Total de visualizações de página

Acesse o site da GERAÇÃO DE ADORADORES IGREJA DE VENCEDORES

20150901

Lições de Jesus para os momentos de crise. Mt 26:47-56 e 27. Pr. Edenir Araújo. Culto de Celebração - 30/08/15

47 Falava ele ainda, e eis que chegou Judas, um dos doze, e, com ele, grande turba com espadas e porretes, vinda da parte dos principais sacerdotes e dos anciãos do povo. 48 Ora, o traidor lhes tinha dado este sinal: Aquele a quem eu beijar, é esse; prendei-o. 49 E logo, aproximando-se de Jesus, lhe disse: Salve, Mestre! E o beijou. 50 Jesus, porém, lhe disse: Amigo, para que vieste? Nisto, aproximando-se eles, deitaram as mãos em Jesus e o prenderam. 51 E eis que um dos que estavam com Jesus, estendendo a mão, sacou da espada e, golpeando o servo do sumo sacerdote, cortou-lhe a orelha. 52 Então, Jesus lhe disse: Embainha a tua espada; pois todos os que lançam mão da espada à espada perecerão. 53 Acaso, pensas que não posso rogar a meu Pai, e ele me mandaria neste momento mais de doze legiões de anjos? 54 Como, pois, se cumpririam as Escrituras, segundo as quais assim deve suceder? 55 Naquele momento, disse Jesus às multidões: Saístes com espadas e porretes para prender-me, como a um salteador? Todos os dias, no templo, eu me assentava [convosco] ensinando, e não me prendestes. 56 Tudo isto, porém, aconteceu para que se cumprissem as Escrituras dos profetas. Então, os discípulos todos, deixando-o, fugiram. Mt 26:47-56

Introdução

Todos nós sabemos que devemos responder de maneira positiva ao Senhor diante dos testes aos quais somos submetidos nesta vida. Nos momentos de pressão, de aflição, de sofrimento e angústia, geralmente agimos de forma natural e egocêntrica. Quase sempre estamos frustrando o Senhor com atitudes imediatistas e desprovidas da sabedoria de Deus. Essa é a razão dos tantos erros que cometemos.

Alguém me disse que nós mesmos traçamos o nosso destino por meio de nossas atitudes. Em parte isso está correto, pois somos hoje o produto das atitudes que semeamos no passado.

Já é sabido por grande parte das pessoas aqui reunidas, que o homem espiritual discerne bem a tudo, enquanto que o homem natural está sempre caído, pagando o preço da falta de vigilância e obediência.

14 Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 15 Porém o homem espiritual julga todas as coisas, mas ele mesmo não é julgado por ninguém. 1Co 2:14-15

O problema do homem natural é que naturalizando ele sempre vai buscar causas naturais para as suas lutas e adversidades. Ele sempre vai culpar o sistema ou seu próximo pelas suas frustrações, sempre vai dizer que o culpado é o patrão, o governo, o pastor, a igreja, etc.

Quando você em meio às crises tornar-se adverso ao próximo, seja ele quem for, você entra pelo caminho do inimigo. Isso é coisa do diabo! Jesus disse que devemos amar a Deus e ao próximo, já que o inimigo não vai fazer você odiar a Deus, ele pode fazer você odiar seu próximo.

Deus sempre nos dará o escape. Um dos nomes do Senhor no Velho Testamento é Javé Jirê” que segundo a versão NTLH significa O SENHOR dará o que é preciso. Gn 22:14 (NTLH)

...No monte do SENHOR se proverá. Gn 22:14 (ARA)

Lembre-se: Deus tem sempre uma saída para todas as circunstâncias adversas. Há uma resposta de Deus para você que entrou desesperado neste lugar. E a resposta de Deus para você é Jesus!!! O caminho a ser seguido é o caminho da cruz!!!

Por isso lemos os textos de 1Co 11:1 e Hb 12:1-2. Em Jesus somos mais que vencedores. Devemos aprender com ele, a como reagir às adversidades. Chega de buscar saída em nós mesmos. Eu me refiro a capacidade e força humana.

Chega de confiar em carros ou em cavalos, pois é tempo de fazer menção do nome do Senhor nosso Deus. Sl 20:7

Por maiores que sejam as lutas e pressões desta vida sobre você, saiba que Jesus sabe exatamente o que você sente ou está enfrentando. Suas lutas e dificuldades são conhecidas dele, pois Ele já enfrentou e venceu as suas lutas. Por essa razão te convido a observar a reação de Jesus em meio aos sofrimentos enfrentados momentos antes de sua crucificação, pois sua atitude e comportamento tem muito a nos ensinar.

Quer vencer as lutas desta vida, olhe para Ele, e não somente O veja, mas imite-O!

Vamos ler alguns textos a partir de Mateus 26, e ver como reagiu Jesus em meio ao momento de mais pressão enquanto esteve caminhando como homem nesta terra.

Getsêmani

Antes de enfatizar as reações de Jesus em meio às pressões, gostaria de mencionar que na experiência de suar sangue (Lc 22:44) e ser preso, Jesus encontrava-se no Getsêmani que tipifica um lugar da crise. Getsêmani significa lagar de azeite ou seja, (Tanque em que as azeitonas eram espremidas para fazer azeite de oliva).

Provavelmente estivesse localizado no monte das oliveiras. Veja que óleo na Bíblia é um símbolo do Espírito Santo. Precisamos passar todos os dias pelo Getsêmani, para ali recebermos mais de Deus e de seu Espírito. A causa de  muitos crentes andarem derrotados e descompromissados com o Senhor é a falta de azeite que só pode ser produzido em meio às crises. As pressões e crises nos conduzem ao Getsêmani, ao lugar onde o azeite está sendo produzido. Interessante para nós é observar que Jesus não abdicou do seu chamado, não abortou o processo, não desistiu da vontade de Deus. Ele até orou para o Pai diminuir a carga, mas continuou submisso à vontade do Pai. Falta azeite para discernir os caminhos de bênção e vitória.     

Como você tem reagido em meio às lutas e desafios?

1º No momento da crise, Jesus manifestou o amor de Deus. V.50

Jesus, porém, lhe disse: Amigo, para que vieste? Nisto, aproximando-se eles, deitaram as mãos em Jesus e o prenderam. Mt 26:50

Veja que no ato da traição, Judas foi amado por Jesus. Jesus sabendo de toda a trama entre Judas e os sacerdotes religiosos da época, decidiu amar incondicionalmente aquele que o havia traído, o chamando de amigo. Aqueles que menos merecem o amor são os que mais necessitam dele. O que fazemos quando descobrimos que alguém está nos traindo? Certamente não fazemos como Jesus, pois queremos logo resolver o problema pagando o mal com mal. Mas veja que a Bíblia nos ensina a pagar o mal com o bem. Se te baterem em uma face, oferece a outra. Se te forçarem a caminhar uma milha, vai com ele duas. Se te pedirem a túnica, dê também a capa. Isso é viver debaixo do princípio do amor incondicional. Paulo deixou claro que o amor de Deus

 “é paciente, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1Co 13:4-7

Tudo na vida de um cristão começa a partir do amor de Deus.

Nas crises lembre-se: Jesus me ama! Se Deus deu o Seu único filho para morrer por você, ele não vai te desamparar em meio às crises. Seguro de que é amado do Pai, será mais fácil amar o próximo.

Ray Stedman disse: Quando você ama a Deus, você é capacitado a amar as pessoas.
Gosto da frase do pastor Abe Huber: Faça tudo com muito amor e carinho.

2º No momento da crise, não deposite sua plena confiança em homens, mas busque a Deus. Mt 26:51-53; Is 55:6.

51 E eis que um dos que estavam com Jesus, estendendo a mão, sacou da espada e, golpeando o servo do sumo sacerdote, cortou-lhe a orelha. 52 Então, Jesus lhe disse: Embainha a tua espada; pois todos os que lançam mão da espada à espada perecerão. 53 Acaso, pensas que não posso rogar a meu Pai, e ele me mandaria neste momento mais de doze legiões de anjos? Mt 26:51-53

Veja que na hora da prisão de Jesus, Pedro se manifestou cortando a orelha do soldado romano chamado Malco. Jesus deixou claro que seu socorro estava no Senhor. Em Isaias capítulo 30:1-6, o profeta exorta o povo por eles buscarem ajuda no Egito  

Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Is 55:6

Veja que a orientação do profeta é: Antes de receber a bênção, busque a Deus. A bênção que tanto esperamos está no Senhor. Se temos comunhão com Deus, estamos debaixo da bênção. Busque em primeiro lugar o reino e a justiça de Deus. Mt 6:33

O salmista disse: Elevo os meus olhos para os montes; de onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra. Sl 121:1-2
Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Sl 46:1

Ai dos que descem ao Egito a buscar socorro, e se estribam em cavalos, e têm confiança em carros, por serem muitos, e nos cavaleiros, por serem muito fortes; e não atentam para o Santo de Israel, e não buscam ao Senhor. Is 31:1

3º No momento da crise, precisamos crer que a vontade de Deus está se cumprindo. Mt 26:54-56.

54 Como, pois, se cumpririam as Escrituras, segundo as quais assim deve suceder? 55 Naquele momento, disse Jesus às multidões: Saístes com espadas e porretes para prender-me, como a um salteador? Todos os dias, no templo, eu me assentava [convosco] ensinando, e não me prendestes. 56 Tudo isto, porém, aconteceu para que se cumprissem as Escrituras dos profetas. Mt 26:54-56b

É preciso discernir a vontade de Deus de duas formas, absoluta e permissiva. A vontade absoluta é que vivamos desfrutando o melhor desta terra, mas às vezes, Deus nos permite passar por privações e lutas para nos disciplinar.

Saber que Deus está no controle de tudo, nos trás descanso e tranqüilidade em meio a essas lutas. Quando Jesus em Apocalipse disse: Eu sou o alfa e o Ômega, o princípio e o fim.
Ele está dizendo eu sou o início de todas as coisas, eu iniciai a sua vida e estou no seu fim. O fim  de todo crente vencedor é encontrar-se com Cristo. As primeiras e últimas palavras sobre cada um de nós que servimos a Deus, são as palavras de Jesus.

Em tudo precisamos dar graças, seja até mesmo uma situação de adversidade, pois no fundo, muitos consideram a Deus como um relojoeiro que deu corda no mundo e o deixou se virando sozinho. Conta-se a história de uma mãe e sua filha de 4 anos que passeavam num mercado ao ar livre. A filha olhou fixamente para um monte de laranjas, um feirante generoso tirou uma da banca e deu-a à menina. O que se diz ao senhor simpático?, a mãe perguntou à sua filha. A pequena olhou para a laranja, e depois estendeu-a bruscamente ao senhor e disse: Descasca! Gratidão é algo que aprendemos e à qual nos acostumamos. O que talvez seja desculpável numa criança de 4 anos seria falta de educação e ingratidão numa criança mais velha ou adulto. Contudo, como é fácil responder às ofertas graciosas de Deus e pensar: Isto é bom, mas quero um pouco mais.  

Sempre agradeça a Deus, pois todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Rm 8:28

Em outras palavras:

DEUS ESTÁ NO CONTROLE DE TODAS AS COISAS!!!

4º No momento da crise, muitas vezes o silêncio é a oração do sábio. 26:62; 27:11-14.

62 E, levantando-se o sumo sacerdote, perguntou a Jesus: Nada respondes ao que estes depõem contra ti? 63 Jesus, porém, guardou silêncio. E o sumo sacerdote lhe disse: Eu te conjuro pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus. Mt 26:62-63

11 Jesus estava em pé ante o governador; e este o interrogou, dizendo: És tu o rei dos judeus? Respondeu-lhe Jesus: Tu o dizes. 12 E, sendo acusado pelos principais sacerdotes e pelos anciãos, nada respondeu. 13 Então, lhe perguntou Pilatos: Não ouves quantas acusações te fazem? 14 Jesus não respondeu nem uma palavra, vindo com isto a admirar-se grandemente o governador. Mt 27:11-14

Tiago escreveu em sua carta: Todo homem esteja pronto para ouvir, tardio para falar, e tardio para se irar. Tg 1:19

No relato de João, no capítulo 8, Jesus foi pressionado a decidir o que fazer com a mulher que havia sido pega em adultério. Quando questionado pelos escribas e farizeus, Jesus simplesmente se calou, agaixou-se e escreveu na areia. Como Jesus foi sábio!

Isso é tremendo!!!


  

          

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senhor Cara Legal - Evangelismo com o livrete 11ª Questão

O poder da oração no Espírito