20190905

Os quatro estágios da vida cristã. Jo 15:16. Pr. Edenir Araújo. Culto de Celebração - 01/09/2019


“Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.João 15:16

Durante muito tempo, estudei o texto de João 15 na expectativa de encontrar um meio de fazer a vontade de Deus, ser edificado e edificar a igreja. Descobri, lendo no verso 8 que somente poderemos alcançar este nobre objetivo através do processo de crescimento e frutificação.

“Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos.” Jo 15:8

Toda Escritura de Gênesis a Apocalipse é importante para nós, pois toda Escritura é de inspiração divina, mas posso dizer seguramente que João 15 é uma chave que pode abrir as portas para o crescimento, vitória e êxito nas nossas vidas. Chego ao extremo de dizer que Jo 15:16 é a completude da vontade de Deus para o homem na dispensação da graça, nos dias de hoje. Se seguirmos as orientações deste texto, cuidando em fazer cumprí-lo nas nossas vidas, certamente experimentaremos bênçãos sem medidas.
Uma alegoria

É importante dizer que como em tantos outros ensinos de Jesus, aqui em João 15, Jesus está se utilizando de uma alegoria, uma ilustração de algo natural, para nos ensinar princípios espirituais.

Jesus começa o texto dizendo que o Pai é o agricultor, Ele é a Videira Verdadeira e nós somos os ramos responsáveis por produzir frutos. Lembre-se: O Pai será glorificado pelos frutos que produzirmos.

O Pai que é o agricultor, que lançou a semente na terra. A semente é Jesus. Jesus mesmo disse:
"Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto." Jo 12:24
Jesus decidiu morrer, e por que morreu produziu muitos frutos. Aleluia!!!
Jesus é a Videira Verdadeira como Ele mesmo disse.
“A videira, vinha ou parreira é uma trepadeira da família das victáceas, com tronco retorcido, ramos flexíveis, folhas grandes e repartidas em cinco lóbulos pontiagudos, flores esverdeadas em ramos, e cujo fruto é a uva”  Fonte: Wikipédia A enciclopédia Livre
Os 4 estágios da vida cristã
O ensino de João 15 trata de 4 dimensões na vida de um cristão.
É interessante dizer que neste processo de frutificação, os ramos somos nós, e devemos perseverar neste processo frutificar. O verbo permanecer, aparece 11 vezes do verso 1 ao 10. Jesus diz que devemos permanecer nele, perseverar nele, persistir na sua palavra! Porque insistir tantas vezes em um posicionamento? Não sei de outro texto nas Escrituras que fala tantas vezes sobre perseverar como aqui em João 15. O autor de Hebreus escreve e elucida o por que da perseverança:
"Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa." Hb 10:36
Perseverança para cumprir o propósito de sua salvação e existência é a ênfase desse texto.
E essa perseverança é para que? Que propósito é esse? O verso 16 nos diz que a perseverança é para uma frutificação duradoura!
Como já disse anteriormente, a videira é uma alegoria, uma ilustração de uma realidade espiritual. Por essa razão, devemos olhar para João 15, mais precisamente para o verso 16 e enxergar Os quatro estágios da vida cristã. As quatro fases da vida.
Os quatro estágios da vida cristã
1º Estágio – Aceitar o chamado e a escolha de Jesus
“Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros...”.

Imagine você amado leitor, participando de uma seleção de pessoal para ingressar em uma universidade, ou tentando ocupar uma vingrata trabalhar em uma grande empresa. Suponhamos que o teste para você é, ocupar uma das 50 vagas que esta sendo disputada entre 10000 concorrentes. Você então se prepara, estuda, investe tempo, e no dia do resultado, descobre que passou no teste e está entre os 50 felizardos. Glória Deus! Certamente seria a primeira expressão a sair de seus lábios.

O contrário disso seria frustrante, saber que ficou de fora iria trazer um profundo sentimento de perda.

Em Jeremias 1:5 podemos ler:

“Antes do seu nascimento, quando você ainda estava na barriga da sua mãe, eu o escolhi e separei para que você fosse um profeta para as nações”.

É tremendo descobrir que o Senhor nos escolheu desde o ventre. Fomos selecionados e escolhidos desde o ventre. Mas como Ele nos escolheu desde o ventre se lá nós estávamos sozinhos? Somos vencedores desde o ventre, porque antes de você ser formado no ventre de sua mãe, de 200 a 300 milhões de espermatozoides morreram para você viver. Jesus rejeitou milhões de espermatozoides para escolher você.

Você é um vencedor desde o ventre. Aleluia!!!

E não podemos parar por ai, pois Jesus nos separou para vivermos e impactarmos a nossa geração. Que privilégio! O Mestre nem nos provou para saber sobre a nossa capacidade para responder ao chamado. Ele simplesmente disse: Edenir venha como está, José venha como está, Maria venha como está. Talvez você diga: Que virtude existe em mim para Deus me escolher? Virtude, talvez nenhuma, mas Ele achou graça em nós.

Nunca fui um bom jogador de futebol, e lembro-me de quando brincávamos e ninguém me escolhia para fazer parte do time. Isso realmente me frustrava. Mas Ele sem exigir nada de mim, sem me testar para ver se servia para o seu propósito, simplesmente me escolheu. Glória a Deus por isso.

Querido irmão, Ele, O Deus Todo Poderoso, simplesmente nos amou e nos escolheu. Muitas pessoas são rejeitadas durante toda a vida, e trazem uma ferida na alma, e quando são chamadas e escolhidas por Jesus, não entendem como alguém pode escolhê-las, e não se sentem capazes de atender ao chamado.

Em certa ocasião quando terminei de pregar em uma igreja, uma jovem me perguntou se era bom pregar a Palavra de Deus e ser pastor, sem responder a pergunta dela, fiz uma outra pergunta: O que você acha de alguém que é porta voz do presidente da república? Ela me respondeu entusiasmada: Deve ser muito bom! Então eu disse: Imagine você; eu não fui chamado para ser porta voz do presidente da república, mas fui escolhido para ser porta voz do Deus Criador dos céus e da terra. Eu fui escolhido para proclamar liberdade aos cativos, abertura de prisão aos presos. Sou chamado por Ele para ser um pacificador, sou um porta voz do Príncipe da paz.

Segundo publicação feita por uma revista evangélica de grande circulação, Billy Graham teria declarado que não aceitaria o cargo de embaixador norte-americano na Índia, ainda que lhe fosse oferecido, porque tem um cargo mais alto, o de "embaixador do Reino dos Céus". Na mesma nota se diz que Billy Graham já rejeitou convites para cargos públicos, lugares de destaque no cinema, etc. Nós já sabíamos de declarações semelhantes, feitas pelo extraordinário evangelista das massas, em outras ocasiões. E certamente o louvamos por isso. Um filho do grande missionário Guilherme Carey, que também era missionário aceitou o lugar de embaixador da rainha da Inglaterra na Índia, tempos depois exclamou, pesaroso: “Deixei de ser embaixador do Rei dos reis para ser embaixador da Rainha da Inglaterra...". Não há nada mais nobre do que ser escolhido pelo Senhor.

Deixe-me dizer algo, no passado, quando criança já quis ser homem aranha, policial, bombeiro, e não consegui ser nada disso. Agora veja que interessante, eu nunca pedi para ser crente, e hoje sou pastor, “não fostes vós que me escolhestes...”. Ele simplesmente me escolheu.
      
O Senhor espera de nós o que Ele ofereceu para nós. Ele deu a sua vida por nós, foi enviado a este mundo como missionário, veio de uma terra distante, disposto a nos levar para essa terra. Ele jamais pedirá algo para nós que antes não nos ofereceu. Precisamos ir e fazer discípulos porque ele veio e fez discípulos, pois isso está no coração de Deus, Ele foi o primeiro a fazer isso e nos deixou seu exemplo para que façamos o mesmo. Ele ensinou-nos sobre como viver a vida cristã. Ganhar almas e fazer discípulos, produzir muitos frutos para a glória de Deus precisa ser o nosso objetivo.

2º Estágio - Ser uma testemunha viva do amor e poder de Deus

“e vos designei para que vades e deis fruto...”

Testemuhas...

Nós somos os ramos. Fomos renascidos no Senhor para a frutificação. Mas só experimentaremos tal frutificação pelo falar. Palavras são sementes e quando lançadas e uma boa terra, certamente germinarão. Mas olhando o cultivo da videira, aprendemos que para os ramos frutificarem, eles precisam estar no alto. Os ramos só produzirão fruto se estiverem no alto longe da terra. O produto da videira só pode ser produzido no alto. Seu tronco está ligado à terra, mas seus ramos precisam ser lançados para o alto. A estrutura que suporta os ramos, podemos dizer que é a igreja. A igreja é o suporte para os ramos permanecerem no alto, no sobre natural, nas regiões celestiais.
Esse não é o meu assunto, mas a igreja não é um clube, um lugar de lazer ou entretenimento, a igreja é o nosso suporte e estrutura para continuarmos crescendo e frutificando.
Jesus Jesus disse: 
Eu sou a videira, vós, os ramos.” V.5
No mesmo versículo Ele diz:
“sem mim nada podeis fazer.”
O próprio Jesus planejou e é responsável por nos empurrar para cima para vivermos nas alturas, vivermos uma vida "sobre natural". Não se pode querer ter uma vida Cristã bem sucedida se não subirmos mais alto no Senhor. Os salmistas sabiam que deveriam subir mais alto quando oravam. Eles diziam:
“Quem subirá ao monte do Senhor? Aqueles que tem mãos limpas e um coração puro”,
“Elevo os meus olhos para os montes de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor que fez os céus e a terra.”
“Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra.” Cl 3:2
Como Já vimos, os ramos somos nós, que fomos gerados nele, e por ele crescemos para a frutificação. Os frutos são as pessoas que influenciamos para o Reino de Deus. Esse deve ser o nosso alvo. O maior prêmio nos será dado pelas almas que oferecermos ao Senhor.
Nossa fome deve ser por almas. Devemos ter anseio por pessoas pois assim cumpriremos a vontade e o propósito do Pai para nós.
Cada cristão deve ser um ramo responsável por produzir frutos. Nem todos produzirão muitos frutos, mas todos foram chamados para frutificar.
No texto de João 15:16, o Senhor está dizendo: Quando você me der muitos frutos, tudo o que em meu nome pedirdes ao Pai, ele vos fará.

3º Estágio - Produzir frutos duradouros (Discipulado)

E vosso fruto permaneça...”

“Lembrem-se: vocês não me escolheram: eu os escolhi e lancei no mundo para produzir frutos que não se estragarão. Como o fruto de vocês vem do Pai, o que pedirem ao Pai em relação a mim, Ele concederá.” Jo 15:16 (A mensagem)

A palavra "permaneça" no sentido original do texto, é “permanecer, ficar, ser sustentado, mantido continuamente, continuar a ser, durar, não perecer”.

O meu desejo agora é que você entre em crise, e o meu desafio é:

Produza um fruto que permaneça (Alma) até o fim desse ano e veja a sua vida ser transformada!!! Ganhe uma alma para Jesus, consolide-a na fé, discipule e envie. Tudo será mudado em sua vida.

Jesus deu a sua vida pelo homem, e quer vidas como conseqüência de sua semeadura! Faça o que for possível fazer para cumprir esse propósito. Tudo o que for feito, faça para a glória de Deus. Mas veja que a glória de Deus só é manifestada quando ele vê fruto pois “nisto é glorificado meu Pai” Jesus disse.

Na campanha de 21 dias, nós buscamos e recebemos mais paixão, fogo e glória. Hoje nossa campanha não acabou, estamos agora neste processo de incendiar o coração das outras pessoas com quem relacionamos.

4º Estágio - Experimentar as bênçãos sem medidas

A fim de que tudo o que em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda.”

(Bênçãos sem medida) 8.000 promessas ao nosso alcance.

“Se meditamos nas promessas e levamos em consideração Aquele que prometeu, experimentaremos a doçura delas e obteremos o seu cumprimento”. Charles Spurgeon (Extraído de Leituras Diárias, vol. 2 – Editora Fiel 2007). 24-12-2007

Na Bíblia inteira, Deus fez uma multidão de promessas a Seu povo. Contudo, muitas dessas promessas dependem de fazermos algo primeiro. Embora nem todas tenham a preposição condicional "Se" contida nela, todas têm uma natureza condicional. É necessário passarmos anterior a este para que os céus venham sobre nós.

Foi exatamente por isso que o Senhor nos deu um desígnio com a possibilidade a possibilidade de receber o prêmio. Fez-nos uma promessa de conceder os desejos do nosso coração se cumprirmos o propósito de satisfazê-lo. Muitas pessoas não entendem os motivos porque passam tantas privações, mas fica claro que o que queremos receber da parte do Senhor, me refiro ao cumprimento das promessas de provisão (Mt 6:25-34), toda provisão que desejamos da parte do Senhor está diretamente ligado com a disposição de oferecer algo para Ele, de buscar seu reino e justiça em primeiro lugar.

Veja que mistério lindo Jesus quer revelar aos seus discípulos. Deus tem um desejo ardente em seu coração, e nós fomos escolhidos por Ele para satisfazê-lo. Deus tem uma mesa posta para os seus escolhidos, tovadia, nós, os seus escolhidos temos a oportunidade de oferecer o alimento para saciar sua fome e sede.

João 15:16, é a revelação de Deus para o sucesso de todo crente, pois todo o propósito de Deus para o homem está neste verso. Por que muitos estão frustrados, experimentando os resultados amargos de um viver medíocre na presença de Deus? Estão derrotados pela infertilidade e esterilidade. Não produzem frutos, são como a figueira a beira do caminho, tem aparência, mas não possuem frutos, não tem realidade. Veja que Jesus diz que produzir frutos é a resposta para todos os nossos problemas.

Jesus disse que quando produzirmos frutos que permaneçam, seremos ouvidos e atendidos pelo Pai em todas as nossas petições.

“a fim de que tudo o que em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda.”Jo 15:16

Os frutos que produzimos autenticam a nossa vida cristã. Sem frutos, não há como querer desfrutar das benéficies do Reino. Você é o fruto que você produz!

O caminho que precisamos percorrer no Senhor não tem atalhos. Não há como queimar etapas na carreira que nos foi proposta. Cada fase ou estágio precisa ser vivido e experimentado intensamente!

"O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas é sábio" Pv 11:30










Nenhum comentário:

Postar um comentário

As três provisões da chuva abundante. Dt 11:14. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 12/01/20

“ darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas , para que recolhais o vosso cereal, e o vosso vinho, e o vosso ...