20180228

Canais da Bondade de Deus. Parte 1. 1Re 17:8-16. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 25/02/18


“8 Então, lhe veio a palavra do SENHOR, dizendo: 9 Dispõe-te, e vai a Sarepta, que pertence a Sidom, e demora-te ali, onde ordenei a uma mulher viúva que te dê comida. 10 Então, ele se levantou e se foi a Sarepta; chegando à porta da cidade, estava ali uma mulher viúva apanhando lenha; ele a chamou e lhe disse: Traze-me, peço-te, uma vasilha de água para eu beber. 11 Indo ela a buscá-la, ele a chamou e lhe disse: Traze-me também um bocado de pão na tua mão. 12 Porém ela respondeu: Tão certo como vive o SENHOR, teu Deus, nada tenho cozido; há somente um punhado de farinha numa panela e um pouco de azeite numa botija; e, vês aqui, apanhei dois cavacos e vou preparar esse resto de comida para mim e para o meu filho; comê-lo-emos e morreremos13 Elias lhe disse: Não temas; vai e faze o que disseste; mas primeiro faze dele para mim um bolo pequeno e traze-mo aqui fora; depois, farás para ti mesma e para teu filho. 14 Porque assim diz o SENHOR, Deus de Israel: A farinha da tua panela não se acabará, e o azeite da tua botija não faltará, até ao dia em que o SENHOR fizer chover sobre a terra. 15 Foi ela e fez segundo a palavra de Elias; assim, comeram ele, ela e a sua casa muitos dias. 16 Da panela a farinha não se acabou, e da botija o azeite não faltou, segundo a palavra do SENHOR, por intermédio de Elias.”. 1Re 17:8-16

O que é Bondade de Deus?

No hebraico a palavra Bondade significa uma “divina influência sobre o coração”. Deus nos dá favor para que possamos influenciar outros corações. Bondade, significa graça, aceitação, alegria, liberdade, favor. Favor significa presente, é quando somos surpreendidos. Bondade significa que recebemos algo de graça; é um ato unilateral de outra pessoa em nosso favor, que nos concede graciosamente uma bênção.

Podemos analisar alguns dos inúmeros exemplos do favor e bondade de Deus nas Escrituras.
·      A bondade de Deus tirou José da prisão e o colocou no palácio de Faraó; Tirou um par de algemas das suas mãos e colocou um anel de ouro em se dedo. A bondade de Deus levantou Moisés no Egito para libertar Seu povo; a bondade do Senhor manifestou-se na vida de Davi, para que a Arca, onde estava a presença de Deus, voltasse para Jerusalém; o favor e a bondade de Deus nos enviou Cristo Jesus, como Sacrifício Vivo em nosso lugar; pagando pelos nossos pecados, nos dando uma nova e extraordinária vida; o favor e bondade de Deus nos enviou o Espírito Santo para habitar em nosso espírito. A bondade de Deus nos revestiu de poder desde o pentecoste para podermos vencer sempre...

Deus sempre trabalhou e planejou nos abençoar. Nada é tão glorioso como o amor e a bondade de Deus! Nós devemos orar pelo favor e pela bondade de Deus em tudo o que fazemos.
Agora o interessante, é que nossa vida é extremamente dependente do favor de Deus, ou seja, dependemos d’Ele em todo instante. É o favor de Deus que nos garante cada dia das nossas vidas; é o favor de Deus que nos garante saúde, sustento, provisão, proteção, suprimento, etc.
Vivemos uma vida baseada na manifestação do favor e bondade de Deus.

Não foi diferente na vida daquela viúva de Sarepta, pois a mesma estava cheia de dificuldades em sua vida, problemas decorrentes da crise que assolava a região de Israel, que passava por seca e fome, como relata o texto de 1 Reis 17.

Porém, a história desta mulher e de sua família, é um relato de uma das manifestações mais poderosas da Bíblia Sagrada. Esta família viveu intensamente o favor de Deus em seus dias! E baseado neste texto, analisemos juntos pela experiência daquela mulher, quais foram as chaves ou canais que atraíram o olhar bondoso de Deus.
Como a Bondade de Deus pode se manifestar e se materializar nas nossas vidas? Quais os canais da bondade de Deus na vida dessa mulher?
O primeiro canal da bondade de Deus é...
1. As pessoas que Ele nos envia.
8 Então, lhe veio a palavra do SENHOR, dizendo: 9 Dispõe-te, e vai a Sarepta, que pertence a Sidom, e demora-te ali, onde ordenei a uma mulher viúva que te dê comida.” 1Re 17:8-9
Um dos canais usados para que o favor de Deus se manifestasse na vida daquela mulher era um homem, um profeta, um enviado de Deus. É por meio de pessoas que Deus envia a Sua bondade. Pessoas são o meio pelo qual Deus nos abençoa. Pessoas são a chave para a resolução de todos os nossos problemas. Nunca despreze as pessoas que Deus colocou no seu caminho. Nunca diga: Eu não preciso de Fulano... Eu não quero nem saber de Beltrano...”. Nunca despreze as pessoas que Deus colocou no seu caminho. 
Pessoas problemáticas
Mesmo as pessoas mais problemáticas, podem ser um canal da bondade e poder de Deus nas nossas vidas. Elas podem nos ensinar a amar, tolerar, suportar, exercitar a vida cristã de maneira prática. Os irmãos de José eram aparentemente foram maldição sobre ele, mas o próprio José disse que eles eram a bênção disfarçada. No fim da história de José, em Gênesis 50, o próprio José diz: “Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém Deus o tornou em bem, para fazer, como vedes agora, que se conserve muita gente em vida.” Gn 50:20
Alguém me disse: “Quanto mais conheço o homem, mais admiro os animais”. Que pensamento mais tolo, egoísta e desprovido de Deus. O homem é a coroa da criação de Deus.
Deus sempre coloca alguém no nosso caminho para nos ajudar. (Ex: Wallan, Gilmara na vida do patrão, etc)
Quando não temos a solução para as nossas adversidades e não temos provisão para as nossas necessidades, pessoas são colocadas nos nossos caminhos, são conexões estabelecidas por Deus para nos abençoar, assim como foi na vida da mulher de Sarepta.
Elias estava em outra cidade, com outros planos, outros projetos, mas Deus se atentou através de Seu favor para aquela viúva e enviou o profeta para sua cidade, especificamente para a sua casa, para que o Seu divino favor se manifestasse na vida daquela mulher e de toda sua família. (Profetas e líderes vão! Não fique esperando as pessoas virem).
Uma via de mão dupla - A mulher e o profeta foram sensíveis a Deus e por isso foram agraciados.
É interessante ver que a bondade de Deus é uma via de mão dupla. O texto deixa claro que Elias foi enviado para abençoar a mulher, mas também nos fala que Deus usou aquela mulher para abençoar Elias.
Enquanto você não enxergar nas pessoas uma oportunidade de ser abençoado, sua vida continuará difícil e pesarosa.
Antes da chegada de Elias, a única visão e esperança de vida daquela mulher estavam em seu desespero, por conta de suas dificuldades ela estava esperando a morte de sua família. Aos olhos humanos não havia saída notória para sua situação. Mas o envio de Elias e o desafio feito a esta mulher foi determinante para que o milagre acontecesse, Elias foi o enviado de Deus para que esta família fosse abençoada.

Na dispensação da graça, devemos estar atentos a todas as pessoas que o Senhor nos enviar, e também, estar atentos para sermos enviados para que outros sejam abençoados. Nunca, jamais despreze alguém!!! Desprezar alguém pode ser desprezar o próprio Deus!
Ananias desprezou a Saulo, assim estava desprezando o próprio Jesus.

“10 Ora, havia em Damasco um discípulo chamado Ananias. Disse-lhe o Senhor numa visão: Ananias! Ao que respondeu: Eis-me aqui, Senhor! 11 Então, o Senhor lhe ordenou: Dispõe-te, e vai à rua que se chama Direita, e, na casa de Judas, procura por Saulo, apelidado de Tarso; pois ele está orando 12 e viu entrar um homem, chamado Ananias, e impor-lhe as mãos, para que recuperasse a vista. 13 Ananias, porém, respondeu: Senhor, de muitos tenho ouvido a respeito desse homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém; 14 e para aqui trouxe autorização dos principais sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome. 15 Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de Israel; 16 pois eu lhe mostrarei quanto lhe importa sofrer pelo meu nome. 17 Então, Ananias foi e, entrando na casa, impôs sobre ele as mãos, dizendo: Saulo, irmão, o Senhor me enviou, a saber, o próprio Jesus que te apareceu no caminho por onde vinhas, para que recuperes a vista e fiques cheio do Espírito Santo. 18 Imediatamente, lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e tornou a ver. A seguir, levantou-se e foi batizado.” At 9:10-18

Ananias não somente, viu em Saulo a bondade de Deus, como se dispôs a ajuda-lo nesse processo de crescimento na vida cristã.

Voltando ao texto de 1Re, vemos que Elias não viu naquela mulher, um problema insolúvel, mas a oportunidade de experimentar da bondade e amor do Senhor.

Dispõe-te, e vai a Sarepta, que pertence a Sidom, e demora-te ali, onde ordenei a uma mulher viúva que te dê comida.” 1Re 17:9

Servir as pessoas que Deus coloca no nosso caminho é a verdadeira comida que nos alimenta. Isso nos fortalece e dá razão para a nossa existência. Lembrem-se de Jesus e a mulher Samaritana. Os discípulos saíram pra comprar comida e quando voltaram se espantaram porque Jesus estava batendo um papo com a mulher Samaritana. Vamos ler o texto:

“1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2 (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3 deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia. 4 E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5 Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6 Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. 8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)? 10 Replicou-lhe Jesus: Se conheceras o dom de Deus e quem é o que te pede: dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva.

Jesus neste caso era o homem que havia sido enviado por Deus para abençoar!

11 Respondeu-lhe ela: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva? 12 És tu, porventura, maior do que Jacó, o nosso pai, que nos deu o poço, do qual ele mesmo bebeu, e, bem assim, seus filhos, e seu gado? 13 Afirmou-lhe Jesus: Quem beber desta água tornará a ter sede; 14 aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna. 15 Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água para que eu não mais tenha sede, nem precise vir aqui buscá-la. 16 Disse-lhe Jesus: Vai, chama teu marido e vem cá; 17 ao que lhe respondeu a mulher: Não tenho marido. Replicou-lhe Jesus: Bem disseste, não tenho marido; 18 porque cinco maridos já tiveste, e esse que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade. 19 Senhor, disse-lhe a mulher, vejo que tu és profeta. 20 Nossos pais adoravam neste monte; vós, entretanto, dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. 21 Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me que a hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. 22 Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus. 23 Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. 24 Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. 25 Eu sei, respondeu a mulher, que há de vir o Messias, chamado Cristo; quando ele vier, nos anunciará todas as coisas. Muitas pessoas estão diante de Cristo, mas não conseguem enxerga-lo! As pessoas com quem estamos relacionando podem ser o meio, o canal, a porta que nos introduzirá a plenitude de Deus. 26 Disse-lhe Jesus: Eu o sou, eu que falo contigo. 27 Neste ponto, chegaram os seus discípulos e se admiraram de que estivesse falando com uma mulher; todavia, nenhum lhe disse: Que perguntas? Ou: Por que falas com ela? 28 Quanto à mulher, deixou o seu cântaro, foi à cidade e disse àqueles homens: 29 Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Será este, porventura, o Cristo?! 30 Saíram, pois, da cidade e vieram ter com ele. 31 Nesse ínterim, os discípulos lhe rogavam, dizendo: Mestre, come! 32 Mas ele lhes disse: Uma comida tenho para comer, que vós não conheceis.” Jo 4:1-32

A comida verdadeira é AMAR A DEUS E AS PESSOAS QUE O SENHOR COLOCOU NO NOSSO CAMINHO.

“33 Diziam, então, os discípulos uns aos outros: Ter-lhe-ia, porventura, alguém trazido o que comer? 34 Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.” Jo 4:32-34

Quantas pessoas Deus já determinou que fossem canais do Senhor para que nós fossemos enriquecidos por Deus? Inúmeras vezes! Por outro lado, nós também assim como Elias, podemos ser despertados por Deus para ser um canal do favor d’Ele na vida de outras pessoas, de sentirmos a necessidade ou chamada do Senhor de se doar à alguém, para que ela receba o favor de Deus. Uma coisa esta bem clara, que Deus sempre usará pessoas para que todos nós desfrutemos de Seu favor.

20180219

Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração! Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 18/02/18


“20 Filho meu, atenta para as minhas palavras; aos meus ensinamentos inclina os ouvidos. 21 Não os deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-os no mais íntimo do teu coração. 22 Porque são vida para quem os acha e saúde, para o seu corpo. 23 Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida.” Pv 4:20-22

Introdução

Quase 900 vezes, podemos ler a palavra coração na Bíblia. Na maior parte das vezes, a palavra coração aparece como “homem interior”, ou, a parte mais interior do homem. Lugar onde Deus fala e se revela.
O profeta Jeremias escreveu sobre o coração pelo menos 66 vezes na sua profecia. Em 17:9 ele escreveu da condição do coração humano: Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?” Jr 17:9

Em Jeremias 29:13 ele continua dizendo sobre a importância de buscarmos o Senhor de todo coração: Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração”. Jr 29:13

Já em Mateus 5:8, Jesus enfatiza a pureza de coração como uma chave para se ter e ativar a fé. “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.” Mt 5:8

O sábio Salomão escreve sobre a importância de se ter um coração saudável: 13 O coração alegre aformoseia o rosto, mas com a tristeza do coração o espírito se abate. 14 O coração sábio procura o conhecimento, mas a boca dos insensatos se apascenta de estultícia. 15 Todos os dias do aflito são maus, mas a alegria do coração é banquete contínuo.” Pv 15:13-15

Por que tanta ênfase no coração do homem? Porque dele procede as saídas da vida!

Essa ênfase toda se dá porque todo agir de Deus inicia-se no coração. É a partir do coração do homem que Deus começa o seu agir. Deus deu a planta do tabernáculo para Moisés de dentro para fora, o mesmo aconteceu com a arca de Noé. Todo agir de Deus é a partir do homem interior.

Caminhando para o fim dessa palavra, quero ler mais um texto...

“7 Assim, pois, como diz o Espírito Santo: Hoje, se ouvirdes a sua voz, 8 não endureçais o vosso coração como foi na provocação, no dia da tentação no deserto, 9 onde os vossos pais me tentaram, pondo-me à prova, e viram as minhas obras por quarenta anos. 10 Por isso, me indignei contra essa geração e disse: Estes sempre erram no coração; eles também não conheceram os meus caminhos. 11 Assim, jurei na minha ira: Não entrarão no meu descanso. 12 Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo; 13 pelo contrário, exortai-vos mutuamente cada dia, durante o tempo que se chama Hoje, a fim de que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado. 14 Porque nos temos tornado participantes de Cristo, se, de fato, guardarmos firme, até ao fim, a confiança que, desde o princípio, tivemos. 15 Enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração, como foi na provocação.” Hb 3:7-15

Ao lermos a expressão “coração perverso”, logo pensamos num coração cheio de pornografia, ódio, assassinato, mentira, soberba, etc. Mas quando consultamos os originais para sabermos o que de fato é um coração perverso, descobrimos que “perverso” no original é poneros.

Perverso - poneros
1) cheio de labores, aborrecimentos, fadigas
1a) pressionado e atormentado pelos labores
1b) que traz trabalho árduo, aborrecimentos, perigos: de um tempo cheio de perigo à fidelidade e à fé cristã; que causa dor e problema.

Coração cheio de labores ou aborrecido é um coração cheio de justiça própria, aborrecido e intolerante, orgulhoso e julgador. Este é o coração perverso. 
Abra seu coração hoje para que o Espírito Santo faça uma obra de transformação interior. Mude a sua mente, cative seus pensamentos ao alto e seja transformado interiormente. Isso só depende de você!

Obra de arte de Holmen Hunt

Um artista chamado Holman Hunt, havia pintado um lindo quadro. No dia de apresentá-lo ao público, convidou muitos para vê-lo. Compareceram as autoridades do local, fotógrafos, jornalistas, e muita gente, pois o pintor era muito famoso. Chegado o momento, tirou-se o pano que velava o quadro. Houve um caloroso aplauso. Era uma impressionante figura de Jesus batendo suavemente à porta de uma casa. O Cristo parecia vivo. Com o ouvido junto à porta, Ele parecia querer ouvir se lá dentro alguém respondia. Houve sussurros e elogios. Todos admiravam aquela obra de arte. Um observador curioso porém, achou uma falha no quadro: A porta não tinha fechadura. E foi perguntar ao artista: - “Sua porta não tem fechadura! Como se fará para abri-la?” – “É assim mesmo” - respondeu o pintor – “Esta é a porta do coração humano. - Só se abre do lado de dentro”.

“Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo.” Ap 3:20

Uma pessoa muito cheia de angústia lamentou-se dizendo: “O nosso coração é como uma folha de papel: depois de amassada não volta a ser o que era antes...”. É justamente por isso que o Pai nos dá um novo coração, um coração regenerado!

“26 Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne. 27 Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis. 28 Habitareis na terra que eu dei a vossos pais; vós sereis o meu povo, e eu serei o vosso Deus.” Ez 36:26-28



20180216

O impacto da generosidade! Pv 11:24-25. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 11/02/18


“24 A quem dá liberalmente, ainda se lhe acrescenta mais e mais; ao que retém mais do que é justo, ser-lhe-á em pura perda. 25 A alma generosa prosperará, e quem dá a beber será dessedentado.” Pv 11:24-25 (ARA)

O generoso prosperará; quem dá alívio aos outrosalívio receberá. Pv 11:25 (NVI)

Observações sobre generosidade...

1.  Deus é GENEROSO e a Sua generosidade é desde o início!

A palavra generosidade significa: “Virtude de quem compartilha bondade”.

Sim! Generosidade é bondade compartilhada.

Podemos dizer também que “generosidade” vem de Gene ou Genese que significa “origem”. Por isso a história do homem começa em Gênesis. E como começa essa história? Começa com um Deus generoso dando o melhor de Si. Em Gênesis 1 e 2 podemos ver a extravagante generosidade de Deus para com o homem criando e coroando todas as coisas com a Sua bondade.

O ápice da generosidade de Deus para com o homem está em Gênesis 1:26: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança...”. Gn 1:26  

Deus é generoso por toda a Escritura!!!

Não pense que a generosidade de Deus se limita aos primeiros capítulos de Gênesis. A Bíblia inteira está repleta de textos expressando a bondade, a generosidade de Deus. O salmista no Salmo 68:19 disse: Bendito seja o Senhor que, dia a dia, leva o nosso fardo! Deus é a nossa salvação.

Não temos muito tempo para compartilhar muitas escrituras, mas leia o que diz Filipensses 4:19: “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades.” Fl 4:19

Efésios 3:20 também nos ensina que: “Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós...”. Ef 3:20

A maior de todas as manifestações de generosidade está em João 3:16: Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”  3:16

2. Os filhos de Deus, tem a natureza do Pai Generoso.

Nós fomos criados num contexto de generosidade, permeados de bondade, feitos à imagem e semelhança d’Ele, portanto temos a natureza do Generoso. A generosidade é um despertar do real valor de quem somos. Deus é generoso e isso está em nossa gene.

Não apenas praticamos a generosidade, mas somos generosos. Somos por isso fazemos. Lembram-se do slogan dos biscoitos Tostines? Tostines está sempre fresquinho porque vende mais, ou vende mais porque está sempre fresquinho? Cabe aqui uma pergunta: Você doa porque é generoso, ou é generoso porque doa? NÓS DOAMOS E OFERTAMOS PORQUE SOMOS GENEROSOS!

A prática da generosidade nos faz conhecer o amor de Deus. Em João 3:16 vemos que Deus ama e por isso dá. Ele amou o mundo e deu Seu Filho unigênito. Cristo amou a humanidade e por se entregou por nós, e...

16 Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e devemos dar nossa vida pelos irmãos. 17 Ora, aquele que possuir recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhe o seu coração, como pode permanecer nele o amor de Deus? 18 Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade.” 1Jo 3:16

Generosidade não é reciprocidade

Ser recíproco é o mesmo que ser grato. Agir por gratidão é quando eu ajo porque foram bom comigo. Gratidão é uma reação. Generosidade, lembre-se sempre, é iniciar a bondade. Não é uma reação é uma ação. É quando somos impelidos no espírito a doar, investir, ofertar, entregar de maneira livre e desmedida. Quando fazemos isso, estamos expressando Deus.

“25 A alma generosa prosperará, e quem dá a beber será dessedentado.” Pv 11:25 (ARA)

“O generoso prosperará; quem dá alívio aos outrosalívio receberá. Pv 11:25 (NVI)

Se você quer viver uma vida abençoada, você deve aprender a viver uma vida generosa! O generoso dá além do que o outro espera, surpreende, toca o coração com a sua oferta. O generoso sempre nos constrange, amorosamente. Quando ele percebe nossa necessidade, se apressa em suprir o que está ao alcance dele. Você quer ser abençoado? Seja generoso. Fomos criados parecidos com Deus e uma das marcas do Pai é a generosidade.

A Bíblia diz que a mais bem-aventurada coisa, é dar do que receber. Deus espera que sejamos pessoas que contribuem, porque são generosas, porque se parecem com o Pai. A vontade de Deus é que Seus filhos se pareçam com Ele, porque dar faz parte da Sua natureza. O novo nascimento gera esse tipo de gente, que possui, mas não é possuída pelo que tem.

A generosidade é o nível mais elevado de vida, porque generosidade transcende e está acima da justiça. Justiça é dar a cada um, o que lhe é de direito. A generosidade é dar sem olhar para quem se está dando, é uma atitude completa liberdade. O generoso mostra que não é escravo do dinheiro, é o único que demonstra, claramente, que Mamon não é o Deus da vida dele.

No livro “A Dinâmica dos Dízimos e das Ofertas”, o pastor Claudio Ernani Ebert, diz que pessoas que não ofertam de maneira livre e não devolvem os dízimos correm o sério risco de não terem nascido de novo.  Eu creio nisso.   

3. A generosidade produz alegria, satisfação, saúde e longevidade.

25 A alma generosa prosperará, e quem dá a beber será dessedentado.” Pv 11:25 (ARA)

Podemos dizer que os generosos são mais alegres, saudáveis e vivem mais, por que alma no original é neplesh que significa mente, emoção, ser interior do homem.

Podemos dizer que as pessoas mais generosas são as mais felizes, saudáveis e resolvidas.

A ciência confirma que a prática da generosidade faz bem.

Cientistas descobriram que somos predispostos a doar. Descobriram também que quando alguém doa, uma parte do cérebro chamada hipotálamo produz um neuro-hormônio chamado “oxitocina”, hormônio da confiança, bem estar e amor. Logo após o parto há uma produção elevada de oxitocina, por isso a dor do parto é sobrepujada pela oxitocina. Isso anestesia a mamãe e fortalece ainda mais o vinculo com o recém-nascido.

Então veja, quando você oferta com generosidade, seu corpo recebe cura. Somos aliviados por uma sensação de bem estar. As pessoas mais felizes que conheço são as que dão deliberadamente. Comprovadamente, pessoas mais generosas são mais criativas e melhores na resolução de problemas, tem maior disposição de empatia e se comportam de forma mais ética.

Quer tornar a vida mais significativa e prazerosa? QueR fazer da família, igreja, empresa, locais melhores para se viver?

A minha sugestão é que comecemos agora uma epidemia de generosidade! Eu quero começar por mim!

Isso certamente nos levará a um nível de relação com Deus e o nosso próximo muito mais profundo e exitoso.

O generoso prosperará; quem dá alívio aos outrosalívio receberá. Pv 11:25 (NVI)

20180207

Descobrindo a bondade de Deus por meio das Escrituras! Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 04/02/18


”Oh! Provai e vede que o SENHOR é bom; bem-aventurado o homem que nele se refugia.” Sl 34:8 (ARA)

Procure descobrir, por você mesmo, como o Senhor é bom. Feliz aquele que encontra segurança nele.” Sl 34:8 (BLH)

De vez em quando alguém diz: “A salvação é individual...”. Creio nisso! Acredito que além disso, não somente a salvação é individual, mas precisamos ter uma experiência individual com o poder e unção  de Deus, com a cura que vem de Deus, com a transformação que só Deus pode provocar em nós, com o perdão de Deus.

Devemos de fato ter uma experiência pessoal com Deus! Dentro do contexto que estamos exaustivamente ensinando, precisamos ter uma experiência pessoal com a bondade de Deus.

A falta de um conhecimento sobre quem Deus é, nos priva da sua vontade, que como ensina Paulo é “boa, perfeita e agradável”.

O homem muitas vezes questiona a bondade de Deus ao olhar o mundo e ver tanto sofrimento. Países da África apresentam milhares de jovens e crianças mutiladas pelas minas explosivas plantadas durante a guerra civil. Países do Oriente mostram o sofrimento de um povo religioso, porém faminto, como por exemplo na Índia. Olhamos para o nosso Nordeste e vemos nossas crianças se alimentando de lagartos (quando conseguem) e comida de gado para não morrerem de fome. Andamos pelas ruas e praças de São Paulo (como se fosse só aqui) e vemos crianças de rua passando fome e buscando uma pedra de crack para fugir de um mundo de sofrimento. Aí surge a pergunta: se Deus é bom porque Ele permite tudo isso?

A resposta é simples: todas essas tragédias não são obra de Deus, mas do inimigo através do próprio homem. É o homem, e não Deus, que com sua ganância por dinheiro e poder, faz seu semelhante sofrer com guerras, fome e abandono. É o homem, e não Deus, quem espanca seus filhos a ponto dos mesmos preferirem fugir de casa, ficando sujeito a violência das ruas. É o homem, e não Deus, que fraudam empresas e órgãos públicos, buscando um enriquecimento ilícito a custa da morte de crianças e idosos que ficam sem atendimento médico e uma aposentadoria decente. Mas vamos deixar uma coisa bem clara: não foi isso que Deus planejou para a humanidade.

Existem verdades bíblicas, ou afirmações que nos fazem conhecer a bondade de Deus.

1. Desde o princípio tudo o que Deus faz é bom.

“1 No princípio, criou Deus os céus e a terra. 2 A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas. 3 Disse Deus: Haja luz; e houve luz. 4 E viu Deus que a luz era boa; e fez separação entre a luz e as trevas. 5 Chamou Deus à luz Dia e às trevas, Noite. Houve tarde e manhã, o primeiro dia. 6 E disse Deus: Haja firmamento no meio das águas e separação entre águas e águas. 7 Fez, pois, Deus o firmamento e separação entre as águas debaixo do firmamento e as águas sobre o firmamento. E assim se fez. 8 E chamou Deus ao firmamento Céus. Houve tarde e manhã, o segundo dia. 9 Disse também Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num só lugar, e apareça a porção seca. E assim se fez. 10 À porção seca chamou Deus Terra e ao ajuntamento das águas, Mares. E viu Deus que isso era bom. 11 E disse: Produza a terra relva, ervas que dêem semente e árvores frutíferas que dêem fruto segundo a sua espécie, cuja semente esteja nele, sobre a terra. E assim se fez. 12 A terra, pois, produziu relva, ervas que davam semente segundo a sua espécie e árvores que davam fruto, cuja semente estava nele, conforme a sua espécie. E viu Deus que isso era bom. 13 Houve tarde e manhã, o terceiro dia. 14 Disse também Deus: Haja luzeiros no firmamento dos céus, para fazerem separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais, para estações, para dias e anos. 15 E sejam para luzeiros no firmamento dos céus, para alumiar a terra. E assim se fez. 16 Fez Deus os dois grandes luzeiros: o maior para governar o dia, e o menor para governar a noite; e fez também as estrelas. 17 E os colocou no firmamento dos céus para alumiarem a terra, 18 para governarem o dia e a noite e fazerem separação entre a luz e as trevas. E viu Deus que isso era bom. 19 Houve tarde e manhã, o quarto dia. 20 Disse também Deus: Povoem-se as águas de enxames de seres viventes; e voem as aves sobre a terra, sob o firmamento dos céus. 21 Criou, pois, Deus os grandes animais marinhos e todos os seres viventes que rastejam, os quais povoavam as águas, segundo as suas espécies; e todas as aves, segundo as suas espécies. E viu Deus que isso era bom. 22 E Deus os abençoou, dizendo: Sede fecundos, multiplicai-vos e enchei as águas dos mares; e, na terra, se multipliquem as aves. 23 Houve tarde e manhã, o quinto dia. 24 Disse também Deus: Produza a terra seres viventes, conforme a sua espécie: animais domésticos, répteis e animais selváticos, segundo a sua espécie. E assim se fez. 25 E fez Deus os animais selváticos, segundo a sua espécie, e os animais domésticos, conforme a sua espécie, e todos os répteis da terra, conforme a sua espécie. E viu Deus que isso era bom. 26 Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra. 27 Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. 28 E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra. 29 E disse Deus ainda: Eis que vos tenho dado todas as ervas que dão semente e se acham na superfície de toda a terra e todas as árvores em que há fruto que dê semente; isso vos será para mantimento. 30 E a todos os animais da terra, e a todas as aves dos céus, e a todos os répteis da terra, em que há fôlego de vida, toda erva verde lhes será para mantimento. E assim se fez. 31 Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. Houve tarde e manhã, o sexto dia.” Gn 1:1-31

“1 Assim, pois, foram acabados os céus e a terra e todo o seu exército. 4 Esta é a gênese dos céus e da terra quando foram criados, quando o SENHOR Deus os criou.” Gn 2:1,4

No princípio, na criação (Gênesis cap. 1), Deus viu que tudo o que Ele fez era bom, porque Ele é bom. Deus criou tudo e todos com o propósito de serem bons assim como ele é bom. Se alguma coisa errada e ruim aconteceu posteriormente, foi por causa da desobediência do homem e não porque Deus é mal.

2. Deus quer nos mostrar Sua bondade.

“18 Então, ele disse: Rogo-te que me mostres a tua glória. 19 Respondeu-lhe: Farei passar toda a minha bondade diante de ti e te proclamarei o nome do SENHOR; terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia e me compadecerei de quem eu me compadecer.” Ex 33:17-18

No texto acima, Moisés pede ao Senhor que lhe mostre a Sua glória (Kabold ou Kabod – Riqueza), mas de maneira surpreendente Deus lhe promete mostrar a Sua bondade (Towb – Ser bom, Ser agradável, Ser alegre, Ser benéfico, Ser amável, Ser favorável, Estar feliz, etc.)

“Deus nos ressuscitou com Cristo e com Ele nos fez assentar nas regiões celestiais em Cristo Jesus, para mostrar, nas eras que hão de vir, a incomparável riqueza de sua graça, demonstrada em sua bondade para conosco em Cristo Jesus.” Ef 2:6-7

3. Deus é bom para com o homem.

“O Senhor é justo e bom e por isso mostra aos pecadores o caminho que devem seguir.” Sl 25:8 (BLH)

Quando o homem decidiu seguir seu próprio caminho, comendo do fruto proibido, Deus mostrou Sua bondade seguindo Sua natureza benigna. 

Saulo de Tarso julgava-se um homem correto ao perseguir a igreja, mas estava errado. Deus foi bom o suficiente para derruba-lo do cavalo e revelar-se a ele de uma forma extraordinária, e ensinando a ele o verdadeiro caminho.

A narrativa bíblica se resume num eterno romance entre um Deus bondoso e apaixonado e um homem caído e solitário.

“16 Indo para Nazaré, onde fora criado, entrou, num sábado, na sinagoga, segundo o seu costume, e levantou-se para ler. 17 Então, lhe deram o livro do profeta Isaías, e, abrindo o livro, achou o lugar onde estava escrito: 18 O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, 19 e apregoar o ano aceitável do Senhor.” Lc 4:16-19

“1 O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados; 2 a apregoar o ano aceitável do SENHOR e o dia da vingança do nosso Deus...”. Is 61:1-2