Palavra do Culto de Celebração 30/08/09 - Disc. Vinicius Cano

O Poder de Governo da Igreja Mateus 18:15-20

"Se teu irmão pecar [contra ti], vai argüi-lo entre ti e ele só. Se ele te ouvir, ganhaste à teu irmão. Se, porem, não te ouvir, toma ainda contigo uma ou duas pessoas, para que, pelo depoimento de duas ou três testemunhas, toda palavra se estabeleça. E, se ele não os atender, dize-o à igreja; e, se recusar ouvir também a igreja, considera-o como gentio e publicano. Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra, terá sido ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra, terá sido desligado no céu. Em verdade também vos digo que, se dois dentre vos, sobre a terra, concordarem a respeito de qualquer cousa que porventura pedirem, ser-lhes-á concedida por meu Pai que esta nos céus. Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles.” (Mateus 18:15-20).

Temos o encargo de levar a mensagem do Evangelho a todas as nações, mas o que nos impede de multiplicar as nossas células? O que nos impede de ter discípulos? O que nos impede de ter uma célula Forte?

Nesta passagem que lemos em Mateus 18, percebe-se que há duas partes bem distintas entre si. A primeira parte nos fala de um caso isolado e especial, mas a segunda parte nos fala de um importante principio da palavra de Deus.

“A terra governa o céu”

“Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra, será desligado no céu”.

Qual a característica desse versículo?
O ponto em questão aqui é que a ação na terra precede a ação no céu. Não é que o céu liga primeiro, mas a terra é quem define. O que aprendemos é que a terra governa o céu. Só há governo entre os irmãos.

Tudo parte da terra!
Vejamos alguns exemplos no Antigo Testamento do governo da terra sobre o Céu.
Moisés e Josué. (Êxodo 17:9-11)

Deus tem uma vontade mas não quer fazer nada sozinho.
A respeito do governo terreno sobre o Céu, gostaria de compartilhar três princípios básicos do texto de Mateus 18:18-20.

1. Declarando a vontade de Deus.

· Todo tipo de Governo só funciona se estiver sobre um grupo de Leis.
· Essas Leis neste caso é a palavra de Deus.
· Só há eficácia no governo se houver fidelidade no cumprimento das Leis estabelecidas.
· Devemos governar com a vontade de Deus.

2. Harmonia no Espírito Santo.

· Não somente um acordo no pedir alguma coisa, mas unanimidade na terra a respeito de tudo que os crentes irão pedir.
· Ele não quer dizer que duas pessoas concordem primeiro e então peçam a Deus.
· Deus esta dizendo que se concordarmos em tudo (harmonia no Espírito Santo), qualquer ponto particular que lhe pedirem será concedido.
· Temos que andar em Harmonia.
· Esta é a unidade Corpo, ou seja, no Espírito Santo.

3. Estiverem Reunidos em meu nome.

· Porque é importante que nos reunamos em nome de Jesus?
· Porque pessoas são salvas em nossas reuniões?
· Porque pessoas são curadas nas nossas células?
· Porque há poder de Deus em nossos cultos e Encontros?
· A respostas dessas perguntas estão todas no verso 20.
· A presença do Senhor Jesus em nossas células e reuniões é a razão de todo esse mover da igreja de cura, salvação e milagres.
· Deus quer que nós governemos o céu através da Igreja.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O poder de crer e confessar. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 04/09/16

Destruindo os inimigos das nossas orações. Dn 10:12-13. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 13/08/16

Ore até que algo aconteça! Is 62:6-7. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 24/07/16