Total de visualizações de página

Acesse o site da GERAÇÃO DE ADORADORES IGREJA DE VENCEDORES

20120523

Você é o que você decide ser. Dt 30:15-20 - Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 20/05/12

15 Vê que proponho, hoje, a vida e o bem, a morte e o mal; 16 se guardares o mandamento que hoje te ordeno, que ames o SENHOR, teu Deus, andes nos seus caminhos, e guardes os seus mandamentos, e os seus estatutos, e os seus juízos, então, viverás e te multiplicarás, e o SENHOR, teu Deus, te abençoará na terra à qual passas para possuí- la. 17 Porém, se o teu coração se desviar, e não quiseres dar ouvidos, e fores seduzido, e te inclinares a outros deuses, e os servires, 18 então, hoje, te declaro que, certamente, perecerás; não permanecerás longo tempo na terra à qual vais, passando o Jordão, para a possuíres. 19 Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, 20 amando o SENHOR, teu Deus, dando ouvidos à sua voz e apegando- te a ele; pois disto depende a tua vida e a tua longevidade; para que habites na terra que o SENHOR, sob juramento, prometeu dar a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó. Dt 30:15-20

Um grande caminho começa com um primeiro passo, com uma decisão. O restante do percurso fica por conta de suas consequências. Isso por que toda decisão gera um consequência. A cada decisão começamos a escrever ou reescrever uma nova história, que pode ter um final feliz, ou trágico.

Onde você está hoje é o resultado das suas decisões de ontem. Onde você estará amanhã dependerá das decisões que você estará tomando hoje. Carl Baker

Os desdobramentos das nossas decisões diárias, tem poder para desencadear consequências a curto, médio e longo prazo. A vida gira em torno das decisões que tomamos.

As decisões que fazemos iniciarão um processo de transformação nas nossas vidas. As decisões ou escolhas de hoje, refletirão em seu casamento, família, profissão, educação; mas de todos os resultados consequentes das suas decisões, o principal deles é quem você vai se tornar a partir das decisões que você faz.

Digo isso por que você e eu temos uma responsabilidade fundamental e determinante no tocante ao nosso futuro. O futuro começa agora, com as suas decisões. Embora algumas pessoas acreditem em destino predeterminado, o futuro não tem nada haver com esse "destino fatalista", mas tudo a ver com as decisões que tomamos agora.

Tomar decisões, optar por caminhos é uma tarefa cotidiana ao homem, todos os dias nós decidimos o que será feito de nossas vidas em pequenas parcelas de decisões que tomamos, escolhas que refletirão em cada um de nós, ou decisões que podem ser visíveis a todos os que nos cercam, por exemplo, decidir-se por fixar residência em outra cidade; mudar de emprego, etc. Isso certamente vai envolver pessoas que te cercam.

Uma grande responsabilidade nos foi dada, um grande desafiio nos foi proposto, o desafio de decidir!

Alguém disse que "somos livres para decidir, mas prisioneiros das consequências das nossas decisões." Então, devemos ter muita cautela na hora de tomar decisões em nossas vidas pra não tomarmos decisões erradas.

Todavia, pior do que decidir errado é a atitude da indecisão.

Veja o caso de Israel quando foi confrontado pelo profeta Elias.

"Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui- o; se é Baal, segui- o. Porém o povo nada lhe respondeu." 1Re 18:21

O povo de Israel está desviado dos caminhos do Senhor, e Elias, o profeta de Deus naquela época confrontou o povo para que decidissem qual a sua fé.

A indecisão é uma prisão! Não me refiro a momentos de indecisão, mas a passividade constante.

A indecisão neutraliza o homem e impede que algo diferente aconteça. Se queremos resultados diferentes em nossas vidas, devemos tomar decisões. A indecisão o leva a ser reprovado pelo Senhor Jesus.

Na Carta à igreja em Laodicéia Jesus disse:

"14 Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Estas coisas diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: 15 Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! 16 Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar- te da minha boca..." Ap 3:14-16

O morno será vomitado pois o morno é aquele que não decidiu ser quente nem frio.

A indecisão precisa ser combatida, pois não há neutralidade no reino do espírito. "Quando você tem que fazer uma escolha e você não a faz, isto já é uma escolha".

Porque algumas pessoas são sempre indecisas?

1. Por que decisão gera responsabilidade. Algumas pessoas não querem responsabilidade. Não aceitam liderar uma célula para não terem de prestar conta. Não decidem casar pois não querem responsabilidade com um cônjuge, querem ficar dependendo dos pais. Não assumem um compromisso com uma igreja local, para não serem acompanhadas.

2. Por que tem medo dos resultados. E se eu casar e não der certo? E se eu dizimar, será que vai me faltar? Se eu perdoar será que ele vai mudar? Se aceitar o convite do pastor para o ministério? Será que isso é de Deus? Na parábola dos talentos o servo que recebeu apenas um talento, receoso, com medo, enterrou o seu talento e por isso foi severamente exortado pelo seu senhor. Mt 25:14-30

Veja bem, as pessoas mais influentes na nossa sociedade, as personalidades que revolucionaram cidades e nações, muitas vezes erraram em muitas decisões que tomaram. O benefício é que mesmo errando em algumas decisões, aprenderam com os erros.

3. Por que não querem correr riscos. Quantos de nós conhecemos a frase: "Quem não arrisca não petisca." Não hã decisão que não traga um risco implícito. Quem não decide não corre riscos, mas também nada consegue. É certo que você pode frustar em suas decisões, mas você nunca saberá se acerotou ou não se não decidir.

· Decidir viver é correr o risco de morrer.

· Decidir amar é correr o risco de ser rejeitado.

· Decidir investir em alguém é correr o risco de ser abandonado.

· Decidir investir é correr o risco de perder seu investimento.

· Decidir prestar vestibular é correr o risco de reprovar.

Aprendemos a caminhar por que corremos o risco de cair. Tentamos e não desanimamos por causa dos primeiros tombos, ou seja, das primeiras derrotas. Se você não decidisse andar, não cairia algumas vezes e não andaria hoje. Se você não decidir casar, ficará solteiro o resto da vida. Conseguimos o primeiro emprego arriscando-nos a levar um “não”; passamos no vestibular decidindo sob o risco de reprovar, como a maioria. Não haveria a menor possibilidade de conseguir qualquer uma dessas vitórias sem a predisposição de decidir.

4. Por que são vencidas a procrastinação. Eles sempre estão dizendo: "deixa para amanhã", "amanhã eu resolvo isso", "depois resolveremos sobre isso". Maridos dizem para suas esposas: "eu não quero falar sobre isso", e não se decidem por resolver suas vidas. ficam adiando os serviços que precisam ser executados. Não arrumam o interruptor, a porta do guarda roupa, o portão, a campainha etc. Na semana que vem eu resolvo isso. Assim vão empurrando com a barriga, deixando para amanhã o que devem fazer hoje!

Se você já leu a Bíblia no livro de Êxodo, estará lembrado de um fato engraçado, que aconteceu à Faraó. Deus desejava libertar o seu povo da escravidão do Egito, sob o comando de Faraó. Mas Faraó, de coração duro, não deixava o povo sair. Então, Deus mandou dez pragas sobre os egípcios. Praga de piolhos, praga de moscas, praga de gafanhotos... e mandou também a praga das rãs – e a Bíblia diz que houve rãs por toda a parte. Devia ter sido uma bagunça: rãs pulando nos corredores do palácio, entrando para a cozinha, pulando sobre as panelas! ...outras, alcançando os quartos e subindo nas camas... Tenho certeza de que a Sra Faraó, pressionou o marido para desistir logo e acabar com as rãs. Aí, então, finalmente, Faraó chamou Moisés e disse: “Muito bem, eu desisto”. Então Moisés perguntou: “E quando você quer que eu acabe com as rãs?” E a resposta de Faraó foi clássica. Ele disse: “...Amanhã”. Ex 8:8-10

Devia estar louco! Por que esperar tanto tempo para acabar com as rãs?

Decisões são determinantes.

Uma decisão muitas vezes é um caminho que não tem volta. Por isso precisamos ter muita atenção antes de tomar uma direção. Sua vida é algo muito sério para ser levada como uma brincadeira ou jogo de sorte. Você tem buscado o discernimento de Deus antes de tomar uma decisão? Pense muito e ore mais ainda para depois decidir qualquer coisa.

Voltando ao texto de Dt 30, preste atenção nestas palavras: "Se guardares o mandamento..." Isso nos ensina que diante da bifurcação da decisão, Deus nos dá uma condição. Para todos os momentos de decisão em nossas vidas, Deus terá uma direção segura. Veja que o Senhor Deus está falando de uma atitude decisiva e condicional. A palavra "Se" é uma preposição condicional".

Isso nos fala sobre um futuro determinado pelas decisões que tomamos hoje. Alguém pode pensar que isso foi dito somente ao povo de Israel daquela época, mas é importante dizer que este é um princípio intertestamentário. Valeu para os homens daquela época e vale para nós nos dias de hoje. Abrange as duas alianças.

Você e eu temos uma responsabilidade determinante no tocante ao nosso futuro, que é decidir o nosso presente.

Homens como Josué, tem muito a nos ensinar sobre escolher ou decidir.

"Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei (decidam), hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR." Js 24:15

Hoje você tem decisões importantes a tomar. Permita que elas façam diferença, e elas certamente hão de fazer.

Veja a seguir alguns passos para que suas decisões sejam bem sucedidas:

1 - “Não se estribe no seu próprio entendimento”.

"Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. 6 Reconhece- o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. 7 Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta- te do mal; 8 será isto saúde para o teu corpo e refrigério, para os teus ossos." Pv 3:5-8

"O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria será salvo." Pv 28:26

Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá? Jr 17:9

A pessoa que confia no seu próprio entendimento não segue a vontade de Deus; por isso, em geral, ela toma decisões erradas. Por causa dos nossos corações decaídos, não temos a capacidade de tomar, por nós mesmos, decisões sábias. Portanto, devemos sempre buscar Deus e confiar exclusivamente n'Ele.

Em vez de confiar em nosso próprio entendimento, nas nossas emoções, devemos nos lançar ao Senhor, implorando-Lhe sabedoria e direção em cada decisão importante. Temos o Espírito Santo dentro de nó, e ele nos guiará a toda verdade!

"quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir." João 16:13

Ele prometeu guiar o Seu povo, mas devemos buscar a Sua orientação e não apenas presumi-la. Devemos reconhecê-Lo em todos os nossos caminhos. É uma tentação pensar: “Bem, o Senhor já sabe que necessito de Sua sabedoria e auxílio. Certamente, Ele vai nos dar, automaticamente” . De fato, Deus nos ensinou em Sua Palavra a orar específica e decididamente sobre todos os assuntos. Deixar de fazê-lo é dar um passo para se tomarem decisões erradas.

2 - Nunca tome uma decisão que o leve a desobedecer ao ensino da Bíblia. Dt 30:16, Is 1:19.

"se guardares o mandamento que hoje te ordeno..." Dt 30:16

"Se quiserdes e me ouvirdes (Palavra de Deus), comereis o melhor desta terra." Is 1:19

Qual é a vontade de Deus? Como podemos encontrá-la? Basicamente, a vontade de Deus é que obedeçamos a Sua Palavra. Jesus descreveu isto como “andar na minha palavra” . Qualquer decisão que nos leve a desobedecer a Bíblia é contrária à vontade de Deus, sem exceção alguma. Isto é que significa “viver pela fé” . Viver pela fé é simplesmente crer em Deus e obedecer a Sua Palavra (Romanos 10:17); significa tomar decisões embasadas na Bíblia, em vez de embasadas nos sentimentos, pensamentos e circunstâncias. Em seguida, devemos confiar em Deus, pois Ele abrirá as portas certas e proverá as necessidades.

3 - Não tema o homem; tema a Deus (Provérbios 29:25)

"Quem teme ao homem arma ciladas, mas o que confia no SENHOR está seguro." Pv 29:25

Jesus nos comandou a que O amemos mais do que amamos nossos parentes mais amados. Vejam Lucas 14:26. O que Jesus quis dizer, quando ensinou que devemos aborrecer os nossos entes mais próximos e mais amados? Entendemos isto comparando Escritura com Escritura. Consideremos uma passagem paralela em Mateus 10:37. Quando Jesus disse que devemos aborrecer nosso pai, mãe, esposa, filhos, irmãos e irmãs, Ele estava dizendo que não devemos amá-los mais do que O amamos e amamos a Sua vontade. O Senhor exige que O coloquemos absolutamente em primeiro lugar, acima de tudo o mais. As relações familiares são importantes e a Palavra de Deus nos ensina a cuidar dos nossos amados (1 Timóteo 5:8; Colossenses 3:18-21). Ao mesmo tempo, o chamado para a obra de Deus tem precedência sobre os nossos relacionamentos humanos. Através dos séculos, muitos têm resistido ao chamado divino por causa dos laços de família. Existem forças poderosas em ação.

Se alguém deseja tomar uma decisão sábia, conforme a vontade de Deus, deve temê-Lo e servi-Lo mais do que ao homem. Se precisar escolher entre obedecer aos amigos ou parentes e obedecer e agradar a Deus, deve preferir agradar a Deus.

Os jovens sempre cometem o pecado de temer a opinião dos homens. Eles sabem que Deus os está chamando para uma vida de santidade e serviço, mas não querem sair da multidão e, por isso, deixam de fazer a vontade de Deus.

4 – Honre suas autoridades. Rm 13:1

1 Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. 2 De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação.

Outro princípio importante para se tomarem decisões sábias é honrar a autoridade constituída por Deus. A Bíblia fala muito sobre isto. (Ver Romanos 13:1);1 Coríntios 11:3; Efésios 5:22; 6:1-3; 1 Timóteo 5:17; Tito 3:1; Hebreus 13:17; 1 Pedro 2:13-15).

Tenho visto muitos crentes tomando decisões erradas, que os levam para longe de Deus, quando deixam de honrar e obedecer as autoridades que Deus colocou sobre eles. Muitas pessoas jovens têm cometido o erro de não honrar os pais e, por causa disso, fizeram maus casamentos, adquiriram amizades perigosas, freqüentaram escolas erradas, uniram-se a igrejas erradas, mudaram-se para lugares errados e tomaram outras decisões erradas, as quais poderiam ter sido evitadas, se tivessem, simplesmente, honrados os seus pais.

O mesmo erro tem sido cometido pelas esposas, que desobedeceram e não honraram seus maridos.

Este erro tem sido também cometido pelos membros da igreja que desobedecem e desonram os seus líderes. Se você se zangar ou ficar aborrecido com os seus líderes, não tomará decisões sábias. Não é errado questioná-los, porém é errado tomar uma atitude errônea em relação a eles. Tenho visto muitas pessoas abandonarem boas igrejas e retrocederem [espiritualmente], por terem se aborrecido com os seus líderes, tendo se recusado a buscar o arrependimento. Devemos nos lembrar que os líderes da igreja são apenas homens, longe de serem perfeitos. Esta não é uma desculpa, mas um fato. Eles não estão acima da Palavra de Deus e, quando pecam, devem ser disciplinados, de acordo com maneira bíblica (1 Timóteo 5:19-20). Mas a um líder devemos sempre dar o benefício da dúvida. Existe um motivo para se abandonar uma igreja, quando ela não está ligada à Palavra de Deus, mas devemos ter o cuidado de abandoná-la de maneira correta, mudando para uma igreja mais forte e não para uma mais fraca na Bíblia.

5 - Busque conselhos, nunca decida sozinho. Pv 11:14

"Não havendo sábia direção, cai o povo, mas na multidão de conselheiros há segurança." Pv 11:14

"Sem diretrizes a nação cai; o que salva é ter muitos conselheiros. "- NVI

Se vivemos uma vida em comum com Deus, família, irmãos, nossas decisões afetam o coletivo.

O primeiro a ser consultado deve ser Deus. Jesus é chamado de conselheiro pelo profeta Isaias. Mas além do Senhor, você deve consultar seus pais, amigos, irmãos na fé etc. Na dúvida busque respostas na multidão de conselhos. Além de diminuir as chances de errar, se acontecer de você falhar, não falhará sozinho.

Agora não atenda a qualquer conselho, mas busque um conselho sábio (Provérbios 12:15; 19:20). Uma das maneiras mais importantes para se tomarem decisões sábias, segundo a vontade de Deus, é buscar um conselho piedoso, de pessoas sábias e maduras (Provérbio 24:6).

Busque o conselho dos mais próximos (Provérbio 27:10). Muitas vezes buscamos conselhos das pessoas que estão afastadas, em vez de buscá-lo nas que se encontram mais próximas. Uma porção de estranhos tem-me escrito, durante anos, pedindo opinião sobre situações de suas famílias e igrejas, o que sempre achei estranho e despropositado. Muitas vezes as pessoas buscam conselhos dos que estão longe, porque não os conhecem nem conhecem a sua situação; mas, exatamente por esta razão é que deveriam buscar conselhos dos mais próximos. Para um jovem a primeira busca de conselho deveria ser com os próprios pais, especialmente se estes forem crentes. Em seguida, ele poderia buscar os líderes da igreja. Deus dá líderes à igreja para que estes possam ajudar as pessoas, como o pastor às ovelhas, o qual deve zelar pelas suas almas (Hebreus 13:7). Os líderes escutam os membros da igreja e oram por eles, pedindo que Deus lhes dê sabedoria.

6 - Considere os resultados a médio e longo prazo, olhe para o futuro! 1Sm 17:24-27

Preocupe-se com o presente, mas principalmente com o futuro, pois é lá que você vai passar o resto de sua vida.

A maior parte das pessoas decidem levando em consideração somente o presente. Baseiam suas decisões em emoções circunstânciais não considerando o futuro. Alguns casais separam-se para resolverem de imadiato o problema da "incompatibilidade de gênios", sem considerar o impacto na vida dos filhos a médio e longo prazo. Cristãos fogem de suas igrejas locais, para não se concertarem depois de cometerem algum erro. Jovens decidem casarem baseado no sentimento presente. Depois de alguns anos choram amargamente a decisão errada.

Todo jovem cristão deve seguir o exemplo de Moisés, indagando a si mesmo: “Se eu tomar esta decisão, o que vai me acontecer no caminho? Quais serão as conseqüências eternas, se eu desposar esta pessoa; se eu assumir este emprego, se eu buscar uma educação determinada [por mim, teimosamente, escolhida]; se eu me mudar para aquele país; seu eu for àquela festa; se eu continuar com esta amizade; se eu comprar aquela TV; se eu cantar aquela música; se eu for descuidado com o que vejo na Internet; se eu deixar meu coração se prender ao amor por este mundo...”

Davi foi alguém que enxergou a longo prazo antes de decidir enfrentar Golias.

24 Todos os israelitas, vendo aquele homem, fugiam de diante dele, e temiam grandemente, 25 e diziam uns aos outros: Vistes aquele homem que subiu? Pois subiu para afrontar a Israel. A quem o matar, o rei o cumulará de grandes riquezas, e lhe dará por mulher a filha, e à casa de seu pai isentará de impostos em Israel. 26 Então, falou Davi aos homens que estavam consigo, dizendo: Que farão àquele homem que ferir a este filisteu e tirar a afronta de sobre Israel? Quem é, pois, esse incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo? 27 E o povo lhe repetiu as mesmas palavras, dizendo: Assim farão ao homem que o ferir. 1Sm 17:24-27

Eu fico bobo como tem gente que sem Deus vive querendo saber o que vai acontecer no futuro. Consultam horóscopo, videntes, lançam sortes para saberem sobre o amanhã. Os incrédulos não podem prever o futuro, porque andam nas trevas e não crêem na Bíblia. Embasam suas decisões inteiramente no que os seus olhos vêem. Levam em conta apenas as coisas transitórias, como dinheiro, prazer, prestígio, etc.

O crente tem uma luz que o incrédulo não tem. E, assim, pode tomar decisões sábias, embasadas no que ele aprendeu na Palavra de Deus,(1 Coríntios 3:11-15), podendo assim descansar em Deus.

Moisés um dia teve de decidir servir a Deus e quando decidiu por servir ao propósito, foi honrado. Daniel decidiu náo se contaminar com as iguarias do rei porque ela s eram consagradas a outros deuses e foi honrado por Deus. Noé decidiu fazer a arca, e se tornou justificado. Abraão decidiu servir ao Senhor e foi. Davi decidiu não tocar no ungido de Deus. Pedro decidiu obedecer a Deus mesmo que isso custasse a sua vida. Paulo decidiu morrer para ele mesmo e viver para Cristo. Jesus decidiu morrer por nós e ocupar o nosso lugar na Cruz e por isso foi levantado ao terceiro dia e hoje está asse taco a destra do Pai.

Você tem que decidir sair dessa vida medíocre, sair dessa estagnação. Você hoje tem de decidir sair dessa aventura extra conjugal. O diabo está preparando um prato lindo de ver, mas recheado de veneno. Você precisa decidir continuar casado (a) com seu cônjuge.

Você vai decidir hoje assumir responsabilidades no reino de Deus, pare de retardar o processo. Por que você ainda não abriu uma casa de milagres??? Não seja tropeço em seu próprio caminho!

Você precisa decidir ser fiél ao Senhor nos seus dízimos e ofertas. Pare de roubar a Deus!!! Decida-se por honrar ao Senhor com suas primícias e bens!!!

Você precisa decidir prestar conta da sua vida, parar de andar sozinho. A causa de você não se ver livre desse pecado nojento é por que você não abre o coração, não confessa pecado!

Você tem de decidir parar de usar essa maldita droga. Decida fechar seus ouvidos para a voz do diabo que diz: "É só um baseadinho".

Você precisa decandar onerar perdão pelo mal que te causaram, pela perseguição, pelas palavras que disseram a você. Decida dar um basta!

Você precisa decidir crescer como ministro do Senhor, como ganhador de almas e multiplicador de discípulos!

Quantos querem decidir melhorar hoje??? Quantos decidem dizer "eis-me aqui Senhor usa-me a mim".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senhor Cara Legal - Evangelismo com o livrete 11ª Questão

O poder da oração no Espírito