20120627

Nunca negocie com o inimigo. 1Sm 11:1-11 - Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 24/06/12

"Então, subiu Naás, amonita, e sitiou a Jabes-Gileade; e disseram todos os homens de Jabes a Naás: Faze aliança conosco, e te serviremos. 2 Porém Naás, amonita, lhes respondeu: Farei aliança convosco sob a condição de vos serem vazados os olhos direitos, trazendo assim eu vergonha sobre todo o Israel. 3 Então, os anciãos de Jabes lhe disseram: Concede-nos sete dias, para que enviemos mensageiros por todos os limites de Israel e, não havendo ninguém que nos livre, então, nos entregaremos a ti. 4 Chegando os mensageiros a Gibeá de Saul, relataram este caso ao povo. Então, todo o povo chorou em voz alta. 5 Eis que Saul voltava do campo, atrás dos bois, e perguntou: Que tem o povo, que chora? Então, lhe referiram as palavras dos homens de Jabes. 6 E o Espírito de Deus se apossou de Saul, quando ouviu estas palavras, e acendeu-se sobremodo a sua ira. 7 Tomou uma junta de bois, cortou-os em pedaços e os enviou a todos os territórios de Israel por intermédio de mensageiros que dissessem: Assim se fará aos bois de todo aquele que não seguir a Saul e a Samuel. Então, caiu o temor do SENHOR sobre o povo, e saíram como um só homem. 8 Contou-os em Bezeque; dos filhos de Israel, havia trezentos mil; dos homens de Judá, trinta mil. 9 Então, disseram aos mensageiros que tinham vindo: Assim direis aos homens de Jabes-Gileade: Amanhã, quando aquentar o sol, sereis socorridos. Vindo, pois, os mensageiros, e, anunciando-o aos homens de Jabes, estes se alegraram 10 e disseram aos amonitas: Amanhã, nos entregaremos a vós outros; então, nos fareis segundo o que melhor vos parecer. 11 Sucedeu que, ao outro dia, Saul dividiu o povo em três companhias, que, pela vigília da manhã, vieram para o meio do arraial e feriram a Amom, até que se fez sentir o calor do dia. Os sobreviventes se espalharam, e não ficaram dois deles juntos. 12 Então, disse o povo a Samuel: Quem são aqueles que diziam: Reinará Saul sobre nós? Trazei-os para aqui, para que os matemos.13 Porém Saul disse: Hoje, ninguém será morto, porque, no dia de hoje, o SENHOR salvou a Israel. 14 Disse Samuel ao povo: Vinde, vamos a Gilgal e renovemos ali o reino. 15 E todo o povo partiu para Gilgal, onde proclamaram Saul seu rei, perante o SENHOR, a cuja presença trouxeram ofertas pacíficas; e Saul muito se alegrou ali com todos os homens de Israel. I Samuel 11:1-11


Os moradores de Jabes-Gileade, uma cidade próxima ao rio Jordão ao Sul de Israel, foram intimidados pelos amonitas e com medo resolveram negociar com o inimigo. A proposta do general amonita Naás, era a seguinte, se vocês nos deixarem vazar o olho direito de cada homem de Jabes-Gileade, não mataremos vocês, vocês serão apenas nossos servos. O desejo desse general não era matar, mas escravizar e envergonhar o povo de Jabes-Gileade.

Veja que não é por acaso que o nome desse general é Naás, que significa serpente. Aliás o nome Naás, tem a mesma origem de satanás. Como satanás negociou com Eva, o alvo de Naás era negociar e vencer sem guerrear, subjulgando o povo de Deus.

A serpente, o animal mais sagaz de todos os animais que o SENHOR fez, sempre quis negociar com os homens de Deus.
Veja no caso do próprio Jesus quando foi tentado no deserto, durante as três tentativas de negociação propostas por satanás, o Senhor não cedeu, não negociou com o inimigo.

Para satanás será sempre mais vantajoso evitar o confronto, pois ele sabe que se o crente o enfrentar, ele será derrotado em nome de Jesus.

Faraó, que na Bíblia representa o diabo, um dia tentou negociar com Moisés fazendo a seguinte proposta:

"Então, Faraó chamou a Moisés e lhe disse: Ide, servi ao SENHOR. Fiquem somente os vossos rebanhos e o vosso gado; as vossas crianças irão também convosco. 25 Respondeu Moisés: Também tu nos tens de dar em nossas mãos sacrifícios e holocaustos, que ofereçamos ao SENHOR, nosso Deus. 26 E também os nossos rebanhos irão conosco, nem uma unha ficará; porque deles havemos de tomar, para servir ao SENHOR, nosso Deus, e não sabemos com que havemos de servir ao SENHOR, até que cheguemos lá." Ex 10:24-26

Devemos ter o posicionamento de Moisés. “Nem uma unha ficará!”

Veja que a lição que podemos aprender desde o Édem é que não devemos negociar com Satanás. A orientacão que Tiago nos dá é a seguinte: "Sujeitai- vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." Tg 4:7

Não negociamos com satanás, não fazemos concessão com as trevas. Não abrimos mão da nossa liberdade em Cristo Jesus.

1Jo 3:8 nos diz que Jesus se manifestou para destruir as obras do Diabo. "Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo." Podemos ler também em João 8:36: "Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres." João 8:36

Mas porque o povo de Jabes-Gileade optou por negociar com Naás? Vou te dar ao menos duas razões:

1. Negociaram com o inimigo para sobreviverem.

Não negocie com o inimigo e nem tenha a atitude de simplesmente buscar sobreviver, de auto preservação.

No desejo de sobreviver, muitos negociam com o inimigo dizendo: "Eu não posso dizimar, pois devolvendo o dízimo eu ficarei sem o dinheiro para pagar as contas."
Outros sobrevivem contando uma mentirinha aqui, outra ali. Eles pensam: "Eu não posso contar a verdade para a minha esposa, pois ela nunca vai me perdoar." Assim vão sobrevivendo.
Conheço pessoas que sobrevivem quando ocultam seus pensamentos e sentimentos. Estão ouvindo a voz do diabo que diz: "Não precisa compartilhar seus pecados, muito menos ser transparente com seu próximo pois Deus já te perdoou."

Pessoas estão sobrevivendo com uma vida dupla, negociando com Naás.

Muitos estão sobrevivendo alimentando a sensualidade, o orgulho, a arrogância, achando que estão fazendo o que é correto. Na verdade, Naás está escravizando cada uma dessas pessoas.

O desejo de sobreviver pode ser o maior inimigo da vitória. A vitória é para aqueles que aborrecem a própria vida, que em face da morte não amam a própria vida. A vitória na vida de um cristão autêntico, vem por meio de uma disposição de morrer pela causa. Isso é o que Cristo fez por nós, Ele morreu pela causa, e quando agimos assim, nos parecemos com Cristo.

“Eles, pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram e, mesmo em face da morte, não amaram a própria vida.” Ap 12:11

Toda pessoa que morre por uma causa legítima é considerado mártir. A igreja no seu início produziu muitos mártires e por causa deles, o evangelho se fortaleceu e se expandiu. Satanás não quer que você morra pela causa, pois ele sabe que quem luta contra ele, renunciando as suas vontades, recebe aprovação de Deus.

"Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me." Mt 16:24

2. Negociaram com o inimigo para evitar a batalha.

Muitos estão contentes e acomodados com uma vida ruim. Desencorajados para novos desafios. Outros nem acreditam que a vida pode ser diferente. O inimigo não quer que você alargue as suas estacas, expanda, cresça. Nós somos como uma mola. Toda mola que estica nunca mais volta a ser do mesmo tamanho.

Naás não quis matar o povo, mas sua estratégia era ferir e subjulgar os homens de Israel fazendo-os escravos.

O texto nos diz que Satanás quer no cegar os olhos.

Veja as consequências do multilamento destes homens de olhos vazados.

Os olhos são a lâmpada do corpo.

"22 São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; 23 se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!" Mt 6:22-23

"nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus." 2Co 4:4

· Ser cego de um olho é ter menos luz e menos revelação. (Lc 11:34)
· O soldado usava o escudo na frente de um olho e usava o outro para mirar o inimigo. Com apenas um olho ele expunha toda a cabeça ao ataque do adversário.
· Quem se sujeita a ficar cego de um olho, ainda que tenha uma visão parcial, fica sem a visão estereoscópica, sem profundidade.

Em Apocalipse, O Senhor é aquele que possui os sete olhos e os olhos são o sete espíritos de Deus.

"Então, vi, no meio do trono e dos quatro seres viventes e entre os anciãos, de pé, um Cordeiro como tendo sido morto. Ele tinha sete chifres, bem como sete olhos, que são os sete Espíritos de Deus enviados por toda a terra." Ap. 5:6

Podemos dizer que ter os olhos furados é perder a unção do Espírito!

Deus quer que você seja completo nele, enquanto que o inimigo deseja multilar o homem, torná-lo deficiente. Veja um outro exemplo de multilação na Bíblia.

"Então, disse Adoni-Bezeque: Setenta reis, a quem haviam sido cortados os polegares das mãos e dos pés, apanhavam migalhas debaixo da minha mesa; assim como eu fiz, assim Deus me pagou. E o levaram a Jerusalém, e morreu ali." Jz 1:7

Adoni-Bezeque era rei de Bezeque, uma cidade na província cananéia. Diz o texto que ele multilou e subjulgou setenta outros reis.

Cortar os polegares significa:

· Perder a força para agarrar. Na batalha a espada era a arma mais importante. Uma mão sem polegar não consegue segurar a espada.
· Ser incapaz de fazer movimentos precisos como o de pinça. É uma das coisas que nos difere dos animais, o polegar. Tirar o polegar era uma forma de colocar o homem no nível de um animal.
· Perder o equilíbrio no andar. Um soldado sem equilíbrio é facilmente derrotado.

Nunca pense que um olho, ou um polegar, isso é pouco!

“...pois aquele que é vencido fica escravo do vencedor.” 2Pe 2:19b

“Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que devastam os vinhedos, porque as nossas vinhas estão em flor.” Ct 2:15

Como reagir diante da afronta de satanás?

Olhando para Saul, podemos imitá-lo e vencer Naás nos dias de hoje.

Esse foi o dia em que Saul foi confirmado na sua posição de líder sobre a nação. Todos nós temos um dia em que somos confirmados diante do povo, e geralmente, esse dia é o dia da adversidade.

1. Tenha uma santa indignação. V. 6

E o Espírito de Deus se apossou de Saul, quando ouviu estas palavras, e acendeu-se sobremodo a sua ira.

E não vos conformeis com este século, mas transformai- vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Rm 12:2

Quando Saul ouviu o que aconteceu, o Espírito do Senhor desceu sobre ele em poder e Saul ficou com raiva. É correto ficar com raiva, quando a nossa raiva é fruto de uma santa indignação.

2. Seja realista. V. 7a

7 Tomou uma junta de bois, cortou-os em pedaços e os enviou a todos os territórios de Israel por intermédio de mensageiros que dissessem: Assim se fará aos bois de todo aquele que não seguir a Saul e a Samuel.

Saul pode ter parecido ameaçador, mas essa foi a maneira de fazer o ovo entender o perigo de negociar com o inimigo. Existem momentos que a nossa pregação consiste em apresentar o plano de Deus, o céu, o paraíso e os benefícios do Reino de Deus. Mas também existem situações onde devemos mostrar o inferno para as pessoas, fazê-los enxergar as consequências do pecado, mostrar a destruição que está por vir sobre os filhos da desobediência.

3. Busque unidade. V. 7b

Você deve sublinhar versículo 7. “Então, caiu o temor do SENHOR sobre o povo, e saíram como um só homem.”

Quando Deus molda-nos juntos como um só, o inimigo sempre será vencido! Esse é o poder da unidade. Precisamos buscar unidade hoje mais do que em qualquer outro tempo. Buscamos unidade no falar, no pensar, no agir.

“Da multidão dos que creram era um o coração e a alma. Ninguém considerava exclusivamente sua nem uma das coisas que possuía; tudo, porém, lhes era comum.” At 4:32

“e o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm a mesma linguagem. Isto é apenas o começo; agora não haverá restrição para tudo que intentam fazer.” Gn 11:6

“Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos!” Sl 133:1

4. Tenha uma atitude perdoadora. V. 12

12 Então, disse o povo a Samuel: Quem são aqueles que diziam: Reinará Saul sobre nós? Trazei-os para aqui, para que os matemos.13 Porém Saul disse: Hoje, ninguém será morto, porque, no dia de hoje, o SENHOR salvou a Israel

Nunca seremos instrumentos úteis a Deus a menos que tenhamos uma atitude perdoadora. Saul demonstrou nobreza e isso conquistou o coração dos homens de Israel.

Em 1 Samuel 11:14, lemos que o reinado de Saul foi confirmado, ofereceram sacrifícios de comunhão com Deus, e então fizeram uma grande festa.

20120620

Unção e Confissão, uma combinação explosiva! Disc. André Queiróz - Culto de Celebração - 20/06/12

1 Samuel 17:26-50

Vemos inicialmente que em nossas vidas que passamos por diversas combinações explosivas, o padrão mundano hoje é justamente este ponto, que quando combinamos um craque em potencial com uma excelente base temos ai uma combinação explosiva. Vemos também que infelizmente temos estas combinações para outras finalidades, por exemplo, quando pessoas misturam álcool com a condução de um veículo, certamente esta é uma combinação explosiva.

Ao lermos este texto, vemos que esta conhecida passagem nos mostra esta combinação de forma clara para nossa igreja atualmente. Nesta passagem temos dois pontos importantes, Golias no verso 44 declarou que mataria Davi e entregaria seu corpo às bestas feras, como forma de intimidação e pressão. Com relação a Davi, ele também declarou a morte do Filisteu com ousadia e coragem. E algumas pessoas podem até achar que isto aconteceu porque Davi era uma pessoa que dependia de Deus e que tinha falado no nome do Senhor antes de enfrentar o Gigante.

Com base neste texto conseguimos notar alguns pontos onde Davi chamava a atenção de Deus.

1 Andar por Fé e não por Vista.

Davi antes mesmo de ser ungido Davi tinha um relacionamento intimo e verdadeiro com o Senhor. Certa vez um urso veio e pegou uma de suas ovelhas e Davi foi e arrancou de suas garras a ovelha, de mesmo modo ocorreu com um Leão. Quais são os obstáculos que enfrentamos no nosso ministério? Creia que Deus tem te levantado a impactar gerações e aplique a visão de fé que Davi Tinha sobre sua Vida.

1 Samuel 17:26-28

Não permita os Eliabes declararem palavras de maldições sobre a sua vida.

CREIA POIS VOCÊ É O QUE VOCÊ DECLARA!

2 Ainda que o resultado não venha não desista.

Após diversos questionamentos e insultos de seu irmão Davi manteve-se firme e com o mesmo objetivo.

1 Samuel 17:29-31

Após este fato Davi começa desbravar território, após sua insistência ele rompeu barreiras, mesmo que as dificuldades apareçam continue olhando para o alvo pois aquele que é escolhido do Senhor. Veja o que a palavrada Deus diz em Tiago 3:4-5

Por isso direcione o Leme de sua vida que é a sua Língua para o caminho correto!

3 Enfrente seus problemas de frente.

Muitos de nós temos receio de enfrentar nossos gigantes e as vezes mesmo sendo ungidos do Senhor temos o dever de declara a nossa vitória.

No verso 36 vemos que antes mesmo de Davi encarar o Gigante ele já tinha determinado sua vitória.

1Sm 17:36 O teu servo matou tanto o leão como o urso; este incircunciso filisteu SERÁ como um deles, porquanto afrontou os exércitos do Deus vivo.

Após declarar sua vitória até o Rei Saul mudou de opinião pois após sua insistência Saul.

Seja ousado e declare a sua vitória em sua vida e ministério!

4 Os ungidos do senhor andam preparados.

Veja que na sequência Davi estava a frente do Gigante, mas o mais estranho é que ele não tinha apenas uma pedra em seu alforje, eram cinco pedras pois segundo estudos Golias possuía mais quatro irmãos e ele mesmo sem saber como seria a batalha já estava preparado.

Da mesma forma isto deve ocorrer em nossas vidas, ainda que nós fomos ungidos temos que estar preparados, precisamos estar alinhados a vontade de Deus para pois no momento exato Ele nos dá resposta.

Nos dias de hoje quanto mais preparados estivermos para o que o Senhor tem para nós, mais o Senhor vai confiar.

Com base neste base texto qual é a área que devemos declarar nossa vitória?

20120613

Escolhidos para quê? Jo 15:16; Mt 6:10 - Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 10/06/12

"Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda." João 15:16

"venha o teu reino; faça- se a tua vontade, assim na terra como no céu..." Mt 6:10

Introdução:

Nestes dias estamos muito preocupados com o que Deus está fazendo, onde Ele está movendo; mas devemos nos preocupar com o que Deus deseja que façamos, porque o que importa é cumprirmos a sua vontade.

Embora Deus seja criador de todas as coisas, Ele quer usar o homem para conquistar algo que Ele deseja. E só o homem pode cooperar para realizar este sonho que está no coração de Deus.

Como pode ser isto?

Deus desejar algo que Ele ainda não tem? O criador do universo O Deus Todo Poderoso deseja Ter os filhos que ele ainda não tem!

Os anjos não podem fazer isso para Deus, mas o homem sim! Pois somos cooperadores nesta obra maravilhosa que consiste na edificação do reino de Deus. Nós só temos uma vida para agradar a Deus, e é tão pouco comparado com a eternidade. Temos pouco tempo para cumprir o propósito para o qual fomos criados. Portanto hoje, precisamos lutar para fazer com que a vontade de Deus se realize. É nessa vida que nós precisamos responder a Deus.

Infelizmente a maioria de nós, os evangélicos, saímos do propósito original de Deus, pois fomos criados para servir ao criador. Hoje a mentalidade que se tem é de consumismo e então fazemos da igreja um grande centro de consumo. Estamos na igreja por que queremos alguma coisa, e nos esquecemos que fomos criados para servir a Deus. Como é difícil pregar isso neste dias!

O que precisamos fazer para servir a Deus? Cumprir o que foi estabelecido desde o começo.

“Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra, e sujeitai-a.” (Gn 1:28)

Talvez você esteja pensando: “Mas parece que não se fala em outra coisa neste lugar.” Deixe-me te dar alguns dados sobre esse assunto na Bíblia. Só no Livro de Gênesis, que é o primeiro livro da Bíblia, nós temos 50 capítulos. Estudando sistematicamente o assunto frutificação, multiplicação, crescimento, descobrimos que verbos do tipo, “frutificar, crescer, multiplicar, prosperar”, aparecem mais de cem vezes nestes cinqüenta capítulos. A Bíblia também fala de 8000 promessas de bênçãos reservadas ao homem. Dentre todas essas promessas, aproximadamente 5000 delas estão relacionadas com a expansão do reino de Deus através do crescimento de seus filhos na terra.

O plano de Deus compartilhado em Gênesis 1:28 frustrou por causa do pecado de Adão, mas Deus não desistiu, pois em Gênesis 9:1, vemos o Senhor restaurando seu plano dando a Nóe e sua família a responsabilidade de ser frutífero multiplicando a imagem e semelhança de Deus.

Abençoou Deus a Noé e a seus filhos e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos e enchei a terra.Gn 9:1

Mais uma vez Deus insiste em levar seu plano a diante.

O problema é que mais uma vez o homem perde o temor e desvia do propósito de Deus. Em Gênesis 11, alguns homens se reúnem para construir uma torre no intuito de alcançarem o céu e serem reconhecidos.

E disseram uns aos outros: Vinde, façamos tijolos e queimemo-los bem. Os tijolos serviram-lhes de pedra, e o betume, de argamassa.

Gên 11:4 Disseram: Vinde, edifiquemos para nós uma cidade e uma torre cujo tope chegue até aos céus e tornemos célebre o nosso nome, para que não sejamos espalhados por toda a terra.

Gên 11:5 Então, desceu o SENHOR para ver a cidade e a torre, que os filhos dos homens edificavam;

Gên 11:6 e o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm a mesma linguagem. Isto é apenas o começo; agora não haverá restrição para tudo que intentam fazer.

Gên 11:7 Vinde, desçamos e confundamos ali a sua linguagem, para que um não entenda a linguagem de outro.

Gên 11:8 Destarte, o SENHOR os dispersou dali pela superfície da terra; e cessaram de edificar a cidade.

Gên 11:9 Chamou-se-lhe, por isso, o nome de Babel, porque ali confundiu o SENHOR a linguagem de toda a terra e dali o SENHOR os dispersou por toda a superfície dela.

O Senhor Deus novamente vê seu plano frustrando novamente, mas não desiste pois em Gênesis 12, ele na sua terceira tentativa, chama Abrão, e recomeça seu mover de espalhar sua imagem e semelhança por toda a terra.

A verdade é que Deus até hoje não desistiu de seus planos. Nos dias de hoje o Senhor tem se manifestado com a mesma necessidade. Através de Jesus Ele nos comissionou para ir e fazer discípulos de todas as nações.

“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo...” Mt 28:19

As palavras de Jesus são exatamente as mesmas que Deus falou a Adão, Noé e Abrãao. O Senhor não mudou.

Fomos chamados para frutificar, influenciar as pessoas com quem relacionamos, conduzindo os pecadores para um encontro real com Cristo, fazendo de cada um deles discípulos de Cristo.

"Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda." João 15:16

20120604

Atenção! Crianças em Perigo. 2Re 11:1-12 - Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 03/06/12

1 Vendo Atalia, mãe de Acazias, que seu filho era morto, levantou- se e destruiu toda a descendência real. 2 Mas Jeoseba, filha do rei Jorão e irmã de Acazias, tomou aJoás, filho de Acazias, e o furtou dentre os filhos do rei, aos quais matavam, e pôs a ele e a sua ama numa câmara interior; e, assim, o esconderam de Atalia, e não foi morto. 3 Jeoseba o teve escondido na Casa do SENHOR seis anos; neste tempo, Atalia reinava sobre a terra. 4 No sétimo ano, mandou Joiada chamar os capitães dos cários e da guarda e os fez entrar à sua presença na Casa do SENHOR; fez com eles aliança, e ajuramentou- os na Casa do SENHOR, e lhes mostrou o filho do rei. 5 Então, lhes deu ordem, dizendo: Esta é a obra que haveis de fazer: uma terça parte de vós, que entrais no sábado, fará a guarda da casa do rei; 6 e outra terça parte estará ao portão Sur; e a outra terça parte, ao portão detrás da guarda; assim, fareis a guarda e defesa desta casa. 7 Os dois grupos que saem no sábado, estes todos farão a guarda da Casa do SENHOR, junto ao rei. 8 Rodeareis o rei, cada um de armas na mão, e qualquer que pretenda penetrar nas fileiras, seja morto; estareis com o rei quando sair e quando entrar. 9 Fizeram, pois, os capitães de cem segundo tudo quanto lhes ordenara o sacerdote Joiada; tomaram cada um os seus homens, tanto os que entravam como os que saíam no sábado, e vieram ao sacerdote Joiada. 10 O sacerdote entregou aos capitães de cem as lanças e os escudos que haviam sido do rei Davi e estavam na Casa do SENHOR. 11 Os da guarda se puseram, cada um de armas na mão, desde o lado direito da casa real até ao lado esquerdo, e até ao altar, e até ao templo, para rodear o rei. 12 Então, Joiada fez sair o filho do rei, pôs- lhe a coroa e lhe deu o Livro do Testemunho; eles o constituíram rei, e o ungiram, e bateram palmas, e gritaram: Viva o rei!

Queridos, essa mesma história pode ser lida no 2º livro de Crônicas dos Reis, capítulos 22 e 23. A narrativa impressiona, pois é quase idêntica ao texto de 2º Reis 11. Todas as vezes que isso acontece na Bíblia, uma história sendo contada várias vezes, podemos aprender que de fato se trata de algo importante.

A Bíblia nos ensina neste texto que Atalía, filha de Jesabel, perdeu seu filho e a partir disso, decidiu matar todas as crianças da descendência real. Mas uma mulher chamada Jeoseba, filha do rei Jeorão, não aceitou esse infanticídio e protegeu um menino chamado Joás. Junto do sumo sacerdote Joiada, trabalharam para proteger e levar a criança até o trono de Judá.

O erro de Atalía foi pensar que tinha exterminado todos os herdeiros potenciais, todas as crianças da realeza, ela acreditava nisso. Glória Deus, pois até os melhores planos para fazer o mal se estragam.

Voltando ao texto, podemos aprender lições preciosas sobre o valor de uma criança.

1. A criança está em perigo. v. 1

1 Vendo Atalia, mãe de Acazias, que seu filho era morto, levantou- se e destruiu toda a descendência real.

Moisés, escolhido do Senhor para libertar os Hebreus no Egito, viveu em um tempo difícil, e ainda quando era um bebê, Faraó mandou que todas as crianças meninos, filhos de Hebreus fossem mortos logo no parto. Não conseguindo levar adiante o seu intento, cometeu um infanticídio matando esses meninos no rio Nilo. Já na era cristã, no tempo em que Jesus era um bebê. Herodes mandou matar todas as crianças com menos de 2 anos em Bélem e seus arredores. Faraó, Herodes e Atalía, foram movidos por um espírito malígno que os levaram a assassinarem muitas crianças. As crianças daquela época, bem como as crianças de hoje estão em perigo.

O noticiário anuncia: Procuradora agride filha adotiva. Pai arremessa filha pela janela do apartamento. Corpos de meninos desaparecidos são encontrados com sinais de violência sexual. Todos os dias vemos nos jornais e na TV casos de crianças sendo abandonadas, agredidas, violentadas e humilhadas por aqueles que deveriam ser seus maiores protetores. O que está acontecendo com o mundo?

Desde o dia em que Jesus reuniu seus discípulos e ensinou que a pureza e inocência de uma criança seria o passaporte para entrar no reino dos céus, o diabo e seus anjos passaram a trabalham ferozmente para destruir e desviar os pequeninos da vontade de Deus.

A nossa responsabilidade é guardar essas crianças, pois maltratar uma criança levando-a desviar-se da vontade de Deus é tão grave que o próprio Jesus diz que é melhor alguém morrer do que desviar um pequenino. Mt 18:6

Nunca houve um tempo onde crianças mais se desviaram do propósito de Deus como nos nossos dias de hoje.

· Por causa da internet, da televisão etc.

· Por causa do amadurecimento precoce.

Crianças de 10, 11, 12 anos, estão se comportando como adolescentes de 15, 16 anos. Eles não querem estar com outras crianças de sua idade, querem andar com gente de mais idade. Crianças são usadas como pedintes nos faróis, são abusadas por pervertidos, se envolvem emocionalmente em relacionamentos de namoro, se frustram e em alguns casos até se matam.

· Por causa do divórcio.

A separação de casais faz muito mal às crianças e deixa uma marca ou estigma que elas carregarão pelo resto da vida.

1. A adolescência começa mais cedo.

2. Nas meninas, a iniciação sexual costuma ocorrer antes do recomendável.

3. Elas(es) tendem a desenvolver por conta própria seus conceitos de moralidade.

4. Os filhos mais velhos tendem a cuidar dos irmãos mais novos, como se fossem adultos.

5. Sofrem mais de depressão e apresentam maiores dificuldades de aprendizado que os provenientes de famílias intactas.

6. Para uma criança, a vida pós-divórcio é incrivelmente difícil. Ela (ele) se sentem abandonados(as), marginalizados (as).

“O dia em que meus pais se divorciaram foi o dia em que minha infância acabou”. (Testemunho de uma criança).

7. As discussões dos pais afetam os filhos, tem efeitos de longo prazo, até a vida adulta.

8. A imagem negativa do casamento leva-os a fazerem péssimas escolhas de parceiros ou a fugir de compromissos. 40% deles não conseguem casar-se quando atinge a idade adulta.

9. O trauma da separação de seus pais faz com que vivam sozinhos. Não valorizam o amor, a fidelidade e o companheirismo. Têm dificuldade em lidar com seus sentimentos e traduzi-los na construção de uma vida a dois.

10. O raciocínio da criança diz: “Se eu não existisse, meus pais não estariam brigando”. Nasce um sentimento de culpa muito forte.

11. Quando o pai ou a mãe arruma namorado, cai por terra a esperança infantil de que um dia eles poderão voltar a ficar juntos.

12. É difícil para uma criança adolescente aceitar sem reservas o novo marido ou a nova mãe. Estes substitutos são vistos como próteses. São curativos para uma ferida que nunca cicatrizará.

Judith S. Wallerstein é Piscóloga e Terapeuta que durante 25 anos estudou os resultados do divórcio na vida das crianças. Durante este tempo foi professora na universidade da California em Berkeley.

Não podemos ser tropeço na vida de nossos filhos e crianças. Talvez você esteja dizendo: "Eu não faço meus filhos ou crianças tropeçarem." será???

Diz uma história, que um pai estava preparando a lição da EBD sobre o tema “As Marcas de Um Verdadeiro Cristão”. Antes de ir ensinar sua classe, gastou 15 minutos revendo os pontos principais com a esposa, quando o filho menor estava por perto. Quando acabou, o menino estava pensativo. E de repente disse: “Papai, eu acho que nunca vi um cristão em minha vida”. Pronto, foi um choque para o pai, mas também uma advertência.

A maneira como falamos, reagimos às circunstâncias são exemplos que estamos dando as crianças.

2. As crianças precisam de proteção. V.2

2 Mas Jeoseba, filha do rei Jorão e irmã de Acazias, tomou a Joás, filho de Acazias, e o furtou dentre os filhos do rei, aos quais matavam, e pôs a ele e a sua ama numa câmara interior; e, assim, o esconderam de Atalia, e não foi morto. 3 Jeoseba o teve escondido na Casa do SENHOR seis anos; neste tempo, Atalia reinava sobre a terra.

O pecado está rodeando os homens e também e principalmente as crianças. Elas são bombardeadas com uma mídia agressiva diariamente. Sensualidade, promiscuidade, rebeldia, permeiam nossas crianças a todo instante.

O caráter de uma pessoa é formado principalmente ou basicamente até os 7 anos de idade dizem alguns educadores. Creio ser também essa a razão para Joiada e Jeoseba deixarem Joás até os seis anos protegido.

E não fizeram somente esconder a criança, mas o guardou no templo. Eu te pergunto, hoje qual o melhor lugar para escondermos nossas crianças dos perigos do mundo?

O melhor lugar para as crianças estarem é a igreja.

Joás foi escondido no templo. Atalia, filha de Jezabel herdou a idolatria de seus pais, e certamente não iria ao templo ou a casa de Deus.

É incrível como vemos pais que dificultam a vida de seus filhos, impedindo-os de irem às igrejas, de participarem dos trabalhos da igreja. A direção que nos é dada através da Palavra de Deus é que devemos ensinar nossos filhos segundo a Palavra de Deus. "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele." Pv 22:6

3. As crianças necessitam de uma estratégia. Joiada montou uma estratégia. V. 5-8

"5 Então, lhes deu ordem, dizendo: Esta é a obra que haveis de fazer: uma terça parte de vós, que entrais no sábado, fará a guarda da casa do rei; 6 e outra terça parte estará ao portão Sur; e a outra terça parte, ao portão detrás da guarda; assim, fareis a guarda e defesa desta casa. 7 Os dois grupos que saem no sábado, estes todos farão a guarda da Casa do SENHOR, junto ao rei. 8 Rodeareis o rei, cada um de armas na mão, e qualquer que pretenda penetrar nas fileiras, seja morto; estareis com o rei quando sair e quando entrar."

Estes versículos do 5 ao 8, nos falam de uma estratégia para preservar Joás no templo e depois leva-lo do templo para o trono. A ordem de Jeoiada era: "qualquer que pretenda penetrar nas fileiras, seja morto;". Devemos dar a nossa vida se for preciso para defender nossas crianças.

No verso 8, ele diz que todos deveriam trabalhar para guardar Joás. Isso nos fala de uma responsabilidade coletiva. O cuidado não é só do líder, pastor, mas de toda a igreja.

E abrindo um parênteses, quem cuidou e assistiu o menino durante seis anos além de Jeoseba foi Joiada e seus homens. "Joás esteve com eles seis anos na Casa de Deus, e Atalia reinou no país." 2Cro 22:12

Alguns irmãos não querem investir tempo no cuidado das crianças. Jeoiada investiu tempo discipulando Joás. Alguém afirmou: "É mais fácil construir uma criança do que consertar um homem". Na verdade, temos nos dedicado muito mais a consertar adultos.

"Fez Joás o que era reto perante o SENHOR, todos os dias em que o sacerdote Joiada o dirigia." 2Re 12:2

Enquanto Joás era assistido por Jeoiada, não se desvcômodos caminhos do Senhor. 2Cro 24:15-19

4. As crianças tem promessas. Mt 18:1-5; Lc 18:15-17

1 Naquela hora, aproximaram- se de Jesus os discípulos, perguntando: Quem é, porventura, o maior no reino dos céus? 2 E Jesus, chamando uma criança, colocou- a no meio deles. 3 E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus. 4 Portanto, aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus. 5 E quem receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe. Mt 18:1-5

15 Traziam- lhe também as crianças, para que as tocasse; e os discípulos, vendo, os repreendiam. 16 Jesus, porém, chamando- as para junto de si, ordenou: Deixai vir a mim os pequeninos e não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus. 17 Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira alguma entrará nele. Lc 18:15-17

Nossos filhos estão nascendo em uma descendência real, estão destinados à realeza. O futuro de Joás seria reinar. O futuro dos nossos filhos é liderar, influenciar suas gerações. Satanás sabe que nossos filhos serão sacerdotes e ministros e ele quer fazer de tudo para impedir que esse plano realize.

Nós pais, devemos ensinar isso para os nossos filhos, para as crianças que Deus nos confiou.

"O que ouvimos e aprendemos, o que nos contaram nossos pais, 4 não o encobriremos a seus filhos; contaremos à vindoura geração os louvores do SENHOR, e o seu poder, e as maravilhas que fez. 5 Ele estabeleceu um testemunho em Jacó, e instituiu uma lei em Israel, e ordenou a nossos pais que os transmitissem a seus filhos..." Sl 78:3-5

Eu quero encerrar compartilhando uma frase de um anônimo que diz:

“Daqui a cem anos, não importará o tipo de carro que dirigi, o tipo de casa em que morei, quanto tinha depositado no banco, nem que roupas vesti. Mas o mundo pode ser um pouco melhor porque eu fui importante na vida de uma criança." Anônimo

"Muitas coisas podem esperar. As crianças não. Eles precisam de nós hoje." Johann Cristoph

Como tomar posse do milagre – Marcos 5.25 a 34 - Disc. Adilson Gomes - Culto de Celebração - 27/05/12

Introdução:

Todos nós precisamos de um milagres, alguns nas financias , outros na saúde, no casamento, libertação de parente, vícios...

Estamos vivendo dias onde o poder de Deus tem se manifestado e Ele tem operado grandes milagres.Mas porque muitos de nós temos sofrido e muitos tem se sentido frustrados por não resolver o nosso milagre?

Vemos neste texto muito exemplos na vida desta mulher (Mulher sofria do fluxo de sangue) e da mesma maneira que Jesus operou na vida dela, irá operar na área em que você precisa.

Estratégias para receber o seu milagre

1º Não se conformar com a adversidadeMarcos 5.26- diz que aquela mulher sofria mais já tinha procurado ajuda.Jesus não quer que você fique passivo diante do seu problema , ore, jejue ,busque pelo seu milagre , Ele te capacita.

2º Através da Fé- Marcos 5.28 - diz que aquela mulher ouviu falar que Jesus iria passar e creu no poder Dele.

Muitos de nós não recebemos o nosso milagre porque deixamos Jesus passar e não o tocamos

Toque nas vestes de Jesus pela restauração do seu casamento, creia que Ele pode te curar, libertar,salvar.

Toque em Jesus crendo no seu milagre

3º Se posicionar e lutarMarcos 5.31 –Deus levanta servos valentes ,mas muitas vezes

Não nos posicionamos e nem lutamos .

Aquela mulher dentro das suas limitações saiu em meia multidão lutou por sua cura, venceu os obstáculos.

Conclusão

Deus não tem prazer no fraco, no covarde, naquele que se conforma com os problemas ,porque Ele diz em sua palavra que você e mais do que vencedor

Eu te convido nesta noite a tocar nas vestes do Senhor, para receber teu milagre.