20200130

Preparando o ambiente para receber as abundantes chuvas. Zc 10:1. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 26/01/20


A abundante chuva está caindo sobre nós, já vemos os sinais de Deus apontando para a bondade e cuidado do Senhor para conosco. Porém, há algo no meu coração, em relação a chuva que Deus está derramando que é muito importante você saber. A abundante chuva tem uma geografia. O que significa isso? Toda chuva cai num lugar naturalmente predeterminado, a natureza tem uma geografia e a chuva faz parte dela. Não chove em todos os lugares e aqueles que percebem aonde vai cair a chuva podem tirar proveito dela ou fugir dela. Existem lugares áridos, desertos, terras secas onde não caem chuvas. As chuvas de Deus não caem em qualquer lugar.

Aonde ou onde?

1. Em primeiro lugar as chuvas de Deus caem aonde são anunciadas.

“darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas, para que recolhais o vosso cereal, e o vosso vinho, e o vosso azeite.” Dt 11:14

“Delas e dos lugares ao redor do meu outeiro, eu farei bênção; farei descer a chuva a seu tempo, serão chuvas de bênçãos.” Ez 34:26

“23 Alegrai-vos, pois, filhos de Sião, regozijai-vos no SENHOR, vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva; fará descer, como outrora, a chuva temporã e a serôdia. 24 As eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de vinho e de óleo.” Jl 2:23-24

“Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem...” Mc 16:17


A regra da primeira menção diz que o agir de Deus é precedido por sua voz. Voz é som, e som é deslocamento de ar. O Espírito Santo é esse mover. Espírito é pneuma, respiração ou sopro. No lugar onde a palavra de Deus é mencionada, O Espírito Santo é liberado para agir.   

“E disse Deus: Haja luz; e houve luz”.

Primeiro o anúncio da palavra, depois o agir de Deus. Palavras de bênçãos precedem milagres.

O nosso inimigo não teme a fé dos crentes, mas estremece quando os crentes falam sobre a fé. Cristo disse que deveríamos ser as suas testemunhas (At 1:8). Crer somente não será o suficiente, necessário se faz anunciar com palavras a maravilhosa chuva do Senhor. O que você diz determina o que Deus está disposto a fazer por você.

Proclame a sua bênção! Anuncie a abundante chuva que está por vir!

“Tendo, porém, o mesmo espírito da fé, como está escrito: Eu cri; por isso, é que falei. Também nós cremos; por isso, também falamos.”

2. Em segundo lugar as chuvas de Deus caem num ambiente de fé.

Milagres não acontecem aonde são necessitados, mas aonde são esperados. Sua reação à palavra de Deus é um retrato de seu respeito para com o próprio Deus. Sua reação à palavra de homem de Deus de terminará a reação de Deus para com você! Acredite que a fase difícil onde muitos hoje estão, mudará todas as vezes que os mesmos manifestarem a fé.

Você precisa saber que as bênçãos não deixam o céu pra alcançar você sem que antes sua fé deixe a terra pra alcançar o céu. No exercício da fé, devemos enxergar o invisível e declarar até que se torne visível.

Todos os dias eu declaro que sou o que a Bíblia diz que eu sou. Declaro em alto e bom som que eu sou mais que vencedor, eu sou amado do Senhor, eu sou escolhido por Jesus, sou membro do corpo de Cristo, sou nova criatura, sou pacificador, sou santo e ungido pelo Senhor, sou cooperador na edificação da igreja do Senhor, sou discípulo do Senhor, bem-aventurado, salvo, lavado no sangue do cordeiro, sou a menina dos olhos do Senhor, proclamador de boas novas, sou sadio.

Todos os dias eu declaro que tenho o que a Bíblia diz que eu tenho. Eu tenho O Espírito Santo, tenho as milhares de promessas que Deus me fez sobre mim. Tenho provisão, alegria, paz, vigor e disposição para fazer a obra de Deus. Tenho pessoas benditas que o Senhor colocou ao meu lado para me abençoar. Tenho a bênção do Senhor sobre a minha casa. Tenho a salvação que me foi dada na cruz do Calvário. Tenho a vida de Deus fluindo do meu interior como um rio de águas vivas.

Todos os dias eu declaro que posso fazer o que a Bíblia diz que eu posso fazer. Eu posso fazer proezas em Deus, posso evangelizar com coragem e ousadia, posso expulsar demônios em nome de Jesus. Eu posso prosperar em tudo o que empreender, posso experimentar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus. Posso cantar louvores ao Senhor, como também posso me alegrar em meio às tribulações. Posso todas as coisas naquele que me fortalece! Aleluia!

Em Deus eu posso pedir chuva! Zc 10:1

“Pedi ao SENHOR chuva no tempo das chuvas serôdias, ao SENHOR, que faz as nuvens de chuva, dá aos homens aguaceiro e a cada um, erva no campo.” Zc 10:1

Uma das evidências dos que tem fé é que eles pedem. Isso pode ser visto em Zacarias quando o mesmo ora pedindo chuva. Que tal agora orar anunciando as abundantes chuvas do céu?

20200123

Sabedoria para prosperar em tempos de abundantes chuvas. Pv 1:1-7; 20-33. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 19/01/20


De 3 meses para cá, eu tenho descoberto uma fonte de vida inesgotável através da leitura do livro de provérbios. Eu penso que propositadamente o livro de provérbios está dividido em 31 capítulos, um para cada dia do mês. Os provérbios também abordam vários assuntos em cada capítulo, para que de alguma forma, alguma sabedoria sirva para uma área específica de nessecidade em alguma área de sua vida área da sua vida.

Precisamos de sabedoria para desfrutar dos benefícios da abundante chuva.

“1 Provérbios de Salomão, filho de Davi, o rei de Israel. 2 Para aprender a sabedoria e o ensino; para entender as palavras de inteligência;  3 para obter o ensino do bom proceder, a justiça, o juízo e a eqüidade; 4 para dar aos simples prudência e aos jovens, conhecimento e bom siso. 5 Ouça o sábio e cresça em prudência; e o instruído adquira habilidade 6 para entender provérbios e parábolas, as palavras e enigmas dos sábios.”

Exortações para abraçar a sabedoria

O temor do SENHOR é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino.

A sabedoria não é apenas um mover ou uma força, mas é uma pessoa.

“20 Grita na rua a Sabedoria, nas praças, levanta a voz; 21 do alto dos muros clama, à entrada das portas e nas cidades profere as suas palavras: 22 Até quando, ó néscios, amareis a necedade? E vós, escarnecedores, desejareis o escárnio? E vós, loucos, aborrecereis o conhecimento? 23 Atentai para a minha repreensão; eis que derramarei copiosamente para vós outros o meu espírito e vos farei saber as minhas palavras. 24 Mas, porque clamei, e vós recusastes; porque estendi a mão, e não houve quem atendesse; 25 antes, rejeitastes todo o meu conselho e não quisestes a minha repreensão; 26 também eu me rirei na vossa desventura, e, em vindo o vosso terror, eu zombarei, 27 em vindo o vosso terror como a tempestade, em vindo a vossa perdição como o redemoinho, quando vos chegar o aperto e a angústia. 28 Então, me invocarão, mas eu não responderei; procurar-me-ão, porém não me hão de achar. 29 Porquanto aborreceram o conhecimento e não preferiram o temor do SENHOR; 30 não quiseram o meu conselho e desprezaram toda a minha repreensão. 31 Portanto, comerão do fruto do seu procedimento e dos seus próprios conselhos se fartarão. 32 Os néscios são mortos por seu desvio, e aos loucos a sua impressão de bem-estar os leva à perdição. 33 Mas o que me der ouvidos habitará seguro, tranqüilo e sem temor do mal.” Pv 1:1-7; 20-33.

Sabedoria é a maior necessidade que temos. Mike Murdock disse que todo problema é um problema de sabedoria. Eu creio de todo meu coração que a prosperidade tão esperada está ligada à sabedoria que precisamos para a vida.



Por que Salomão foi o homem mais próspero e sábio de todos os tempos? Porque foi sábio!

“1 Salomão, filho de Davi, fortaleceu-se no seu reino, e o SENHOR, seu Deus, era com ele e o engrandeceu sobremaneira. 2 Falou Salomão a todo o Israel, aos capitães de mil e aos de cem, aos juízes e a todos os príncipes em todo o Israel, cabeças de famílias; 3 e foi com toda a congregação ao alto que estava em Gibeão, porque ali estava a tenda da congregação de Deus, que Moisés, servo do SENHOR, tinha feito no deserto. 4 Mas Davi fizera subir a arca de Deus de Quiriate-Jearim ao lugar que lhe havia preparado, porque lhe armara uma tenda em Jerusalém. 5 Também o altar de bronze que fizera Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, estava ali diante do tabernáculo do SENHOR; e Salomão e a congregação consultaram o SENHOR. 6 Salomão ofereceu ali sacrifícios perante o SENHOR, sobre o altar de bronze que estava na tenda da congregação; e ofereceu sobre ele mil holocaustos. 7 Naquela mesma noite, apareceu Deus a Salomão e lhe disse: Pede-me o que queres que eu te dê. 8 Respondeu-lhe Salomão: De grande benevolência usaste para com Davi, meu pai, e a mim me fizeste reinar em seu lugar. 9 Agora, pois, ó SENHOR Deus, cumpra-se a tua promessa feita a Davi, meu pai; porque tu me constituíste rei sobre um povo numeroso como o pó da terra. 10 Dá-me, pois, agora, sabedoria e conhecimento, para que eu saiba conduzir-me à testa deste povo; pois quem poderia julgar a este grande povo? 11 Disse Deus a Salomão: Porquanto foi este o desejo do teu coração, e não pediste riquezas, bens ou honras, nem a morte dos que te aborrecem, nem tampouco pediste longevidade, mas sabedoria e conhecimento, para poderes julgar a meu povo, sobre o qual te constituí rei, 12 sabedoria e conhecimento são dados a ti, e te darei riquezas, bens e honras, quais não teve nenhum rei antes de ti, e depois de ti não haverá teu igual.” 2Cro 1:1-12

Salomão foi o homem mais rico e sábio de todos os tempos!

“Assim, o rei Salomão excedeu a todos os reis do mundo, tanto em riqueza como em sabedoria.” 1Re 10:23

No exercício da liderança, autoridade sem sabedoria se torna autoritarismo. Isso é como um machado sem corte que tende mais a estragar do que cortar.

Chaves de Sabedoria – Frases que causam impacto – Não estão desconectadas da Bíblia

Chave de sabedoria 1

“Pra você que está enfrentando grandes problemas, entenda que lutas sempre cercam o nascimento de um milagre!”

“Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação...”. 2Co 4:17

Definindo crise: Crise é a antessala da bênção, é o convite para o seu milagre! A adversidade leva alguns homens a se quebrarem e outros a quebrarem recordes (Pv 24:10). O aparente caos é matéria prima para Deus transformar adversidades em milagres.

A luta é a prova de que você ainda não foi conquistada. Os problemas e aflições são as maiores evidências de que você está vivo.

Quando você atrasa a batalha, atrás da suas recompensas

Chave de sabedoria 2

“O que são vencedores? Vencedores são ex-perdedores que ficaram com raiva, ficaram inconformados!” Rm 12:2ª

O inconformismo é um ponto de partida para a solução de todos os problemas.

“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Rm 12:2

Os perdedores se concentram no que eles estão passando; campeões se concentrar no que eles estão almejando.

Chave de sabedoria 3

“Tire as pessoas erradas da sua vida e as coisas erradas vão parar de acontecer.” Edenir Araújo

“1 Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. 2 Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. 3 Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido.” Sl 1:1-3

“Não vos enganeis. As más companhias corrompem os bons costumes.” 1Co 15:33 (Almeida XXI)

Cada pessoa com quem você se relaciona fortalece a suas virtudes ou as suas fraquezas.
Cada amizade aumenta o seu sucesso, ou o seu fracasso. Uma amizade multiplica a fé ou as dúvidas. Toda amizade é divina, ou demoníaca. As amizades fazem depósito, ou retiradas. As amizades confere foco, ou distraem. As amizades corrigir, ou corrompe.

Toda as suas amizades levam você para junto dos seus sonhos, ou para longe deles. Toda amizade alimenta uma força ou uma fraqueza.

A entrada favorita de satanás em sua vida é sempre por meio de alguém perto de você.

As pessoas mais perigosas nas nossas vidas são as que nos ouvem e ainda assim alimenta as suas dúvidas em vez de elucidá-las.

Como não existe neutralidade nos relacionamentos, posso afirmar que aqueles que não podem acrescentar algo a você inevitavelmente vou subtrair algo de você.

Quando Deus quiser abençoar você ele colocar uma pessoa em sua vida, quando diabo quiser atrapalhar você ele também colocar uma pessoa na sua vida.

Chave de sabedoria 4

“Eis que, hoje, eu ponho diante de vós a bênção e a maldição...” Dt 11:26

O princípio do livre arbítrio nos foi dado como o maior sinal do amor de Deus pelo homem.

“Deus nos deixa livres para escolhermos, mas, uma vez que a atitude interior foi tomada e a escolha feita, nos prendemos às consequências das nossas decisões. Num primeiro momento, temos o livre arbítrio, liberdade para escolher o tipo da semente que vamos plantar. Todavia, depois que semearmos, não poderemos escolher a colheita. “

Você atrairá aquilo que respeitar. O que está faltando em sua vida é o que você certamente não valorizou. Sua reação a palavra de Deus é um retrato de seu respeito para com o próprio Deus.

Chave de sabedoria 5

“Não havendo sábia direção, cai o povo, mas na multidão de conselheiros há segurança.” Pv 11:14


Aconselhamento é sabedoria sem dor. Há dois caminhos para se adquirir mais sabedoria: os erros e os orientadores.

O primeiro passo em direção ao sucesso é o desejo de ouvir e seguir orientações de quem tem sucesso.

20200116

As três provisões da chuva abundante. Dt 11:14. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 12/01/20


darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas, para que recolhais o vosso cereal, e o vosso vinho, e o vosso azeite.” Dt 11:14

A palavra de que estamos começando uma nova fase nas nossas vidas está cada vez mais viva nos nossos corações. Não abrimos mão dessa novidade de vida que nos tem sido proposta.

“Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida.” Rm 6:4

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” 2Co 5:17

“16 Ninguém põe remendo de pano novo em veste velha; porque o remendo tira parte da veste, e fica maior a rotura. 17 Nem se põe vinho novo em odres velhos; do contrário, rompem-se os odres, derrama-se o vinho, e os odres se perdem. Mas põe-se vinho novo em odres novos, e ambos se conservam.” Mateus 9:16-17

O produto da abundante chuva

Como produto dessa abundante chuva que está caindo sobre nós, Deus fará prosperar cereais, vinho e azeite. Além de Deuteronômio 11:14, vejamos mais um texto aonde podemos ver o Senhor Deus trazendo essa maravilhosa promessa de nos suprir com pão, vinho e azeite.

“13 Ele os amará, e abençoará, e fará com que se tornem mais e mais numerosos. Ele lhes dará muitos filhos, boas colheitas de cereais, uvas e azeitonas e muitas crias de gado e de ovelhas. Deus lhes dará todas essas bênçãos na terra que ele vai lhes dar, conforme o juramento que fez aos nossos antepassados. 14 Vocês serão o povo mais abençoado do mundo. Todos terão filhos, e todos os seus animais terão crias. 15 O SENHOR Deus os protegerá de toda enfermidade e nunca os castigará com as terríveis doenças com que castigou os egípcios, como vocês bem sabem. Pelo contrário, ele mandará essas doenças para os povos que odeiam vocês.” Dt 7:13-15

A chuva abundante chegou, e com ela esse grupo de três produtos. Pão, vinho e azeite, aparentemente parece-nos coisas simples e comuns, e Deus sempre se utiliza de coisas simples revelar o Seu poder. Os três elementos da Arca da Aliança eram: A vara de Arão, o maná que caiu do céu e as tabuas da Lei de Moisés. Os três simples elementos eram uma vara, um pedaço de pão e tábuas de pedra. Na batalha épica entre Davi e Golias, vemos que uma funda (estilingue) e cinco pedras (Igreja - Mt 16:18; Ef 4:11,12) derrubaram o gigante filisteu. Sansão feriu e matou 1000 homens com uma queixada de jumento (Jz 15:14-16). Você pode perceber como Deus usa coisas simples para operar grandes moveres?

Ao me ouvir falar sobre pão, vinho e azeite, pense no significado desses elementos. Eles são muito importantes por isso em muitos lugares das Escrituras nós encontramos Deus falando sobre eles.

23 Alegrai-vos, pois, filhos de Sião, regozijai-vos no SENHOR, vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva; fará descer, como outrora, a chuva temporã e a serôdia. 24 As eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de vinho e de óleo.” Jl 2:23-24

Joel profetiza o tempo das chuvas do céu caindo sobre nós

Joel profetizou numa época de grande devastação de toda a terra de Judá. Uma enorme praga de gafanhotos havia despido a zona rural de toda a vegetação, destruiu até as pastagens tanto das ovelhas como do gado, até mesmo tirou a casca das árvores de figo. Em apenas algumas horas, o que tinha sido um terra bonita, verdejante, havia se tornado um lugar de desolação e destruição. Descrições contemporâneas do poder destrutivo dos enxames de gafanhotos confirma a descrição de Joel acerca da praga. Todavia, Joel profetiza e trás a esperança futura de que Deus derramaria das suas chuvas de bênçãos e mudaria a sorte de seu povo.

As promessa de abundante chuva envolvem esses 3 Elementos

O interessante no texto de Deuteronômio é que esses três elementos colocados juntos, nos farão mais abençoados do que todos os povos da terra. Isso nos mostra que precisamos ter revelação da importância destes três elementos.

Evidentemente quando a chuva do céu cai, ela faz com que todo tipo de lavoura e rebanho prospere, mas Deus resumiu todos os elementos a esses três: o cereal, o vinho e o azeite. Deus fez isso porque esses três elementos apontam para o próprio Deus e seu poderoso agir. Temos desfrutado da cura do pão, do perdão do vinho, e também do fluir da unção.

Os três elementos presentes no nosso meio

Pão, vinho e azeite, fazem parte da vida da igreja, porém já não são mais vistos como elementos com significado importante. O pior é que muitas vezes são desprezados.

Muitos irmãos não enxergam mais a ceia do Senhor como um cerimonial relevante. Se ausentam e pouco se importam com isso. Outros, presentes na celebração da ceia, desprezam o pão e o vinho como se despreza outro alimento qualquer numa dieta. O óleo da unção, que representa o próprio Deus na pessoa maravilhosa do Espírito Santo é reduzido a nada quando fazemos um apelo e recebemos uma negativa da plateia. Neste ano de chuva abundante, pão, vinho e azeite não nos faltará. Cura, perdão e alegria, capacitação sobrenatural para fazermos proezas nos serão abundantes. Todavia, receber será uma decisão pessoal de cada crente.

A semente da oração no tempo da chuva

A chuva que Deus vai liberar sobre você nesses dias serão palavras, serão sementes, que serão liberadas sobre você. Você deve crer e semea-las. Nesse tempo de chuva, você pode semear, o Senhor garante que vai germinar.

Pedi ao SENHOR chuva no tempo das chuvas serôdias, ao SENHOR, que faz as nuvens de chuva, dá aos homens aguaceiro e a cada um, erva no campo.” Zc 10:1

Este é um mistério da oração, Ele quer que peçamos. Ele quer se relacionar conosco na sua bondade. Ele não precisa de nada e nem de ninguém, mas decidiu fazer junto a nós. Ele cura, prospera, mas desejo um relacionamento. Quando você pede, você libera fé. Não seja passivo com a desculpa de estar na graça. Você não pode colher sem semear. Semear é se envolver na oração da fé que pede e recebe. No tempo da chuva, envolva-se, peça, porque ele quer dar. Efésios 1:3 diz que já somos abençoados, por isso pedimos com fé, sem duvidar.

“2 no primeiro ano do seu reinado, eu, Daniel, entendi, pelos livros, que o número de anos, de que falara o SENHOR ao profeta Jeremias, que haviam de durar as assolações de Jerusalém, era de setenta anos. 3 Voltei o rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração e súplicas, com jejum, pano de saco e cinza.” Dn 9:2-3

Daniel sabia que viria o fim do cativeiro, e justamente porque sabia, ele orou. O noivo certamente vem, mas será quando o Espírito e a Noite estiverem clamando juntos. Deus faz por oração. Quando chegou o Kairós, Daniel orou. Este é um tempo de chuva, então venha orar, porque é tempo de chover.

“Assim diz o SENHOR Deus: Ainda nisto permitirei que seja eu solicitado pela casa de Israel: que lhe multiplique eu os homens como um rebanho.” Ez 36:37

Deus queria salvar e dar um rebanho de Santos, por isso eles deveriam orar, porque tinha uma certeza de que Deus queria salvar. Este é um tempo de chuva na sua família, haverá salvação. Mas deve haver oração.


20200109

A chuva do céu. Zc 10:1. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 05/01/20

Quero compartilhar com você sobre a chuva do céu. A seca e a chuva fazem parte da nossa vida. Temos passado os dias de seca, mas a chuva abundante está vindo sobre nós. Não gostamos muito das estações.

Queríamos que tudo fosse igual. Mas as oscilações fazem parte da nossa vida: calor e frio, seca e chuva, nisso está a beleza da vida. Altos e baixos são provas de que o nosso coração está batendo e estamos vivos. Às vezes, somos levados ao vale da sombra da morte e saímos dos pastos verdejantes, mas tudo é para o nosso crescimento, o Senhor está conosco.

Pedi ao SENHOR chuva no tempo das chuvas serôdias, ao SENHOR, que faz as nuvens de chuva, dá aos homens aguaceiro e a cada um, erva no campo.” Zc 10:1

Existe um tempo de chuva sobre nós, e isso traz boas expectativas ao nosso coração. Se na seca temos experimentado bênçãos, o que não será no tempo do aguaceiro? Alegre o seu coração! Dias muito melhores estão diante de nós!

Chuva temporã e serôdias

muitas palavras para chuva e duas são as mais usadas: Ioré e melcosh. Essas duas palavras falam da chuva temporã e serôdias, as primeiras e as últimas chuvas. Na Bíblia, sempre há as duas.
Em primeiro lugar, isso é algo profético. Em atos, no Pentecostes, aconteceram as chuvas temporãs. Havia ali um grande mover. Ensino, cura, prosperidade e grande crescimento da igreja. Mas as últimas chuvas são os últimos dias, os quais nós estamos vivendo, os dias do arrebatamento. E estas serão as mais abundantes chuvas do que foram as primeiras. Serão torrenciais.
Essas duas chuvas também se aplicam a nós. Lembram do inicio da nossa caminhada? Paixão, fogo e muita disposição nos cercavam. Hoje, precisamos do mesmo vigor, pois se as primeiras chuvas nos fizeram tão bem, o que dizer das últimas?

Chuvas são ciclos de crescimento. Israel é um exemplo para nós. Tudo que se refere a Israel é tipológico na Palavra de Deus. Não pode haver chuva o tempo todo, pois assim não haveria lavoura. A chuva precisa acontecer no tempo certo. Chove para plantar e chove para colher, e, entre essas duas estações, é preciso haver sol. Tudo acontece no seu devido tempo. Aos 12 anos, Jesus não estava no templo ensinando os doutores, antes, estava fazendo perguntas (Lc 2:46).

Tudo tem o seu tempo

Tudo fora do tempo gera muito problema. Alguns deixam passar o tempo da oportunidade, como Israel, onde Jesus chorou ao entrar. Não reconheceram o tempo da oportunidade. Outras, no entanto, com medo de perder a oportunidade, querem fazer as coisas antes do tempo. Todavia Jesus, aos 12 anos, apenas fazia perguntas. Isso é sabedoria.

Existe o tempo de Deus e a chuva de Deus. A primeira menção de chuva temporã e serôdia está em Deuteronômio.

darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas, para que recolhais o vosso cereal, e o vosso vinho, e o vosso azeite.” Dt 11:14

Ele não manda chuva o tempo todo, mas quando manda, temos mais abundância de pão, vinho e azeite. Quando a chuva vem, abundância de revelação. O pão e o vinho não tem poder em si, mas há revelação ao tomá-los. Dia de ceia é dia de fortalecimento e cura. A primeira menção da chuva está associada ao suprimento do Senhor, mas, no verso 10, a uma comparação importante entre Canaã e o Egito.

“10 Porque a terra que passais a possuir não é como a terra do Egito, donde saístes, em que semeáveis a vossa semente e, com o pé, a regáveis como a uma horta; 11 mas a terra que passais a possuir é terra de montes e de vales; da chuva dos céus beberá as águas; 12 terra de que cuida o SENHOR, vosso Deus; os olhos do SENHOR, vosso Deus, estão sobre ela continuamente, desde o princípio até ao fim do ano.” Dt 11:10-12

A igreja e o mundo

No Egito, não chove. Chove apenas das montanhas, a 5000 kilometros, e a chuva desse para lá. Mesmo o mundo tem um suprimento que é misericórdia de Deus. No Egito, no tempo da chuva, eles fazem apenas um recuo com pé e a chuva vem e da-lhes a colheita. Mas a chuva mesmo é só para o seu povo em Canaã. No Egito, eles olham só para o chão, não dependem de Deus, tem uma medida de provisão, mas o povo de Deus bebe das águas do céus.

No mundo, as pessoas olham para o chão, mas, em Canaã, olhamos para o céu, dependemos de Deus, não confiamos no nosso braço. Ensinamos com base na revelação, e não no entendimento. Não queremos viver confiados no que conquistamos, mas no que Deus nos deu. Quando o povo de Israel estava no deserto, eles tinham nuvens, mas nunca choveu, porque só chove em Canaã. Não chove no Egito por que lá não benção de Deus. Não chove no deserto porque lá não é lugar de vida, é tempo de teste.

Há sombra no deserto, há mana do céu e há água que sai da rocha, mas não há chuva, porque a chuva é só quando entramos na posição que o Senhor tem pra nós, de vencedor. No deserto, ainda se está confiando no merecimento próprio, e esta é a única coisa que a lei pode fazer, sombra nunca chuva. A lei só traz seca, Canaã tem chuva.

Chuva é bênção coletiva (Só cai na igreja)

O Espírito Santo nos diz que a chuva está vindo sobre nós, vida e prosperidade estão chegando. Chuva, no entanto não é benção individual, é benção coletiva. Quando chove num lugar, chove para todos. A chuva é para nós como igreja.

“Delas e dos lugares ao redor do meu outeiro, eu farei bênção; farei descer a chuva a seu tempo, serão chuvas de bênçãos.” Ez 34:26

O Outeiro aqui é o monte Sião, a igreja. Alguns irmãos só aparecem na igreja no dia da ceia ou no fim do ano. Você é filho, mas é muito importante que você esteja na vida da igreja, e não apenas frequente para o seu bem. Estar na igreja é estar na chuva, muitos não entendem isso. Não desfrutam de muitas bênçãos porque não estão na vida de chuva da igreja. Não se envolvem.

“Porque, assim como descem a chuva e a neve dos céus e para lá não tornam, sem que primeiro reguem a 
terra, e a fecundem, e a façam brotar, para dar semente ao semeador e pão ao que come.” Is 55:10

Deus da tudo como semente para colhermos. Não jogue na loteria. Venha receber a semente da Palavra e você colherá, porque estará na chuva. Tudo na sua vida é uma questão de semente, que precisa ser plantada e regada por meio da palavra. Deus da tudo como semente para colhermos.

A semente da oração no tempo da chuva

A chuva que Deus vai liberar sobre você nesses dias serão palavras, serão sementes, que serão liberadas sobre você. Você deve crer e semea-las. Nesse tempo de chuva, você pode semear, o Senhor garante que vai germinar.

Pedi ao SENHOR chuva no tempo das chuvas serôdias, ao SENHOR, que faz as nuvens de chuva, dá aos homens aguaceiro e a cada um, erva no campo.” Zc 10:1

Este é um mistério da oração, Ele quer que peçamos. Ele quer se relacionar conosco na sua bondade. Ele não precisa de nada e nem de ninguém, mas decidiu fazer junto a nós. Ele cura, prospera, mas desejo um relacionamento. Quando você pede, você libera fé. Não seja passivo com a desculpa de estar na graça. Você não pode colher sem semear. Semear é se envolver na oração da fé que pede e recebe. No tempo da chuva, envolva-se, peça, porque ele quer dar. Efésios 1:3 diz que já somos abençoados, por isso pedimos com fé, sem duvidar.

“2 no primeiro ano do seu reinado, eu, Daniel, entendi, pelos livros, que o número de anos, de que falara o SENHOR ao profeta Jeremias, que haviam de durar as assolações de Jerusalém, era de setenta anos. 3 Voltei o rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração e súplicas, com jejum, pano de saco e cinza.” 
Dn 9:2-3

Daniel sabia que viria o fim do cativeiro, e justamente porque sabia, ele orou. O noivo certamente vem, mas será quando o Espírito e a Noite estiverem clamando juntos. Deus faz por oração. Quando chegou o Kairós, Daniel orou. Este é um tempo de chuva, então venha orar, porque é tempo de chover.

“Assim diz o SENHOR Deus: Ainda nisto permitirei que seja eu solicitado pela casa de Israel: que lhe multiplique eu os homens como um rebanho.” Ez 37:38

Deus queria salvar e dar um rebanho de Santos, por isso eles deveriam orar, porque tinha uma certeza de que Deus queria salvar. Este é um tempo de chuva na sua família, haverá salvação. Mas deve haver oração.

Chuva tira máscaras

Chuva é importante também porque ela tirar a maquiagem quando somos molhados. Quando recebemos chuva, as máscaras caem. Somos livres da justiça própria e podemos receber favor. Não há espaço para glorificar o homem quando é Deus quem faz.

A chuva faz com que nos posicionemos, ela tira nossa passividade. Começamos a correr, até que decidimos molhar completamente. Você não pode fugir da chuva. Quando Deus resolve abençoar, você não pode escapar. As bênçãos virão e o alcançaram. No chuvisco, quando corremos, molhamos mais ainda.

A chuva restitui o tempo perdido

No Kronos, você perde e não há o que fazer, mas, no Kairós, o Senhor restituí. Talvez o diabo tenha roubado dinheiro, saúde, relacionamentos, vida, mas o Senhor vai lhe restituir nesse tempo da chuva serôdia, o Kairós de Deus.

“23 Alegrai-vos, pois, filhos de Sião, regozijai-vos no SENHOR, vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva; fará descer, como outrora, a chuva temporã e a serôdia. 24 As eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de vinho e de óleo.” Jl 2:23-24

Você não faz chover, não é obra humana, você apenas pede, entra na chuva quando ela vem e se encharca, e a promessa é que você será restituído. Haverá um novo tempo no seus sonhos, na sua casa, no seu casamento.

Trigo, vinho e óleo = suprimento

A prosperidade do mundo é apenas aparente. As pessoas no mundo são tão pobres que tudo o que elas tem é dinheiro. Tem muita coisa, mas não vivem num inferno. A verdadeira riqueza é ter prazer em tudo na vida. A bênção enriquece e não traz desgosto. Temos prazer no que Ele nos dá. É muito difícil alegrar um rico, mas quando vamos recebendo tudo de Deus, temos que nos alegrar em cada pouco, até ter o muito. Alegre-se sempre!

Ele dá a chuva em justa medida

No original, chuva é mathar, cujo significado é de chuva mesmo. A outra palavra é ioré, melcoche, mas nesse texto é moré. Moré significa “professor”. Os tradutores foram pelo contexto, mas no hebraico, onde está escrito justa medida, é uma palavra só, sidaque que significa justiça.
Existe uma tradução que diz que o Senhor dará um “professor de justiça”, a chuva temporã e serôdia. Chuva na justa medida é More Sidaquê, professor de justiça, que é Cristo. Ele é o professor que veio e nos ensinou a justiça que procede da fé. A partir de Romanos, Paulo nos ensina que nossa justiça é um dom que recebemos.

Quando a chuva vem, vem abundante revelação, e muitos irmãos não apenas crerão, mas terão habilidade para ensinar também, não apenas os pastores.

Você recebeu a semente desse ensino tão fundamental e agora terá habilidade para plantar em outros. Este é o mover de Deus nos últimos dias. Muitos nunca ouviram o que você está ouvindo. Repasse creia que nessa chuva, Deus usará para ensinar também, na sua casa, na sua célula, na sua família. Nesses dias, você será colocado em uma nova posição e será usado com autoridade para compartilhar. Prepare-se porque chuvas abundantes viram sobre nós, os céus já estão escuros!

20200101

Ano novo, vida nova, novas oportunidades. Fl 3:12-14. Pr. Edenir Araújo - Culto da Virada - 01/01/20


"12 Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus. 13 Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, 14 prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus." Fl 3:12-14

“4 Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida.” Rm 6:4

Nós sabemos que neste próximo ano, teremos 365 dias, as semanas serão de 7 dias, os meses terão 30 dias, o ano será de 12 meses, serão 52 semanas. Na verdade constumamos desejar feliz ano novo, mas o ano será o mesmo no tocante ao tempo. Devemos então desejar Feliz vida Nova.

"E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas." 2Co 5:17

Tendo uma expectativa santa de muita graca sendo derramada sobre nós em 2020, cremos que a promessa do Senhor para nós é que neste próximo ano experimentaremos crescimento e transformação. Vamos abandonar as coisas velhas e avançar para as que estão adiante de nós. Vamos para uma experiência de novidade de espírito, para os novos desafios de Deus. A palavra de Deus para nós nesse começo de ano é que Ele faz novas todas as coisas. Você pode experimentar uma vida nova nesses dias.

"E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras." Ap 21:5

Há sete coisas que o Senhor promete que serão novas em nossa vida. Se experimentarmos essas coisas novas em cada área de nossa vida seremos totalmente transformados.

Sete coisas que serão novas em nossas vidas

1. Uma nova canção

“E me pôs nos lábios um novo cântico, um hino de louvor ao nosso Deus; muitos verão essas coisas, temerão e confiarão no SENHOR.” Sl 40:3

O Senhor quer nos dar uma nova canção de louvor e gratidão por causa do seu poder e livramento.

Em Apocalipse 5:9 lemos que o novo cântico é o cântico da redenção. E em Apocalipse 14:3 sabemos que esse cântico somente pode ser cantado por aqueles que experimentaram o poder de Deus.

“Entoavam novo cântico diante do trono, diante dos quatro seres viventes e dos anciãos.” Ap 14:3

Os anjos não podem cantar conosco esse novo cântico, pois é o cântico da redenção, do perdão, salvação e graça. Os anjos na glória, não tiveram essa experiência, portanto não poderão cantar junto conosco naquele dia, porque é o cântico dos que foram separados por Deus antes da fundação do mundo e comprados pelo o sangue do Cordeiro.
Na Bíblia, os cânticos nos falam de experiências. Todas as vezes que um homem, ou mulher, de Deus teve uma experiência na Bíblia, cantava um cântico novo que falava da sua experiência e da sua vitória. Nesse ano você cantará um cântico novo ao Senhor.

2. Um novo nome

“As nações verão a tua justiça, e todos os reis, a tua glória; e serás chamada por um nome novo, que a boca do SENHOR designará. Serás uma coroa de glória na mão do SENHOR, um diadema real na mão do teu Deus.” Is 62:2-3

A vontade do Senhor é nos dar um novo nome, uma nova reputação, uma nova identidade de honra no lugar da vergonha que já passamos. A forma como a igreja é edificada é pela transformação de vidas. Sem transformação não há edificação. Na palavra de Deus ter o nome mudado significa ter a sua vida transformada.

Simão foi transformado numa nova pessoa, um novo homem que agora era como uma rocha ou pedra, daí seu nome se tornou Pedro. Jacó foi transformado em Israel porque mudou de vida. Não apenas Pedro foi transformado para ser útil na edificação da igreja, mas todos nós devemos ter a mesma experiência para sermos parte da edificação de Deus.

3. Um novo coração

“Dar-lhes-ei um só coração, espírito novo porei dentro deles; tirarei da sua carne o coração de pedra e lhes darei coração de carne; para que andem nos meus estatutos, e guardem os meus juízos, e os executem; eles serão o meu povo, e eu serei o seu Deus.” Ez 11:19-20

O Senhor nos dá um novo coração com um espírito disposto a obedecê-lo, para que andemos nos seus caminhos e façamos a sua vontade. As inúmeras derrotas exteriores têm como origem a falha do coração. Deus está interessado em nosso coração, pois é nele que o Espírito Santo reside e também é por meio dele que somos guiados por Deus e conhecemos a sua vontade. A condição do nosso coração revela a realidade da nossa vida espiritual.

É a partir do coração que Deus opera na vida do crente. Por isso Jesus disse que a boca fala do que está cheio o coração. Ele também disse que do coração procedem os maus pensamentos.

Um coração novo é um coração contrito. Somente um espírito contrito percebe a 
presença de Deus (Sl 34:18 e Is 57:15).

“Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito, não o desprezarás, ó Deus.” Sl 51:17

Um coração novo é manso e humilde. Ele nunca resiste o Espírito de Deus.
Um coração novo é fervoroso. Ter um coração que queima é a chave da vitória.
Um coração novo é sempre cheio de graça para com todos ao derredor. Se não temos essas características é porque o nosso coração envelheceu e precisa ser renovado.
Nesses dias o Senhor faz novo o nosso coração renovando-o.

4. Um novo vinho

“Nem se põe vinho novo em odres velhos; do contrário, rompem-se os odres, derrama-se o vinho, e os odres se perdem. Mas põe-se vinho novo em odres novos, e ambos se conservam.” Mt 9:17

O Senhor quer nos encher do vinho novo do seu Espírito e nos ungir para que sejamos um vaso novo para a sua glória. O vinho novo apareceu no dia em que o Senhor transformou a água em vinho em Caná da Galiléia. A água naquele contexto simbolizava vida natural sem cor, sem sabor e sem aroma, mas o vinho novo tipifica uma vida cheia da vida de Deus. Jesus transforma a nossa vida insípida numa vida cheia de sabor, de cor e de aroma. Quando o Senhor transforma a nossa água em vinho, aí podemos desfrutar da verdadeira festa de Deus. Do mesmo modo que o mestre-sala descobriu que o novo vinho é melhor do que o velho, assim também  descobrimos que a Vida que recebemos de Deus é muito melhor do que a nossa vida natural. A  vida humana é limitada; a vida divina é superior e sem limites. Essa vida é a do próprio Deus. Sendo assim, nosso prazer durará eternamente. A despeito do tipo de situação de morte em que possamos estar, se entregarmos nosso caso ao Senhor Jesus, Ele transformará essa morte em vida.
Até mesmo os maridos e esposas cristãos, por exemplo, podem chegar a um ponto de sua vida conjugal em que a vida acaba em seus casamentos. Parece que são incapazes de prosseguir na sua vida conjugal. Todavia, se eles se abrirem ao Senhor Jesus, Ele transformará essa morte em vida.
Em muitos casamentos, o Senhor transformou água morta em vinho da vida. Nesse ano o vinho novo vai transbordar na sua vida.

5. Um novo mandamento

“Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros.” Jo 13:34

“Deus ama a cada um de nós como se houvesse apenas um para amar.” Augustine
O Senhor nos deu um novo mandamento para amarmos uns aos outros perdoando e esquecendo toda a mágoa do passado. Hoje a nossa vida é baseada nesse novo mandamento. Se vivermos por meio dele experimentaremos vitória em todas as áreas de nossa vida.

Para os cristãos construírem relacionamentos saudáveis, se faz necessário uma compreensão profunda sobre o princípio do amor de Deus. O alvo de todo cristão deve ser amar a Deus e ao próximo sem limites, acima das nossas razões deve estar o amor. Todavia, para amar sem limites, precisamos nos aproximar cada vez mais de Deus, seguir de perto os seus passos, sentir de verdade o seu coração, porque Ele é a única fonte do amor incondicional. A própria Escritura define a pessoa maravilhosa do Senhor dizendo “Deus é amor” (1 João 4:8). Essa frase relativamente pequena em quantidade de palavras tem um grandioso e poderoso significado. Os mais conhecidos e respeitados pregadores da Palavra de Deus pelo mundo afora concordam que o “Amor de Deus”, é o principal tema de sermões nas mais diferentes abordagens sobre a Palavra de Deus. Frases como "Jesus te ama" ou "Deus é amor", são as expressões mais usadas e compartilhadas em todo o mundo em aconselhamentos e evangelismos. Isso é maravilhoso! Uma das maiores e mais nobres mensagens que podemos anunciar ao mundo é esta: Deus ama os pecadores incondicionalmente!

O dois versículos mais difundidos das Escrituras Sagradas são João 3:16 e 1Jo 4:8. Por amor a nós pecadores, Jesus deixou o céu para morrer por nós. Nunca haverá uma demonstração de amor maior do que esta. Ele é a fonte de todo amor verdadeiro. Ele “tanto amou o mundo que deu o seu Filho” em sacrifício para salvar a humanidade (1João 4:8; João 3:16).

A importância do amor, pode ser notada na lista de manifestações do fruto do Espírito Santo em Gálatas 5:22-23. No texto, o amor é o carro chefe, é a porta que se abre para a prática da "...alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio." Gl 5:22-23

6. Uma nova Criação

“E vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade.” Ef 4:24

O Senhor quer que vivamos como uma nova criação refletindo a glória e a santidade de Cristo. Paulo diz que nós já somos uma nova criatura.

“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” 2Co 5:17

Todavia, podemos estar ainda levando uma vida cheia de remendos velhos, cheia de hábitos do velho homem. Nesse ano o novo homem que está em você será renovado pelo poder de Deus.

Receba nesse ano uma transformação total

1. Da carnalidade para a espiritualidade
2. Do medo para fé
3. Da esterilidade para a fecundidade
4. Da fraqueza para a força
5. Das maldições para as bênçãos
6. Do fracasso para o sucesso
7. Da doença para a saúde
8. Da pobreza para a prosperidade
9. Da ignorância para a revelação
10. Do cativeiro para a liberdade
11. Do egoísmo para o altruísmo
12. Da falta de rumo para o propósito
13. Da tristeza para a alegria
14. Da passividade para a ação
15. Do ódio para o amor
16. Da desordem para a ordem
17. Da estagnação para o crescimento
18. Da divisão para a unidade
19. Da murmuração para o louvor
20. Do Silêncio para a proclamação
21. Da falta de oração para o clamor intenso

7. Uma Nova Aliança

“Porque isto é o meu sangue, o sangue da nova aliança, derramado em favor de muitos, para remissão de pecados.” Mt 26:28

O Senhor fez uma Nova Aliança conosco por meio do seu sangue. Esta aliança é a nossa alegria e segurança eterna.

A Nova Aliança nos fala de um novo relacionamento com Deus não mais baseado na lei, mas na graça. Num relacionamento baseado em promessas superiores. Viver na Nova Aliança é desfrutar de uma vida sem acusação, mas cheia de paz e de regozijo. Não mais precisamos lutar com nossas forças, mas precisamos apenas descansar na vitória do Senhor.

Nesse ano faça a resolução de entrar na posse de toda bênção e provisão a Nova Aliança. Faça o propósito de viver na rica herança que lhe foi confiada.

Vencendo o medo pelo poder da fé. Sl 34:4. Pr. Edenir Araújo. Culto de Celebração - 16/02/20

Meses atrás , eu e minha esposa estávamos indo de carro para Poá, quando percebi que o marcador de combustível estava na reserva. Quando a...