Total de visualizações de página

Acesse o site da GERAÇÃO DE ADORADORES IGREJA DE VENCEDORES

20170307

O poder explosivo de uma igreja unida. Sl 133:1-3, Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 05/03/17

O poder explosivo de uma igreja unida
                                                                                                                                                                                                                1 Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos! 2 É como o óleo precioso sobre a cabeça, o qual desce para a barba, a barba de Arão, e desce para a gola de suas vestes. 3 É como o orvalho do Hermom, que desce sobre os montes de Sião. Ali, ordena o SENHOR a sua bênção e a vida para sempre. Sl 133:1

Testemunho da quinta feira quando eu e a Sil visitamos este lugar.
“Existem muitas coisas que explicam o sucesso e o crescimen¬to de uma igreja, mas certamente o fator principal é a unidade”

Desde sempre, Lúcifer trabalhou para promover a separação e divisão.

Rompeu o relacionamento dele com Deus
Rompeu o relacionamento do homem com Deus
Trabalha arduamente para dividir casais e famílias, igrejas, empresas, etc.

Tudo o que o diabo faz visa destruir a unidade entre nós. Se perdermos a unidade, a expressão da Igreja estaria arruinada e não teremos impacto algum no mundo espiritual.

O inimigo sabe que a única forma de ele prevalecer contra a igreja é produzindo divisão do corpo. Jesus, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, disse: “Todo reino dividido, contra si ficará deserto, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá. (Mt 12:25)

No Livro de Gênesis, vemos um exemplo do poder da unidade. O povo, ímpio e rebelde a Deus, resolveu construir a torre de Babel. Eles eram malignos e estavam construindo algo para afrontar a Deus, mas ainda assim o Senhor disse que havia algo poderoso entre eles:
“e o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm a mesma linguagem. Isto é apenas o começo; agora não haverá restrição para tudo que intentam fazer.” Gn 11:6
Paulo ensina três Princípios de uma Igreja Unida 1CO 1:10

"Rogo-vos, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que faleis todos a mesma coisa e que não haja entre vós divisões; antes, sejais inteiramente unidos, na mesma disposição mental e no mesmo parecer."

Na igreja de Corinto havia muitos tipos de problemas: havia problema de carnalidade, problemas de entendimento doutrinário, questões sobre casamento, questões sobre os dons, co¬mida consagrada a idolos e muito mais.

Mas, de todos, o que Paulo tratou em primeiro lugar foi o problema da divisão.

Ao tratar dessa questão, ele colocou três princípios que precisamos guardar na vida de nossa igreja:

Devemos falar a mesma coisa (v. 10)
Devemos ter uma mesma disposição mental (v. 10)
Devemos ter um mesmo parecer (v. 10)

O diabo e os demônios sabem do poder da unidade e por essa razão ele sempre trabalha para nos dividir.




Por isso em sua ultima oração chamada sacerdotal Jesus roga pela unidade de seus discípulos ao dizer:

"Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra;
21 a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste. 22 Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos; 23eu neles, e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que tu me enviaste e os amaste, como também amaste a mim." Jo 17:20-23

Perseverando unânimes

“Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos.” Atos 2:46-47

A Bíblia diz que a Igreja Primitiva perseverava unânime, que no original, pode significar uma paixão incomum. Segundo o dicionário, a palavra unânime quer dizer também harmonia. Os cristãos tinham as mesmas paixões e viviam em harmonia; eles perseveram de casa em casa, não tinham que fazer vários eventos para se encontrar, e tinham prazer dessa vida em comunidade. Eles também não reclamavam de ter que se encontrar todos os dias. Às vezes, ouvimos que a Igreja em Célula tem muitas reuniões, pois sempre tem que estar com o povo da Igreja; contudo, a Igreja de Atos se reunia ainda mais.

Senhor Cara Legal - Evangelismo com o livrete 11ª Questão

O poder da oração no Espírito