20181009

Série de Mensagens Metanoia - Parte 9 - Pense como um vencedor e consolide a sua vitória. Nm 13:30; 14:6-9. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 07/10/18



 Então, Calebe fez calar o povo perante Moisés e disse: Eia! Subamos e possuamos a terra, porque, certamente, prevaleceremos contra ela.Nm 13:30
6 E Josué, filho de Num, e Calebe, filho de Jefoné, dentre os que espiaram a terra, rasgaram as suas vestes 7 e falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra muitíssimo boa. 8 Se o SENHOR se agradar de nós, então, nos fará entrar nessa terra e no-la dará, terra que mana leite e mel. 9 Tão-somente não sejais rebeldes contra o SENHOR e não temais o povo dessa terra, porquanto, como pão, os podemos devorar; retirou-se deles o seu amparo; o SENHOR é conosco; não os temais.” Nm 14:6-9

Quero refletir com você sobre a mente do vencedor, colocando uma lupa sobre Calebe e Josué, aqueles líderes israelitas que se distinguiram dos demais de sua geração por sua postura de fé.

Uma consideração importante é que Calebe e Josué, levantaram as suas vozes num ambiente hostil, tomado pela incredulidade, porque tinham uma mente de vencedor.

Como se caracteriza e manifesta alguém que tem uma mentalidade de vencedor?

1. Saber se humilhar diante de Deus e das pessoas

Diante de suas primeiras intervenções, a situação de desespero e pessimismo do povo não mudou. Que fez então Calebe? Rasgou as suas vestes, num gesto de humilhação diante do povo e especialmente de Deus. Mais uma vez fica claro que ele não confunde firmeza com arrogância, fé com presunção. Ele sabe que o Senhor resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Pode parecer estranho, mas um vencedor sabe os seus limites e os reconhece diante do seu Deus. Rasgar as vestes é isto.

se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.” 2Cro 7:14

Enfrentar pressões não é fácil. Ninguém consegue manter-se firme diante de grandes oposições sem buscar um renovo da graça de Deus. Assim, muitas vezes será necessário entrar em nosso quarto e chorar, nos humilhar, clamar pela intervenção do Senhor; ou quem sabe separar um tempo de jejum apenas para explicitar o quanto dependemos dele. Isso me faz lembrar Elias, afirmando a chuva intrepidamente diante de Acabe e depois subindo ao monte e colocando a cabeça entre os joelhos para orar com instância ao Senhor, pedindo que este respaldasse a sua palavra.

Orar é humilhar-nos, especialmente quando o fazemos no lugar secreto, sem a pretensão de impressionar ninguém, a não ser Deus. Só ora quem precisa, quem se reconhece necessitado. É um gesto que equivale a rasgar as nossas vestes em sinal de humilhação.
Quando mantemos uma confissão positiva e nos lançamos às lutas e às conquistas sem o respaldo da oração, talvez estejamos apenas num louco exercício de prepotência.

5 Tende em vós o mesmo sentimento (phroneo - Ter  entendimento, ser sábio) que houve também em Cristo Jesus...”. Fl 2:5

Qual foi o sentimento ou pensamento que houve em Cristo Jesus? Certamente que o sentimento que houve em Cristo está descrito em Gálatas 5:22:

22 Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, 23 mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.” Gl 5:22-23

Voltando ao texto de Filipenses 2, podemos ler:

6 pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; 7 antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, 8 a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. 9 Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, 10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, no;s céus, na terra e debaixo da terra, 11 e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.” Fl 2:6-8

2. Colocar foco no lado bom das circunstancias, mesmo quando o adverso é mais evidente. Nm 14:7

e falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra muitíssimo boa.” Nm 14:7
Também vimos ali gigantes (os filhos de Anaque são descendentes de gigantes), e éramos, aos nossos próprios olhos, como gafanhotos e assim também o éramos aos seus olhos.” M 13:33-
Ìayinreferindo-se às faculdades mentais e espirituais”.

Outro grande segredo da mente do vencedor é que ele sempre coloca seu foco no lado bom das circunstâncias, mesmo quando o adverso é mais evidente. Jesus disse que, se os nossos olhos forem bons, todo o nosso corpo terá luz.

22 São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; 23 se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!” Mt 6:22-23

Os anjos que anunciaram o nascimento de Cristo fizeram uma proclamação importante: “Paz na terra aos homens de boa vontade”. Isso é um segredo espiritual: se nossa visão se fixa no positivo, se temos boa vontade diante dos cenários que se nos apresentam, podemos superar grandes dificuldades... Calebe e seu parceiro Josué viram os gigantes e os desafios de Canaã, mas seus olhos foram postos numa só verdade:

“a terra é muito boa...” (v. 7)

Muitos cristãos vivem derrotados porque se guiam pela "lei de Murphy" (se alguma coisa pode dar errado, certamente dará) e não pela lei de Deus. Têm olhos maus, focalizam o negativo e vivem escravas dessa perspectiva sombria.

Haverá sempre dois lados para olhar

Jeremias, profeta que viveu em tempos muito difíceis para a fé, tinha um segredo:
Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.” Lm 3:23
Tão-somente não sejais rebeldes contra o SENHOR e não temais o povo dessa terra, porquanto, como pão, os podemos devorar; retirou-se deles o seu amparo; o SENHOR é conosco; não os temais.” Nm 14:9

Os vencedores olham pela ótica das promessas.

3. Ter consciência de que Deus tem compromisso com quem tem compromisso com ele. Nm 14:8

Se o SENHOR se agradar de nós, então, nos fará entrar nessa terra e no-la dará, terra que mana leite e mel.Nm 14:8

Outro segredo que povoa a mente dos vencedores é a consciência de que Deus tem compromisso com quem tem compromisso com Ele. As palavras de Calebe foram: “Se o Senhor se agradar de nós, nos fará herdar esta terra...”. Nm 14:8

Essa argumentação de tem duas colunas: “Se Deus se agradar de nós” e “Ele fará”. Isso revela uma consciência da necessidade de aprovação e uma confiança na ação sobrenatural de Deus. Não podemos confundir aceitação com aprovação. Para sermos aprovados, temos que agradar a Deus e esta é uma condição para nosso êxito na vida. Mas é importante sabermos que para agradar a Deus, temos que conhecer a sua vontade e nos esforçar para cumpri-la.

Não tente agradar a Deus à sua maneira. Ele lhe reprovará!

Calebe sabia que, embora tivessem que enfrentar os inimigos, Deus era quem os colocaria naquela terra. Ele conhecia o valor da bênção e discernia a verdade de que o preço da bênção é a fidelidade... Quer contar com a parceria imbatível do Todo-Poderoso? Agrade-o, obedeça-o radicalmente, oferte, lute pelo que Ele lhe propôs!

4. Entender que não conquistar o que o Senhor estabeleceu como propósito é uma forma de pecar. Nm 14:9

Tão-somente não sejais rebeldes contra o SENHOR e não temais o povo dessa terra, porquanto, como pão, os podemos devorar; retirou-se deles o seu amparo; o SENHOR é conosco; não os temais.” Nm 14:9

Mais do que tudo isso, um vencedor entende que não conquistar o que o Senhor estabeleceu como propósito para sua vida é uma forma de pecar. É por isso que Calebe clama diante dos desistentes: “Não sejais rebeldes contra o Senhor...” Nm 14:9

Muitas pessoas veem as conquistas apenas como um direito que elas podem desfrutar ou não. Porém, na mente do vencedor, não conquistar é errar o alvo, traçar um caminho paralelo ao que Deus propôs. É por isso que, diante da desistência do povo, Calebe fala sobre não serem rebeldes e não ofenderem ao Senhor com sua incredulidade.

Pecado não é somente mentir, cobiçar, se vingar, pagar o mal com o mal, cobiçar, fumar e beber, usar droga, assistir programas de imoralidade ou acessar pornografia pela internet. Não cumprir o propósito de Deus estabelecido para você também é pecado.

Estabeleça suas crenças sobre esses 4 fundamentos

Você precisa construir essa nova forma de pensar! Tudo o que Deus lhe desafiou a conquistar (um casamento abençoado, uma vida próspera, um ministério frutífero...) faz parte de uma herança que custou o sangue da cruz. Não lutar por ela é desprezar o que Deus fez. Quando alguém desiste por causa das lutas e dos inimigos, está "se rebelando" contra a vontade soberana do Senhor.

Entenda que tudo vem dele, é por meio dele e para Ele. Ele tem uma parceria, na verdade uma aliança com você. Não desista do que Deus não desistiu em sua vida! Não abra mão do que Ele lhe deu por herança!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sabedoria para prosperar em tempos de abundantes chuvas. Pv 1:1-7; 20-33. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 19/01/20

De 3 meses para cá, eu tenho descoberto uma fonte de vida inesgotável através da leitura do livro de provérbios. Eu penso que propositadam...