Total de visualizações de página

Acesse o site da GERAÇÃO DE ADORADORES IGREJA DE VENCEDORES

20110323

Aprendendo a lidar com as perdas da vida. Fl 4:12-13 - Culto de Celebração - 20/03/11

“Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. 13 Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.” Fl 4:12-13

Viver é um difícil aprendizado, na vida precisamos aprender a trabalhar com ganhos e perdas. Ganhar é sempre visto como uma virtude, mas devemos entender que perder também faz parte da vida. Enquanto temos vida, ganhamos experiência, maturidade, amigos, o gosto pelas coisas, por aquilo que é belo, aprendemos a gostar das coisas. Ganhamos percepção, sensibilidade. Durante este processo ganhamos amizades, adquirimos também muitos bens. A verdade é que nossas expectativas e vida gira em torno de ganharmos ou conquistarmos coisas. Agora na medida em que vamos vivendo também vamos descobrindo que de certa forma viver também é perder.

Começa quando a gente nasce, veja a pequenina Letícia, assim que nasceu segunda feira passada, perdeu o aconchego do útero de sua mamãe, mas adiante ela vai perder o peito da mãe, depois perderá o colinho da mamãe e do papai. Na medida em que vamos crescendo entramos na fase da infância e em pouco tempo perdemos essa fase tão gostosa de se viver.

Na adolescência a gente perde a inocência, ganhamos percepção do que é errado, a partir daí optamos muitas vezes em fazer o que é errado e perdemos a oportunidade de acertar. O tempo passa e a gente perde a juventude, a dependência e a proteção dos pais, perdemos amigos, familiares, por fim perdemos a nossa própria vida biológica. Quem sabe e aprendeu ganhar, mas não aprendeu a lidar com as perdas da vida, certamente vai enfrentar muitas dificuldades e vai viver uma vida de angústia.

Algumas pessoas não aprenderam a lidar com a realidade das perdas e por isso vivem uma vida frustrada.

Eu gostaria de fazer três considerações a respeito dessas pessoas:

1º Não transpõe as fases da vida

Exemplo: Pessoas que estão com 50 anos e ainda querem viver como adolescentes. Outras pessoas estão presas a experiências do passado. Muitos pais estão frustrados porque criaram seus filhos e agora eles casaram, mas os pais não se deram conta de que perderam seus filhos. Alguns maridos ainda estão vivendo como se fossem solteiros, não aceitam perder a solteirice. Conheço uma pessoa que foi um artista famoso, mas sua fama passou e hoje ele vive frustrado.

2º Não conseguem se dar bem nos relacionamentos.

Eu vejo muito isso dentro de nossa própria igreja. Você já viu como é difícil perder alguém de sua célula? De repente determinada pessoa decidiu que não quer mais andar com você, e sua reação de pronto é não aceitar. No namoro, noivado ou relacionamento conjugal sempre há aquele medo doentio de perder o cônjuge, daí as grandes crises de ciúmes. Precisamos entender que algumas pessoas vem e vão nas nossas vidas e não poderemos fazer nada para segurá-las junto de nós. Algumas pessoas dizem: O que será de mim se fulano morrer??? Se eu perder Beltrano??? Só para alertar as esposas, as estatísticas dizem que 75% das esposas enterram seus maridos. Inevitavelmente perderemos amigos, irmãos da igreja, pessoas que gostamos e amamos nos deixarão. Não gostamos de perder pessoas principalmente quando investimos tempo, dinheiro. Quantas pessoas já passaram por esse ministério e depois se vão sem dizer nada.

3º Vivem uma espiritualidade egoísta. Se vem ao culto e não “ganha”um milagre, sente-se no prejuízo. Se vai ao culto e o cego não enxerga ela diz: “O culto não foi bom, eu não recebi nada.”

Essas pessoas não contam com perdas por isso quando perdem alguma coisa, se sentem lesadas e logo se entristecem. Eu fico preocupado com pessoas que nunca estão disponíveis ou prontas para enfrentar a dor da perda. Existem pessoas que não conseguem obter maturidade espiritual, emocional e mental porque não souberam lidar com perdas.

Eu quero afirmar a você que haverá momentos em que o próprio Deus dirá a você: Perdeu!!!

O ato de aceitar Jesus como seu Salvador te fez ganhar salvação, uma nova vida, mas também te fez perder muitas coisas. Tornar-se cristão, te fez perder amizades, libertinagem, prazeres que o pecado pode proporcionar,

Muitos crentes estão desviados porque vieram para a igreja debaixo da falsa promessa que depois de virem à igreja só conquistariam. Foram privados da palavra que Jesus disse: Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á.” Mt 16:25

Quem vive só querendo ganhar e não sabe lidar com as perdas, sempre viverá frustrado.

Decidi compartilhar esta palavra porque existem muitas pessoas que precisam aprender a lidar com as perdas. Essa palavra é para você que perdeu alguma coisa ou alguém. Perdeu sua dignidade, sua posição, emprego, bens. Em casos mais graves, perdeu um amigo, marido, esposa, filhos; é justamente para você que essa mensagem foi colocada no meu coração.

Para você que talvez esteja nesta condição, eu quero te dizer que Deus é maior que suas perdas!

É justamente pra você que perdeu ou que certamente vai viver este tipo de experiência aparentemente negativa que eu quero compartilhar três verdades sobre as perdas da vida.

Lições preciosas sobre as perdas:

1º Não se sinta culpado por ter perdido algo ou alguém. Sinta-se livre para expressar suas dores e fraquezas através de seu choro. Gn 23:2

“E morreu Sara em Quiriate-Arba, que é Hebrom, na terra de Canaã; e veio Abraão lamentar Sara e chorar por ela.” Gn 23:2

O texto de Gênesis fala de uma história de perda, mas também fala de uma preciosa lição.

Este texto diz que Abraão perdeu Sara sua esposa e chorou (v.2). Como vivia nômade, não tinha residência fixa e foi pra uma terra estrangeira. Com a perda de sua esposa, Abraão pediu aos dos hititas para enterrar sua esposa ali. Foi recebido como príncipe por aqueles homens que deram a ele a terra para enterrar sua esposa. Disseram: “Abraão você é príncipe de Deus, portanto escolha um lugar para enterrar sua mulher”. Mas Abraão decidiu ter uma postura de honra e decidiu comprar a caverna de Macpela para enterrar a sua esposa. Após negociar com Efron, Abraão compra aquela terra por 400 ciclos de prata onde por fim sepulta sua esposa.

Podemos expressar a nossa dor em meio às perdas, chorar como Abraão chorou, isso não é errado. Abraão parou e chorou a perda de sua esposa. A dor da nossa perda tem de ser trabalhada em nosso coração e está comprovado que quando choramos, nossas dores são diminuídas. Nunca ignore sentimentos reais. Alguns dizem: “Crente não deve chorar porque com Jesus a gente nunca perde!” será?

Para Jesus, uma das bem-aventuranças do cristão é sua capacidade de chorar: “Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.” (Mateus 5:4)

A dor é um sentimento genuíno e nós não podemos ignorar isso. Grandes explosões de íra acontecem geralmente em pessoas que não são se deixam quebrantar.

2Re 20:1-6 conta a história de Ezequias que passava por um processo de enfermidade. O profeta Isaias vai até ele e diz: “Põe a tua casa em ordem, porque morrerás e não viverás.” Ezequias ouviu aquelas palavras e chorou, orou e buscou a Deus. No verso 5 deste mesmo capítulo Deus muda decide acrescentar mais 15 anos a Ezequias. Volta, e dize a Ezequias, capitão do meu povo: Assim diz o SENHOR, o Deus de Davi, teu pai: Ouvi a tua oração, e vi as tuas lágrimas; eis que eu te sararei; ao terceiro dia subirás à casa do SENHOR. v. 6 E acrescentarei aos teus dias quinze anos...”

Chorar é um verbo que todo ser humano deve conjugar. É a primeira coisa que fazemos neste mundo; e ao morrer, deixamos chorando os nossos queridos. Do berço à tumba, da maternidade ao cemitério, as lágrimas são a nossa permanente companhia".

Chorar faz bem à saúde porque as lágrimas limpam o corpo dos hormônios do stress. Cada um deve chorar tranqüilamente quando a situação vai mal. Isso funciona até como prevenção contra úlceras no estômago...

“O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” Sl 30:5

“À tarde, pela manhã e ao meio-dia choro angustiado, e ele ouve a minha voz.” Sl 55:17

“Os que semeiam em lágrimas, com cânticos de júbilo segarão. Aquele que sai chorando, levando a semente para semear, voltará com cânticos de júbilo, trazendo consigo os seus molhos" (Salmo 126.1-6).

Chorar é difícil. É desgastante, é cansativo. Muitos não choram por questão de cultura, outros por vergonha, outros ainda porque não querem demonstrar suas fraquezas. Com a repressão do choro em diferentes momentos adversos o indivíduo podem manifestar em longo prazo o desenvolvimento da temida depressão ou até doenças psicológicas, tendo gastrite, úlcera e pressão alta. As crianças que são educadas para a repressão do choro possuem grande probabilidade do surgimento de problemas relacionada à inibição emocional, assim será preciso redobrar a atenção com o mesmo, pois as crianças geralmente utilizam o choro como ferramenta para chantagear para conseguir algo que desejam. Quando há sinceridade o choro atrai pessoas. Uma pessoa chorando em público atrai outras pessoas a ela, mesmo sendo ela uma desconhecida.

A bem-aventurança do chorar reside na capacidade extravasar suas emoções, de sentir pelo outro, de ter empatia pelo próximo, de sentir a intensidade de uma lágrima descendo dos olhos, no desespero da uma dor.

Chorar muitas vezes nos faz bem-aventurados porque nos faz abraçar o ferido e o entristecido. E, em assim fazendo, alimentamos nossa capacidade de amar como Cristo nos ama. É quando choramos que somos consolados pelo Espírito. E, em sendo consolados, crescemos em empatia, na nossa capacidade de “chorar com os que choram”. Bem-aventurados os que choram disse Jesus.

Os profetas eram chorões, Pedro chorou seu pecado. Jesus chorou.

Jesus chorou pra mostrar que também era um homem, era como todos nós... também tinha sentimentos e sentia dor... Hebreus 5:7 diz que Jesus orou com clamor e lágrimas. Jesus chorou no Getsêmani. Em João 11:35 Jesus chorou de pesar ao ver seu melhor amigo, Lázaro, morto e de ver suas irmãs também chorando.

Lucas 19:41 diz que Jesus chorou de tristeza, pois Jerusalém o rejeitou e iria enfrentar a destruição vindoura.
Jesus chorou por tristeza, por pesar e por compaixão... quando Ele se fez carne e se fez homem, passou por tudo que passamos e sofreu tudo que sofremos...

Chorar faz bem, alivia a angústia e libera a tensão.

Por que será que as crianças são tão felizes e das tais pertencem o reino dos céus??? Há alguns dias vi uma criança que logo após ter recebido uma grande bronca de sua mãe e chorado um pouco em seguida saiu saltitante como se nada tivesse acontecido. Eu me lembro do primeiro dia em que eu quando criança não chorei, eu tinha talvez uns 6 anos, e ao me deitar me deparei com essa realidade, então eu disse a mim mesmo: Puxa eu não chorei hoje.

Segundo especialistas cerca de 85% das mulheres e 75% dos homens se sentem melhor após chorar, o ato de chorar não ocorre por acaso, pois em determinadas ocasiões o cérebro humano estimula a produção de algumas substâncias como a prolactina que tem a função de ativar as glândulas lacrimais, essas concentrações aumentam em momentos que o indivíduo esteja estressado, e sofre uma redução novamente desta quantidade ao ocorrer o choro, como a adrenalina. Isto ocorre devido à liberação de substâncias como a leucina-encefalina, serotonina e noradrenalina que são capazes de proporcionar aos seres humanos a sensação de calma e simultaneamente anestesia, assim o indivíduo põe fim a tensão e angústia.

Muitos não choram expressando a sua fraqueza para não se expor. Estes dizem: O que vão dizer de mim???

"Quanto mais assumimos as nossas fragilidades, mais conseguimos nos enxergar de uma forma inteira e mais nos tornamos fortes."

Alguns psicólogos concordam que as pessoas que tem facilidade de expressar suas fraquezas são mais sensatas porque esvaziaram a sua alma da íra e mágoas. Antes de tomar alguma decisão importante chore!

A glândula lacrimal é capaz de produzir aproximadamente 500 mL de lágrimas em um ano. Quando choramos, eliminamos adrenalina, o que produz uma sensação de alívio e tranquilidade. Um exemplo disso é que, após o pranto, adultos e crianças ficam com sono.

Chorar expressando suas fraquezas, segundo os psicólogos:

1º Baixa a ansiedade

Pessoas que não liberam suas emoções com o choro vivem sob constante tensão e ainda têm mais chances de desenvolver asma, ansiedade e úlcera intestinal.

2º Traz calma

Depois de chorar, a gente sente um alívio sempre maior e mais intenso do que o estresse causado por aquela situação desagradável que nos levou às lágrimas. É como se o choro esvaziasse o corpo.

3º Aproxima as pessoas

As lágrimas ajudam a fortalecer relações e construir novos laços. É automático: ao ver uma pessoa chorando, transmitimos a ela apoio e compreensão.

2º Mesmo que a perda pareça uma catástrofe, Deus nunca deixará você desamparado. Jó 1

Jó era um homem bom e honesto, temia a Deus e procurava não fazer nada que fosse errado. Ele era um exemplo de caráter, de valores e de prosperidade em todos os sentidos da vida. Se vivesse em nossos dias, talvez fosse um molde do "bem sucedido homem de Deus". Modelo de vitória e de unção. Mas perdeu...

Perdeu seus bens e empregados

"Nós estávamos arando a terra com os bois, e as jumentas estavam pastando ali perto. De repente, os sabeus nos atacaram e levaram tudo. Eles mataram à espada os empregados..." (Jó 1:14-15)

Perdeu seus pastores e ovelhas

"...veio outro empregado e disse: —Raios caíram do céu e mataram todas as ovelhas e os pastores..." (Jó 1:16)

Perdeu mais animais e empregados

"...chegou um terceiro, que disse: —Três bandos de caldeus nos atacaram e levaram os camelos. Eles mataram à espada os empregados..." (Jó 1:17)
Perdeu seus filhos

"...chegou mais um, que disse a Jó: —Os seus filhos e as suas filhas estavam no meio de um banquete na casa do seu filho mais velho.De repente, veio do deserto um vento muito forte que soprou contra a casa, e ela caiu em cima dos seus filhos. Todos eles morreram..." (Jó 1:18-19)

Por fim perdeu sua saúde

"Aí Satanás saiu da presença do SENHOR e fez com que o corpo de Jó ficasse coberto de feridas horríveis, desde as solas dos pés até o alto da cabeça. Jó sentou-se num monte de cinza e pegou um caco para se coçar." (Jó 2:7-8)

Alguém pode dizer: Jó perdeu tudo. Na verdade, Jó não perdeu tudo! Além do caco que servia para coçar sua feridas, restou-lhe o principal, aquilo que realmente era a [parte abundante] de sua vida. Para os padrões humanos e doutrinários de alguns a abundância está nos bens, na saúde, nas conquistas. Mas a prosperidade de Jó estava em sua fé em Deus, por isso sua prosperidade não o abandonou com suas perdas, pelo contrário:

"Então Jó se levantou e, em sinal de tristeza, rasgou as suas roupas e rapou a cabeça. Depois ajoelhou-se, encostou o rosto no chão e adorou a Deus. Aí disse assim: — Nasci nu, sem nada, e sem nada vou morrer. O SENHOR deu, o SENHOR tirou; louvado seja o seu nome!" (Jó 1:20-21)

Por maior que seja a sua dor não permita que ela comprometa a sua dignidade.

A melhor maneira de não sucumbirmos diante da dor da perda é acreditar que não temos nada nesta terra. Jesus ensinou que onde estiver o nosso coração, ali estará o nosso tesouro.

Perder faz parte da vida. “Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.” Filipenses 4:12 (ACF)
Mantenha seu foco no Senhor, dizendo como Jó: “Porém ele sabe o meu caminho; provando-me ele, sairei como o ouro.” Jó 23:10 “Bem sei que tudo podes, e nenhum dos teus planos pode ser frustrado.” Jó 42:2

Não focalize sua vida nas perdas “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”. Romanos 8:28 (ACF)

Faça de Deus o seu maior bem
“A minha alma disse ao SENHOR: Tu és o meu Senhor; não tenho outro bem além de ti.” Salmo 16:2
Faça de Deus a sua maior esperança. “Agora, pois, Senhor, que espero eu? A minha esperança está em ti.” – Salmo 39:7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senhor Cara Legal - Evangelismo com o livrete 11ª Questão

O poder da oração no Espírito