20111102

Os improváveis de Deus. 1Co 1:26-27 - Pr. Edenir Araújo - Culto de celebração -29/10/11

A Bíblia está cheia de relatos extraordinários que foram realizados por pessoas simples e comuns. Pessoas que não tinham nada de extraordinário, mas que foram instrumentos nas mãos de Deus para realizarem feitos que nunca haviam acontecido. Vejamos na Bíblia alguns improváveis que Deus escolheu para realizar seus feitos.

1. Moisés (Ex 3:10-11) Este homem foi escolhido por Deus para ser o libertador de Israel. Mas ele era fraco, e sua primeira fraqueza era seu complexo de inferioridade, pois quando Deus o chamou (v. 10), Moisés respondeu: “Quem sou eu para ir a Faraó e tirar do Egito os filhos de Israel? V.11

Depois disso, Deus tratou desta fraqueza e ele foi usado tremendamente como um grande líder.

2. Gideão (Jz 6:11-16) Quando Gideão descobriu que Deus o havia escolhido, este se desculpou dizendo que o Senhor havia abandonado a Israel. Jz 6:13 Gideão falou sobre a sua própria inaptidão ou incapacidade (fraqueza) para o cumprimento da tarefa (Jz 6:15). Diante do desafio Gideão disse: “Ai, Senhor meu! Com que livrarei Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu, o menor na casa de meu pai.Veja que a atitude de Gideão foi muito parecida com a de Moisés. Mesmo assim, é-lhe assegurado como no caso de Moisés, que a presença divina estaria com ele, dando-lhe a certeza do êxito e também um sinal sobrenatural para aumentar-lhe a fé, Jz 6:16-21.

3. Davi (1Sm 16:6-7) Este texto deixa claro que a ótica de Deus não é a nossa, Deus vê de uma forma completamente diferente de nós. Deus imputa valor onde o homem não vê valor. Deus valoriza o que o homem não consegue enxergar, que é o coração.

O Missionário Hudson Taylor disse: “Todos os gigantes de Deus são pessoas fracas”.

4. Os discípulos de Jesus. Veja que já no Novo Testamento, Jesus tinha seus discípulos, e eles foram escolhidos fora dos critérios de escolha que geralmente nós usamos. Estes homens não eram super homens, eram pessoas sem virtudes. Eram homens que cuidavam dos negócios da família, como Pedro, André, Tiago e João, que eram pescadores, ou se dedicavam a outras atividades, como Mateus, que era cobrador de impostos. Aparentemente também eram improváveis, mas Deus os usou para propagarem o seu Evangelho até nós.

Deus é especialista em usar pessoas improváveis! Não diga: “eu não posso...”, “isso não é para mim...”, “me sinto fraco para esta tarefa...”. Deus é especialista em transformar fraqueza em força. Ele quer pegar suas debilidades e fraquezas para transformá-las para que seu poder possa fluir. “Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes.” 1 Coríntios 1:27

“Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte.” 2Co 12:10

São nas nossas fraquezas que Deus opera, pois quando somos fracos é que Deus nos faz fortes. Saiba que os fracos são amparados pelo Senhor.

Como Deus pode me usar com todas as minhas fraquezas? 1° Admita as suas fraquezas, 2° Alegre-se na sua fraqueza (2Co 12:10-11) 3° Compartilhe suas fraquezas (Tg 5:17):

Nenhum comentário:

Postar um comentário