Pular para o conteúdo principal

Unção e Confissão, uma combinação explosiva! Disc. André Queiróz - Culto de Celebração - 20/06/12

1 Samuel 17:26-50

Vemos inicialmente que em nossas vidas que passamos por diversas combinações explosivas, o padrão mundano hoje é justamente este ponto, que quando combinamos um craque em potencial com uma excelente base temos ai uma combinação explosiva. Vemos também que infelizmente temos estas combinações para outras finalidades, por exemplo, quando pessoas misturam álcool com a condução de um veículo, certamente esta é uma combinação explosiva.

Ao lermos este texto, vemos que esta conhecida passagem nos mostra esta combinação de forma clara para nossa igreja atualmente. Nesta passagem temos dois pontos importantes, Golias no verso 44 declarou que mataria Davi e entregaria seu corpo às bestas feras, como forma de intimidação e pressão. Com relação a Davi, ele também declarou a morte do Filisteu com ousadia e coragem. E algumas pessoas podem até achar que isto aconteceu porque Davi era uma pessoa que dependia de Deus e que tinha falado no nome do Senhor antes de enfrentar o Gigante.

Com base neste texto conseguimos notar alguns pontos onde Davi chamava a atenção de Deus.

1 Andar por Fé e não por Vista.

Davi antes mesmo de ser ungido Davi tinha um relacionamento intimo e verdadeiro com o Senhor. Certa vez um urso veio e pegou uma de suas ovelhas e Davi foi e arrancou de suas garras a ovelha, de mesmo modo ocorreu com um Leão. Quais são os obstáculos que enfrentamos no nosso ministério? Creia que Deus tem te levantado a impactar gerações e aplique a visão de fé que Davi Tinha sobre sua Vida.

1 Samuel 17:26-28

Não permita os Eliabes declararem palavras de maldições sobre a sua vida.

CREIA POIS VOCÊ É O QUE VOCÊ DECLARA!

2 Ainda que o resultado não venha não desista.

Após diversos questionamentos e insultos de seu irmão Davi manteve-se firme e com o mesmo objetivo.

1 Samuel 17:29-31

Após este fato Davi começa desbravar território, após sua insistência ele rompeu barreiras, mesmo que as dificuldades apareçam continue olhando para o alvo pois aquele que é escolhido do Senhor. Veja o que a palavrada Deus diz em Tiago 3:4-5

Por isso direcione o Leme de sua vida que é a sua Língua para o caminho correto!

3 Enfrente seus problemas de frente.

Muitos de nós temos receio de enfrentar nossos gigantes e as vezes mesmo sendo ungidos do Senhor temos o dever de declara a nossa vitória.

No verso 36 vemos que antes mesmo de Davi encarar o Gigante ele já tinha determinado sua vitória.

1Sm 17:36 O teu servo matou tanto o leão como o urso; este incircunciso filisteu SERÁ como um deles, porquanto afrontou os exércitos do Deus vivo.

Após declarar sua vitória até o Rei Saul mudou de opinião pois após sua insistência Saul.

Seja ousado e declare a sua vitória em sua vida e ministério!

4 Os ungidos do senhor andam preparados.

Veja que na sequência Davi estava a frente do Gigante, mas o mais estranho é que ele não tinha apenas uma pedra em seu alforje, eram cinco pedras pois segundo estudos Golias possuía mais quatro irmãos e ele mesmo sem saber como seria a batalha já estava preparado.

Da mesma forma isto deve ocorrer em nossas vidas, ainda que nós fomos ungidos temos que estar preparados, precisamos estar alinhados a vontade de Deus para pois no momento exato Ele nos dá resposta.

Nos dias de hoje quanto mais preparados estivermos para o que o Senhor tem para nós, mais o Senhor vai confiar.

Com base neste base texto qual é a área que devemos declarar nossa vitória?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O poder de crer e confessar. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 04/09/16

Entendendo a fé...
1. A fé é um espírito (2Co 4:13)
“Tendo, porém, o mesmo espírito da fé, como está escrito: Eu cri; por isso, é que falei. Também nós cremos; por isso, também falamos...”. 2Co 4:13
Veja que a fé não é questão de fórmula, mas de espírito. Paulo diz que temos o mesmo espírito de fé de Abraão, Moisés ou Davi. Sendo a fé um espírito, ela é contagiosa e por isso pode se espalhar. Você deve se lembrar do dia em que os doze espias foram enviados para espiar a terra de Canaã. Depois de quarenta dias, eles voltaram e dez deles disseram:
“Não podemos conquistar essa terra. As muralhas são muito largas, os gigantes, muito altos, e nós somos muito pequenos”. Mas dois deles, Josué e Calebe, disseram: “Vamos conquistar a terra, como pão, os podemos devorar; retirou-se deles o seu amparo; o SENHOR é conosco; não os temais”. Nm 14:9
Toda a nação acreditou nos dez espias e, por causa disso, morreram no deserto; mas, a respeito de Calebe, o Senhor disse que nele havia um espírito difer…

Destruindo os inimigos das nossas orações. Dn 10:12-13. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 13/08/16

"12 Então, me disse: Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e, por causa das tuas palavras, é que eu vim. 13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu por vinte e um dias; porém Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu obtive vitória sobre os reis da Pérsia.” Dn 10:12-13
Por que temos tanta dificuldade para orar?
Eu creio que todos temos ideia de quanto a oração é importante pelo grau de dificuldade que sempre enfrentamos para orar. O nosso inimigo vai lutar de todas as formas para impedir que nossas orações cheguem ao trono do Pai. Ele vai tentar colocar barreiras que vão tentar invalidar nossas orações, para que a nossa oração não seja ouvida pelo Senhor. Precisamos remover então essas barreiras para o êxito na nossa oração.
Guarde essa verdade: O diabo e os demônios não querem que você ore! Eles sempre se oporão a você, pois sabem melhor d…

Ore até que algo aconteça! Is 62:6-7. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 24/07/16

“6 Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; vós, os que fareis lembrado o Senhor, não descanseis, 7 nem deis a ele descanso até que restabeleça Jerusalém e a ponha por objeto de louvor na terra.”  Is 62:6,7
Introdução
Toda ação sobrenatural de Deus é precedida de oração. As chuvas de bênçãos não caem sem que antes nossos joelhos se dobrem. Deus não sarará a nossa terra sem que primeiro seu povo se humilhe e ore fervorosa e perseverantemente. (2Cro 7:14)
Jonathan Edwards, o clássico teólogo do avivamento disse: “Quando Deus tem algo muito grande para realizar em favor da igreja, o desejo dele é que esse seu ato seja precedido por orações extraordinárias do seu povo.”
Muitos cristãos estão vivendo tempos de estiagem e sequidão, porque não oram. Alguém me disse: Pastor Edenir, em minha igreja a reunião de oração está em estado de coma, está na UTI prestes a morrer. Os irmãos andam muito ocupados para ocupar-se com Deus em oração.
Não pode…