20120523

Você é o que você decide ser. Dt 30:15-20 - Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 20/05/12

15 Vê que proponho, hoje, a vida e o bem, a morte e o mal; 16 se guardares o mandamento que hoje te ordeno, que ames o SENHOR, teu Deus, andes nos seus caminhos, e guardes os seus mandamentos, e os seus estatutos, e os seus juízos, então, viverás e te multiplicarás, e o SENHOR, teu Deus, te abençoará na terra à qual passas para possuí- la. 17 Porém, se o teu coração se desviar, e não quiseres dar ouvidos, e fores seduzido, e te inclinares a outros deuses, e os servires, 18 então, hoje, te declaro que, certamente, perecerás; não permanecerás longo tempo na terra à qual vais, passando o Jordão, para a possuíres. 19 Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, 20 amando o SENHOR, teu Deus, dando ouvidos à sua voz e apegando- te a ele; pois disto depende a tua vida e a tua longevidade; para que habites na terra que o SENHOR, sob juramento, prometeu dar a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó. Dt 30:15-20

Um grande caminho começa com um primeiro passo, com uma decisão. O restante do percurso fica por conta de suas consequências. Isso por que toda decisão gera um consequência. A cada decisão começamos a escrever ou reescrever uma nova história, que pode ter um final feliz, ou trágico.

Onde você está hoje é o resultado das suas decisões de ontem. Onde você estará amanhã dependerá das decisões que você estará tomando hoje. Carl Baker

Os desdobramentos das nossas decisões diárias, tem poder para desencadear consequências a curto, médio e longo prazo. A vida gira em torno das decisões que tomamos.

As decisões que fazemos iniciarão um processo de transformação nas nossas vidas. As decisões ou escolhas de hoje, refletirão em seu casamento, família, profissão, educação; mas de todos os resultados consequentes das suas decisões, o principal deles é quem você vai se tornar a partir das decisões que você faz.

Digo isso por que você e eu temos uma responsabilidade fundamental e determinante no tocante ao nosso futuro. O futuro começa agora, com as suas decisões. Embora algumas pessoas acreditem em destino predeterminado, o futuro não tem nada haver com esse "destino fatalista", mas tudo a ver com as decisões que tomamos agora.

Tomar decisões, optar por caminhos é uma tarefa cotidiana ao homem, todos os dias nós decidimos o que será feito de nossas vidas em pequenas parcelas de decisões que tomamos, escolhas que refletirão em cada um de nós, ou decisões que podem ser visíveis a todos os que nos cercam, por exemplo, decidir-se por fixar residência em outra cidade; mudar de emprego, etc. Isso certamente vai envolver pessoas que te cercam.

Uma grande responsabilidade nos foi dada, um grande desafiio nos foi proposto, o desafio de decidir!

Alguém disse que "somos livres para decidir, mas prisioneiros das consequências das nossas decisões." Então, devemos ter muita cautela na hora de tomar decisões em nossas vidas pra não tomarmos decisões erradas.

Todavia, pior do que decidir errado é a atitude da indecisão.

Veja o caso de Israel quando foi confrontado pelo profeta Elias.

"Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui- o; se é Baal, segui- o. Porém o povo nada lhe respondeu." 1Re 18:21

O povo de Israel está desviado dos caminhos do Senhor, e Elias, o profeta de Deus naquela época confrontou o povo para que decidissem qual a sua fé.

A indecisão é uma prisão! Não me refiro a momentos de indecisão, mas a passividade constante.

A indecisão neutraliza o homem e impede que algo diferente aconteça. Se queremos resultados diferentes em nossas vidas, devemos tomar decisões. A indecisão o leva a ser reprovado pelo Senhor Jesus.

Na Carta à igreja em Laodicéia Jesus disse:

"14 Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Estas coisas diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: 15 Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! 16 Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar- te da minha boca..." Ap 3:14-16

O morno será vomitado pois o morno é aquele que não decidiu ser quente nem frio.

A indecisão precisa ser combatida, pois não há neutralidade no reino do espírito. "Quando você tem que fazer uma escolha e você não a faz, isto já é uma escolha".

Porque algumas pessoas são sempre indecisas?

1. Por que decisão gera responsabilidade. Algumas pessoas não querem responsabilidade. Não aceitam liderar uma célula para não terem de prestar conta. Não decidem casar pois não querem responsabilidade com um cônjuge, querem ficar dependendo dos pais. Não assumem um compromisso com uma igreja local, para não serem acompanhadas.

2. Por que tem medo dos resultados. E se eu casar e não der certo? E se eu dizimar, será que vai me faltar? Se eu perdoar será que ele vai mudar? Se aceitar o convite do pastor para o ministério? Será que isso é de Deus? Na parábola dos talentos o servo que recebeu apenas um talento, receoso, com medo, enterrou o seu talento e por isso foi severamente exortado pelo seu senhor. Mt 25:14-30

Veja bem, as pessoas mais influentes na nossa sociedade, as personalidades que revolucionaram cidades e nações, muitas vezes erraram em muitas decisões que tomaram. O benefício é que mesmo errando em algumas decisões, aprenderam com os erros.

3. Por que não querem correr riscos. Quantos de nós conhecemos a frase: "Quem não arrisca não petisca." Não hã decisão que não traga um risco implícito. Quem não decide não corre riscos, mas também nada consegue. É certo que você pode frustar em suas decisões, mas você nunca saberá se acerotou ou não se não decidir.

· Decidir viver é correr o risco de morrer.

· Decidir amar é correr o risco de ser rejeitado.

· Decidir investir em alguém é correr o risco de ser abandonado.

· Decidir investir é correr o risco de perder seu investimento.

· Decidir prestar vestibular é correr o risco de reprovar.

Aprendemos a caminhar por que corremos o risco de cair. Tentamos e não desanimamos por causa dos primeiros tombos, ou seja, das primeiras derrotas. Se você não decidisse andar, não cairia algumas vezes e não andaria hoje. Se você não decidir casar, ficará solteiro o resto da vida. Conseguimos o primeiro emprego arriscando-nos a levar um “não”; passamos no vestibular decidindo sob o risco de reprovar, como a maioria. Não haveria a menor possibilidade de conseguir qualquer uma dessas vitórias sem a predisposição de decidir.

4. Por que são vencidas a procrastinação. Eles sempre estão dizendo: "deixa para amanhã", "amanhã eu resolvo isso", "depois resolveremos sobre isso". Maridos dizem para suas esposas: "eu não quero falar sobre isso", e não se decidem por resolver suas vidas. ficam adiando os serviços que precisam ser executados. Não arrumam o interruptor, a porta do guarda roupa, o portão, a campainha etc. Na semana que vem eu resolvo isso. Assim vão empurrando com a barriga, deixando para amanhã o que devem fazer hoje!

Se você já leu a Bíblia no livro de Êxodo, estará lembrado de um fato engraçado, que aconteceu à Faraó. Deus desejava libertar o seu povo da escravidão do Egito, sob o comando de Faraó. Mas Faraó, de coração duro, não deixava o povo sair. Então, Deus mandou dez pragas sobre os egípcios. Praga de piolhos, praga de moscas, praga de gafanhotos... e mandou também a praga das rãs – e a Bíblia diz que houve rãs por toda a parte. Devia ter sido uma bagunça: rãs pulando nos corredores do palácio, entrando para a cozinha, pulando sobre as panelas! ...outras, alcançando os quartos e subindo nas camas... Tenho certeza de que a Sra Faraó, pressionou o marido para desistir logo e acabar com as rãs. Aí, então, finalmente, Faraó chamou Moisés e disse: “Muito bem, eu desisto”. Então Moisés perguntou: “E quando você quer que eu acabe com as rãs?” E a resposta de Faraó foi clássica. Ele disse: “...Amanhã”. Ex 8:8-10

Devia estar louco! Por que esperar tanto tempo para acabar com as rãs?

Decisões são determinantes.

Uma decisão muitas vezes é um caminho que não tem volta. Por isso precisamos ter muita atenção antes de tomar uma direção. Sua vida é algo muito sério para ser levada como uma brincadeira ou jogo de sorte. Você tem buscado o discernimento de Deus antes de tomar uma decisão? Pense muito e ore mais ainda para depois decidir qualquer coisa.

Voltando ao texto de Dt 30, preste atenção nestas palavras: "Se guardares o mandamento..." Isso nos ensina que diante da bifurcação da decisão, Deus nos dá uma condição. Para todos os momentos de decisão em nossas vidas, Deus terá uma direção segura. Veja que o Senhor Deus está falando de uma atitude decisiva e condicional. A palavra "Se" é uma preposição condicional".

Isso nos fala sobre um futuro determinado pelas decisões que tomamos hoje. Alguém pode pensar que isso foi dito somente ao povo de Israel daquela época, mas é importante dizer que este é um princípio intertestamentário. Valeu para os homens daquela época e vale para nós nos dias de hoje. Abrange as duas alianças.

Você e eu temos uma responsabilidade determinante no tocante ao nosso futuro, que é decidir o nosso presente.

Homens como Josué, tem muito a nos ensinar sobre escolher ou decidir.

"Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei (decidam), hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR." Js 24:15

Hoje você tem decisões importantes a tomar. Permita que elas façam diferença, e elas certamente hão de fazer.

Veja a seguir alguns passos para que suas decisões sejam bem sucedidas:

1 - “Não se estribe no seu próprio entendimento”.

"Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. 6 Reconhece- o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. 7 Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta- te do mal; 8 será isto saúde para o teu corpo e refrigério, para os teus ossos." Pv 3:5-8

"O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria será salvo." Pv 28:26

Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá? Jr 17:9

A pessoa que confia no seu próprio entendimento não segue a vontade de Deus; por isso, em geral, ela toma decisões erradas. Por causa dos nossos corações decaídos, não temos a capacidade de tomar, por nós mesmos, decisões sábias. Portanto, devemos sempre buscar Deus e confiar exclusivamente n'Ele.

Em vez de confiar em nosso próprio entendimento, nas nossas emoções, devemos nos lançar ao Senhor, implorando-Lhe sabedoria e direção em cada decisão importante. Temos o Espírito Santo dentro de nó, e ele nos guiará a toda verdade!

"quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir." João 16:13

Ele prometeu guiar o Seu povo, mas devemos buscar a Sua orientação e não apenas presumi-la. Devemos reconhecê-Lo em todos os nossos caminhos. É uma tentação pensar: “Bem, o Senhor já sabe que necessito de Sua sabedoria e auxílio. Certamente, Ele vai nos dar, automaticamente” . De fato, Deus nos ensinou em Sua Palavra a orar específica e decididamente sobre todos os assuntos. Deixar de fazê-lo é dar um passo para se tomarem decisões erradas.

2 - Nunca tome uma decisão que o leve a desobedecer ao ensino da Bíblia. Dt 30:16, Is 1:19.

"se guardares o mandamento que hoje te ordeno..." Dt 30:16

"Se quiserdes e me ouvirdes (Palavra de Deus), comereis o melhor desta terra." Is 1:19

Qual é a vontade de Deus? Como podemos encontrá-la? Basicamente, a vontade de Deus é que obedeçamos a Sua Palavra. Jesus descreveu isto como “andar na minha palavra” . Qualquer decisão que nos leve a desobedecer a Bíblia é contrária à vontade de Deus, sem exceção alguma. Isto é que significa “viver pela fé” . Viver pela fé é simplesmente crer em Deus e obedecer a Sua Palavra (Romanos 10:17); significa tomar decisões embasadas na Bíblia, em vez de embasadas nos sentimentos, pensamentos e circunstâncias. Em seguida, devemos confiar em Deus, pois Ele abrirá as portas certas e proverá as necessidades.

3 - Não tema o homem; tema a Deus (Provérbios 29:25)

"Quem teme ao homem arma ciladas, mas o que confia no SENHOR está seguro." Pv 29:25

Jesus nos comandou a que O amemos mais do que amamos nossos parentes mais amados. Vejam Lucas 14:26. O que Jesus quis dizer, quando ensinou que devemos aborrecer os nossos entes mais próximos e mais amados? Entendemos isto comparando Escritura com Escritura. Consideremos uma passagem paralela em Mateus 10:37. Quando Jesus disse que devemos aborrecer nosso pai, mãe, esposa, filhos, irmãos e irmãs, Ele estava dizendo que não devemos amá-los mais do que O amamos e amamos a Sua vontade. O Senhor exige que O coloquemos absolutamente em primeiro lugar, acima de tudo o mais. As relações familiares são importantes e a Palavra de Deus nos ensina a cuidar dos nossos amados (1 Timóteo 5:8; Colossenses 3:18-21). Ao mesmo tempo, o chamado para a obra de Deus tem precedência sobre os nossos relacionamentos humanos. Através dos séculos, muitos têm resistido ao chamado divino por causa dos laços de família. Existem forças poderosas em ação.

Se alguém deseja tomar uma decisão sábia, conforme a vontade de Deus, deve temê-Lo e servi-Lo mais do que ao homem. Se precisar escolher entre obedecer aos amigos ou parentes e obedecer e agradar a Deus, deve preferir agradar a Deus.

Os jovens sempre cometem o pecado de temer a opinião dos homens. Eles sabem que Deus os está chamando para uma vida de santidade e serviço, mas não querem sair da multidão e, por isso, deixam de fazer a vontade de Deus.

4 – Honre suas autoridades. Rm 13:1

1 Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. 2 De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação.

Outro princípio importante para se tomarem decisões sábias é honrar a autoridade constituída por Deus. A Bíblia fala muito sobre isto. (Ver Romanos 13:1);1 Coríntios 11:3; Efésios 5:22; 6:1-3; 1 Timóteo 5:17; Tito 3:1; Hebreus 13:17; 1 Pedro 2:13-15).

Tenho visto muitos crentes tomando decisões erradas, que os levam para longe de Deus, quando deixam de honrar e obedecer as autoridades que Deus colocou sobre eles. Muitas pessoas jovens têm cometido o erro de não honrar os pais e, por causa disso, fizeram maus casamentos, adquiriram amizades perigosas, freqüentaram escolas erradas, uniram-se a igrejas erradas, mudaram-se para lugares errados e tomaram outras decisões erradas, as quais poderiam ter sido evitadas, se tivessem, simplesmente, honrados os seus pais.

O mesmo erro tem sido cometido pelas esposas, que desobedeceram e não honraram seus maridos.

Este erro tem sido também cometido pelos membros da igreja que desobedecem e desonram os seus líderes. Se você se zangar ou ficar aborrecido com os seus líderes, não tomará decisões sábias. Não é errado questioná-los, porém é errado tomar uma atitude errônea em relação a eles. Tenho visto muitas pessoas abandonarem boas igrejas e retrocederem [espiritualmente], por terem se aborrecido com os seus líderes, tendo se recusado a buscar o arrependimento. Devemos nos lembrar que os líderes da igreja são apenas homens, longe de serem perfeitos. Esta não é uma desculpa, mas um fato. Eles não estão acima da Palavra de Deus e, quando pecam, devem ser disciplinados, de acordo com maneira bíblica (1 Timóteo 5:19-20). Mas a um líder devemos sempre dar o benefício da dúvida. Existe um motivo para se abandonar uma igreja, quando ela não está ligada à Palavra de Deus, mas devemos ter o cuidado de abandoná-la de maneira correta, mudando para uma igreja mais forte e não para uma mais fraca na Bíblia.

5 - Busque conselhos, nunca decida sozinho. Pv 11:14

"Não havendo sábia direção, cai o povo, mas na multidão de conselheiros há segurança." Pv 11:14

"Sem diretrizes a nação cai; o que salva é ter muitos conselheiros. "- NVI

Se vivemos uma vida em comum com Deus, família, irmãos, nossas decisões afetam o coletivo.

O primeiro a ser consultado deve ser Deus. Jesus é chamado de conselheiro pelo profeta Isaias. Mas além do Senhor, você deve consultar seus pais, amigos, irmãos na fé etc. Na dúvida busque respostas na multidão de conselhos. Além de diminuir as chances de errar, se acontecer de você falhar, não falhará sozinho.

Agora não atenda a qualquer conselho, mas busque um conselho sábio (Provérbios 12:15; 19:20). Uma das maneiras mais importantes para se tomarem decisões sábias, segundo a vontade de Deus, é buscar um conselho piedoso, de pessoas sábias e maduras (Provérbio 24:6).

Busque o conselho dos mais próximos (Provérbio 27:10). Muitas vezes buscamos conselhos das pessoas que estão afastadas, em vez de buscá-lo nas que se encontram mais próximas. Uma porção de estranhos tem-me escrito, durante anos, pedindo opinião sobre situações de suas famílias e igrejas, o que sempre achei estranho e despropositado. Muitas vezes as pessoas buscam conselhos dos que estão longe, porque não os conhecem nem conhecem a sua situação; mas, exatamente por esta razão é que deveriam buscar conselhos dos mais próximos. Para um jovem a primeira busca de conselho deveria ser com os próprios pais, especialmente se estes forem crentes. Em seguida, ele poderia buscar os líderes da igreja. Deus dá líderes à igreja para que estes possam ajudar as pessoas, como o pastor às ovelhas, o qual deve zelar pelas suas almas (Hebreus 13:7). Os líderes escutam os membros da igreja e oram por eles, pedindo que Deus lhes dê sabedoria.

6 - Considere os resultados a médio e longo prazo, olhe para o futuro! 1Sm 17:24-27

Preocupe-se com o presente, mas principalmente com o futuro, pois é lá que você vai passar o resto de sua vida.

A maior parte das pessoas decidem levando em consideração somente o presente. Baseiam suas decisões em emoções circunstânciais não considerando o futuro. Alguns casais separam-se para resolverem de imadiato o problema da "incompatibilidade de gênios", sem considerar o impacto na vida dos filhos a médio e longo prazo. Cristãos fogem de suas igrejas locais, para não se concertarem depois de cometerem algum erro. Jovens decidem casarem baseado no sentimento presente. Depois de alguns anos choram amargamente a decisão errada.

Todo jovem cristão deve seguir o exemplo de Moisés, indagando a si mesmo: “Se eu tomar esta decisão, o que vai me acontecer no caminho? Quais serão as conseqüências eternas, se eu desposar esta pessoa; se eu assumir este emprego, se eu buscar uma educação determinada [por mim, teimosamente, escolhida]; se eu me mudar para aquele país; seu eu for àquela festa; se eu continuar com esta amizade; se eu comprar aquela TV; se eu cantar aquela música; se eu for descuidado com o que vejo na Internet; se eu deixar meu coração se prender ao amor por este mundo...”

Davi foi alguém que enxergou a longo prazo antes de decidir enfrentar Golias.

24 Todos os israelitas, vendo aquele homem, fugiam de diante dele, e temiam grandemente, 25 e diziam uns aos outros: Vistes aquele homem que subiu? Pois subiu para afrontar a Israel. A quem o matar, o rei o cumulará de grandes riquezas, e lhe dará por mulher a filha, e à casa de seu pai isentará de impostos em Israel. 26 Então, falou Davi aos homens que estavam consigo, dizendo: Que farão àquele homem que ferir a este filisteu e tirar a afronta de sobre Israel? Quem é, pois, esse incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo? 27 E o povo lhe repetiu as mesmas palavras, dizendo: Assim farão ao homem que o ferir. 1Sm 17:24-27

Eu fico bobo como tem gente que sem Deus vive querendo saber o que vai acontecer no futuro. Consultam horóscopo, videntes, lançam sortes para saberem sobre o amanhã. Os incrédulos não podem prever o futuro, porque andam nas trevas e não crêem na Bíblia. Embasam suas decisões inteiramente no que os seus olhos vêem. Levam em conta apenas as coisas transitórias, como dinheiro, prazer, prestígio, etc.

O crente tem uma luz que o incrédulo não tem. E, assim, pode tomar decisões sábias, embasadas no que ele aprendeu na Palavra de Deus,(1 Coríntios 3:11-15), podendo assim descansar em Deus.

Moisés um dia teve de decidir servir a Deus e quando decidiu por servir ao propósito, foi honrado. Daniel decidiu náo se contaminar com as iguarias do rei porque ela s eram consagradas a outros deuses e foi honrado por Deus. Noé decidiu fazer a arca, e se tornou justificado. Abraão decidiu servir ao Senhor e foi. Davi decidiu não tocar no ungido de Deus. Pedro decidiu obedecer a Deus mesmo que isso custasse a sua vida. Paulo decidiu morrer para ele mesmo e viver para Cristo. Jesus decidiu morrer por nós e ocupar o nosso lugar na Cruz e por isso foi levantado ao terceiro dia e hoje está asse taco a destra do Pai.

Você tem que decidir sair dessa vida medíocre, sair dessa estagnação. Você hoje tem de decidir sair dessa aventura extra conjugal. O diabo está preparando um prato lindo de ver, mas recheado de veneno. Você precisa decidir continuar casado (a) com seu cônjuge.

Você vai decidir hoje assumir responsabilidades no reino de Deus, pare de retardar o processo. Por que você ainda não abriu uma casa de milagres??? Não seja tropeço em seu próprio caminho!

Você precisa decidir ser fiél ao Senhor nos seus dízimos e ofertas. Pare de roubar a Deus!!! Decida-se por honrar ao Senhor com suas primícias e bens!!!

Você precisa decidir prestar conta da sua vida, parar de andar sozinho. A causa de você não se ver livre desse pecado nojento é por que você não abre o coração, não confessa pecado!

Você tem de decidir parar de usar essa maldita droga. Decida fechar seus ouvidos para a voz do diabo que diz: "É só um baseadinho".

Você precisa decandar onerar perdão pelo mal que te causaram, pela perseguição, pelas palavras que disseram a você. Decida dar um basta!

Você precisa decidir crescer como ministro do Senhor, como ganhador de almas e multiplicador de discípulos!

Quantos querem decidir melhorar hoje??? Quantos decidem dizer "eis-me aqui Senhor usa-me a mim".

O exemplo de Maria. 1Tm 2:14-15 - Pr. Edenirdia Araújo - Culto de Celebração - 13/05/12

14 E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. 15 Todavia, será preservada através de sua missão de mãe, se ela permanecer em fé, e amor, e santificação, com bom senso. 1Tm 2:14-15

Eu gostaria de compartilhar uma palavra sobre Maria como um exemplo de mãe, obviamente não idolatrando, mas reconhecendo o seu valor como mãe. Mas, antes de falar sobre Maria como mãe, primeiro eu gostaria de falar sobre a responsabilidade que nós filhos temos para com os nossos pais, principalmente com as nossas mães.

De fato temos uma grande responsabilidade para com os nossos pais. A Bíblia diz que devemos honrá-los!

“Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR, teu Deus, te dá.” Ex 20:12

É Interessante dizer que o apóstolo Paulo reproduz essa mesma palavra e acrescenta dizendo:

"Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), 3 para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra." Ef 6:2-3

Êxodo 20 nos fala sobre os 10 mandamentos que Deus deu a Moisés, e o verso 12 fala do 5º mandamento que é a honra que devemos aos pais, esse é o quinto mandamento, o primeiro mandamento com promessa.

Dentre os 10 mandamentos de Êxodo 20, o quinto mandamento é “Honra teu pai e tua mãe”. Deus nos diz que honrando pai e mãe teremos longevidade, teremos vida longa, e Paulo acrescenta dizendo que quando honramos aos pais, temos vida longa e prosperidade.

Outra coisa importante é que a palavra “honra” aparece na Bíblia aproximadamente 100 vezes. Sendo que a primeira ocorrência é nesse texto de Êxodo 20. Deus escolheu os nossos pais para nos ensinar sobre honra, para inaugurar seu precioso ensino sobre honra.

Você que é filho tem uma dívida impagável para com seus pais!

Uma tarde, um menino aproximou-se de sua mãe, que preparava o jantar, e entregou-lhe uma folha de papel com algo escrito. Depois que ela secou as mãos e tirou o avental, ela leu:

Cortar a grama do jardim: R$ 3,00
Limpar e arrumar meu quarto esta semana R$ 1,00
Ir ao supermercado em seu lugar R$ 2,00
Cuidar de meu irmãozinho enquanto você ia às compras R$ 2,00
Tirar o lixo essa semana R$ 1,00
Ter um boletim com boas notas R$ 5,00
Limpar e varrer o quintal R$ 2,00

TOTAL DA DÍVIDA: R$ 16,00

A mãe olhou o menino, que aguardava cheio de expectativa. Finalmente, ela pegou um lápis e no verso da mesma nota escreveu:

Levar-te nove meses em meu ventre e dar-te a vida - NADA
Incontáveis noites sem dormir - NADA
Limpar seu bumbunzinho, limpar seu nariz “milhares de vezes” - NADA
Curar-te e orar por ti - NADA
Pelos problemas e pelos prantos que me causastes – NADA
Pelo medo e pelas preocupações que me ocorreram – NADA
Por comidas, roupas e brinquedos - NADA

CUSTO TOTAL DE MEU AMOR – NÃO TEM PREÇO. Então ela se vira para o filho e diz: VOCÊ NÃO ME DEVE NADA!

O menino desconcertado e arrependido reconheceu que sua mãe não devia nada a ele, ele sim é que tinha uma dívida impagável para com sua mãe.

Lembre-se de que temos uma dívida impagável com nossos pais. Se você tem dúvida disso, pense em quanto vale sua vida? Certamente ela não tem um valor estimado. Jesus disse que você vale mais do que este mundo todo. Seus pais são responsáveis pela sua vida, por isso temos uma dívida impagável com nossos pais.

Muitas pessoas não entenderam ou ainda não ouviram sobre a honra que devemos dar aos pais. O que significa esse honrar, e como podemos honrar nossos pais?

1. Filhos honram seus pais quando os tem em alta consideração.

Honramos nossos pais quando consideramos o nome dos nossos pais que carregamos em nosso sobrenome. O seu sobre nome é uma herança de seus pais.
Você sabia que Jesus tinha um sobre nome? O nome de Jesus era Jesus ben José. As pessoas ligavam Jesus à pessoa de José quando diziam: “Não é este o filho do carpinteiro (José)? Não se chama sua mãe Maria...”. Mt 13:55a

O próprio Deus tem sobre nome. “Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó.” Ex 3:6

Deus sempre honrou as pessoas de seu sobre nome, e fez isso para que também honrássemos nosso sobre nome.

Alguns não fazem questão de honrar seus pais, e até chegam a abreviar o sobre nome por vergonha. Agora o pior é que algumas pessoas além de não honrarem seus pais, os envergonham. Lembro-me de um amigo na época da escola que todas as semanas recebia advertência por mal comportamento, forçando assim, os diretores a convocarem seus pais. Isso era muito vergonhoso para aqueles pais.

Devemos atentar para nossos pais e quero ser específico com relação às mães. Nossas mães precisam ser honradas. Quando somos obedientes, as pessoas parabenizam nossas mães, elas dizem: Parabéns pelo seu filho!

Eu consigo observar a espiritualidade dos filhos observando o comportamento deles com seus pais. Se um adolescente ou jovem não respeita seus pais, certamente ele também não está nem ai para Deus.

Devemos tratar bem as pessoas com quem relacionamos, pois isso é um reflexo do relacionamento que temos com Deus. Concluo que pessoas que tem problemas para relacionar com outras também tem problemas para relacionar com Deus.
Não há neutralidade, quem não honra, envergonha!

2. Filhos honram seus pais quando os sustentam. Pv 3:9

“Honra ao SENHOR com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda...” Pv 3:9

Deus quer ser honrado com atitudes práticas. Os fariseus não honravam os pais, pois eles diziam que deveriam honrar a Deus. Que incoerência!

Lembre-se: Temos uma dívida impagável com nossos pais.

Agora tem filhos que além de não sustentar seus pais ainda o endividam. Alguém disse: “Devo tudo a minha mãe, mas já estou negociando.” Trabalham e não ajudam em nada com as despesas de casa.
Um outro problema que vejo na vida de alguns casais, mais precisamente na vida de um dos cônjuges, é a indisposição de abençoar os sogros. Muitas esposas não honram suas mães ou pais por que seus maridos não deixam. Alguns maridos também enfrentam os mesmos problemas. Quando nos casamos estamos também nos afiliando aos pais de nosso cônjuge.

Eu quero honrar minha sogra como se fosse minha mãe biológica. Não temos o direito de impedir nosso cônjuge de servir a Deus, servindo e honrando seus pais!

3. Filhos honram seus pais quando expressam carinho e afetividade.

Tem filhos que depois de crescerem um pouco, decidem não mais expressar carinho por seus pais, não beijam enão aceitam serem beijados por seus pais. Não abraçam, não pedem sequer a bênção de seus pais. Esses dias fui atravessar a rua com minha filha Larissa e ela disse: Que isso Pai??? Não precisa segurar minha mão, eu já sou grandinha!

Vamos fazer um teste: Que tal dar um beijinho no rosto de seu pai ou mãe. Vamos aproveitar já que alguns irmãos são tão resistentes ao ósculo santo, e saudar o irmão do lado com um ósculo santo.

Mesmo enquanto suportava as agonias da cruz, Jesus pensou em sua mãe e em sua responsabilidade para com ela como primogênito. Pediu a João que cuidasse dela após a sua morte, cumprindo desse modo seu dever de amor (João 19:27).

4. Filhos honram seus pais quando apenas obedecem e não discutem com seus pais.

Com relação aos pais, é melhor não discutir, é melhor ficar calado, vai por mim. Quer dizer que mesmo que meu pai esteja errado, eu devo me calar? Sim!!! É melhor você se calar!

Jesus foi o exemplo perfeito de filho obediente. Lucas observou que aos 12 anos de idade, "desceu com eles para Nazaré; e era-lhes submisso" (Lucas 2:51).


Agora falando sobre Maria, sobre a missão de ser mãe, vamos ler o que Paulo escreveu em 1Tm 2:14-15:

14 E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. 15 Todavia, será preservada através de sua missão de mãe, se ela permanecer em fé, e amor, e santificação, com bom senso. 1Tm 2:15

Maria é o exemplo máximo de ser mãe. Maria foi uma mulher de Deus fora de série. Maria foi o cumprimento da primeira profecia da Bíblia. Gn 3:15

Temos uma certa resistência para falar sobre Maria pois o catolicismo e suas doutrinas endeusam e idolatram Maria. Não podemos por conta disso, anular a importância dessa serva de Deus, pois ela foi um instrumento nas mãos de Deus. Ela não foi chamada como foi Moisés, Josué, ou outro homem que realizou grandes obras. Maria foi chamada para ser mãe. Esse chamado não foi menor do que outros. Podemos até dizer que se houvesse uma maneira de medir a importância do chamado de todos os homens e mulheres usados por Deus, certamente Maria estaria em primeiro lugar nessa escala de importância.

Os profetas profetizaram para uma nação, em uma época específica. Os grandes homens e mulheres de Deus tiveram o seu tempo na história. Seus ministérios foram geográficamente limitados, mas quando olhamos para os desdobramentos do chamado de Maria, nos deparamos com a eternidade. Impossível paralizar a obra que através dela foi começada.

Antes do Espirito Santo vir para fazer morada em nós, Ele morou em Maria, durante 9 meses, essa mulher tornou real a possibilidade de toda a humanidade receber o Salvador.


Ser mãe é ser comissionada por Deus. Ser mãe é uma missão. Não é minha intensão chover no molhado mas preciso falar de um propósito que Deus deu a cada mulher. Não é só responder a cobrança natural, pois temos a cada dia percebido a importância que as mulheres tem. Ser mãe é uma missão, podemos até dizer comissão. Isso é vital para a igreja, para a família. As mães são vitais para a edificação da igreja e família.

Maria é o exemplo máximo de ser mãe. Maria foi uma mulher de Deus fora de série. Maria foi o cumprimento da primeira profecia da Bíblia. Gn 3:15

As mulheres estão desbravando novos horizontes e consequêntemente se afastando da presença de Deus.

Hoje as mulheres estão desbravando horizontes, fazem questão de vencerem profissionalmente. Ocupam cada vez mais, lugares que tradicionalmente eram ocupados por homens. Deixam muitas vezes, o serviço doméstico, a responsabilidade para com a casa, e se aventuram em terreno alheio. Não me intérprete mal, não sou machista, muito menos injusto. Só acredito que Deus fez tudo certo na criação do homem e da mulher. Os papéis que Deus deu a cada um compõe a sua vontade que é boa, perfeita e agradável. Todas as conquistas que as mulheres conseguiram nas últimas décadas, são importantes, mas não podem ofuscar o principal chamado para ser mãe.

Ser mãe é um chamado, uma missão, uma grande bênção! Isso não é demérito!!!

A mulher, mãe é uma coluna na família. Alguns dizem que "por trás de um grande homem existe uma grande mulher". Isso não é verdade! A mulher não está atrás e sim do lado, lembre-se que ela foi criada a partir da costela do homem. Ela está do lado!

As mulheres são melhores do que os homens!

As mulheres seguramente são muito melhores do que os homens. Falam melhor do que nós, são mais ponderadas, mais equilibradas e flexíveis. Geralmente buscam a presença de Deus antes de seus maridos. São mais sensíveis, por essa razão foi chamada de adjutora ou auxiliadora, que no hebráico quer dizer "circundar". Isso é comprovado nos nossos MDAs. Ser mãe é uma grande bênção!!! Ser mulher e ser mãe é uma grande bênção!!!

Algumas pessoas pensam que só são considerados se fazerem coisas, mas isso é um engano.

Hoje vivemos em uma época onde ser mãe é fim de carreira. Como se ser mãe fosse ser fracassada. O diabo quer destruir a próxima geração e isso só será possível destruindo os sonhos de Deus para as mulheres serem mãe. Assim como no tempo de Moisés, ou de Jesus o diabo qeur fazer um infanticídio. Ele coloca na cabeça da mulher que ela não tem de ser mãe. Essa é a estratégia do diabo.

Ser mãe é uma comissão de Deus!!!

Deus é Pai, mas se utiliza de ensinos que apontam a mulher como exemplo de comportamento.

Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti.
Is 49:15

Todavia, eu ensinei a andar a Efraim; tomei-os nos meus braços, mas não atinaram que eu os curava. Os 11:3
Como uma mãe pega um bebê no colo eu te peguei.

Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis eu reunir teus filhos como a galinha ajunta os do seu próprio ninho debaixo das asas, e vós não o quisestes! Lc 13:34

meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós; Gl 4:19

O exemplo de Maria

3 Características

1. Maria negou a si mesma.

Um dia o anjo disse a Maria que ela teria um filho. Ela deveria ter 19 ou 20 anos. Derrepente ela ouve que vai ficar grávida. Dá pra entender o que essa jovem viveu. Isso nunca havia acontecido antes. Ela precisou pagar um preço. Naquela época era muito difícil a situação de uma mulher grávida. A resposta que ela deu foi: "Então, disse Maria: Aqui está a serva do Senhor; que se cumpra em mim conforme a tua palavra. E o anjo se ausentou dela." Lc 1:38

Ela renunciou a si mesma. Não é isso que acontece com as mães? Vivem a vida inteira renunciando por causa de sua família.

Ela não questionou a vontade de Deus, simplesmente obedeceu. Lc 1:38

Muitas pessoas hoje não querem renunciar. Devemos ser como Maria, renunciar e obedecer a Deus.

Algumas mulheres dizem que ser mãe é padecer no paraíso, mas não negam suas vontades.

2. Maria se dispôs a morte.

Segundo a lei qualquer mulher exposta ao adultério deveria ser apedrejada. No caso da mulher ser abusada, ela deveria ir até o sacerdote e a partir daí o sacerdote faria uma espécie de chá com sujeira da beira do altar para não morrer. Veja que todo chamado de Deus implica em si mesmo.

A mãe de John Wesley orava todos os dias, cobrindo a cabeça ela orava e seus filhos não a interrompiam. Ela escreveu um devocional para educar seus próprios filhos. Muitas vezes a preguiça nos impede de ensinar nossos filhos.

Mães que tem um coração segundo o coração de Jesus, pagam o preço e vão até o fim por seus filhos. "E junto à cruz estavam a mãe de Jesus, e a irmã dela, e Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena." Jo 19:25

E junto à cruz estavam a mãe de Jesus, e a irmã dela, e Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena.


3. Maria cumpriu o chamado para ser mãe pelo poder do Espírito Santo. Lc 1:35

"Respondeu- lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus." Lc 1:35

Maria num primeiro momento, achou que seria impossível estar grávida sem ter tido relação com homem algum, mas o anjo deixou claro que essa criança seria obra de Deus. Ser mãe é obra de Deus! Só o Espirito Santo é capaz de nos capacitar para cuidarmos dos nossos filhos.

Quem quer ser mãe segundo o coração de Deus, precisa aprender a viver pelo espírito Santo. Quem quer vencer precisa viver pelo Espírito Santo de Deus Jesus disse: "Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer." Jo 15:5

"26 Vendo Jesus sua mãe e junto a ela o discípulo amado, disse: Mulher, eis aí teu filho. 27 Depois, disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. Dessa hora em diante, o discípulo a tomou para casa." João 19:26-27

20120507

De casa em casa. At 20:17-21 - Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 06/05/12

"17 De Mileto, mandou a Éfeso chamar os presbíteros da igreja. 18 E, quando se encontraram com ele, disse-lhes: Vós bem sabeis como foi que me conduzi entre vós em todo o tempo, desde o primeiro dia em que entrei na Ásia, 19 servindo ao Senhor com toda a humildade, lágrimas e provações que, pelas ciladas dos judeus, me sobrevieram, 20 jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa, 21 testificando tanto a judeus como a gregos o arrependimento para com Deus e a fé em nosso Senhor Jesus [Cristo]." Atos 20:17-21

Aqui neste texto o Apóstolo Paulo fala sobre os três anos que desenvolveu seu ministério na Asia, especialmente na cidade de Éfeso. O relatório de Paulo consistia em que ele havia pregado toda a palavra de Deus publicamente e de casa em casa.

Eu quero dar ênfase no termo de casa em casa, porque esta foi uma marca dos primeiros cristãos, cultuar a Deus, ter comunhão e pregar o evangelho de casa em casa era um costume dos primeiros cristãos. Os doze apóstolos ou discípulos viveram dessa forma, tendo comunhão e pregando de casa em casa. Os cristãos que vieram depois, fizeram o mesmo, tinham comunhão e pregaram o evangelho de casa em casa.

Podemos perceber que a igreja que funcionava de casa em casa atendia plenamente esse objetivo. A casa era o local onde essas três necessidades dos crentes do primeiro século eram atendidas. Se alguém naquela época, a procura de uma igreja cristã perguntasse onde havia uma igreja, a resposta seria: Na casa do irmão João, na casa do irmão Pedro, na casa da irmã Maria. Vejamos então no livro de Atos, algumas citações da igreja cristã funcionando nas casas.

· Atos capítulo 2 nos mostra a igreja recebendo o batismo no Espírito Santo, reunida em uma casa. Eles estavam em uma casa e não em um prédio ou templo. "de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. Atos 2:2

Jesus escolheu uma casa para ser o marco zero do agir do Espírito Santo. A igreja não nasceu no dia do Pentecoste, mas teve seu start no Espírito Santo para alcançar o mundo a partir deste dia, e o mais importante, a partir de uma casa.

· Atos 2:46 nos fala dos cristãos perseverando na fé, "Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração..." Atos 2:46

· Em Atos 8:3 Saulo de Tarso ainda servindo a Roma, perseguindo a igreja, entrando pelas casas, porque os crentes estavam fazendo igreja em casa, os encerravam na prisão. "Saulo, porém, assolava a igreja, entrando pelas casas; e, arrastando homens e mulheres, encerrava-os no cárcere." Atos 8:3

· Atos 9:3-11 fala sobre o encontro de Saulo de Tarso com Jesus, na estrada que conduzia a Damasco. Logo após o encontro, Saulo vai para a casa de Judas e fica lá durante três dias, ele não vai para um templo ou prédio, ou para um centro de reabilitação. Nesta mesma casa, Saulo aguarda até Ananias ir visitá-lo e orar por ele.

· Em Atos 11, Pedro estando em Jope, é chamado por Cornélio para ir a sua casa em Cesaréia. Já na casa de Cornélio, Pedro começa a falar e o Espírito Santo desce sobre aqueles homens. "Quando, porém, comecei a falar, caiu o Espírito Santo sobre eles, como também sobre nós, no princípio." Atos 11:15

· At 12:12 diz que depois de Pedro e Tiago ser milagrosamente livre da prisão por um anjo, este vai a casa de Maria mãe de João marcos, onde muitos irmãos estavam orando. O texto diz: "Considerando ele a sua situação, resolveu ir à casa de Maria, mãe de João, cognominado Marcos, onde muitas pessoas estavam congregadas e oravam." Atos12:12

· At 16:14-15 Quando Paulo e seus companheiros de viagem estão nos arredores de Filipos, encontram Lidia que depois de ser batizada convida o apóstolo Paulo entrar em sua casa. Paulo é constrangido e entra na casa daquela mulher. "14 Certa mulher, chamada Lídia, da cidade de Tiatira, vendedora de púrpura, temente a Deus, nos escutava; o Senhor lhe abriu o coração para atender às coisas que Paulo dizia. 15 Depois de ser batizada, ela e toda a sua casa, nos rogou, dizendo: Se julgais que eu sou fiel ao Senhor, entrai em minha casa e aí ficai. E nos constrangeu a isso."

· At 16:34 conta que Paulo e Silas logo que sairam da prisão, foram convidados pelo carcereiro a irem para a sua casa terem comunhão. "Então, levando- os para a sua própria casa, lhes pôs a mesa; e, com todos os seus, manifestava grande alegria, por terem crido em Deus. At 16:34

· At 18:7 Fala de Paulo indo na casa de Tito ou Tício o justo que morava ao lado de uma sinagoga. "Saindo dali, entrou na casa de um homem chamado Tício Justo, que era temente a Deus; a casa era contígua à sinagoga." Atos 18:7

· At 20:20 como já lemos, Paulo está em Mileto falando sobre como evangelizou e fortaleceu a fé dos irmãos em Éfeso de casa em casa. "Jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa..." At 20:20

· At 21:8-9 Paulo vai a casa de Filipe e encontra suas filhas profetizas e nesta casa está estabelecida uma igreja. "8 No dia seguinte, partimos e fomos para Cesaréia; e, entrando na casa de Filipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele. 9 Tinha este quatro filhas donzelas, que profetizavam." Atos 21:8-9. O texto não diz que essas filhas eram profetizas, mas que estavam profetizando, e profetizando naquela casa.

· Em sua saudação aos Romanos, Paulo escreve no capítulo16 verso 5: "saudai igualmente a igreja que se reúne na casa deles (Áquila e Priscila). Saudai meu querido Epêneto, primícias da Ásia para Cristo." Rm 16:5

· Já na saudação aos Corintios, Áquila e Priscila aparecem novamente com uma igreja em sua casa. "As igrejas da Ásia vos saúdam. No Senhor, muito vos saúdam Áqüila e Priscila e, bem assim, a igreja que está na casa deles." 1Co 16:19

· Cl 4:14-15 Paulo está saudando a igreja que está em Colossos, 14 Saúda-vos Lucas, o médico amado, e também Demas. 15 Saudai os irmãos de Laodicéia, e Ninfa, e à igreja que ela hospeda em sua casa." Cl 4:14:15

· Fm 1:1-2 Paulo saúda Filemom, Áfia e Arquipo e a igreja que está em sua casa. 1 Paulo, prisioneiro de Cristo Jesus, e o irmão Timóteo, ao amado Filemom, também nosso colaborador, 2 e à irmã Áfia, e a Arquipo, nosso companheiro de lutas, e à igreja que está em tua casa..."

Fazendo uma panorâmica do livro de Atos e da igreja primitiva, no tocante ao estilo de vida dos crentes daquela época, aprendemos que aqueles homens tinham três práticas como alicerce da igreja:

1. Culto a Deus

2. Relacionamento e comunhão com os irmãos

3. Evangelismo

Fica claro no ministério do apóstolo Paulo, Pedro e dos tantos crentes dos primeiros três séculos que o ponto focal do culto a Deus, da comunhão e evangelismo eram as casas e não os templos ou os grandes ajuntamentos. As casas eram as igrejas onde a unção e o poder de Deus se manifestava. Até o terceiro século a igreja não se reunia em templos, somente nas casas em grupos pequenos. Esse período foi onde a igreja mais cresceu, e foi também onde os irmãos mais experimentaram milagres.

Mas esse mover começou a ser paralisado por ocasião da conversão de um imperador chamado Constantino no ano de 325 DC, a igreja passou a se reunir em grandes templos. A idéia deste imperador que de bobo não tinha nada, pelo que dizem alguns estudiosos foi a seguinte: Já que eu não consigo conter o crescimento dos cristãos, vou me converter e promover a religião cristã como a religião oficial do império.

Voltemos aos primórdios da fé cristã que praticavam igreja de casa em casa e vejamos que a igreja estabelecida por Jesus está bem definida em 1Co 14:26. Paulo escreveu: Que fazer, pois, irmãos? Quando vos reunis, um tem salmo, outro, doutrina, este traz revelação, aquele, outra língua, e ainda outro, interpretação. Seja tudo feito para edificação. 1Co 14:26

Essa igreja não tinha palco, não tinha púlpito, não tinha luzes, não tinha banda, não tinha dança, não tinha salas de aula, não tinha departamentos, não tinha encontros com Deus (evento), não tinha clero, não tinha teologia, não tinha endereço fixo, era a igreja que funcionava de casa em casa, onde dois ou três estavam reunidos.

Nesses últimos dias Deus esta tendo uma conversa séria conosco para nos corrigir, porque no reino de Deus as coisas não terminam em pizza. Ler as palavras de Jesus dizendo que os últimos serão os primeiros também nos fala de nós que somos os últimos a experimentarmos o mover dos primeiros crentes da igreja primitiva.

Estranhamente perdemos o foco de casa em casa e nos confinamos nos prédios ou templos e alguns dos muitos irmãos que conheço ao invés de viverem a igreja de casa em casa estão de templo em templo. Isso conspira contra o espírito da nossa fé em Jesus Cristo que diz que onde estão dois ou três reunidos em nome de Jesus ele se faz presente.

O que estamos fazendo aqui agora não é o melhor para nós, pode ser bom, mas não é o melhor. O lugar da igreja é para ser nas casas ao redor da mesa e da ceia como foi na época de Jesus e como foi na época dos primeiros discípulos. No templo somos uma somatória de indivíduos que adoram individualmente no mesmo lugar que é diferente de uma comunhão de pessoas que se conhecem umas às outras e tem comunhão íntima nas casas ao redor da mesa.

Glória Deus porque estamos nos corrigindo para estabelecer nossa confissão de missão e visão na prática. De casa em casa os crentes funcionavam, de casa em casa os crentes cresciam, de casa em casa a igreja se parece mais com Cristo. No templo os crentes foram paralisados, no templo os crentes não crescem, no templo os crentes viram religiosos.

Lc 10:1 diz que Jesus deu a ordem aos seus discípulos para que estes fossem às cidades e aldeias entrar nas casas. 35 equipes de dois em dois deveriam ir pelas cidades e aldeias e entrar nas casas e fazer igrejas naquelas casas.

Jesus está dizendo para nós Ide, e na maioria das vezes nos estamos dizendo para as pessoas: Venham! A igreja que foi criada para ir de casa em casa, hoje vive insistindo na contra mão dizendo venham. Você e eu fomos designados para ir, apenas ir e nada mais do que ir e ir de casa em casa.

Quero fazer menção de dois textos que nos remetem ao coração de Deus no tocante a vida prática da igreja. Primeiro podemos ler o que diz Jo 4:19-24: 19 Senhor, disse-lhe a mulher, vejo que tu és profeta. 20 Nossos pais adoravam neste monte; vós, entretanto, dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. 21 Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me que a hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. 22 Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus. 23 Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. 24 Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. Jo 4:19-24

Veja a pergunta dessa mulher: Onde devemos adorar, no monte ou em Jerusalém??? Jesus então responde com muita objetividade: Devemos adorar em espírito e em verdade, porque Deus é Espírito e importa que o adoremos no espírito. Trocando em miúdos, Jesus diz: Nem no monte, nem em Jerusalém, mas em Espírito e em verdade.

A outra passagem que gostaria de compartilhar é a Jo 13:34-35: "34 Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros. 35 Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros." Jo 13:34-35

No texto acima, na ocasião da última ceia Jesus está dizendo que nós seremos reconhecidos como uma autêntica igreja Cristã, quando manifestarmos amor uns pelos outros. A pergunta que deixo a você é a seguinte: Em qual estrutura e espaço, dinâmica de atividade, condição de auditório, fica mais fácil a prática de cultuar a Deus, amar e ter comunhão com os irmãos e evangelizar os perdidos???

No templo ou nas casas???

Jesus visitou várias casas durante seu ministério por vários motivos:

· A casa de Zaqueu para trazer salvação.

· A casa de Simão Pedro para curar sua sogra.

· Na casa em Caná da Galiléia para levar alegria a um casamento.

· Na casa de Marta e Maria, para repousar e ser adorado, nesta casa foi cuidado em sua essência humana e honrado em sua essência divina.

· Na casa de Jairo para trazer vida à sua filha.

Eu gostaria de fazer um apelo para os crentes dessa igreja que entenderam que foram chamados para fazerem igreja de casa em casa. Para os crentes que entenderam que foram chamados para fazerem parte de uma célula, de um grupo pequeno. Meu apelo é para você cumprir o propósito de Deus nesses últimos dias. Lembre-se que Jesus disse que os últimos seriam os primeiros. (Mt 20:16)

"Assim, os últimos serão primeiros..." Mt 20:16a

A interpretação mais comum é que os últimos por estarem no primeiro amor seriam os primeiros a serem achados na volta de Cristo, mas seria arrado interpretar esse texto crendo que os últimos também serão os primeiros por que esses estão praticando as obras dos primeiros, saindo dos templos e voltando para as casas?

Devemos hoje, repensar a maneira como estamos vivendo a igreja na prática. Deus nos deu a oportunidade de trazermos a igreja para as nossas casas através das células ou casa de milagres.

Eu quero terminar essa palavra compartilhando uma experiência de um pastor amigo. Um dia este pastor terminou seu devocional pela manhã e foi para o seu escritório, pois estava muito cansado de tantos problemas que estava enfrentando em sua igreja. Enquanto cochilava debruçado em sua mesa, percebeu que um homem sentou-se adiante dele. Quando este pastor amigo ergueu sua cabeça, viu um homem formoso, vestido de branco, com uma aparência de quem tinha muito poder. Mas uma coisa que chamou a atenção deste pastor é que nos olhos deste homem havia trevas. Então o homem começou a questionar o pastor sobre o porquê do pastor querer sair do estilo de trabalho tradicional e migrar para a visão de igreja nas casas (células). Quando o pastor decidiu que não iria mais trabalhar em função do prédio e iria focar no trabalho junto as famílias de casa em casa, esse espírito desapareceu como fumaça. Então numa visão gloriosa este pastor viu a Jesus dizendo de maneira clara. Minha igreja começou nas casas e vai terminar nas casas, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela... Mt 16:18