Pular para o conteúdo principal

Quando um crente é amaldiçoado? Gl 1:6-10. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 13/11/16

Um crente pode ser amaldiçoado? Um crente pode perder a bênção e ser acometido por maldições diversas?
Existem muitos livros sobre quebra de maldição.
  
Paulo escreveu aos Gálatas dizendo que todos os que estão misturando o evangelho de Cristo estão entrando por um caminho de maldição. Um crente pode ser amaldiçoado se decair da graça voltando para a Lei. 10 Todos quantos, pois, são das obras da lei estão debaixo de maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas escritas no Livro da lei, para praticá-las. Gl 3:10

Tiago diz que os que querem viver cumprindo a lei devem cumprir todos os 613 mandamentos. Se falhar no cumprimento de 1 dos 613 mandamentos, se torna maldito de toda lei. Aprendemos que nenhum homem é suficiente para cumprir a lei. Ninguém consegue se justificar pelo esforço próprio.

Os que confiam em seus esforços para justificação, estão entrando em maldição. “5 Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR! 6 Porque será como o arbusto solitário no deserto e não verá quando vier o bem; antes, morará nos lugares secos do deserto, na terra salgada e inabitável.” Jr 17:5-6

NÓS FOMOS CHAMADOS PARA RECEBER AS BÊNÇÃOS DE ABRAÃO!

8 Ora, tendo a Escritura previsto que Deus justificaria pela fé os gentios, preanunciou o evangelho a Abraão: Em ti, serão abençoados todos os povos. 9 De modo que os da fé são abençoados com o crente Abraão.

As bênçãos de Abraão foram muitas Ele foi prospero, teve muita riqueza, e longevidade de dias. Mesmo depois de Sara morrer, Abraão ainda demonstrou vigor para se casar com uma mulher chamada Quetura. Ele era muito vigoroso. Abraão tinha unção de cura, pois orou pelas esposas de Elimeleque e elas tiveram filhos.

Da mesma forma, Sara teve um filho na sua “velhice”. Com 90 anos ela era muito atraente e tinha rei querendo casar com Sara. Quando estamos debaixo do favor manifestado pela fé, inevitavelmente somos muito abençoados.

Exemplos de pessoas que viveram pela fé:

Todas as pessoas que foram a Jesus foram curadas e será que eles eram totalmente santos? Será que não tinham pecados??? Claro que tinham!!! Eles não mereciam, mas Jesus os agraciou pela fé!!!

Os dois cegos que foram curados pela fé - 27 Partindo Jesus dali, seguiram-no dois cegos, clamando: Tem compaixão de nós, Filho de Davi! 28 Tendo ele entrado em casa, aproximaram-se os cegos, e Jesus lhes perguntou: Credes que eu posso fazer isso? Responderam-lhe: Sim, Senhor! 29 Então, lhes tocou os olhos, dizendo: Faça-se-vos conforme a vossa fé.” Mt 9:27-29

A fé da mulher Cananéia - “28 Então, lhe disse Jesus: Ó mulher, grande é a tua fé! Faça-se contigo como queres. E, desde aquele momento, sua filha ficou sã.” Mt 15:28

A cura de dez leprosos - 19 E disse-lhe: Levanta-te e vai; a tua fé te salvou.” Lc 17:11-19
Os discípulos queriam ter uma grande fé

Os discípulos pediram mais fé -5 Então, disseram os apóstolos ao Senhor: Aumenta-nos a fé. 6 Respondeu-lhes o Senhor: Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Arranca-te e transplanta-te no mar; e ela vos obedecerá.” Lc 17:5

Todas as pessoas receberam suas bênçãos pela fé. Jesus não pediu para eles fazerem coisas para serem abençoados. Jesus procurou apenas fé e isso foi sufuciente.

O importante é que tenhamos fé para receber nosso milagre

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O poder de crer e confessar. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 04/09/16

Entendendo a fé...
1. A fé é um espírito (2Co 4:13)
“Tendo, porém, o mesmo espírito da fé, como está escrito: Eu cri; por isso, é que falei. Também nós cremos; por isso, também falamos...”. 2Co 4:13
Veja que a fé não é questão de fórmula, mas de espírito. Paulo diz que temos o mesmo espírito de fé de Abraão, Moisés ou Davi. Sendo a fé um espírito, ela é contagiosa e por isso pode se espalhar. Você deve se lembrar do dia em que os doze espias foram enviados para espiar a terra de Canaã. Depois de quarenta dias, eles voltaram e dez deles disseram:
“Não podemos conquistar essa terra. As muralhas são muito largas, os gigantes, muito altos, e nós somos muito pequenos”. Mas dois deles, Josué e Calebe, disseram: “Vamos conquistar a terra, como pão, os podemos devorar; retirou-se deles o seu amparo; o SENHOR é conosco; não os temais”. Nm 14:9
Toda a nação acreditou nos dez espias e, por causa disso, morreram no deserto; mas, a respeito de Calebe, o Senhor disse que nele havia um espírito difer…

Destruindo os inimigos das nossas orações. Dn 10:12-13. Parte 2. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 13/08/16

"12 Então, me disse: Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e, por causa das tuas palavras, é que eu vim. 13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu por vinte e um dias; porém Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu obtive vitória sobre os reis da Pérsia.” Dn 10:12-13
Por que temos tanta dificuldade para orar?
Eu creio que todos temos ideia de quanto a oração é importante pelo grau de dificuldade que sempre enfrentamos para orar. O nosso inimigo vai lutar de todas as formas para impedir que nossas orações cheguem ao trono do Pai. Ele vai tentar colocar barreiras que vão tentar invalidar nossas orações, para que a nossa oração não seja ouvida pelo Senhor. Precisamos remover então essas barreiras para o êxito na nossa oração.
Guarde essa verdade: O diabo e os demônios não querem que você ore! Eles sempre se oporão a você, pois sabem melhor d…

Ore até que algo aconteça! Is 62:6-7. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 24/07/16

“6 Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; vós, os que fareis lembrado o Senhor, não descanseis, 7 nem deis a ele descanso até que restabeleça Jerusalém e a ponha por objeto de louvor na terra.”  Is 62:6,7
Introdução
Toda ação sobrenatural de Deus é precedida de oração. As chuvas de bênçãos não caem sem que antes nossos joelhos se dobrem. Deus não sarará a nossa terra sem que primeiro seu povo se humilhe e ore fervorosa e perseverantemente. (2Cro 7:14)
Jonathan Edwards, o clássico teólogo do avivamento disse: “Quando Deus tem algo muito grande para realizar em favor da igreja, o desejo dele é que esse seu ato seja precedido por orações extraordinárias do seu povo.”
Muitos cristãos estão vivendo tempos de estiagem e sequidão, porque não oram. Alguém me disse: Pastor Edenir, em minha igreja a reunião de oração está em estado de coma, está na UTI prestes a morrer. Os irmãos andam muito ocupados para ocupar-se com Deus em oração.
Não pode…