Pular para o conteúdo principal

Edificação da Semana...

Gratidão, o segredo da vida feliz. 1Ts 5:18

“Em tudo dai graças, pois esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” (1Ts 5.18).
Essa palavra fez despertar em meu coração uma tremenda verdade: todas as vezes que eu murmurar, reclamar, não aceitar as realidades que me envolvem estou ferindo o coração do meu Senhor. Estou desobedecendo ao que Ele diz quando estabeleceu este princípio, estou me opondo à Sua vontade dando-lhe as costas como filho rebelde que não reconhece que é na obediência a Ele que está a minha felicidade.

Em tudo dai graças. 1Te 5:18. Precisamos aprender a viver como o Apóstolo Paulo. “...já aprendi a contentar-me em toda e qualquer situação.” Fp 4:11
Tenha sempre um coração grato porque:

1º Ações de graça multiplicam o pão. Mt 14:19; 15:36. Jesus tomou a pequenina provisão de cinco pães de cevada e dois peixinhos e deu graças ao Pai. Que tal fazer o mesmo com o seu salário? Com suas roupas? Com sua casa ou carro?
2º Ações de graças dão vida à vida. Jo 11:41-43 Diante da realidade da morte de Lázaro, Jesus também agradeceu ao Pai porque ele o ouvia (Jo 11.41-43), e então chamou Lázaro novamente à vida. Experimente agradecer mesmo diante da morte (do sonho, da família, da empresa, do seu relacionamento.
3º Ações de graça destroem o exterminador. Nm 21:4-9 A impaciência gera murmuração. Jesus é a porta que conduz a salvação, mas também ele é o caminho. Cuidado para não ser ingrato no meio do caminho, pois Ele mesmo disse: “Eu sou o caminho...”. A murmuração faz com que os olhos se fixem nos problemas, para não perceberem as cores da vida. 1Co 10:10
4º Ações de graça nos protegem. Ao agradecer ao Senhor pela refeição que iremos comer, estamos santificando o alimento e preservando a nossa saúde, sabia? 1Tm 4:4-5; 1Co 10:30-31.
5º Ações de graça nos enchem do Espírito. Paulo nos dá a receita para a plenitude do Espírito Santo em nossos corações: é falar com salmos, com hinos e cânticos espirituais, cantar e salmodiar no coração, dando sempre graças em tudo ao Senhor... Ef 5:18-21
Dinâmica para a semana
1. Escreva em uma folha os problemas que você gostaria de ver a solução, enumere-os. Faça também uma lista das bênçãos que você tem recebido do Senhor. Agradeça em oração pelas bênçãos e veja como são tantas...
2. Pense nas pessoas que têm feito algo para o abençoar e alegrar – agradeça-lhes com um cartão, um pequeno presente, uma ligação telefônica, uma palavra de reconhecimento. Transforme essa semana numa semana de gratidão.
3. Separe uma oferta especial de gratidão a Deus e leve-a com carinho na hora da celebração do culto ao Senhor – isto é um ato de adoração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O poder de crer e confessar. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 04/09/16

Entendendo a fé...
1. A fé é um espírito (2Co 4:13)
“Tendo, porém, o mesmo espírito da fé, como está escrito: Eu cri; por isso, é que falei. Também nós cremos; por isso, também falamos...”. 2Co 4:13
Veja que a fé não é questão de fórmula, mas de espírito. Paulo diz que temos o mesmo espírito de fé de Abraão, Moisés ou Davi. Sendo a fé um espírito, ela é contagiosa e por isso pode se espalhar. Você deve se lembrar do dia em que os doze espias foram enviados para espiar a terra de Canaã. Depois de quarenta dias, eles voltaram e dez deles disseram:
“Não podemos conquistar essa terra. As muralhas são muito largas, os gigantes, muito altos, e nós somos muito pequenos”. Mas dois deles, Josué e Calebe, disseram: “Vamos conquistar a terra, como pão, os podemos devorar; retirou-se deles o seu amparo; o SENHOR é conosco; não os temais”. Nm 14:9
Toda a nação acreditou nos dez espias e, por causa disso, morreram no deserto; mas, a respeito de Calebe, o Senhor disse que nele havia um espírito difer…

Destruindo os inimigos das nossas orações. Dn 10:12-13. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 13/08/16

"12 Então, me disse: Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e, por causa das tuas palavras, é que eu vim. 13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu por vinte e um dias; porém Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu obtive vitória sobre os reis da Pérsia.” Dn 10:12-13
Por que temos tanta dificuldade para orar?
Eu creio que todos temos ideia de quanto a oração é importante pelo grau de dificuldade que sempre enfrentamos para orar. O nosso inimigo vai lutar de todas as formas para impedir que nossas orações cheguem ao trono do Pai. Ele vai tentar colocar barreiras que vão tentar invalidar nossas orações, para que a nossa oração não seja ouvida pelo Senhor. Precisamos remover então essas barreiras para o êxito na nossa oração.
Guarde essa verdade: O diabo e os demônios não querem que você ore! Eles sempre se oporão a você, pois sabem melhor d…

Ore até que algo aconteça! Is 62:6-7. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 24/07/16

“6 Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; vós, os que fareis lembrado o Senhor, não descanseis, 7 nem deis a ele descanso até que restabeleça Jerusalém e a ponha por objeto de louvor na terra.”  Is 62:6,7
Introdução
Toda ação sobrenatural de Deus é precedida de oração. As chuvas de bênçãos não caem sem que antes nossos joelhos se dobrem. Deus não sarará a nossa terra sem que primeiro seu povo se humilhe e ore fervorosa e perseverantemente. (2Cro 7:14)
Jonathan Edwards, o clássico teólogo do avivamento disse: “Quando Deus tem algo muito grande para realizar em favor da igreja, o desejo dele é que esse seu ato seja precedido por orações extraordinárias do seu povo.”
Muitos cristãos estão vivendo tempos de estiagem e sequidão, porque não oram. Alguém me disse: Pastor Edenir, em minha igreja a reunião de oração está em estado de coma, está na UTI prestes a morrer. Os irmãos andam muito ocupados para ocupar-se com Deus em oração.
Não pode…