20200101

Ano novo, vida nova, novas oportunidades. Fl 3:12-14. Pr. Edenir Araújo - Culto da Virada - 01/01/20


"12 Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus. 13 Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, 14 prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus." Fl 3:12-14

“4 Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida.” Rm 6:4

Nós sabemos que neste próximo ano, teremos 365 dias, as semanas serão de 7 dias, os meses terão 30 dias, o ano será de 12 meses, serão 52 semanas. Na verdade constumamos desejar feliz ano novo, mas o ano será o mesmo no tocante ao tempo. Devemos então desejar Feliz vida Nova.

"E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas." 2Co 5:17

Tendo uma expectativa santa de muita graca sendo derramada sobre nós em 2020, cremos que a promessa do Senhor para nós é que neste próximo ano experimentaremos crescimento e transformação. Vamos abandonar as coisas velhas e avançar para as que estão adiante de nós. Vamos para uma experiência de novidade de espírito, para os novos desafios de Deus. A palavra de Deus para nós nesse começo de ano é que Ele faz novas todas as coisas. Você pode experimentar uma vida nova nesses dias.

"E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras." Ap 21:5

Há sete coisas que o Senhor promete que serão novas em nossa vida. Se experimentarmos essas coisas novas em cada área de nossa vida seremos totalmente transformados.

Sete coisas que serão novas em nossas vidas

1. Uma nova canção

“E me pôs nos lábios um novo cântico, um hino de louvor ao nosso Deus; muitos verão essas coisas, temerão e confiarão no SENHOR.” Sl 40:3

O Senhor quer nos dar uma nova canção de louvor e gratidão por causa do seu poder e livramento.

Em Apocalipse 5:9 lemos que o novo cântico é o cântico da redenção. E em Apocalipse 14:3 sabemos que esse cântico somente pode ser cantado por aqueles que experimentaram o poder de Deus.

“Entoavam novo cântico diante do trono, diante dos quatro seres viventes e dos anciãos.” Ap 14:3

Os anjos não podem cantar conosco esse novo cântico, pois é o cântico da redenção, do perdão, salvação e graça. Os anjos na glória, não tiveram essa experiência, portanto não poderão cantar junto conosco naquele dia, porque é o cântico dos que foram separados por Deus antes da fundação do mundo e comprados pelo o sangue do Cordeiro.
Na Bíblia, os cânticos nos falam de experiências. Todas as vezes que um homem, ou mulher, de Deus teve uma experiência na Bíblia, cantava um cântico novo que falava da sua experiência e da sua vitória. Nesse ano você cantará um cântico novo ao Senhor.

2. Um novo nome

“As nações verão a tua justiça, e todos os reis, a tua glória; e serás chamada por um nome novo, que a boca do SENHOR designará. Serás uma coroa de glória na mão do SENHOR, um diadema real na mão do teu Deus.” Is 62:2-3

A vontade do Senhor é nos dar um novo nome, uma nova reputação, uma nova identidade de honra no lugar da vergonha que já passamos. A forma como a igreja é edificada é pela transformação de vidas. Sem transformação não há edificação. Na palavra de Deus ter o nome mudado significa ter a sua vida transformada.

Simão foi transformado numa nova pessoa, um novo homem que agora era como uma rocha ou pedra, daí seu nome se tornou Pedro. Jacó foi transformado em Israel porque mudou de vida. Não apenas Pedro foi transformado para ser útil na edificação da igreja, mas todos nós devemos ter a mesma experiência para sermos parte da edificação de Deus.

3. Um novo coração

“Dar-lhes-ei um só coração, espírito novo porei dentro deles; tirarei da sua carne o coração de pedra e lhes darei coração de carne; para que andem nos meus estatutos, e guardem os meus juízos, e os executem; eles serão o meu povo, e eu serei o seu Deus.” Ez 11:19-20

O Senhor nos dá um novo coração com um espírito disposto a obedecê-lo, para que andemos nos seus caminhos e façamos a sua vontade. As inúmeras derrotas exteriores têm como origem a falha do coração. Deus está interessado em nosso coração, pois é nele que o Espírito Santo reside e também é por meio dele que somos guiados por Deus e conhecemos a sua vontade. A condição do nosso coração revela a realidade da nossa vida espiritual.

É a partir do coração que Deus opera na vida do crente. Por isso Jesus disse que a boca fala do que está cheio o coração. Ele também disse que do coração procedem os maus pensamentos.

Um coração novo é um coração contrito. Somente um espírito contrito percebe a 
presença de Deus (Sl 34:18 e Is 57:15).

“Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito, não o desprezarás, ó Deus.” Sl 51:17

Um coração novo é manso e humilde. Ele nunca resiste o Espírito de Deus.
Um coração novo é fervoroso. Ter um coração que queima é a chave da vitória.
Um coração novo é sempre cheio de graça para com todos ao derredor. Se não temos essas características é porque o nosso coração envelheceu e precisa ser renovado.
Nesses dias o Senhor faz novo o nosso coração renovando-o.

4. Um novo vinho

“Nem se põe vinho novo em odres velhos; do contrário, rompem-se os odres, derrama-se o vinho, e os odres se perdem. Mas põe-se vinho novo em odres novos, e ambos se conservam.” Mt 9:17

O Senhor quer nos encher do vinho novo do seu Espírito e nos ungir para que sejamos um vaso novo para a sua glória. O vinho novo apareceu no dia em que o Senhor transformou a água em vinho em Caná da Galiléia. A água naquele contexto simbolizava vida natural sem cor, sem sabor e sem aroma, mas o vinho novo tipifica uma vida cheia da vida de Deus. Jesus transforma a nossa vida insípida numa vida cheia de sabor, de cor e de aroma. Quando o Senhor transforma a nossa água em vinho, aí podemos desfrutar da verdadeira festa de Deus. Do mesmo modo que o mestre-sala descobriu que o novo vinho é melhor do que o velho, assim também  descobrimos que a Vida que recebemos de Deus é muito melhor do que a nossa vida natural. A  vida humana é limitada; a vida divina é superior e sem limites. Essa vida é a do próprio Deus. Sendo assim, nosso prazer durará eternamente. A despeito do tipo de situação de morte em que possamos estar, se entregarmos nosso caso ao Senhor Jesus, Ele transformará essa morte em vida.
Até mesmo os maridos e esposas cristãos, por exemplo, podem chegar a um ponto de sua vida conjugal em que a vida acaba em seus casamentos. Parece que são incapazes de prosseguir na sua vida conjugal. Todavia, se eles se abrirem ao Senhor Jesus, Ele transformará essa morte em vida.
Em muitos casamentos, o Senhor transformou água morta em vinho da vida. Nesse ano o vinho novo vai transbordar na sua vida.

5. Um novo mandamento

“Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros.” Jo 13:34

“Deus ama a cada um de nós como se houvesse apenas um para amar.” Augustine
O Senhor nos deu um novo mandamento para amarmos uns aos outros perdoando e esquecendo toda a mágoa do passado. Hoje a nossa vida é baseada nesse novo mandamento. Se vivermos por meio dele experimentaremos vitória em todas as áreas de nossa vida.

Para os cristãos construírem relacionamentos saudáveis, se faz necessário uma compreensão profunda sobre o princípio do amor de Deus. O alvo de todo cristão deve ser amar a Deus e ao próximo sem limites, acima das nossas razões deve estar o amor. Todavia, para amar sem limites, precisamos nos aproximar cada vez mais de Deus, seguir de perto os seus passos, sentir de verdade o seu coração, porque Ele é a única fonte do amor incondicional. A própria Escritura define a pessoa maravilhosa do Senhor dizendo “Deus é amor” (1 João 4:8). Essa frase relativamente pequena em quantidade de palavras tem um grandioso e poderoso significado. Os mais conhecidos e respeitados pregadores da Palavra de Deus pelo mundo afora concordam que o “Amor de Deus”, é o principal tema de sermões nas mais diferentes abordagens sobre a Palavra de Deus. Frases como "Jesus te ama" ou "Deus é amor", são as expressões mais usadas e compartilhadas em todo o mundo em aconselhamentos e evangelismos. Isso é maravilhoso! Uma das maiores e mais nobres mensagens que podemos anunciar ao mundo é esta: Deus ama os pecadores incondicionalmente!

O dois versículos mais difundidos das Escrituras Sagradas são João 3:16 e 1Jo 4:8. Por amor a nós pecadores, Jesus deixou o céu para morrer por nós. Nunca haverá uma demonstração de amor maior do que esta. Ele é a fonte de todo amor verdadeiro. Ele “tanto amou o mundo que deu o seu Filho” em sacrifício para salvar a humanidade (1João 4:8; João 3:16).

A importância do amor, pode ser notada na lista de manifestações do fruto do Espírito Santo em Gálatas 5:22-23. No texto, o amor é o carro chefe, é a porta que se abre para a prática da "...alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio." Gl 5:22-23

6. Uma nova Criação

“E vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade.” Ef 4:24

O Senhor quer que vivamos como uma nova criação refletindo a glória e a santidade de Cristo. Paulo diz que nós já somos uma nova criatura.

“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” 2Co 5:17

Todavia, podemos estar ainda levando uma vida cheia de remendos velhos, cheia de hábitos do velho homem. Nesse ano o novo homem que está em você será renovado pelo poder de Deus.

Receba nesse ano uma transformação total

1. Da carnalidade para a espiritualidade
2. Do medo para fé
3. Da esterilidade para a fecundidade
4. Da fraqueza para a força
5. Das maldições para as bênçãos
6. Do fracasso para o sucesso
7. Da doença para a saúde
8. Da pobreza para a prosperidade
9. Da ignorância para a revelação
10. Do cativeiro para a liberdade
11. Do egoísmo para o altruísmo
12. Da falta de rumo para o propósito
13. Da tristeza para a alegria
14. Da passividade para a ação
15. Do ódio para o amor
16. Da desordem para a ordem
17. Da estagnação para o crescimento
18. Da divisão para a unidade
19. Da murmuração para o louvor
20. Do Silêncio para a proclamação
21. Da falta de oração para o clamor intenso

7. Uma Nova Aliança

“Porque isto é o meu sangue, o sangue da nova aliança, derramado em favor de muitos, para remissão de pecados.” Mt 26:28

O Senhor fez uma Nova Aliança conosco por meio do seu sangue. Esta aliança é a nossa alegria e segurança eterna.

A Nova Aliança nos fala de um novo relacionamento com Deus não mais baseado na lei, mas na graça. Num relacionamento baseado em promessas superiores. Viver na Nova Aliança é desfrutar de uma vida sem acusação, mas cheia de paz e de regozijo. Não mais precisamos lutar com nossas forças, mas precisamos apenas descansar na vitória do Senhor.

Nesse ano faça a resolução de entrar na posse de toda bênção e provisão a Nova Aliança. Faça o propósito de viver na rica herança que lhe foi confiada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As três provisões da chuva abundante. Dt 11:14. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 12/01/20

“ darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas , para que recolhais o vosso cereal, e o vosso vinho, e o vosso ...