Total de visualizações de página

Acesse o site da GERAÇÃO DE ADORADORES IGREJA DE VENCEDORES

20120523

O exemplo de Maria. 1Tm 2:14-15 - Pr. Edenirdia Araújo - Culto de Celebração - 13/05/12

14 E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. 15 Todavia, será preservada através de sua missão de mãe, se ela permanecer em fé, e amor, e santificação, com bom senso. 1Tm 2:14-15

Eu gostaria de compartilhar uma palavra sobre Maria como um exemplo de mãe, obviamente não idolatrando, mas reconhecendo o seu valor como mãe. Mas, antes de falar sobre Maria como mãe, primeiro eu gostaria de falar sobre a responsabilidade que nós filhos temos para com os nossos pais, principalmente com as nossas mães.

De fato temos uma grande responsabilidade para com os nossos pais. A Bíblia diz que devemos honrá-los!

“Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR, teu Deus, te dá.” Ex 20:12

É Interessante dizer que o apóstolo Paulo reproduz essa mesma palavra e acrescenta dizendo:

"Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), 3 para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra." Ef 6:2-3

Êxodo 20 nos fala sobre os 10 mandamentos que Deus deu a Moisés, e o verso 12 fala do 5º mandamento que é a honra que devemos aos pais, esse é o quinto mandamento, o primeiro mandamento com promessa.

Dentre os 10 mandamentos de Êxodo 20, o quinto mandamento é “Honra teu pai e tua mãe”. Deus nos diz que honrando pai e mãe teremos longevidade, teremos vida longa, e Paulo acrescenta dizendo que quando honramos aos pais, temos vida longa e prosperidade.

Outra coisa importante é que a palavra “honra” aparece na Bíblia aproximadamente 100 vezes. Sendo que a primeira ocorrência é nesse texto de Êxodo 20. Deus escolheu os nossos pais para nos ensinar sobre honra, para inaugurar seu precioso ensino sobre honra.

Você que é filho tem uma dívida impagável para com seus pais!

Uma tarde, um menino aproximou-se de sua mãe, que preparava o jantar, e entregou-lhe uma folha de papel com algo escrito. Depois que ela secou as mãos e tirou o avental, ela leu:

Cortar a grama do jardim: R$ 3,00
Limpar e arrumar meu quarto esta semana R$ 1,00
Ir ao supermercado em seu lugar R$ 2,00
Cuidar de meu irmãozinho enquanto você ia às compras R$ 2,00
Tirar o lixo essa semana R$ 1,00
Ter um boletim com boas notas R$ 5,00
Limpar e varrer o quintal R$ 2,00

TOTAL DA DÍVIDA: R$ 16,00

A mãe olhou o menino, que aguardava cheio de expectativa. Finalmente, ela pegou um lápis e no verso da mesma nota escreveu:

Levar-te nove meses em meu ventre e dar-te a vida - NADA
Incontáveis noites sem dormir - NADA
Limpar seu bumbunzinho, limpar seu nariz “milhares de vezes” - NADA
Curar-te e orar por ti - NADA
Pelos problemas e pelos prantos que me causastes – NADA
Pelo medo e pelas preocupações que me ocorreram – NADA
Por comidas, roupas e brinquedos - NADA

CUSTO TOTAL DE MEU AMOR – NÃO TEM PREÇO. Então ela se vira para o filho e diz: VOCÊ NÃO ME DEVE NADA!

O menino desconcertado e arrependido reconheceu que sua mãe não devia nada a ele, ele sim é que tinha uma dívida impagável para com sua mãe.

Lembre-se de que temos uma dívida impagável com nossos pais. Se você tem dúvida disso, pense em quanto vale sua vida? Certamente ela não tem um valor estimado. Jesus disse que você vale mais do que este mundo todo. Seus pais são responsáveis pela sua vida, por isso temos uma dívida impagável com nossos pais.

Muitas pessoas não entenderam ou ainda não ouviram sobre a honra que devemos dar aos pais. O que significa esse honrar, e como podemos honrar nossos pais?

1. Filhos honram seus pais quando os tem em alta consideração.

Honramos nossos pais quando consideramos o nome dos nossos pais que carregamos em nosso sobrenome. O seu sobre nome é uma herança de seus pais.
Você sabia que Jesus tinha um sobre nome? O nome de Jesus era Jesus ben José. As pessoas ligavam Jesus à pessoa de José quando diziam: “Não é este o filho do carpinteiro (José)? Não se chama sua mãe Maria...”. Mt 13:55a

O próprio Deus tem sobre nome. “Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó.” Ex 3:6

Deus sempre honrou as pessoas de seu sobre nome, e fez isso para que também honrássemos nosso sobre nome.

Alguns não fazem questão de honrar seus pais, e até chegam a abreviar o sobre nome por vergonha. Agora o pior é que algumas pessoas além de não honrarem seus pais, os envergonham. Lembro-me de um amigo na época da escola que todas as semanas recebia advertência por mal comportamento, forçando assim, os diretores a convocarem seus pais. Isso era muito vergonhoso para aqueles pais.

Devemos atentar para nossos pais e quero ser específico com relação às mães. Nossas mães precisam ser honradas. Quando somos obedientes, as pessoas parabenizam nossas mães, elas dizem: Parabéns pelo seu filho!

Eu consigo observar a espiritualidade dos filhos observando o comportamento deles com seus pais. Se um adolescente ou jovem não respeita seus pais, certamente ele também não está nem ai para Deus.

Devemos tratar bem as pessoas com quem relacionamos, pois isso é um reflexo do relacionamento que temos com Deus. Concluo que pessoas que tem problemas para relacionar com outras também tem problemas para relacionar com Deus.
Não há neutralidade, quem não honra, envergonha!

2. Filhos honram seus pais quando os sustentam. Pv 3:9

“Honra ao SENHOR com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda...” Pv 3:9

Deus quer ser honrado com atitudes práticas. Os fariseus não honravam os pais, pois eles diziam que deveriam honrar a Deus. Que incoerência!

Lembre-se: Temos uma dívida impagável com nossos pais.

Agora tem filhos que além de não sustentar seus pais ainda o endividam. Alguém disse: “Devo tudo a minha mãe, mas já estou negociando.” Trabalham e não ajudam em nada com as despesas de casa.
Um outro problema que vejo na vida de alguns casais, mais precisamente na vida de um dos cônjuges, é a indisposição de abençoar os sogros. Muitas esposas não honram suas mães ou pais por que seus maridos não deixam. Alguns maridos também enfrentam os mesmos problemas. Quando nos casamos estamos também nos afiliando aos pais de nosso cônjuge.

Eu quero honrar minha sogra como se fosse minha mãe biológica. Não temos o direito de impedir nosso cônjuge de servir a Deus, servindo e honrando seus pais!

3. Filhos honram seus pais quando expressam carinho e afetividade.

Tem filhos que depois de crescerem um pouco, decidem não mais expressar carinho por seus pais, não beijam enão aceitam serem beijados por seus pais. Não abraçam, não pedem sequer a bênção de seus pais. Esses dias fui atravessar a rua com minha filha Larissa e ela disse: Que isso Pai??? Não precisa segurar minha mão, eu já sou grandinha!

Vamos fazer um teste: Que tal dar um beijinho no rosto de seu pai ou mãe. Vamos aproveitar já que alguns irmãos são tão resistentes ao ósculo santo, e saudar o irmão do lado com um ósculo santo.

Mesmo enquanto suportava as agonias da cruz, Jesus pensou em sua mãe e em sua responsabilidade para com ela como primogênito. Pediu a João que cuidasse dela após a sua morte, cumprindo desse modo seu dever de amor (João 19:27).

4. Filhos honram seus pais quando apenas obedecem e não discutem com seus pais.

Com relação aos pais, é melhor não discutir, é melhor ficar calado, vai por mim. Quer dizer que mesmo que meu pai esteja errado, eu devo me calar? Sim!!! É melhor você se calar!

Jesus foi o exemplo perfeito de filho obediente. Lucas observou que aos 12 anos de idade, "desceu com eles para Nazaré; e era-lhes submisso" (Lucas 2:51).


Agora falando sobre Maria, sobre a missão de ser mãe, vamos ler o que Paulo escreveu em 1Tm 2:14-15:

14 E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. 15 Todavia, será preservada através de sua missão de mãe, se ela permanecer em fé, e amor, e santificação, com bom senso. 1Tm 2:15

Maria é o exemplo máximo de ser mãe. Maria foi uma mulher de Deus fora de série. Maria foi o cumprimento da primeira profecia da Bíblia. Gn 3:15

Temos uma certa resistência para falar sobre Maria pois o catolicismo e suas doutrinas endeusam e idolatram Maria. Não podemos por conta disso, anular a importância dessa serva de Deus, pois ela foi um instrumento nas mãos de Deus. Ela não foi chamada como foi Moisés, Josué, ou outro homem que realizou grandes obras. Maria foi chamada para ser mãe. Esse chamado não foi menor do que outros. Podemos até dizer que se houvesse uma maneira de medir a importância do chamado de todos os homens e mulheres usados por Deus, certamente Maria estaria em primeiro lugar nessa escala de importância.

Os profetas profetizaram para uma nação, em uma época específica. Os grandes homens e mulheres de Deus tiveram o seu tempo na história. Seus ministérios foram geográficamente limitados, mas quando olhamos para os desdobramentos do chamado de Maria, nos deparamos com a eternidade. Impossível paralizar a obra que através dela foi começada.

Antes do Espirito Santo vir para fazer morada em nós, Ele morou em Maria, durante 9 meses, essa mulher tornou real a possibilidade de toda a humanidade receber o Salvador.


Ser mãe é ser comissionada por Deus. Ser mãe é uma missão. Não é minha intensão chover no molhado mas preciso falar de um propósito que Deus deu a cada mulher. Não é só responder a cobrança natural, pois temos a cada dia percebido a importância que as mulheres tem. Ser mãe é uma missão, podemos até dizer comissão. Isso é vital para a igreja, para a família. As mães são vitais para a edificação da igreja e família.

Maria é o exemplo máximo de ser mãe. Maria foi uma mulher de Deus fora de série. Maria foi o cumprimento da primeira profecia da Bíblia. Gn 3:15

As mulheres estão desbravando novos horizontes e consequêntemente se afastando da presença de Deus.

Hoje as mulheres estão desbravando horizontes, fazem questão de vencerem profissionalmente. Ocupam cada vez mais, lugares que tradicionalmente eram ocupados por homens. Deixam muitas vezes, o serviço doméstico, a responsabilidade para com a casa, e se aventuram em terreno alheio. Não me intérprete mal, não sou machista, muito menos injusto. Só acredito que Deus fez tudo certo na criação do homem e da mulher. Os papéis que Deus deu a cada um compõe a sua vontade que é boa, perfeita e agradável. Todas as conquistas que as mulheres conseguiram nas últimas décadas, são importantes, mas não podem ofuscar o principal chamado para ser mãe.

Ser mãe é um chamado, uma missão, uma grande bênção! Isso não é demérito!!!

A mulher, mãe é uma coluna na família. Alguns dizem que "por trás de um grande homem existe uma grande mulher". Isso não é verdade! A mulher não está atrás e sim do lado, lembre-se que ela foi criada a partir da costela do homem. Ela está do lado!

As mulheres são melhores do que os homens!

As mulheres seguramente são muito melhores do que os homens. Falam melhor do que nós, são mais ponderadas, mais equilibradas e flexíveis. Geralmente buscam a presença de Deus antes de seus maridos. São mais sensíveis, por essa razão foi chamada de adjutora ou auxiliadora, que no hebráico quer dizer "circundar". Isso é comprovado nos nossos MDAs. Ser mãe é uma grande bênção!!! Ser mulher e ser mãe é uma grande bênção!!!

Algumas pessoas pensam que só são considerados se fazerem coisas, mas isso é um engano.

Hoje vivemos em uma época onde ser mãe é fim de carreira. Como se ser mãe fosse ser fracassada. O diabo quer destruir a próxima geração e isso só será possível destruindo os sonhos de Deus para as mulheres serem mãe. Assim como no tempo de Moisés, ou de Jesus o diabo qeur fazer um infanticídio. Ele coloca na cabeça da mulher que ela não tem de ser mãe. Essa é a estratégia do diabo.

Ser mãe é uma comissão de Deus!!!

Deus é Pai, mas se utiliza de ensinos que apontam a mulher como exemplo de comportamento.

Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti.
Is 49:15

Todavia, eu ensinei a andar a Efraim; tomei-os nos meus braços, mas não atinaram que eu os curava. Os 11:3
Como uma mãe pega um bebê no colo eu te peguei.

Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis eu reunir teus filhos como a galinha ajunta os do seu próprio ninho debaixo das asas, e vós não o quisestes! Lc 13:34

meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós; Gl 4:19

O exemplo de Maria

3 Características

1. Maria negou a si mesma.

Um dia o anjo disse a Maria que ela teria um filho. Ela deveria ter 19 ou 20 anos. Derrepente ela ouve que vai ficar grávida. Dá pra entender o que essa jovem viveu. Isso nunca havia acontecido antes. Ela precisou pagar um preço. Naquela época era muito difícil a situação de uma mulher grávida. A resposta que ela deu foi: "Então, disse Maria: Aqui está a serva do Senhor; que se cumpra em mim conforme a tua palavra. E o anjo se ausentou dela." Lc 1:38

Ela renunciou a si mesma. Não é isso que acontece com as mães? Vivem a vida inteira renunciando por causa de sua família.

Ela não questionou a vontade de Deus, simplesmente obedeceu. Lc 1:38

Muitas pessoas hoje não querem renunciar. Devemos ser como Maria, renunciar e obedecer a Deus.

Algumas mulheres dizem que ser mãe é padecer no paraíso, mas não negam suas vontades.

2. Maria se dispôs a morte.

Segundo a lei qualquer mulher exposta ao adultério deveria ser apedrejada. No caso da mulher ser abusada, ela deveria ir até o sacerdote e a partir daí o sacerdote faria uma espécie de chá com sujeira da beira do altar para não morrer. Veja que todo chamado de Deus implica em si mesmo.

A mãe de John Wesley orava todos os dias, cobrindo a cabeça ela orava e seus filhos não a interrompiam. Ela escreveu um devocional para educar seus próprios filhos. Muitas vezes a preguiça nos impede de ensinar nossos filhos.

Mães que tem um coração segundo o coração de Jesus, pagam o preço e vão até o fim por seus filhos. "E junto à cruz estavam a mãe de Jesus, e a irmã dela, e Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena." Jo 19:25

E junto à cruz estavam a mãe de Jesus, e a irmã dela, e Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena.


3. Maria cumpriu o chamado para ser mãe pelo poder do Espírito Santo. Lc 1:35

"Respondeu- lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus." Lc 1:35

Maria num primeiro momento, achou que seria impossível estar grávida sem ter tido relação com homem algum, mas o anjo deixou claro que essa criança seria obra de Deus. Ser mãe é obra de Deus! Só o Espirito Santo é capaz de nos capacitar para cuidarmos dos nossos filhos.

Quem quer ser mãe segundo o coração de Deus, precisa aprender a viver pelo espírito Santo. Quem quer vencer precisa viver pelo Espírito Santo de Deus Jesus disse: "Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer." Jo 15:5

"26 Vendo Jesus sua mãe e junto a ela o discípulo amado, disse: Mulher, eis aí teu filho. 27 Depois, disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. Dessa hora em diante, o discípulo a tomou para casa." João 19:26-27

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senhor Cara Legal - Evangelismo com o livrete 11ª Questão

O poder da oração no Espírito