20170927

Alegre-se, Deus é bom! Pr. Edenir Araújo. Culto de Celebração - 24/09/17

Alegre-se, Deus é bom!!!

1 O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará. 2 Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso; 3 refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome. 4 Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam. 5 Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice transborda. Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre.” Sl 23:1-6

De uns tempos pra cá, eu tenho feito um diário de bordo todos os dias. É quando eu pego minha caneta e escrevo sobre o meu dia, registro minhas tantas atividades. Todavia, meu objetivo maior e trazer a memória o quanto Deus foi bondoso comigo. E acredite, diariamente Deus tem me abençoado, diariamente podemos agradecer a Deus porSua bondade. SIM!!! Todos os dias Deus é bom! O Salmista criou uma santa e otimista expectativa quando ele diz: Bondade e misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida. Sl 23:6

Esse Salmo revela o cuidado de Deus para conosco através da bondade todos os dias!. Aliás, o Salmo 23 tem por título, “O Salmo do Bom Pastor. E baseado no Salmo 23, o que o bom pastor faz por nós?

Características de um bom pastor

• Ele que guia;
• Ele que alimenta;
• Ele que cuida de todas as nossas necessidades;
• Ele nos disciplina e ensina com amor.

Se o Senhor é o nosso pastor, não estamos desamparados. Ele cuida de nós, nos conduz pelas veredas da justiça e nos dá segurança.

Nos momentos difíceis da caminhada, nós contamos com dois amigos inseparáveis: a bondade e a misericórdia de Deus, que sempre estão presentes. 

Deus é bom!

Assim como o sol transmite calor, Deus transmite bondade. Não é só o que ele faz, mas o que Ele é. A natureza de Deus é boa. Ele quer abençoar você!

É importante enxergarmos o quanto Deus é bom. 

• Em 18 de Maio de 1996 eu conheci Jesus – Isso é bondade de Deus!
• Em 27 de Julho de 1996 eu me casei com Silvana - Isso é bondade de Deus!
• Quando minha filha Larissa tinha alguns meses de vida. Minha sogra sentiu de pega-la no colo, e após tirá-la da cama, o reboco caiu sobre a cama - Isso é bondade de Deus!
• Nosso filho Davi passou por uma complicada cirurgia cardíaca com 1 ano de idade e foi curado - Isso é bondade de Deus!
• Nossos 5 filhos são saudáveis – Isso é bondade de Deus!
• Pastorear uma igreja tão linda e fervorosa - Isso é bondade de Deus.
• Sair de 17 pessoas em 2003 e alcançar mais de 1000 adultos, 700 crianças em 10 igrejas - Isso é bondade de Deus!

E as coisas que diariamente nós podemos experimentar...

• Você chega no estacionamento superlotado do supermercado, e de repente alguém está saíndo e você estaciona na vaga - Isso é bondade de Deus!
• Você está precisando de um valor em dinheiro, alguém aparece e te abençoa com aquele valor - Isso é bondade de Deus!
• Você está com vontade de comer pão de milho, quando pisa o pé na calçada um carro com um alto falante em cima grita: Pão de milho... Pão de milho... - Isso é a bondade de Deus!
• Estar num culto como esse de hoje – Isso é a bondade de Deus!
• Ser abraçado e beijado com o amor de Cristo – Isso é a bondade de Deus! 
• Anos atrás, eu ouvi um testemunho de um pastor que pagou 1milhão de reias num galpão vendendo água mineral. Sexta feira eu fui na igreja dele - Isso é bondade de Deus!

Por todo dia nós devemos dizer SENHOR OBRIGADO POR SUA BONDADE! Não se deixe levar pela insensibilidade. Perceba a bondade de Deus nas pequenas coisas do seu cotidiano. O que todos veem como algo comum, eu decido enxergar como extraordinário.

O fato de...

• acordar mais um dia...
• respirar..
• Ir trabahar...
• Ter uma família...
• Ter amigos...
• Fazer parte dessa igreja...
• Voltar para um lar...
• Estar saudável...
• Poder fazer mais uma refeição antes de dormir...

Isso tudo é a bondade de Deus!

Veja sempre o extraordinário no que parece ser comum!

Você deve ´rocurar pela bondade de Deus. 
Não precisa ser algo grande, pode ser algo pequeno. De repente você teve uma boa ideia... Isso é bondade de Deus!
Terminou um trabalho na empresa mais dcedo do que o planejado - Isso é bondade de Deus!

A raiz do pecado é a secreta desconfiança de que Deus não é bom”.Oswald Chambers.

18 Então, ele disse: Rogo-te que me mostres a tua glória. 19 Respondeu-lheFarei passar toda a minha bondade diante de ti e te proclamarei o nome do SENHOR; terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia e me compadecerei de quem eu me compadecer.” Ex 33:18-19

O desafio para Moisés era enxergar a glória de Deus nos seus atos de bondade.

A Escritura nos desafia a provar da bondade do Senhor.

Oh! Provai e vede que o SENHOR é bom; bem-aventurado o homem que nele se refugia.” Sl 34:8

Lembro-me de estar dirigindo numa rodovia quando o veiculo da frente perdeu o controle e só deu tempo de eu ter um reflexo pra desviar de uma colisão que poderia acabar com minha vida. O que é isso? 

Ter deixado de fumar  20 anos é bondade de Deus!
Ter sido atropelado e arremessado por 20 metros e só ter algumas escoriações - Isso é bondade de Deus!

O Maná que era o pão que descia do céu era a provisão para o povo de Deus. Assim como Deus manifestava a sua vontade que é boa, perfeita e agradável, hoje ele quer fazer o mesmo.
1 Eu sou o homem que viu a aflição pela vara do furor de Deus. Ele me levou e me fez andar em trevas e não na luz. Deveras ele volveu contra mim a mão, de contínuo, todo o dia. Fez envelhecer a minha carne e a minha pele, despedaçou os meus ossos. Edificou contra mim e me cercou de veneno e de dor. Fez-me habitar em lugares tenebrosos, como os que estão mortos para sempre. Cercou-me de um muro, e já não posso sair; agravou-me com grilhões de bronze. Ainda quando clamo e grito, ele não admite a minha oração. Fechou os meus caminhos com pedras lavradas, fez tortuosas as minhas veredas.10 Fez-se-me como urso à espreita, um leão de emboscada. 11 Desviou os meus caminhos e me fez em pedaços; deixou-me assolado. 12 Entesou o seu arco e me pôs como alvo à flecha. 13 Fez que me entrassem no coração as flechas da sua aljava. 14 Fui feito objeto de escárnio para todo o meu povo e a sua canção, todo o dia. 15 Fartou-me de amarguras, saciou-me de absinto. 16 Fez-me quebrar com pedrinhas de areia os meus dentes, cobriu-me de cinza. 17 Afastou a paz de minha alma; esqueci-me do bem. 18 Então, disse eu: já pereceu a minha glória, como também a minha esperança no SENHOR. 19 Lembra-te da minha aflição e do meu pranto, do absinto e do veneno.20 Minha alma, continuamente, os recorda e se abate dentro de mim. 21 Quero trazer à memória o que me pode dar esperança. 22 As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; 23 renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. 24 A minha porção é o SENHOR, diz a minha alma; portanto, esperarei nele. 25 Bom é o SENHOR para os que esperam por ele, para a alma que o busca.” Lm 3:1-25

Ocupe a sua mente com a bondade de Deus e seja sempre motivado, fortalecido pelo Espírito de Deus.








20170921

Tranformando tribulação em glória. Jo 16:33. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 17/09/17

33 Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo." Jo 16:33

“Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória.” 2Co 4:17

Introdução:
           
A vida do ser humano, e em especial a do servo de Deus alterna-se em períodos de calmaria e de turbulência, passamos fases em que tudo vai bem, tudo que fazemos dá certo. Porém há outros momentos em que tudo vai mal, tudo dá errado, parece até que Deus esqueceu-se de nós. Diante de tais infortúnios, nos perguntamos: Por que passamos por tantas tribulações?

Há pessoas que dizem: “Depois que decidi ser um cristão, a minha vida passou por inúmeros problemas, muitas dificuldades, eu não entendo o porquê de tudo isso”.

Gostaria de compartilhar uma história que me fez parar e pensar mais um pouco nesse assunto.

Era uma vez um ferreiro que, após uma juventude cheia de excessos, resolveu entregar sua alma para Jesus. Durante muitos anos trabalhou com afinidade, praticou a caridade, mas, apesar de toda sua dedicação, nada parecia dar certo na sua vida. Muito pelo contrário: seus problemas e dívidas acumulavam-se cada vez mais.

Uma bela tarde, um amigo que o visitara, e que se compadecia de sua situação difícil, comentou: - “É realmente estranho que, justamente depois que você resolveu se tornar um homem temente a Deus, sua vida começou a piorar. Eu não desejo enfraquecer sua fé, mas apesar de toda a sua crença no mundo espiritual, nada tem melhorado”.

O ferreiro não respondeu imediatamente. Ele já havia pensado nisso muitas vezes, sem entender o que acontecia em sua vida. Entretanto, como não queria deixar o amigo sem resposta, começou a falar e terminou encontrando a explicação que procurava. Eis o que disse o ferreiro:

“Eu recebo nesta oficina o aço ainda não trabalhado e preciso transformá-lo em espadas. Você sabe como isto é feito? Primeiro eu aqueço a chapa de aço num calor infernal, até que fique vermelha. Em seguida, sem qualquer piedade, eu pego o martelo mais pesado e aplico golpes até que a peça adquira a forma desejada. Logo, ela é mergulhada num balde de água fria e a oficina inteira se enche com o barulho do vapor, enquanto a peça estala e grita por causa da súbita mudança de temperatura. Tenho que repetir esse processo até conseguir a espada perfeita: uma vez apenas não é suficiente”.

O ferreiro deu uma longa pausa e continuou:

“As vezes, o aço que chega até minhas mãos não consegue aguentar esse tratamento. O calor, as marteladas e a água fria terminam por enchê-lo de rachaduras. E eu sei que jamais se transformará numa boa lâmina de espada. Então, eu simplesmente o coloco no monte de ferro-velho que você viu na entrada de minha ferraria. Agora com relação as tribulações que tenho enfrentado, eu sei que Deus está me colocando no fogo das aflições. Tenho aceito as marteladas que a vida me dá, e às vezes sinto-me tão frio e insensível como a água que faz sofrer o aço. Mas a única coisa que peço é: Meu Deus, não desista, até que eu consiga tomar a forma que o Senhor espera de mim. Tente da maneira que achar melhor, pelo tempo que quiser, mas jamais me coloque no monte de ferro-velho das almas perdidas”.

Depois de lermos essa estória, cabe-nos algumas perguntas:

Ø  Como devemos reagir às situações adversas?
Ø  O que fazer diante das aflições que nos permeiam?
Ø  De que forma sairemos vitoriosos das tribulações que tentam nos tragar?

Estas são perguntas que constantemente eu faço enquanto enfrento as dificuldades, e o que tenho aprendido é que:

As tribulações produzem para nós um eterno peso de glória. Agora se as tribulações são geradoras de bênçãos eu não devo desperdiçar as tribulações.

Todos os grandes homens de Deus tiveram de enfrentar tribulações!

Todos os grandes homens de Deus mencionados pela Bíblia sofreram situações de adversidades, foram perseguidos, sofreram ataques, etc.

·         Moisés teve de enfrentar Faraó
·         José teve de enfrentar infortúnios que envolveram a perseguição de seus irmãos, mentiras e injustiças.
·         Davi teve de enfrentar, leões, ursos, Golias, etc.
·         Elias enfrentou Acabe, Jezabel, a incredulidade do povo.
·         Os outros profetas também passaram por muitas tribulações.
·         Os discípulos e o próprio Jesus enfrentaram muitas tribulações.
·         Calebe e Josué enfrentaram muitas tribulações!!!


No primeiro sermão de Jesus, ele falou sobre perseguição, calunias, falso testemunho etc.

“10 Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. 11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. 12 Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós.” Mt 5:10-12

Jesus também fez uma promessa a todos os crentes que seríamos todos afligidos. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” Jo 16:33


A princípio algumas lutas são como muralhas intransponíveis, são para nós barreiras e obstáculos, gigantes invencíveis. Mas nós devemos olhar para estes desafios como fez Calebe e Josué. Diante do desafio de tomar posse da herança pela fé, eles disseram: 7 e falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra muitíssimo boa. 8 Se o SENHOR se agradar de nós, então, nos fará entrar nessa terra e no-la dará, terra que mana leite e mel. 9 Tão-somente não sejais rebeldes contra o SENHOR e não temais o povo dessa terra, porquanto, como pão, os podemos devorar; retirou-se deles o seu amparo; o SENHOR é conosco; não os temais.” Nm 14:7-9

Devemos enxergar as tribulações como alimento e dizer: como pão devoraremos os nossos inimigos!!! Assim tomaremos as tribulações como alimento e nos fortaleceremos em cada uma delas.

Sua tribulação será transformada em glória, se você entender que a tribulação é...

Ø  Intransferível. Não se pode querer passar a bola. Mt 16:24 diz que cada um tem de levar a sua cruz.
Ø  Necessária. Para que haja crescimento, pois depois da provação virá a aprovação. Importa que sejamos aprovados.
Ø  Alimento. Te fortalecerá para vencer desafios ainda maiores. Nm 14:9b
Ø  Expositora de caráter. Quando a tribulação cresce, o teu caráter aparece.

Alguém disse:

“Todas as vezes que Deus prometer algo a você, colocando novos sonhos em seu coração, prepare-se para enfrentar tribulações, pois esse é o único caminho para a sua vitória.”

“Não há pessoa que alcance o topo da montanha sem antes caminhar pelo vale.”

“Quando a tribulação é grande, a fé também é; porque não somos provados menos do que a fé suporta.”