Total de visualizações de página

Acesse o site da GERAÇÃO DE ADORADORES IGREJA DE VENCEDORES

20160920

5 motivos para você orar até que algo aconteça! 1Ts 5:12-17. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 19/09/16

“12 Agora, vos rogamos, irmãos, que acateis com apreço os que trabalham entre vós e os que vos presidem no Senhor e vos admoestam; 13 e que os tenhais com amor em máxima consideração, por causa do trabalho que realizam. Vivei em paz uns com os outros. 14 Exortamo-vos, também, irmãos, a que admoesteis os insubmissos, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos. 15 Evitai que alguém retribua a outrem mal por mal; pelo contrário, segui sempre o bem entre vós e para com todos. 16 Regozijai-vos sempre. 17 Orai sem cessar.” 1Ts 5:12-17

Queridos, Deus sempre quis relacionar com o homem. Na verdade, ele nos criou porque sempre quis ter uma família.

Vemos o anseio de Deus em relacionar com o homem, na experiência do Edem. Todos os dias na viração do dia (18hs) Deus vinha ter com o homem. Todavia, houve um dia que Deus não encontrou o homem, pois este havia traído o Senhor. Ainda assim, Deus não desistiu de sua mais expressiva criação.

Deus foi atrás do homem para restaurar seu relacionamento. Foi assim com Adão, Caim e outros tantos personagens bíblicos que se afastaram do Senhor. Deus é relacional e sempre vai insistir no relacionamento com os homens. Deus sempre priorizou o relacinamento com o homem. 

Existem meios de relacionarmos com Deus. Ler a Bíblia é uma maneira de relacionarmos com o Senhor. Obedecer a vontade de Deus também é uma forma de relacionar com Ele. Todavia, a oração é o principal meio de relacionarmos com o Senhor. Essa é a razão de Paulo escrever aos Tessalonissenses: “Orai sem cessar”. 1Ts 5:17

Por que devemo orar sempre e sem cessar?

1.      Porque Deus sempre estará pronto pra te ouvir e responder suas orações

Enquanto medito nessa palavra, lembro-me de um pastor que visitou o Museu de Kisington na Inglaterra, e achou muito interessante um quadro que retratava um nobre numa sala de espera aguardando a sua vez de ser recebido por um grande rei. Intrigado com o quadro, escreveu em seu diário: “O Senhor nosso Deus, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, nos recebe em audiência a qualquer momento do dia sempre pronto para nos abençoar”. Que santo privilégio!

Quantas vezes temos de esperar para falar com alguém importante? Dias atrás, fiquei 40 minutos numa sala de espera para ser atendido por uma autoridade. Essa não foi uma boa experiência. Você já deve ter sido forçado a esperar para ser atendido numa ligação de telefone, e se passou por isso, sabe que é muito desgastante. Alguém já me disse que detesta fazer uma ligação e ser atendido por uma secretária eletrônica. Que grande bênção é o fato de Deus não ter uma secretária eletrônica! Nós temos uma linha direta que nos liga a Deus. Em nome de Jesus, temos acesso constante à presença e poder de Deus. Essa é a nossa confiança.

O escritor aos Hebreus diz que podemos nos aproximar de Deus pela fé, orando e confiando no sacrifício de Cristo. “16 Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.” Hb 4:16
Ele quer nos abençoar! Mt 8

2.      Porque a oração sempre te levantará, te colocará para cima.

 “1 Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? 2 O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra.” Sl 121:1-2
Deus sempre quis que o homem olhasse para cima.

Quando Deus mandou Noé construir a Arca, Ele orientou que se fizesse apenas uma janela, que deveria ficar na parte de cima da Arca, como uma escotilha. Foi assim para que o homem não tivesse uma visão horizontal e desoladora, mas olhasse para o alto, de onde certamente viria o socorro. Deus não queria que Noé e sua família olhassem para a morte e destruição ao derredor, mas firmassem seus olhos no alto.

Em Mateus 14, quando o Senhor multiplicou os pães e os peixes, ele não olhou horizontalmente para o tamanho da multidão e a limitação dos recursos. Os discípulos se enfraqueceram, pois olharam cinco pães e dois peixes, mas o Senhor não. Ele ergueu os olhos para o céu, orou e deu graças, porque a graça vem do alto. Quando oramos, olhamos para cima crendo no Senhor, é dessa forma que podemos experimentar provisão. Mesmo que alguém orando ao Senhor, esteja de cabeça baixa, os olhos do seu coração e seus pensamentos estão voltados para o alto, de onde sabe que virá o socorro.

Orar é levantar os olhos ao alto, e é uma chave que abrirá os céus e fará chover bênçãos sobre nós.
Quem olha para o alto tem menos chances de desenvolver patologias psicossomáticas. Certamente a decisão de orar, é também a decisão de olhar para o alto, e isso nos faz bem e revigora nossas energias. “1 Elevo os olhos para os montes (e oro): de onde me virá o socorro? 2 O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra.” Sl 121:1-2

3.      Por que a oração resolverá todos os seus problemas

“E todas as coisas, tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis.” Mt 21:22

“E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.” Jo 14:13,14.

“Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.” Jo 15:16

“Naquele dia, nada me perguntareis. Em verdade, em verdade eu vos digo que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo concederá. Até agora não pedistes nada em meu nome: pedi, e recebereis, para que a vossa alegria seja completa.” Jo 16:23,24

“Porque em verdade vos digo que todo aquele que disser a este monte, sê removido, e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que as coisas que ele diz devem vir a passar, ele terá tudo o que ele diz. Portanto, eu vos digo que tudo quanto pedirdes, quando orardes, crede que recebestes, e será vosso. Mc 11:23,24

4.      Porque a oração move a mão de Deus

A fé nos trás presença de Deus, mas a oração nos trás as obras de Deus.

“Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para não poder ouvir..” Is 59:1

Há uma ligação direta entre os ouvidos e as mãos, entre a oração e as obras. Jabez sabia disso, por isso ele orou: “Que seja comigo a tua mão...”.

“Foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos; sua mãe chamou-lhe Jabez, dizendo: Porque com dores o dei à luz. 10 Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Oh! Tomara que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido.” 1Cro 4:9-10 (ARA)

Palavras manifestam a obra de Deus. O Diabo não está muito preocupado com o tamanho da sua fé, mas com sua disposição pra orar.

Quem ora para que as fronteiras se alarguem, precisa pedir a proteção das mãos de Deus. Pois os desafios serão maiores, e as lutas mais ferrenhas. Para realizarmos a obra de Deus precisamos clamar como Jabez fez em seu terceiro apelo: “que seja comigo a sua mão”.

“Para que todos os povos da terra conheçam a mão do Senhor, que é forte, para que temais ao Senhor, vosso Deus, todos os dias.” Js 4:24

Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem o seu ouvido, agravado, para não poder ouvir.”   Is 59:1

Em Atos o sucesso da Igreja é atribuído a mão do Senhor.

E a mão do Senhor era com eles, e grande número creu e se converteu ao Senhor.” At 11:21

5.      Porque orar sem cessar mostrará onde está a sua confiança.

Pessoas que não oram na verdade não confiam em Deus.

Jesus orou muito durante todo seu ministério.

Muitos problemas podem ser evitados por meio da oração, e situações adversas podem ser transformadas em bênçãos por meio da oração. Veja o que Tiago disse a respeito da nossa oração: “... a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.” Tg 5:16b

Jesus é o nosso maior exemplo de oração. Ele orava frequentemente em público e em particular. Jesus orou em seu batismo, no deserto, antes de escolher os apóstolos, orou a sós, longe das multidões, no monte da transfiguração, no jardim do Getsêmani, e em outros tantos lugares.


Jesus orou muito em seu ministério terreno porque a sua confiança estava em Deus.

2 comentários:

  1. Verdade temos que ser fiel nas nossas orações pois nosso senhor já deixou o exemplo pra nos seguimos k e a oração gloria Deus por este ensino sobre nossas vidas aleluia

    ResponderExcluir
  2. Verdade temos que ser fiel nas nossas orações pois nosso senhor já deixou o exemplo pra nos seguimos k e a oração gloria Deus por este ensino sobre nossas vidas aleluia

    ResponderExcluir

Senhor Cara Legal - Evangelismo com o livrete 11ª Questão

O poder da oração no Espírito