20190228

Série de Mensagens Você pode ser feliz - Pare de se comparar com os outros! Sl 73:3-5. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 24/02/2019


“3 Porquanto eu acumulava inveja dos arrogantes, ao ver a prosperidade desses ímpios. 4 Eles não passam por crises e sofrimentos, e têm o corpo esbelto e saudável. 5 Estão livres dos fardos cotidianos impostos a todos os mortais, não são atingidos por doenças como a maioria das pessoas.” Sl 73:3-5

O assunto que eu quero abordar neste capítulo, atinge cerca de 100% por cento das pessoas que eu conheço. Vamos falar sobre os perigos de se comparar com outras pessoas.

Infelizmente, muitos acabam se entristecendo ao pararem suas vidas reparando na “felicidade” alheia. Gostariam de ter o que fulano tem, estar ou chegar aonde fulano chegou, como se fosse um fracasso viver em outra realidade. E isso tudo ocorre por causa da comparação.

Você não pode permitir que esse tipo de coisa roube a sua alegria e a sua paz de espírito, como se a falta disto ou daquilo lhe definisse como fracassado.

Somos a todo o momento tentados pelo nosso ego, a comparar-nos com os outros. Isso acontece comigo desde sempre. Lembro-me de minha mãe me chamando a atenção ainda quando eu era uma criança. Ela dizia: “Edenir, você não é o seu primo. Ele tem a vida dele e você tem a sua”. Isso sempre aconteceu comigo.

Na infância a comparação acontece quando os nossos irmãos recebem um pedaço maior de doce na sobremesa. De uma forma ou de outra, estamos constantemente olhando para a esquerda e para a direita para ver como nos comparamos com os que nos cercam. Às vezes ficamos por baixo – aquela lá é mais magra, mais engraçada ou mais inteligente, aquele é mais famoso, mais poderoso, mais engraçado. Às vezes ficamos por cima – a nossa casa é maior, mais chique, mais limpa. Mas esse jogo de comparação é um jogo sem vencedores.

Fomos programados para a comparação

Nós fomos criados para viver em sociedade. Somos seres sociais. Biologicamente, o ser humano foi criado para viver olhando para o próximo e se espelhar no mesmo. Por mais que você resista e lute contra essa verdade, não tem jeito, você sempre estará olhando para as pessoas e fazendo comparações. Pedro Calabrez, professor de neurociência diz que 80% dos nossos pensamentos são sobre outras pessoas. E quantos desses pensamentos são pensamentos de comparação?  

A comparação pode te deixar orgulhoso ou deprimido

Apesar desta atitude ser tão natural, ficar se comparando com os outros não é nada saudável. Se o resultado da tal comparação for “satisfatório”, você fica altivo, se achando o máximo, poderá se acomodar com os bons resultados e já não mais se esforçará tanto, diminuindo assim o seu ritmo. Porém, se o resultado for decepcionante, você ficará inseguro, se sentirá inferior e desanimará. Resumindo, se você descobrir que é melhor que determinada pessoa, poderá ficar arrogante e orgulhoso. Por outro lado, se descobrir que é pior, poderá ficar deprimido. Fuja da armadilha da comparação!

Se existe algo que pode destruir sua alma é a tal da comparação. Aprenda essa preciosa lição: “Você sempre vai perder quando se comparar com outras pessoas. Se comparar com outros sempre será perigoso, simplesmente porque você é diferente de todos os outros oito bilhões de seres humanos que vivem neste planeta.

A comparação é o nascedouro da inveja

A inveja nasce a partir da comparação. Quando alguém se compara com o outro, tende a sentir sentimentos ruins como arrogância ou depressão. A dor de se sentir menor ou menos favorecido, ou maior e privilegiado é fruto da comparação. O invejoso geralmente é fofoqueiro e não se contenta em se comparar com o outro, mas empresta sua mente e boca ao diabo para denegrir seu próximo.  

O salmista Asafe é um exemplo claro disto, pois ao se comparar com os ímpios, além de se entristecer, também passou a achar que tudo o que fazia em relação a Deus estava sendo em vão (Sl 73:3-5).

De fato, a inveja seria erradicada se não houvesse comparação. Essa é uma afirmação bastante séria e você talvez não acredite no que acabei de dizer. Porém, me diga uma ocasião onde a inveja se manifeste que não haja alguém se comparando ou tentando diminuir seu próximo.

Observando as várias facetas da inveja, vemos que a comparação está na sua raiz.

Comparação geralmente gera ingratidão

Um dos maiores danos de viver se comparando com os outros é que em pouco tempo essa pessoa se tornará ingrata. Veja o exemplo de Eva. Ela estava no Eden, tinha uma infinidade de frutas para comer, mas escolheu comer daquela fruta que estava vetada no seu cardápio. Ela escolheu comer da árvore do conhecimento do bem e do mal para ser como Deus.

Geralmente a comparação vai alimentar a insatisfação que vai gerar a ingratidão. Se comparar com outros só vai te deixar ranzinza, insatisfeito e ingrato.

A palavra de Deus nos ensina a sermos gratos por tudo o que temos e somos.

A comparação é a mãe do complexo de inferioridade

Alfred Adler afirmava que a luta do homem por superioridade (de si ou dos outros) é um dos nossos fatores principais de motivação. O problema acontece quando a luta pela superioridade não é vencida e você se sentir menor ou inferior. Daí surge a expressão “complexo de inferioridade”. Segundo Adler, todos nós em algum momento temos sentimentos de inferioridade. Assim, se comparando com o outro, às vezes nós vemos que existem pessoas que têm mais facilidade em determinadas coisas do que nós. Muita gente quando percebe isso acaba desistindo de se aperfeiçoar e de aprender, afinal de contas tem gente que consegue muito mais fácil. Poucas coisas na vida são tão prejudiciais para a humanidade quanto viver se comparando com outras pessoas.

Cuidado com as redes sociais

Para deixar o péssimo hábito de se comparar com outros, acredito ser necessário deixar de seguir pessoas no instagran, gastar menos tempo no facebook, etc. Não é novidade pra você que a maioria das pessoas nas redes sociais, estão maquiadas por aplicativos dos mais diversos. Muitas vezes o outro a quem você se compara nas redes sócias não é o outro verdadeiro. É uma versão melhorada dele. As redes sociais são gatilhos de comparação. Se contar que as redes sociais também são grandes fontes de inveja.

Olhar pra vida dos outros também te impede de olhar para si mesmo e melhorar quem você é. Uma pesquisa científica constatou que 80% dos nossos pensamentos é sobre outras pessoas. Certamente seríamos pessoas melhores se seguíssemos o conselho de Paulo aos Coríntios. Vamos ao texto:

“Examine-se, pois, o homem a si mesmo...”. 1Co 11:28

Num contexto de divisão e competição, Paulo diz que devemos olhar para nós mesmos e ver o quanto podemos melhorar.

Saul foi tomado por inveja e raiva por causa da comparação

Quando Davi venceu Golias, encontrou muitas mulheres dançando e cantando: “Saul matou mil, mas Davi matou dez mil”. Ao ouvir isso, Saul se comparou a Davi e foi dominado por uma forte inveja e raiva. Esse sentimento maligno caiu em seu coração como um veneno. Diz a Bíblia que o rei ficou encolerizado e usou a expressão: “A Davi deram dez mil; a mim, somente mil”.

Ele escutou a celebração que Davi havia tido, mas ela se transformou numa derrota para ele. Isso acontece porque quando nosso coração se compara com o outro, corremos o risco de ver a nossa nossa derrota. O coração de Saul sustentava uma comparação, por isso comemorou o momento com raiva. A partir disso, aquele que era amigo de Davi desejava matá-lo.

Um coração que se enche de comparação nunca celebra a vitória do outro, porque a medida da inveja será sempre maior do que a medida da admiração.

Pastor Edenir, quer dizer então que não posso me comparar com ninguém? Sim, você pode e deve!

Com quem devemos nos comparar?

Em primeiro lugar, compare-se com você mesmo! Isso mesmo! Compare-se com você mesmo! Olhe para você ontem e diga: Hoje eu me serei um pouco melhor do que fui ontem, pelo menos 1% melhor. Hoje vou falar melhor com minha esposa... Vou dar mais carinho para os meus filhos... Vou estudar mais que estudei ontem... vou ser mais gentil... Vou orar mais... Vou ler mais Bíblia... Hoje serei mais positivo do que fui ontem... etc.
  
Será que você não está perdendo tempo demais comparando-se com os outros e, dessa forma, se descuidando das coisas boas que existem você, do grande potencial que você tem?

Quando somos fortalecidos em nossa identidade, quando sabemos realmente quem somos, seremos os primeiros a vibrar com as conquistas alheias. Se alguém conseguiu, você também consegue, você também pode. Mas não é porque alguém fez ou conseguiu que você tem que ser ou fazer exatamente igual.

Em segundo lugar, compare-se com Jesus, pois Ele é o nosso maior referencial de comportamento a ser imitado em tudo. É exatamente isso o que a Bíblia diz que devemos fazer!

“olhando fixamente para o Autor e Consumador da fé: Jesus...”. Hb 12:2a

Devemos olhar para Jesus e desejar ser como Ele é! Paulo sempre buscou olhar fixamente para Cristo ao ponto de exortar os irmãos de Corinto dizendo:

“Sede meus imitadores, como eu o sou de Cristo!” 1Co 11:1

Paulo olhava para Cristo e o imitava! Paulo tinha Cristo como o seu parâmetro e isso o fez fiel discípulo e seguidor até as últimas consequências. Assim, aprendemos que a nossa felicidade plena está em olhar para Cristo e nos tornarmos parecidos com Ele!
Ações práticas para se libertar da comparação

Quando você perceber que está se comparando com alguém, decida admirar-se. Em vez de alimentar a inveja, competição, rivalidade, admire, apenas admire.

Outra atitude é, seja grato! Isso mesmo, seja grato pelas conquistas e qualidades, virtudes e habilidades do seu próximo. Deixe a alegria do Senhor fluir em seu coração. Expresse alegria quando perceber a bênção de Deus alcançando seus irmãos. Tenha sempre bons olhos para enxergar graça e bondade no outro.

Por fim, Acredite que você é único para cumprir o seu propósito.

Porém em nada considero a vida preciosa para mim mesmo, contanto que complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus para testemunhar o evangelho da graça de Deus.” At 20:24

Todos nós nascemos com um propósito e destino. Entre quase 8 bilhões de pessoas na terra, cada uma nasceu com uma característica e uma identidade própria. Apesar de muitas pessoas não reconhecerem essa realidade, acabam não desenvolvendo o que foram chamadas para fazer porque estão se comparando com outras pessoas e outros chamados. Quando trato sobre chamado, não estou me referido apenas ao ministério, mas, a toda vocação que rege a vida de alguém, seja profissional ou para algo dentro de outra esfera. Para cada vocação e propósito existe uma porção de graça.

Se você vive insatisfeito e frustrado naquilo que você faz, isso pode ser um grande sinal de que você esta o tempo todo se comparando com outros. Como é importante cada pessoa se encontrar em sua vocação, pois só existe plenitude na vida quando se está vivendo o que foi chamado.

É triste ver pessoas se comparando com outras ou tentando ser algo que não foram chamadas pra serem. Eu já quis ser muita gente, me parecer com muita gente, porém sempre me frustrei. Olhe para os outros, admire-os, no que for proveitoso, imite-os. MAS PELO AMOR DE DEUS, SEJA VOCÊ MESMO!
  
Seu destino está em seu DNA, nasceu com você e o mais incrível é que ele é único e ninguém no mundo por mais inteligente ou habilidoso que seja, poderá viver o que você foi chamado para viver, seu futuro é único. Então, não se compare, nem alimente o desejo de ser ninguém. Viva o que em Deus foi separado antes que os seus ossos fossem formados e desfrute daquilo que é exclusivo e preparado somente para você.

João Batista e o seu chamado único

A Bíblia nos mostra o ministério de João Batista, ele era duro com os seus ouvintes, não falava coisas muito agradáveis, mas mesmo assim, as pessoas o seguiam para aquele lugar deserto para receberem o batismo nas águas. Uma das coisas que eu acho incrível sobre João Batista é que ele não usurpou ser Jesus, nem foi contrário ao seu ministério quando o tempo de Jesus se iniciou, ele reconhecia que Jesus era maior do que ele.

Uma das evidências de alguém que tem uma identidade própria e que está vivendo o seu chamado é reconhecer o dom e chamado de Deus na vida de outras pessoas, contribuindo para que esses talentos se desenvolvam. João tinha uma identidade quando perguntaram para ele: Quem é você? Você é Elias? O Cristo? E ele respondeu:“Eu sou a voz do que clama no deserto.” Ele tinha uma identidade e sabia para o que ele foi chamado.

Então eu te incentivo a desenvolver o seu propósito e depois disso ajude outros a cumprirem o que Deus os chamou. Entenda o seu chamado, tenha uma identidade própria, pois uma pessoa que entende o seu chamado, demonstra um verdadeiro respeito pela vontade de Deus, mais uma pessoa que não entende o seu chamado se torna um impedimento para a sua vocação.
    

20190220

Pregue sobre as boas novas do reino. Mt 4:23. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 17/02/2019

Introdução

Nessa semana, me fizeram a seguinte pergunta: "Pastor Edenir, não é perigoso pregarmos somente as bênçãos de Jesus? Não evangelhos Jesus falou mais sobre os perigos do inferno do que as bênçãos do céus?"

O nosso chamado é para pregarmos o evangelho conforme Mateus 4:23 (Almeida Revista e Atualizada with Strong's Numbers)

“Percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades entre o povo.” Mt 4:23

Evangelho significa: 1) recompensa por boas notícias 2) boas novas 2a) as boas novas do reino de Deus que acontecerão em breve, e, subseqüentemente, também de Jesus.

Reino de Deus é Justiça, paz e alegria no Espírito Santo

“Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.” arm 14:17

“20 Interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, Jesus lhes respondeu: Não vem o reino de Deus com visível aparência. 21 Nem dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está! Porque o reino de Deus está dentro de vós.” Lc 17:20-21

Nosso chamado é para pregarmos as boas novas do reino!

Isaías 61:1-3 (Almeida Revista e Atualizada with Strong's Numbers)

1 O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados; 2 a apregoar o ano aceitável do SENHOR e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os que choram 3 e a pôr sobre os que em Sião estão de luto uma coroa em vez de cinzas, óleo de alegria, em vez de pranto, veste de louvor, em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem carvalhos de justiça, plantados pelo SENHOR para a sua glória. Is 61:1-3

“18 O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, 19 e apregoar o ano aceitável do Senhor.” Lc 14:18-19


Será que Deus é comigo? Será que ele me ama? Será que ele quer o meu bem?

Esse pensamento não é raro no meio dos cristãos. Muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre a vontade de Deus para com o homem. O apóstolo Paulo diz que a vontade de Deus para conosco é boa, perfeita e agradável. Mas como eu disse nem todos creem dessa forma.

“1 Ora, descendo ele do monte, grandes multidões o seguiram. 2 E eis que um leproso, tendo-se aproximado, adorou-o, dizendo: Senhor, se quiseres, podes purificar-me. 3 E Jesus, estendendo a mão, tocou-lhe, dizendo: QUERO, FICA LIMPO! E imediatamente ele ficou limpo da sua lepra.” Mt 8:1-2

Em primeiro lugar Jesus deu uma palavra, a partir disso o leproso creu e foi curado.

Precisamos ter a certeza de que Deus quer que sejamos felizes. Romanos 8:32 nos dá uma panorâmica sobre o que Deus deseja para nós.

“28 Sabemos que todas as coisas COOPERAM PARA O BEM DAQUELES QUE AMAM A DEUS, DAQUELES QUE SÃO CHAMADOS SEGUNDO O SEU PROPÓSITO. 29 Porquanto aos que de antemão conheceu, TAMBÉM OS PREDESTINOU PARA SEREM CONFORMES À IMAGEM DE SEU FILHO, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. 30 E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou. 31 QUE DIREMOS, POIS, À VISTA DESTAS COISAS? SE DEUS É POR NÓS, QUEM SERÁ CONTRA NÓS? 32 AQUELE QUE NÃO POUPOU O SEU PRÓPRIO FILHO, ANTES, POR TODOS NÓS O ENTREGOU, PORVENTURA, NÃO NOS DARÁ GRACIOSAMENTE COM ELE TODAS AS COISAS?” Rm 8:28-32

11 E qual o pai dentre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?12 Ou, se pedir um ovo, lhe dará um escorpião? 13 Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem? Lc 11:11-13

“Porque Ele se Alegra, Ele tem o desejo, tem prazer em que sejamos prósperos.” Sl 35:27

“O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos”. Lc 4:18

“pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, se fez pobre por amor de vós, para que, pela sua pobreza, vos tornásseis ricos.” 2Co 8:9

“Nada há melhor para o homem do que comer, beber e fazer que sua alma goze do bem do seu trabalho, vi que isto também vem da mão de Deus...” Ec 2:24

“Sei que não há coisa melhor para eles do que se alegrarem e fazerem o bem na sua vida, E também que todo homem coma e beba, e goze do bem de todo seu trabalho, é isto um dom de Deus.” Ec 3:12-13

“Então percebi uma boa e bela coisa: alguém comer e beber, e gozar cada um do bem de todo o seu trabalho, com que se afadigou debaixo do sol, todos os dias da sua vida que Deus lhe deu; esta é a sua porção.” Ec 5:18

Série de Mensagens Você pode ser feliz! Fatores que impedem a felicidade - Palavras negativas - Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 10/02/2019


“Põe guarda Senhor à minha boca, e vigia a porta dos meus lábios.” Sl 141:3

Você já deve ter ouvido ou lido a expressão “as palavras tem poder”. Isso procede da verdade! Palavras criam realidade, criam coisas. Foi assim desde o início quando Deus decidiu criar todas as coisas pelo poder da Sua Palavra. A expressão “E disse Deus...” precedeu a criação. Jesus era e é a Palavra viva de Deus, e fez muitas coisas pelo poder das palavras que saíram da Sua boca. Ele ressuscitou um homem morto dizendo: “Lázaro, sai para fora desse sepulcro”. Curou um paralítico dizendo: “Eu quero que você seja limpo!”. Jesus acalmou a tempestade dizendo: “Cala-te, aquieta-te. E cessou o vento, e fez-se grande bonança”. Pela palavra Jesus também amaldiçoou a figueira de Betânia, dizendo: “nunca mais ninguém coma fruto de ti”. Pela palavra multiplicou pães e peixes quando disse: “Pai graças te dou por esse alimento”. Também pela palavra Jesus expulsou demônios, perdoou pecados.

Palavras são fontes de vida ou de morte

“A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto.” Pv 18:21

·         A bênção e a maldição estão no poder da língua...
·         A saúde  e a enfermidade estão no poder da língua...
·         A paz e a guerra estão no poder da língua...
·         A felicidade e a infelicidade estão no poder da língua...

Minha proposta para sermos bem aventurados então é: VIGIE A PORTA DOS SEUS LÁBIOS! Como disse o Salmista, sejamos vigilantes com o que estamos falando. Muitas pessoas ignoram completamente o poder das palavras. De fato, uma grande fonte de infelicidade é a boca que profere palavras erradas.


Sua boca cria a sua realidade

Boa parte da sua realidade está sendo causada pelas palavras que estão saindo dos seus lábios. Na contra mão disso, muitas coisas não estão acontecendo pelas palavras que você tem deixado de falar. No intuito de provocar um tempo novo de prazer e alegria em você, alistei algumas orientações a respeito da sua conduta verbal a partir de agora.


Série de Mensagens Você pode ser feliz! Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 03/02/2019


Você pode ser feliz!

Ser feliz! Esse é o grande anseio do homem. O filósofo Aristóteles dizia que tudo o que o ser humano faz é mirando a felicidade. Tudo o que fazemos, tem essa finalidade. Sem sombra de duvida, essa é a grande necessidade de todos nós. Porém, me parece que a felicidade está sendo banalizada. Em alguns casos, ser feliz se tornou uma utopia. Para muitas pessoas a felicidade não existe. Elas desistiram da felicidade.

A dinâmica da banalização da felicidade pode ser vista nos faróis e cruzamentos movimentados por toda a cidade de São Paulo. Sim! Quando alguém bate no vidro do seu carro e te oferece um panfleto do novo empreendimento imobiliário, geralmente você lê: “Venha ser feliz com a sua família no Condomínio dos céus”, ou “encontre a felicidade no residencial Happy Day”.

Os marketeiros sabem que as pessoas querem ser felizes. Por isso, a felicidade também é apresentada às crianças no “Mc Lanche Feliz”, que não deixa os pais muito felizes quando vão com seus cinco filhos ao badalado restaurante.

A indústria cinematográfica não fica atrás. Will Smith protagonizou um dos seus melhores papeis no filme “A procura da felicidade” que teve o nome traduzido exatamente do original “The Pursuit of Happiness”.

Mas pastor, qual é o problema disso? Qual o problema em querer ser feliz numa boa casa, ou ser feliz comendo um delicioso lanche, ou ainda assistir um ótimo filme com Will Smith? Nenhum problema com isso. O problema é descobrir que depois de adquirir uma nova casa, a infelicidade baterá à porta. Depois de comer o melhor lanche, ou as melhores comidas, a infelicidade ainda estará lá. Depois de experimentar entretenimento e muita diversão, a infelicidade será uma realidade.

E ai descobre-se que a felicidade não está nas coisas que se adquire. Não está nas coisas exteriores.

Onde está a felicidade?

Mais adiante podemos dar a tão esperada resposta.

A maioria das pessoas condiciona a felicidade a acontecimentos que precisam ocorrer no mundo externo. Aos bens que querem adquirir. É mais ou menos assim: o dia que eu comprar a minha casa ou me aposentar, serei feliz. Quando eu receber aquele aumento de salário, ou for promovido, então serei feliz. Quando eu casar, ai sim eu serei feliz. Quando minha saúde for reestabelecida eu serei feliz. Quando eu entrar na faculdade eu serei feliz. Quando eu trocar de carro eu serei feliz.

Essas pessoas tendem a achar que as condições devem melhorar para que elas se sintam felizes. Porém, não existe final feliz se na você for infeliz. 

A vida é como uma viajem

Veja que isso é como uma viajem. Você projeta a felicidade no seu destino, porém quando chega a ele, você percebe que a felicidade não estava lá. Já aconteceu isso com você? Você projeta a felicidade no destino e ai, alcançado o destino você não encontra a felicidade.

Essa coisa de viajem é muito parecida com a vida. Pois estamos sempre projetando a felicidade num determinado lugar pra onde estamos indo. Esperamos a felicidade vir no bem adquirido. Por isso, eu sugiro que você faça da sua vida um passeio. Sim! No passeio você desfruta de todo o trajeto, você aproveita cada momento, cada instante como se fosse o último. E de fato é.

Seja feliz agora!

O tema dessa palavra é “você pode ser feliz!”. Há uma dualidade nessa expressão “você pode ser feliz”.

1º “Você pode ser feliz” é uma sentença: Você está livre para ser feliz. Você não está preso à infelicidade, tristeza ou desânimo. Jesus te libertou das amarras da tristeza. Ele te deu uma nova vida de alegria e regozijo.

“Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; 32 e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” Jo 8:31b-32

“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” Jo 8:36

2º “Você pode ser feliz” é uma expressão de conscientização do poder que habita em nós. Poder para expulsar demônios que nos oprimem, para curar enfermos, para amar incondicionalmente e poder para nos fazer felizes.

“mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.” At 1:8

O chamado de Deus para nós é: Seja feliz AGORA, VOCÊ PODE, com a vida que você tem nesse momento, aprendendo a valorizar o tempo presente antes que ele se vá. Se não for assim, NADA vai mudar. Veja bem, não estou te sugerindo conformar-se com o que tem hoje, ou alegrar-se com os seus problemas. O que eu estou te ajudando a enxergar é que se você olha e agradece pelas coisas boas que recebeu da vida, mostrando gratidão e colocando seu FOCO de atenção em cada uma delas, as portas vão se abrir para que outras coisas boas ocorram também.

Você sabe que foi chamado para ser feliz, tem poder para ser feliz, porém a pergunta que cabe aqui é...

VOCÊ QUER SER FELIZ AGORA?

A grande pergunta é: Você quer ser feliz agora ou vai ficar esperando tudo se resolver na sua vida para sentir-se realmente bem?

A vida cristã sem dúvida é um chamado para felicidade, e isso pode ser visto no texto de Mateus 5 a partir do verso 3. O primeiro assunto que Jesus trata de maneira pública com seus discípulos é sobre o chamado para a felicidade.

Como ser feliz
“3 Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus. 4 Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados. 5 Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra. 6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos. 7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. 8 Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus. 9 Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus. 10 Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. 11 Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós. 12 Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós.” Mt 5:3-11

Veja que a felicidade está diretamente ligada ao nosso interior, às coisas que se passam dentro de cada um de nós.

Por isso posso afirmar que sou feliz por ter Jesus em meu coração. A frase do conhecido cântico: “Com Jesus no coração a gente é feliz” não é frase de efeito ou sugestão positiva, é uma realidade para os que são nascidos de novo. E se alguém me perguntar qual o segredo para se alcançar sucesso na vida cristã, eu responderei: Decida ser feliz. No casamento por exemplo, eu e minha esposa decidimos não ter razão pra sermos felizes. Viver a vida feliz é a chave para progredir e prosperar em todas as áreas.

Considere como verdade minhas seguintes afirmações:

Sou feliz quando prego, sou feliz quando oro e jejuo, sou feliz quando ensino, sou feliz quando discipulo e também quando aconselho. Sou feliz escrevendo, sou feliz viajando. Sou feliz ao lado de minha esposa e filhos, sou feliz quando estou com meus pastores, sou feliz até mesmo quando enfrento dificuldades e aflições. Mesmo aquelas coisas que me parecem sacrificais me trazem profunda alegria e felicidade. O sacrifício ou esforço que envolve prazer, deixa de ser sacrifício e esforço pra se tornar alegria.
Se para receber o galardão for preciso viver sofrer sendo infeliz, então não mereço receber recompensa nenhuma no céu, simplesmente porque tenho sido feliz o tempo todo.

Viver a vida cristã infeliz é pecado!

Tanto quanto mentir, odiar, roubar ou invejar, ser infeliz é pecado.

Aprendemos no texto de Deuteronômio 28 que há um juízo quando não servimos a Deus com alegria.

47 Porquanto não serviste ao SENHOR, teu Deus, com alegria e bondade de coração, não obstante a abundância de tudo. 48 Assim, com fome, com sede, com nudez e com falta de tudo, servirás aos inimigos que o SENHOR enviará contra ti; sobre o teu pescoço porá um jugo de ferro, até que te haja destruído.” Dt 28:47-48 (RA)

“Se vocês não servirem ao Eterno, o seu Deus, com alegria e dedicação total na prosperidade, terão de servir aos inimigos que o Eterno enviar contra vocês. A vida será fome e seca, trapos e miséria, e, depois, ele porá uma canga de ferro sobre vocês e acabará de destruí- los.” Dt 28:47-48 (A Mensagem)

Muitos servem a Deus, mas fazem isso sem alegria. Não são felizes. Encaram tudo como um peso, um grande fardo que aceitam levar apenas por obediência.

Eu acredito que aquele que faz com pesar não será recompensado, mas aquele que é feliz enquanto faz será grandemente recompensado. Ser feliz é um exercício. Podemos aprender a felicidade. Os bem-aventurados felizes homens e mulheres de Deus certamente serão recompensados.

A orientação do Salmista é:

“Servi ao SENHOR com alegria...”. Sl 100:2

E a sua oração é:

“Sacia-nos de manhã com a tua benignidade, para que cantemos de júbilo e nos alegremos todos os nossos dias.” Sl 90:14

Você deve ser feliz todos os dias, servindo ao Senhor com justiça, paz e alegria; qualquer coisa menos do que isso é medíocre. Não se contente com menos do que ser feliz sempre!

Todavia, não busque a sua felicidade fora do Senhor, não pense que o pecado pode te fazer feliz. O prazer do pecado que é mundano e passageiro, e é um gerador de estresse e infelicidade.

Você não é daqui, você é do céu! Busque a felicidade em Jesus!

Você não é desse mundo, você é do céu! A nossa alegria não é de origem terrena, é celestial. C. S. Lewis disse que “se existe em nós um anseio que não pode ser satisfeito por nada nesse mundo, essa é a prova de que nós não somos desse mundo”.

Nosso prazer e a nossa felicidade estão no Senhor, em servi-lo todos os dias, fazendo a sua vontade, cumprindo seu propósito eterno.

Gostaria de fazer uma afirmação ousada sobre a sua felicidade.

Ser feliz é um mandamento!

Ser feliz é um mandamento, e quando você entende isso, você está destinado à felicidade.

Alegrai-vos no SENHOR e regozijai-vos, ó justos; exultai, vós todos que sois retos de coração.” Sl 32:11

Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração.” Sl 37:4

Que a sua felicidade esteja no Senhor! Ele lhe dará o que o seu coração deseja.

Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos.” Fp 4:4

 “Oh! Provai e vede que o SENHOR é bom ; bem-aventurado o homem que nele se refugia.” Sl 34:8

Devemos afirmar para termos o coração ativado pelo Senhor. O Salmo 40:8 diz:

“Agrada-me fazer a tua vontade, ó Deus meu; dentro do meu coração, está a tua lei.” Sl 40:8

A versão King James diz:

“Tenho imensa alegria em fazer a tua vontade, ó meu Deus; a tua Lei está no íntimo do meu ser.” Sl 40:8

Deus ama a todos, mas expressa sua aprovação para com os felizes!

Deus ama a quem dá com alegria e também ama a quem obedece com alegria. Somente posso vencer o pecado quando sinto verdadeiro prazer e alegria em obedecer a Deus.

“Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade ; porque Deus ama a quem dá com alegria.” 2 Co 9:7

1 Coríntios 13 diz que se eu falar em línguas sem sentir nada, estou apenas fazendo barulho. Se eu entregar meus bens aos pobres por mera obrigação, Deus não aceitará. Se eu me dispor a morrer por alguém apenas porque mandaram, isso não procede do amor e será visto como hipocrisia diante de Deus. O amor é o transbordar do prazer em Deus. Não é o dever pelo dever, nem é fazer o certo porque é certo. Mas é o completo prazer na graça de Deus e em ser canal dessa graça. Hoje eu estou aqui para desafiar você a ser realmente feliz.

Vencendo o medo pelo poder da fé. Sl 34:4. Pr. Edenir Araújo. Culto de Celebração - 16/02/20

Meses atrás , eu e minha esposa estávamos indo de carro para Poá, quando percebi que o marcador de combustível estava na reserva. Quando a...