representa o homem e tudo o que precisamos de Deus já está em nós pela sua incondicional graça.

Deus quer que você olhe para dentro de você! Não falo aqui sobre introspecção e reflexão apenas, mas sobre confiar pela fé no Deus que habita em você.
Deus vê o coração - Outro exemplo sobre esse princípio de Deus trabalhar de dentro para fora está em 1Sm 16:7. Ao escolher o futuro rei de Israel, Samuel considerou a aparência exterior de Eliabe, um dos filhos de Jessé. Todavia, Deus rejeitou a Eliabe e a escolha de Samuel. A exortação de Deus foi... Não atentes para a sua aparência, nem para a sua altura, porque o rejeitei; porque o SENHOR não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o SENHOR, o coração.” 1Sm 16:7 

Os homens são inclinados a cuidar do exterior, daquilo que é visível.

Isso é um fato! Milhares de cristãos se adornam exteriormente para irem aos cultos de celebração aos domingos. Se maquiam e se vestem bem para os encontros diversos nas células e eventos ocasionais. Todavia, cabe aqui o ditado dos nossos amados irmãos de Minas Gerais: Por fora bela viola, por dentro pão bolorento.

Devemos mudar nosso sistema de crença para recebermos graça, para recebermos favor de Deus.

“E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Rm 12:2

Boa, perfeita e agradável vontade de Deus é a plenitude da graça.

Precisamos formatar nosso software. É isso que precisamos fazer. Existem muitos vírus que corrompem o sistema da graça afastando o homem do favor de Deus. Quando digo formatar, quero dizer que devemos cortar todo mal pela raiz.

O conhecido apóstolo da graça, foi um grande instrumento nas mãos de Deus principalmente por que era focado na palavra de Cristo. Aos Filipenses ele escreveu: “13 Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, 14 prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.” Fl 3:13-14

O Sumo Sacerdote representava e santificava o povo diante de Deus

“36 Farás também uma lâmina de ouro puro e nela gravarás à maneira de gravuras de sinetes: Santidade ao SENHOR. 37 Atá-la-ás com um cordão de estofo azul, de maneira que esteja na mitra; bem na frente da mitra estará. 38 E estará sobre a testa de Arão, para que Arão leve a iniqüidade concernente às coisas santas que os filhos de Israel consagrarem em todas as ofertas de suas coisas santas; sempre estará sobre a testa de Arão, para que eles sejam aceitos perante o SENHOR.” Ex 28:36-38

Arão foi o primeiro Sumo Sacerdote e foi uma representação do que é Cristo. Nas vestes sacerdotais, Deus estabeleceu que uma lâmina ou placa dourada fosse colocada na Mitra (Um tipo de turbante que cobria a cabeça do sacerdote) deveria estar sobre a cabeça do Sacerdote com os dizeres “Santidade ao Senhor” para que todo o Israel fosse aceito diante do Senhor. Os dizeres “Santidade ao Senhor” na testa do Sumo sacerdote era uma representação de consagrar os pensamentos ao Senhor.

Agora veja que o povo não tinha condições de se achegarem ao Deus Santo, mas o Sumo Sacerdote era Santo ao Senhor, e a santidade do sacerdote santificava o povo. Assim, Deus julgava o seu povo com base em seu Sacerdote. A mente santa do Sacerdote, santificava todo o povo.

Santidade deve começar na nossa mente e pensamentos!

20171013

Remova todos os seus rótulos negativos! Pr. Edenir Araújo. Culto de Celebração - 08/10/17

10 Ora, havia em Damasco um discípulo chamado Ananias. Disse-lhe o Senhor numa visão: Ananias! Ao que respondeu: Eis-me aqui, Senhor! 11 Então, o Senhor lhe ordenou: Dispõe-te, e vai à rua que se chama Direita, e, na casa de Judas, procura por Saulo, apelidado de Tarso; pois ele está orando 12 e viu entrar um homem, chamado Ananias, e impor-lhe as mãos, para que recuperasse a vista. 13 Ananias, porém, respondeu: Senhor, de muitos tenho ouvido a respeito desse homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém; 14 e para aqui trouxe autorização dos principais sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome. 15 Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de Israel...”. At 9:10-15

“43 No dia imediato, resolveu Jesus partir para a Galiléia e encontrou a Filipe, a quem disse: Segue-me. 44 Ora, Filipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro. 45 Filipe encontrou a Natanael e disse-lhe: Achamos aquele de quem Moisés escreveu na lei, e a quem se referiram os profetas: Jesus, o Nazareno, filho de José. 46 Perguntou-lhe Natanael: De Nazaré pode sair alguma coisa boa? Respondeu-lhe Filipe: Vem e vê.” Jo 1:43-46

Introdução

Uma pesquisa feita com 50 crianças constatou que, de 0 aos 8 anos essas crianças ouviram em média 100,000 nãos nesse período. A pesquisa também descobriu que, de cada 10 conversas que os pais tiveram com seus filhos, 9 foram repreensões e apenas 1 elogio ou afirmação. Talvez isso venha explicar porque temos tantos jovens rebeldes e sem perspectiva de futuro entre nós.
O fato, é que por toda a vida, as pessoas estão colocando algum tipo de limite ou rótulo negativo em nós. E nós também estamos rotulando outros. Elas estão dizendo o que podemos ou não fazer. Elas estão nos dizendo quem somos ou quem vamos nos tornar.

As vezes ouvimos coisas boas e edificantes, porque algumas pessoas profetizam sobre nós. São enviados de Deus para nos abençoar e acreditar. Eu mesmo faço isso com os meus filhos e com muitas pessoas que estão próximas a mim. Todavia, muitas palavras negativas se tornaram rótulos que impregnaram em nós, e isso se tornou uma casca, uma barreira limitadora.

Os rótulos negativos que carregamos podem ter três origens:

O Diabo. O diabo é mestre em rotular as pessoas: drogado, cheirador, maconheiro, bêbado, pinguço, pé de cana… e assim vai: marginal, ladrão, adúltero, miserável etc. Talvez você traga em sua vida rótulos colocados pelo diabo: Fracassado, pecador, miserável, incapaz etc. Você precisa rejeitar esses rótulos hoje!

As outras pessoas. Muitos rótulos que carregamos foram colocados pelas pessoas que nos conhecem e que passaram pela nossa vida, como pais, irmãos, amigos, professores, líderes espirituais etc, tais como: fulano não em jeito, não vai conseguir chegar a lugar nenhum, é preguiçoso, não gosta de estudar, ele não sabe o que quer, não acredita, não  tem fé, ele é muito negativo. E são tantos rótulos que você passou a acreditar neles e agir daquela forma.

Nós mesmos. Quantas vezes nós colocamos rótulos sobre a nossa vida e dizemos: “Eu não consigo”, “Eu não tenho disciplina”, “eu sou muito fraco para essas coisas”, ou “eu tenho muita dificuldade de aprender”, “eu não tenho o perfil para fazer grandes conquistas”.

Nós não podemos evitar que o diabo ou algumas pessoas nos queiram rotular de maneira negativa, mas nós podemos rejeitar os rótulos negativos.

Pessoas que foram rotuladas negativamente

Quando Walt Disney era adolescente, seu instrutor de artes disse que ele não era criativo e não tinha imaginação. Disney foi esperto o suficiente para remover aquele rótulo negativo e se tornar o maior produtor de desenhos animados da história de Hollywood.

Albert Eistein só conseguiu falar pela primeira vez aos quatro anos de idade e era descrito como lento e perdido em seus sonhos. O mesmo encontrou dificuldades até os tempos de faculdade, onde ouviu de um professor que ele devesse abandonar os estudos. Pois bem, Einstein é o responsável por várias descobertas da física e autor da Teoria da Relatividade.

Thomas Edison ouviu de um de seus críticos: “Você é burro demais para aprender, suas ideias são fruto de insanidade”. Pois bem, Thomas Edison rejeitou esse rótulo e decidiu continuar a despeito dos rótulos que quiseram imprimir sobre ele.

Saulo foi rotulado de maneira negativa por Ananias, Davi foi rotulado de maneira negativa por seus irmãos, José também recebeu um rotulo negativo de seus irmãos. Ana foi rotulada de maneira negativa por Eli, Neemias foi rotulado de maneira negativa por Sambalate e Tobias, e não será diferente conosco.

Meu pai me rotulou negativamente

Eu recebi muitos rótulos negativos do meu saudoso pai quando era criança. Durante um bom tempo eu me sentia preso e inseguro por conta de rótulos negativos.

Há tempos atrás, minha filha Larissa foi rotulada como problemática. Alguém me disse: “Sua filha tem 12 anos, mas quando ela fizer 18 vai te dar muito trabalho. Eu respondi: O sangue de Jesus tem poder para remover esse rótulo”. A Larissa está com 20 anos hoje, e só me dá alegrias. 
Rótulos negativos são poderosos, mas o único poder que eles tem é o poder que damos a eles. Se decidirmos removê-los, removeremos toda influência negativa e seremos postos em liberdade.

O denominador de sucesso das pessoas que saíram do anonimato para uma carreira exitosa é que elas decidiram remover os rótulos negativos em suas vidas.

O início da Geração de Adoradores

As pessoas gostam de colocar rótulos em nós. Quando nós começamos a Geração de Adoradores, colocaram um rótulo em nós, nos chamando de “fogo de palha” por um bom tempo. Ainda bem que rejeitamos esse rótulo e hoje estamos sendo muito abençoados como igreja.

É assim que diabo trabalha, ele cola uma etiqueta em você, ele rotula você, dizendo que você não vai 
sair do lugar presente e alcançar o lugar desejado. Ele quer fazer você permanecer estagnado e vai continuar rotulando você negativamente.

Rótulos são palavras, palavras são sementes e os nossos corações são os campos onde as sementes são lançadas.

As pessoas vão dizer que você é muito lento, pobre, incapaz, fraco, doente; elas vão dizer que você tem muitos erros, que é ignorante, inculto, etc. elas dirão que você é muito pecador, desajeitado, inseguro. Elas dirão que você não será um bom pai, não prosperará, não fará algo relevante. Elas dirão que você não sabe falar, não vencerá, não emagrecerá, não condicionará fisicamente, etc.

O que fazer diante dessa situação?

Lembre-se que rótulos são palavras, palavras são sementes e os nossos corações são os campos onde as sementes são lançadas.
Vamos começar rejeitando os rótulos negativos dizendo:

Eu sou o que a Bíblia que eu sou; eu tenho o que a Bíblia diz que eu tenho; Eu posso o que a Bíblia diz que eu posso! Eu sou grandemente abençoado, altamente favorecido e profundamente amado pelo meu Senhor!

Rótulos errados, são como placas sinalizadores que vão te levar pra longe do seu destino. Rótulos negativos, desviam você do curso e te deixam perdido.
Quando você anda pelos corredores do supermercado, você idêntica os produtos pelos rótulos. Os rótulos falam a respeito do conteúdo de cada embalagem. Quando recebemos rótulos e aceitamos os rótulos que as pessoas, circunstâncias, ou o próprio diabo nos dá, estamos determinando o que vai no nosso coração. 

O que você ouve e recebe, vai te rotular.
·       
  Se você ouve: Viciado! E recebe esse rótulo, assim você será!
·         Se você ouve: Mentiroso! E recebe esse rótulo, assim você será!
·         Se você ouve: derrotado! E recebe esse rótulo, assim você será!
·         Se você ouve: Divorciado! E recebe esse rótulo, assim você será!
·         Se você ouve: Preguiçoso! E recebe esse rótulo, assim você será!
·         Se você ouve: Solteirona! E recebe esse rótulo, assim você será!
·         Se você ouve: Doente! E recebe esse rótulo, assim você será!
·         Se você ouve: Incapaz! E recebe esse rótulo, assim você será!

Mude isso agora!

Crendo no rótulo que Deus te dá, crendo e confessando, crendo e confessando, crendo e confessando, até que se cumpra o que se diz!

 “Toda arma forjada contra ti não prosperará; toda língua que ousar contra ti em juízo (rótulos negativos), tu a condenarás; esta é a herança dos servos do SENHOR e o seu direito que de mim procede, diz o SENHOR.” Is 54:17

A história de Raquel

A Bíblia diz que Raquel, morreu ao dar a luz ao seu segundo filho. Aconteceu que ela sentiu muita dor e sofrimento. Antes de morrer, Raquel chamou seu filho de Benoni, que significa “Filho das minhas dores”. Agora imagine alguém passando a vida sendo chamado “filho das minhas dores”.
Jacó, chegando alguns minutos após a morte de Raquel e sabendo que seu filhos havia sido chamado de Benoni, levantou a criança ao alto e disse: Não! Eu removo esse rótulo! Meu filho não se chama Benoni! Ele se chama BENJAMIM que significa: “filho da força, filho do poder, filho da minha mão direita”!
Benjamim cresceu e se tornou um grande líder. Da sua linhagem surgiram vários Reis em Israel.

Remova e rejeite os rótulos negativos!

Quem já teve dificuldade para tirar o rótulo de um produto? Esse é um dos problemas que as donas de casa enfrentam comumente. Eu fui pesquisar na internet qual é a melhor forma de remover os rótulos dos produtos. E sabe o que eu descobri? Que a forma mais eficaz usada até hoje é com o uso de dois elementos: Óleo e Água.

E o interessante é que o óleo e a água são simbólicos na Bíblia. O óleo é símbolo do Espírito Santo e a água aponta para a Palavra de Deus. A sociedade é preconceituosa e rotuladora. As pessoas nos olham e nos rotulam no primeiro contato. Mas, hoje, nós precisamos ser encharcados pelo Espírito Santo para remover os rótulos dos irmãos e aplicar a Palavra e dizer:
Eu sou o que a Bíblia que eu sou; eu tenho o que a Bíblia diz que eu tenho; Eu posso o que a Bíblia diz que eu posso! Eu sou grandemente abençoado, altamente favorecido e profundamente amado pelo meu Senhor!

Ajudando-nos uns aos outros a remover os nossos rótulos negativos

Durante a Segunda Guerra Mundial, os judeus sofreram um dos piores genocídios da história humana. E tudo porque alguém os achava geneticamente impuros e etnicamente
desprezíveis. Nazaré, pois se modernamente ela tem 75 mil habitantes, na época de Cristo  não eram mais que 500 pessoas. Daí, já se começa a perceber a razão do deboche de   Natanael. Na verdade, muitos estudiosos se referem à cidadezinha como obscura e totalmente insignificante, sem nenhuma relevância social, econômica, cultural ou de qualquer outra espécie. Muitas vezes nós como líderes colocamos certos rótulos sobre os irmãos que os deixam desativados. O problema desses rótulos é que nós podemos estar perdendo muita gente boa como Davi. Você pode estar perdendo um grande matador de gigantes! Davi foi um exemplo de alguém que se recusou a aceitar os rótulos que colocaram sobre ele. Mas também foi alguém que soube tirar os rótulos das pessoas. Na primeira equipe de Davi na Caverna de Adulão, só chegou gente rotulada pela sociedade. (I Samuel 22.2) Quatrocentos rotulados. E todos eles se tornaram oficiais do seu exército quando se tornou rei de Israel. A glória do pastor não é receber obreiro pronto, formado, caráter tratado, gente que tem currículo invejável. A glória do líder é pegar aqueles que ninguém acredita e transformá-los em grandes líderes. Porque essa também é a glória de Deus, ativá-lo no corpo até que todos possam dizer: “Esse irmão é uma bênção!” Mas a menos que esses rótulos sejam tirados o corpo não poderá ser devidamente ativado.

16 Assim que, nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo. 17 E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. 2Co 5:16-17

Paulo diz que nós não devemos enxergar ninguém mais segundo a carne (2Co 5:16) Interessante que esse versículo vem antes de 2 Coríntios 5.17, que todos conhecem. Então se tudo se vez novo, temos que retirar os rótulos antigos. E Paulo não apenas ensinou isso como ele viveu: Enquanto todos rotulavam Corinto como uma igreja carnal veja como Paulo via os irmãos:

“1 Paulo, chamado pela vontade de Deus para ser apóstolo de Jesus Cristo, e o irmão Sóstenes, 2 à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para ser santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso: 3 graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. 4 Sempre dou graças a meu Deus a vosso respeito, a propósito da sua graça, que vos foi dada em Cristo Jesus; 5 porque, em tudo, fostes enriquecidos nele, em toda a palavra e em todo o conhecimento; 6 assim como o testemunho de Cristo tem sido confirmado em vós, 7 de maneira que não vos falte nenhum dom, aguardando vós a revelação de nosso Senhor Jesus Cristo, 8 o qual também vos confirmará até ao fim, para serdes irrepreensíveis no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo. 9 Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.” 1Co 1:1-9

Ele começa sua carta chamando os irmãos de Corinto de santos. Precisamos tirar todos aqueles rótulos que desativam os membros e põe as pessoas de lado. Você quer ativar os de um talento? Então você precisa tirar os rótulos e acreditar mais.

CREIA NO QUE A BÍBLIA DIZ ACERCA DE QUEM VOCÊ É:

16 Assim que, nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo. 17 E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. 2Co 5:16-17