Pular para o conteúdo principal

O poder explosivo de uma igreja unida. Sl 133:1-3, Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 05/03/17

O poder explosivo de uma igreja unida
                                                                                                                                                                                                                1 Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos! 2 É como o óleo precioso sobre a cabeça, o qual desce para a barba, a barba de Arão, e desce para a gola de suas vestes. 3 É como o orvalho do Hermom, que desce sobre os montes de Sião. Ali, ordena o SENHOR a sua bênção e a vida para sempre. Sl 133:1

Testemunho da quinta feira quando eu e a Sil visitamos este lugar.
“Existem muitas coisas que explicam o sucesso e o crescimen¬to de uma igreja, mas certamente o fator principal é a unidade”

Desde sempre, Lúcifer trabalhou para promover a separação e divisão.

Rompeu o relacionamento dele com Deus
Rompeu o relacionamento do homem com Deus
Trabalha arduamente para dividir casais e famílias, igrejas, empresas, etc.

Tudo o que o diabo faz visa destruir a unidade entre nós. Se perdermos a unidade, a expressão da Igreja estaria arruinada e não teremos impacto algum no mundo espiritual.

O inimigo sabe que a única forma de ele prevalecer contra a igreja é produzindo divisão do corpo. Jesus, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, disse: “Todo reino dividido, contra si ficará deserto, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá. (Mt 12:25)

No Livro de Gênesis, vemos um exemplo do poder da unidade. O povo, ímpio e rebelde a Deus, resolveu construir a torre de Babel. Eles eram malignos e estavam construindo algo para afrontar a Deus, mas ainda assim o Senhor disse que havia algo poderoso entre eles:
“e o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm a mesma linguagem. Isto é apenas o começo; agora não haverá restrição para tudo que intentam fazer.” Gn 11:6
Paulo ensina três Princípios de uma Igreja Unida 1CO 1:10

"Rogo-vos, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que faleis todos a mesma coisa e que não haja entre vós divisões; antes, sejais inteiramente unidos, na mesma disposição mental e no mesmo parecer."

Na igreja de Corinto havia muitos tipos de problemas: havia problema de carnalidade, problemas de entendimento doutrinário, questões sobre casamento, questões sobre os dons, co¬mida consagrada a idolos e muito mais.

Mas, de todos, o que Paulo tratou em primeiro lugar foi o problema da divisão.

Ao tratar dessa questão, ele colocou três princípios que precisamos guardar na vida de nossa igreja:

Devemos falar a mesma coisa (v. 10)
Devemos ter uma mesma disposição mental (v. 10)
Devemos ter um mesmo parecer (v. 10)

O diabo e os demônios sabem do poder da unidade e por essa razão ele sempre trabalha para nos dividir.




Por isso em sua ultima oração chamada sacerdotal Jesus roga pela unidade de seus discípulos ao dizer:

"Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra;
21 a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste. 22 Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos; 23eu neles, e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que tu me enviaste e os amaste, como também amaste a mim." Jo 17:20-23

Perseverando unânimes

“Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos.” Atos 2:46-47

A Bíblia diz que a Igreja Primitiva perseverava unânime, que no original, pode significar uma paixão incomum. Segundo o dicionário, a palavra unânime quer dizer também harmonia. Os cristãos tinham as mesmas paixões e viviam em harmonia; eles perseveram de casa em casa, não tinham que fazer vários eventos para se encontrar, e tinham prazer dessa vida em comunidade. Eles também não reclamavam de ter que se encontrar todos os dias. Às vezes, ouvimos que a Igreja em Célula tem muitas reuniões, pois sempre tem que estar com o povo da Igreja; contudo, a Igreja de Atos se reunia ainda mais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O poder de crer e confessar. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 04/09/16

Entendendo a fé...
1. A fé é um espírito (2Co 4:13)
“Tendo, porém, o mesmo espírito da fé, como está escrito: Eu cri; por isso, é que falei. Também nós cremos; por isso, também falamos...”. 2Co 4:13
Veja que a fé não é questão de fórmula, mas de espírito. Paulo diz que temos o mesmo espírito de fé de Abraão, Moisés ou Davi. Sendo a fé um espírito, ela é contagiosa e por isso pode se espalhar. Você deve se lembrar do dia em que os doze espias foram enviados para espiar a terra de Canaã. Depois de quarenta dias, eles voltaram e dez deles disseram:
“Não podemos conquistar essa terra. As muralhas são muito largas, os gigantes, muito altos, e nós somos muito pequenos”. Mas dois deles, Josué e Calebe, disseram: “Vamos conquistar a terra, como pão, os podemos devorar; retirou-se deles o seu amparo; o SENHOR é conosco; não os temais”. Nm 14:9
Toda a nação acreditou nos dez espias e, por causa disso, morreram no deserto; mas, a respeito de Calebe, o Senhor disse que nele havia um espírito difer…

Destruindo os inimigos das nossas orações. Dn 10:12-13. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 13/08/16

"12 Então, me disse: Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e, por causa das tuas palavras, é que eu vim. 13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu por vinte e um dias; porém Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu obtive vitória sobre os reis da Pérsia.” Dn 10:12-13
Por que temos tanta dificuldade para orar?
Eu creio que todos temos ideia de quanto a oração é importante pelo grau de dificuldade que sempre enfrentamos para orar. O nosso inimigo vai lutar de todas as formas para impedir que nossas orações cheguem ao trono do Pai. Ele vai tentar colocar barreiras que vão tentar invalidar nossas orações, para que a nossa oração não seja ouvida pelo Senhor. Precisamos remover então essas barreiras para o êxito na nossa oração.
Guarde essa verdade: O diabo e os demônios não querem que você ore! Eles sempre se oporão a você, pois sabem melhor d…

Ore até que algo aconteça! Is 62:6-7. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 24/07/16

“6 Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; vós, os que fareis lembrado o Senhor, não descanseis, 7 nem deis a ele descanso até que restabeleça Jerusalém e a ponha por objeto de louvor na terra.”  Is 62:6,7
Introdução
Toda ação sobrenatural de Deus é precedida de oração. As chuvas de bênçãos não caem sem que antes nossos joelhos se dobrem. Deus não sarará a nossa terra sem que primeiro seu povo se humilhe e ore fervorosa e perseverantemente. (2Cro 7:14)
Jonathan Edwards, o clássico teólogo do avivamento disse: “Quando Deus tem algo muito grande para realizar em favor da igreja, o desejo dele é que esse seu ato seja precedido por orações extraordinárias do seu povo.”
Muitos cristãos estão vivendo tempos de estiagem e sequidão, porque não oram. Alguém me disse: Pastor Edenir, em minha igreja a reunião de oração está em estado de coma, está na UTI prestes a morrer. Os irmãos andam muito ocupados para ocupar-se com Deus em oração.
Não pode…