20180228

Canais da Bondade de Deus. Parte 1. 1Re 17:8-16. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 25/02/18


“8 Então, lhe veio a palavra do SENHOR, dizendo: 9 Dispõe-te, e vai a Sarepta, que pertence a Sidom, e demora-te ali, onde ordenei a uma mulher viúva que te dê comida. 10 Então, ele se levantou e se foi a Sarepta; chegando à porta da cidade, estava ali uma mulher viúva apanhando lenha; ele a chamou e lhe disse: Traze-me, peço-te, uma vasilha de água para eu beber. 11 Indo ela a buscá-la, ele a chamou e lhe disse: Traze-me também um bocado de pão na tua mão. 12 Porém ela respondeu: Tão certo como vive o SENHOR, teu Deus, nada tenho cozido; há somente um punhado de farinha numa panela e um pouco de azeite numa botija; e, vês aqui, apanhei dois cavacos e vou preparar esse resto de comida para mim e para o meu filho; comê-lo-emos e morreremos13 Elias lhe disse: Não temas; vai e faze o que disseste; mas primeiro faze dele para mim um bolo pequeno e traze-mo aqui fora; depois, farás para ti mesma e para teu filho. 14 Porque assim diz o SENHOR, Deus de Israel: A farinha da tua panela não se acabará, e o azeite da tua botija não faltará, até ao dia em que o SENHOR fizer chover sobre a terra. 15 Foi ela e fez segundo a palavra de Elias; assim, comeram ele, ela e a sua casa muitos dias. 16 Da panela a farinha não se acabou, e da botija o azeite não faltou, segundo a palavra do SENHOR, por intermédio de Elias.”. 1Re 17:8-16

O que é Bondade de Deus?

No hebraico a palavra Bondade significa uma “divina influência sobre o coração”. Deus nos dá favor para que possamos influenciar outros corações. Bondade, significa graça, aceitação, alegria, liberdade, favor. Favor significa presente, é quando somos surpreendidos. Bondade significa que recebemos algo de graça; é um ato unilateral de outra pessoa em nosso favor, que nos concede graciosamente uma bênção.

Podemos analisar alguns dos inúmeros exemplos do favor e bondade de Deus nas Escrituras.
·      A bondade de Deus tirou José da prisão e o colocou no palácio de Faraó; Tirou um par de algemas das suas mãos e colocou um anel de ouro em se dedo. A bondade de Deus levantou Moisés no Egito para libertar Seu povo; a bondade do Senhor manifestou-se na vida de Davi, para que a Arca, onde estava a presença de Deus, voltasse para Jerusalém; o favor e a bondade de Deus nos enviou Cristo Jesus, como Sacrifício Vivo em nosso lugar; pagando pelos nossos pecados, nos dando uma nova e extraordinária vida; o favor e bondade de Deus nos enviou o Espírito Santo para habitar em nosso espírito. A bondade de Deus nos revestiu de poder desde o pentecoste para podermos vencer sempre...

Deus sempre trabalhou e planejou nos abençoar. Nada é tão glorioso como o amor e a bondade de Deus! Nós devemos orar pelo favor e pela bondade de Deus em tudo o que fazemos.
Agora o interessante, é que nossa vida é extremamente dependente do favor de Deus, ou seja, dependemos d’Ele em todo instante. É o favor de Deus que nos garante cada dia das nossas vidas; é o favor de Deus que nos garante saúde, sustento, provisão, proteção, suprimento, etc.
Vivemos uma vida baseada na manifestação do favor e bondade de Deus.

Não foi diferente na vida daquela viúva de Sarepta, pois a mesma estava cheia de dificuldades em sua vida, problemas decorrentes da crise que assolava a região de Israel, que passava por seca e fome, como relata o texto de 1 Reis 17.

Porém, a história desta mulher e de sua família, é um relato de uma das manifestações mais poderosas da Bíblia Sagrada. Esta família viveu intensamente o favor de Deus em seus dias! E baseado neste texto, analisemos juntos pela experiência daquela mulher, quais foram as chaves ou canais que atraíram o olhar bondoso de Deus.
Como a Bondade de Deus pode se manifestar e se materializar nas nossas vidas? Quais os canais da bondade de Deus na vida dessa mulher?
O primeiro canal da bondade de Deus é...
1. As pessoas que Ele nos envia.
8 Então, lhe veio a palavra do SENHOR, dizendo: 9 Dispõe-te, e vai a Sarepta, que pertence a Sidom, e demora-te ali, onde ordenei a uma mulher viúva que te dê comida.” 1Re 17:8-9
Um dos canais usados para que o favor de Deus se manifestasse na vida daquela mulher era um homem, um profeta, um enviado de Deus. É por meio de pessoas que Deus envia a Sua bondade. Pessoas são o meio pelo qual Deus nos abençoa. Pessoas são a chave para a resolução de todos os nossos problemas. Nunca despreze as pessoas que Deus colocou no seu caminho. Nunca diga: Eu não preciso de Fulano... Eu não quero nem saber de Beltrano...”. Nunca despreze as pessoas que Deus colocou no seu caminho. 
Pessoas problemáticas
Mesmo as pessoas mais problemáticas, podem ser um canal da bondade e poder de Deus nas nossas vidas. Elas podem nos ensinar a amar, tolerar, suportar, exercitar a vida cristã de maneira prática. Os irmãos de José eram aparentemente foram maldição sobre ele, mas o próprio José disse que eles eram a bênção disfarçada. No fim da história de José, em Gênesis 50, o próprio José diz: “Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém Deus o tornou em bem, para fazer, como vedes agora, que se conserve muita gente em vida.” Gn 50:20
Alguém me disse: “Quanto mais conheço o homem, mais admiro os animais”. Que pensamento mais tolo, egoísta e desprovido de Deus. O homem é a coroa da criação de Deus.
Deus sempre coloca alguém no nosso caminho para nos ajudar. (Ex: Wallan, Gilmara na vida do patrão, etc)
Quando não temos a solução para as nossas adversidades e não temos provisão para as nossas necessidades, pessoas são colocadas nos nossos caminhos, são conexões estabelecidas por Deus para nos abençoar, assim como foi na vida da mulher de Sarepta.
Elias estava em outra cidade, com outros planos, outros projetos, mas Deus se atentou através de Seu favor para aquela viúva e enviou o profeta para sua cidade, especificamente para a sua casa, para que o Seu divino favor se manifestasse na vida daquela mulher e de toda sua família. (Profetas e líderes vão! Não fique esperando as pessoas virem).
Uma via de mão dupla - A mulher e o profeta foram sensíveis a Deus e por isso foram agraciados.
É interessante ver que a bondade de Deus é uma via de mão dupla. O texto deixa claro que Elias foi enviado para abençoar a mulher, mas também nos fala que Deus usou aquela mulher para abençoar Elias.
Enquanto você não enxergar nas pessoas uma oportunidade de ser abençoado, sua vida continuará difícil e pesarosa.
Antes da chegada de Elias, a única visão e esperança de vida daquela mulher estavam em seu desespero, por conta de suas dificuldades ela estava esperando a morte de sua família. Aos olhos humanos não havia saída notória para sua situação. Mas o envio de Elias e o desafio feito a esta mulher foi determinante para que o milagre acontecesse, Elias foi o enviado de Deus para que esta família fosse abençoada.

Na dispensação da graça, devemos estar atentos a todas as pessoas que o Senhor nos enviar, e também, estar atentos para sermos enviados para que outros sejam abençoados. Nunca, jamais despreze alguém!!! Desprezar alguém pode ser desprezar o próprio Deus!
Ananias desprezou a Saulo, assim estava desprezando o próprio Jesus.

“10 Ora, havia em Damasco um discípulo chamado Ananias. Disse-lhe o Senhor numa visão: Ananias! Ao que respondeu: Eis-me aqui, Senhor! 11 Então, o Senhor lhe ordenou: Dispõe-te, e vai à rua que se chama Direita, e, na casa de Judas, procura por Saulo, apelidado de Tarso; pois ele está orando 12 e viu entrar um homem, chamado Ananias, e impor-lhe as mãos, para que recuperasse a vista. 13 Ananias, porém, respondeu: Senhor, de muitos tenho ouvido a respeito desse homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém; 14 e para aqui trouxe autorização dos principais sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome. 15 Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de Israel; 16 pois eu lhe mostrarei quanto lhe importa sofrer pelo meu nome. 17 Então, Ananias foi e, entrando na casa, impôs sobre ele as mãos, dizendo: Saulo, irmão, o Senhor me enviou, a saber, o próprio Jesus que te apareceu no caminho por onde vinhas, para que recuperes a vista e fiques cheio do Espírito Santo. 18 Imediatamente, lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e tornou a ver. A seguir, levantou-se e foi batizado.” At 9:10-18

Ananias não somente, viu em Saulo a bondade de Deus, como se dispôs a ajuda-lo nesse processo de crescimento na vida cristã.

Voltando ao texto de 1Re, vemos que Elias não viu naquela mulher, um problema insolúvel, mas a oportunidade de experimentar da bondade e amor do Senhor.

Dispõe-te, e vai a Sarepta, que pertence a Sidom, e demora-te ali, onde ordenei a uma mulher viúva que te dê comida.” 1Re 17:9

Servir as pessoas que Deus coloca no nosso caminho é a verdadeira comida que nos alimenta. Isso nos fortalece e dá razão para a nossa existência. Lembrem-se de Jesus e a mulher Samaritana. Os discípulos saíram pra comprar comida e quando voltaram se espantaram porque Jesus estava batendo um papo com a mulher Samaritana. Vamos ler o texto:

“1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2 (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3 deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia. 4 E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5 Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6 Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. 8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)? 10 Replicou-lhe Jesus: Se conheceras o dom de Deus e quem é o que te pede: dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva.

Jesus neste caso era o homem que havia sido enviado por Deus para abençoar!

11 Respondeu-lhe ela: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva? 12 És tu, porventura, maior do que Jacó, o nosso pai, que nos deu o poço, do qual ele mesmo bebeu, e, bem assim, seus filhos, e seu gado? 13 Afirmou-lhe Jesus: Quem beber desta água tornará a ter sede; 14 aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna. 15 Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água para que eu não mais tenha sede, nem precise vir aqui buscá-la. 16 Disse-lhe Jesus: Vai, chama teu marido e vem cá; 17 ao que lhe respondeu a mulher: Não tenho marido. Replicou-lhe Jesus: Bem disseste, não tenho marido; 18 porque cinco maridos já tiveste, e esse que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade. 19 Senhor, disse-lhe a mulher, vejo que tu és profeta. 20 Nossos pais adoravam neste monte; vós, entretanto, dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. 21 Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me que a hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. 22 Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus. 23 Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. 24 Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. 25 Eu sei, respondeu a mulher, que há de vir o Messias, chamado Cristo; quando ele vier, nos anunciará todas as coisas. Muitas pessoas estão diante de Cristo, mas não conseguem enxerga-lo! As pessoas com quem estamos relacionando podem ser o meio, o canal, a porta que nos introduzirá a plenitude de Deus. 26 Disse-lhe Jesus: Eu o sou, eu que falo contigo. 27 Neste ponto, chegaram os seus discípulos e se admiraram de que estivesse falando com uma mulher; todavia, nenhum lhe disse: Que perguntas? Ou: Por que falas com ela? 28 Quanto à mulher, deixou o seu cântaro, foi à cidade e disse àqueles homens: 29 Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Será este, porventura, o Cristo?! 30 Saíram, pois, da cidade e vieram ter com ele. 31 Nesse ínterim, os discípulos lhe rogavam, dizendo: Mestre, come! 32 Mas ele lhes disse: Uma comida tenho para comer, que vós não conheceis.” Jo 4:1-32

A comida verdadeira é AMAR A DEUS E AS PESSOAS QUE O SENHOR COLOCOU NO NOSSO CAMINHO.

“33 Diziam, então, os discípulos uns aos outros: Ter-lhe-ia, porventura, alguém trazido o que comer? 34 Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.” Jo 4:32-34

Quantas pessoas Deus já determinou que fossem canais do Senhor para que nós fossemos enriquecidos por Deus? Inúmeras vezes! Por outro lado, nós também assim como Elias, podemos ser despertados por Deus para ser um canal do favor d’Ele na vida de outras pessoas, de sentirmos a necessidade ou chamada do Senhor de se doar à alguém, para que ela receba o favor de Deus. Uma coisa esta bem clara, que Deus sempre usará pessoas para que todos nós desfrutemos de Seu favor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sabedoria para prosperar em tempos de abundantes chuvas. Pv 1:1-7; 20-33. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 19/01/20

De 3 meses para cá, eu tenho descoberto uma fonte de vida inesgotável através da leitura do livro de provérbios. Eu penso que propositadam...