20171109

Deus é bom, e quer prosperar você! Mt 7:11. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 29/10/2017

“Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhe pedirem?” Mt 7:11

Queridos, uma coisa que tenho aprendido é que não existe evangelho da prosperidade, só há um evangelho: O evangelho de Jesus Cristo! Esse evangelho é o evangelho da prosperidade, pois na cruz Jesus tomou sobre si a maldição da pobreza e miséria.

Quando nascemos de novo, passamos a receber toda prosperidade que Jesus conquistou na cruz. Ouça com atenção o que Paulo escreve aos Gálatas: “Assim vocês não são mais escravos; vocês são filhos. E, já que são filhos, Deus lhes dará tudo o que ele tem para dar aos seus filhos.” Gl 4:7

O problema é que muitos vivem como escravos, mesmo sendo filhos. “Digo, pois, que, durante o tempo em que o herdeiro é menor, em nada difere de escravo, posto que é ele senhor de tudo.” Gl 4:1

É sabido de todos nós que um pai sempre procura dar o melhor para seus filhos. Agora tente imaginar como o nosso Pai celestial deseja tratar com as nossas necessidades.

Se queremos ver nossos filhos saudáveis, Deus Pai quer que você experimente de sua abundante saúde. Da mesma forma que queremos nossos filhos recebendo além do que precisam, Deus Pai quer que desfrutemos de sua provisão sobrenatural. Essa é a perspectiva que Jesus nos dá quando diz que nosso Pai quer nos dar muitas bênçãos.
Deus se alegra na prosperidade de seus filhos!
Porque Ele se Alegra, Ele tem o desejo, tem prazer em que sejamos prósperos. Sl 35:27

Deus não tem prazer no sofrimento dos homens

Acredite, Deus abomina a miséria, a pobreza, as doenças e os vícios. Ele deu tudo o que tinha para exterminar com a pobreza e a doença quando nos deu Jesus Cristo para morrer na cruz por cada um de nós! Jesus decidiu levar sobre si as nossas dores e enfermidades. Sobre seu corpo todo pecado foi lançado e a obra consumada de justificação nos trouxe da sua abundante graça. Deus quer que experimentemos de sua abundancia de bênçãos. Deus quer que sejamos abençoados no espírito, na alma e no corpo. Na graça de Jesus há uma promessa de prosperidade e abundância de bens.

Algumas pessoas pensam que Deus é contra você ter muito dinheiro e bens.

O Senhor não é contra você ter dinheiro e bens, Ele é contra o dinheiro e as coisas possuírem você. Gosto de uma frase do pastor Joseph Prince: “Ame as pessoas e use o dinheiro, não ame o dinheiro e use as pessoas.” Deus quer que você e sua família sejam totalmente abençoados com mais do que o suficiente para serem bênçãos. Minha oração é para que a maravilhosa graça do Senhor nos prospere abundantemente nos fazendo desfrutar de tudo o que nosso Pai amoroso tem para nos dar.

A oração de Jabez pode nos ensinaro quanto Deus quer nos abençoar.

“Foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos; sua mãe chamou-lhe Jabez, dizendo: Porque com dores o dei à luz. 10 Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Oh! Tomara que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido.” 1Cro 4:9-10 (ARA)

“9 Houve um homem chamado Jabes, que foi a pessoa mais respeitada da sua família. A sua mãe pôs nele o nome de Jabes porque ela havia sofrido muito durante o parto. 10 Mas Jabes orou assim ao Deus de Israel: “Ó Deus, abençoa-me e dá-me muitas terras. Fica comigo e livra-me de qualquer coisa que possa me causar dor. E Deus atendeu a sua oração.” 1Cro 4:9-10

Essa é a menor biografia da Bíblia, e aparece em uma genealogia. Os 4 primeiros capítulos do primeiro livro de Crônicas mencionam uma genealogia. Quinhentos nomes aproximadamente são mencionados, apenas constando e ponto nada mais que isso, mas quando aparece o nome desse homem chamado Jabez, algo diferente acontece. A genealogia imediatamente é interrompida e só depois de contar a história de Jabez o texto continua. A respeito de Jabez, o texto diz que ele foi o mais importante, o mais nobre de seus irmãos. Dos quinhentos personagens dessa genealogia ele foi o mais ilustre, mas não era pra ser assim, a começar pelo nome que Jabez recebeu de sua mãe.

O nome Jabez significa: Dor ou aquele que provoca dor.

O texto diz que sua mãe lhe deu este nome pelas dores fortíssimas que sentiu no parto. Nos tempos Bíblicos os nomes eram profundamente ligados a personalidade da pessoa.

Mas no verso 10, Jabez faz uma oração, não baseado em quem ele era, mas no que ele cria que Deus era. O pedido simples e direto que fez a Deus, mudou a sua vida e marcou a história de Israel. Essa oração diferenciou Jabez de todos os demais nomes da lista.

A oração de Jabez pode ser sincera, sensível, e até nobre, mas não poderíamos dizer que é extraordinária.

Jabez não foi um “Grande” homem de Deus.

Jabez não aparece triunfalmente no Antigo Testamento, como um Moisés, Davi ou Elias, nem tampouco no Novo Testamento como um herói da fé cristã. Ele não ilumina o livro de Atos como aqueles primeiros cristãos que viraram o mundo de cabeça para baixo. Mas uma coisa é certa: a pequena diferença na oração de Jabez, fez toda a diferença.

1º Jabez pediu a Deus a sua bênção. Oh! Tomara que me abençoes...”. V. 10

Em uma recente pesquisa entre cristãos, descobriu-se que 85% dos cristãos não pedem a bênção de Deus diariamente. Estes dizem: Deus sabe do que eu preciso, então não preciso ficar pedindo, só agradeço. Muito bonito e poético e até piedoso, mas pouco bíblico. Jesus disse: Pedi e dar-se-vos-a!!!

Um depósito de bênçãos estocadas

Alguém contou que teve uma visão do céu, enxergou um galpão com uma porta escrita com o seguinte dizer: DEPÓSITO. Quando o irmão adentrou aquele lugar viu muitas bênçãos empoeiradas. Perguntou ao anjo ali presente: Porque tantas bênçãos empoeiradas aqui desse jeito? O anjo respondeu: Os homens não as reinvidicam através da oração, e elas continuam aqui.
Nas traduções diversas da Bíblia na nossa língua, podemos ler:

Oh! Tomara que me abençoes...” (ARA)
“Se me abençoares muitíssimo...” (ARC)
“Oxalá que me abençoes...” (ARMT)
“Que tu me abençoes...” (ASXXI)
“Peço-te a tua bênção...” (BPT)
“Peço que me abençoes...” (Católica)
“Tomara que me dês a bênção” (CNBB)
“Peço-te que me concedas as tuas maravilhosas bênçãos!” (O Livro)
“Oh, quanto eu desejo que o Senhor me abençoe maravilhosamente...” (VIVA)

Mesmo diante de tantas traduções desse início da oração de Jabez, não foi possível traduzir o que realmente o original em hebraico diz. A expressão para essa frase Oh! Tomara que me abençoes” é algo como: “Deus me abençoes muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito...! Me abençoes muitíssimo!”.
A bênção nada mais é do que a perfeita vontade de Deus sendo feita em nossas vidas. Orar pela bênção é orar para que o desejo de Deus se cumpra. “A bênção do Senhor é a base da verdadeira riqueza, pois não traz tristezas e preocupações”. Pv 10:22

Falta-nos orar como Jabez: Senhor me abençoe muito! “Pedi, e dar-se-vos-á...” Mt 7:7; “Nada tendes, porque não pedis, diz Tiago.” Tg 4:2

Se ontem não lhe pedimos a bênção, então não receberemos hoje o que poderíamos receber.

2º Jabez pediu crescimento. “me alargues as fronteiras.” V. 10
“Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.” 1Co 2:9

Agora alargar as fronteiras é ter mais influência, maior responsabilidade. Algumas pessoas não desejam isso. Temem crescer e decidem continuar onde estão porque não querem mais responsabilidades.

Saiba de uma coisa: Não crescer é pecado!!!

Você pensa que pecado é só falar palavrão, se drogar, se prostituir, assistir a novela das 8. Não desejar crescer é pecado e é gravíssimo porque fere o primeiro mandamendo de Deus para o homem. Gn 1:26
Jabez conhecia Gênesis 1:28 e por isso decidiu orar “me alargues as fronteiras.”

3º Jabez desejou a obra das mãos de Deus em sua vida. que seja comigo a tua mão”. V. 10
A mão de Deus só será com você se você estiver disposto a trabalhar para o reino de Deus. A mão de Deus foi com sansão enquanto estava com aquela queixada matando aqueles mil filisteus, mas quando agiu de maneira pecaminosa Deus retirou sua mão e a vida de Sansão de desgraçou no colo de uma mulher chamada Dalila. Davi foi um grande guerreiro enquanto as mãos de Deus foram com ele, mas quando se distanciou da mão de Deus, foi derrotado e envergonhado.
Quem ora para que as fronteiras se alarguem, precisa pedir a proteção das mãos de Deus. Pois os desafios serão maiores, e as lutas mais ferrenhas. As oportunidades que surgiram na empresa onde você trabalha parecem exigir recursos que você não possui. A obra ministerial que lhe foi confiada parece exigir uma pessoa com habilidades muito superiores às suas. Isto tudo produz uma sensação de desconforto e insegurança, mas este sentimento se chama dependência. Quando deixamos de ter esse sentimento de dependência isto significa que deixamos de viver por fé.

Enquanto nos sentirmos pequenos e dependentes a mão do Senhor estará conosco

O termo bíblico “a mão do Senhor” expressa o poder e a presença de Deus na vida de seu povo.
“Para que todos os povos da terra conheçam a mão do SENHOR, que é forte, para que temais ao SENHOR, vosso Deus, todos os dias.” Js 4:24
Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem o seu ouvido, agravado, para não poder ouvir.” Is 59:1
Em Atos o sucesso da Igreja é atribuído a mão do Senhor. “E a mão do Senhor era com eles, e grande número creu e se converteu ao Senhor.” At 11:21

4º Jabez pediu livramento do mal. e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição” V. 10.

 Você se lembra de alguém que fez uma oração parecida com essa de Jabez? Se você disse Jesus acertou.

Queridos veja que Jabez centenas de anos antes de Jesus terminar o Pai Nosso dizendo: “Não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal” Jabez orou exatamente como ele.

 “Certa vez um aluno disse a Howard Hendricks: “quando cheguei ao seminário estava sendo tão tentado e atacado que pensei que iria sucumbir. Mas agora a minha vida aqui no seminário está mais tranqüila". Hendricks ficou muito preocupado – uma reação que o aluno não esperava. Esta é a pior coisa que eu poderia ter ouvido. Isto significa que você não está mais na batalha.”
Uma estória diz que dois homens saíram para caçar patos, um destes homens era caçador experiente, enquanto que o outro um iniciante. Enquanto esperavam, alguns patos se aproximaram voando em “V”, o caçador mais experiente logo atirou, e de pronto viu cair patos mortos e outros feridos. O caçador mais novo correu para pegar os patos mortos quando foi de pronto exortado pelo caçador mais experiente que disse: Não se preocupe com os mortos, não mexa neles, pois já são nossos.

Me preocupa ouvir crentes desviados em sua prepotência e orgulho dizerem: “Depois que parei com a igreja as coisas melhoraram.”

Melhoraram sim, pois satanás não está mais preocupado com você. Você não precisa orar mais como Jabez, me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição”. 
“também sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar para o dia do juízo os injustos, que já estão sendo castigados.” 2Pe 2:9

“E esta é a confiança que temos nele, que se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. e, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que já alcançamos as coisas que lhe temos pedido.” 1Jo 5:14-15  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sabedoria para prosperar em tempos de abundantes chuvas. Pv 1:1-7; 20-33. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 19/01/20

De 3 meses para cá, eu tenho descoberto uma fonte de vida inesgotável através da leitura do livro de provérbios. Eu penso que propositadam...