Vivendo o corpo de Cristo. 1Co 12:12-14; 25-27. Carlos Eduardo Biguzzi - Culto de celebração - 08/01/12

12-Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também. 13-Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.14-Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. 1 Coríntios 12:12-14

25-Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns dos outros. 26-De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele.27-Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular. 1 Coríntios 12:25-27

A Igreja é o corpo de Cristo. Cada um de nos faz parte deste corpo. Deveríamos dizer então que somos membros de Cristo e não apenas membros de igreja.

Mas como tem funcionado o corpo de Cristo, será mesmo que temos sido corpo? Será que temos vivido o estilo de vida de Cristo? ou somos apenas um ajuntamento de pessoas salvas vivendo a revelia do corpo Cristo?

Para entendermos como a igreja, ou melhor, como o corpo de cristo deve viver necessitamos compreender como Cristo vivia antes mesmo da fundação do mundo. Sabemos que Deus é Deus triuno, ou seja, Ele é um Deus mas são três pessoas. E o estilo de vida dessas pessoas é de comunhão, pluralidade,comunidade. Eles tem tudo em comum, não há divergências, Eles tem um único pensamento, existe entre Eles total concordância. Tão forte é sua comunidade que mesmo sendo três Eles tem apenas uma imagem, Eles são um único Deus.

O homem foi criado a imagem de Deus, conforme diz em GN 1:26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança. ou seja, o propósito da criação do homem é que ele tivesse o mesmo estilo de vida de Deus, que pudesse viver dessa comunhão, dessa comunidade.

Mas por causa do pecado, o homem passou a ser um ser individualista, ele perdeu a imagem de Deus que o capacitava a uma vida comum, uma vida em comunidade, que o capacitava a ter unidade de pensamento, de objetivo. Como sabemos, Cristo nos resgatou dessa maldição de trevas, nos resgatou do pecado e nos deu acesso a imagem de Deus novamente, contudo, a imagem de Deus consiste em estarmos em Cristo e Cristo em nós, pois Cristo é a semelhança da imagem de Deus conf diz em Hb. 1:3 O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa..... Necessitamos então desejar viver em Cristo, fazer parte do corpo de Cristo para podermos manifestar essa imagem. Existe um processo de transformação que nos leva a ter a imagem de Deus conf escrito em II Co 3:18 Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor. O objetivo de todo esse processo é nos transformarmos em corpo de Cristo, ou seja, sermos unidos, sermos uma única imagem, termos um único pensamento, vivermos em comunidade.

Esse processo de transformação, é uma decisão de cada pessoa de ser parte do corpo, de ter a imagem de Deus. Contudo, para isso há necessidade de eliminar do nosso coração características individualistas e independentes que ganhamos em nossa alma em decorrência do pecado.

Quero citar aqui 5 características que precisamos eliminar de nossas vidas para termos a imagem de Deus em nossa vida e relacionamentos.

1. Viver a vida como bem lhe convém - independência.

Lc 15:11,12 - Nos fala do filho prodigo que saiu do lar do pai para viver a vida como bem queria. muitas vezes achamos que essa parábola é apenas pára aqueles que estão afastados da igreja e de Deus, mas não para nós que vamos aos cultos, freqüentamos as células etc. Na verdade a característica do filho prodigo foi a independência. Quantos de nós já tomamos decisões ou tivemos atitudes sem pararmos para consultar a Deus, sem consultar a nossa liderança, sem consultar as pessoas que tinham autoridade para tomar aquela decisão? A independência é um mal que precisamos eliminar para podermos ter a imagem de Deus em nós

2. Inveja da benção dos irmãos.

Lc 15:28-32 O irmão do filho prodigo ficou indignado por seu pai ter feito festa ao irmão que havia voltado. Quantos de nós não tomamos a mesma atitude quando o líder da célula dá a outra pessoa uma posição de destaque, ou qdo o pastor dá atenção a um irmão no final do culto e não ha você?? Ou quando Deus derrama da benção sobre seu irmão e vc fica dizendo e eu Deus??? Deus nos ensina Rm 12:15 Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram;

3. Discordância da Liderança - rebeliao

II Sm 13 - Absalão filho de Davi, foi exemplo do que não devemos fazer, ele se achou mais correto, descordou da atitude do rei e das suas decisões e se impôs contra o rei. Muitas vezes descordamos das atitudes de nossa liderança e ao invés de tratarmos isso aos pés da cruz com respeito, nos rebelamos contra a pessoa e a autoridade que ela representa.

4. Desejo de andar sozinho.

A bíblia nos mostra que Judas Iscariotes mesmo andando junto com os discípulos e com Jesus, ele andou sozinho. Judas tinha sua própria maneira de ver, de pensar, tinha seus próprios ideais e por não abrir mão disso foi que tomou a decisão de trair a Jesus.

Quando nossos ideais, nossos pensamentos estão divergentes do corpo de Cristo, da igreja, então estamos tomando a direção do caminhar sozinho.

5. Mentira e falta de transparência

At. 5:1-10 Ananias e Safira não precisavam ter mentido, havia necessidade de serem transparentes, mas ao contrario permitiram que o instinto de auto preservação e a necessidade de manter as aparências os levassem a morte. Quantos de nos muitas vezes pelo mesmo instinto deixamos de contar a verdade em nossos MDAs, deixamos aspectos de nossas vidas em oculto, impossibilitando assim sermos a imagem de Deus.

A vontade do Senhor é que sejamos corpo de Cristo, sujeitando-nos uns aos outros (ef.5:21), consolando-nos uns aos outros (I Ts 4:18), não irritando-nos ou invejando-nos uns aos outros (Gl 5:26) e amando-nos uns aos outros (Jo 15:17)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O poder de crer e confessar. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 04/09/16

Destruindo os inimigos das nossas orações. Dn 10:12-13. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 13/08/16

Ore até que algo aconteça! Is 62:6-7. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 24/07/16