20170725

Quando o dinheiro se torna Mamon. Mt 6:24; 1Tm 6:10,17. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 23/07/17

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.” Mt 6:24

“10 Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores. 17 Exorta aos ricos do presente século que não sejam orgulhosos, nem depositem a sua esperança na instabilidade da riqueza, mas em Deus, que tudo nos proporciona ricamente para nosso aprazimento;  " 1Tm 6:10,17

O Novo Testamento dedica 215 versículos para falar sobre fé, 218 outros versículos para tratar de salvação, e 2.084 versículos para tratar sobre dinheiro. A Bíblia fala mais de dinheiro, do que sobre o arrebatamento ou dons espirituais. O sermão da montanha, que foi o primeiro sermão público que Jesus pregou está compreendido em 107 versos, dos quais 28 falam sobre dinheiro. Das 28 parábolas que Jesus contou, 16 estão diretamente ligadas a dinheiro, bens materiais ou recursos financeiros. Dentre os doze discípulos, havia um tesoureiro escolhido por Jesus.

Concluímos com isso que Jesus era avarento? Obviamente que não! A Bíblia e Jesus fala muito sobre dinheiro porque o dinheiro é fundamental e faz parte da vida de todo ser humano. Prosperidade, riquezas ou dinheiro são assuntos altamente espirituais. Isso se confirma nas palavras de Jesus quando disse que não podemos servir a Deus e as riquezas (Mamon), não podemos servir a Deus e ao dinheiro.

O pastor Ed Rene Kivts disse que o dinheiro é como nitroglicerina (composto químico altamente explosivo). É a mistura do oxigênio, nitrogênio, hidrogênio e carbono. Essa é uma fórmula explosiva. Se mexer de maneira errada a nitroglicerina explode. Algumas realidades da nossa vida são assim, se a gente mexer de maneira errada, explode. O dinheiro com certeza é nitroglicerina pura. Alguém disse: “O dinheiro não aceita desaforo”. Alguém disse que devemos aprender a mexer com o dinheiro sem deixar o dinheiro mexer com a gente.

O dinheiro tem poder de nos afetar como poucas coisas na vida. Todos os dias você relaciona com o dinheiro. Você toca nele, pensa nele, é atraído por ele todos os dias. 70% das conversas que você tem com cônjuge, filhos ou amigos, envolve dinheiro. Um certo irmão disse que tem problema com dinheiro em dois momentos:

  1. Quando ele tem dinheiro.
  2. Quando ele não tem dinheiro.

As 2 maiores causas do divórcio são:

  1. Incompatibilidade de Genios (personalidade).
  2. Problemas financeiros. 56% dos divórcios acontecem por causa do dinheiro ou dos problemas financeiros.

A escola não nos ensina a mexer com o dinheiro, seu patrão não vai te ensinar a administrar seu dinheiro, SEU GERENTE DE BANCO NÃO VAI TE ENSINAR A ADMINISTRAR BEM SUAS FINANÇAS! Seu gerente do banco NÃO É SEU AMIGO. A administradora do seu cartão de crédito não quer que você aprenda sobre como lidar com o dinheiro. Você não vai aprender isso na TV, não vai ouvir sobre como administrar dinheiro nas igrejas.

É por isso que quando falamos sobre esse assunto, o diabo se levanta para nos impedir de ouvir. Jesus disse que Mamon é dinheiro elevado a status de divindade. Para muitos, o dinheiro é um deus.

Uma recente pesquisa sobre economia doméstica no Brasil constatou que:

1.       71% das famílias brasileiras estão sofrendo por conta das dívidas.
2.       70% das famílias brasileiras usam todo o dinheiro do salário antes do meio do mês.

Quando não mexemos com o dinheiro de maneira correta, invertemos os valores da vida. Devemos viver da seguinte maneira: Adorando a Deus, amando as pessoas, e usando o dinheiro. Infelizmente hoje as pessoas: Adoram o dinheiro, usam pessoas, e por fim, se esquecem e Deus.

É por isso que hoje a gente luta mais por coisas do que por pessoas. O cidadão fica 4 anos pagando o financiamento de um carro, mas não tem coragem de semear 100,00 na vida de um irmão necessitado. Compra uma TV de último modelo, mas não tem disposição para dar uma oferta de 500,00.

Infelizmente por causa do dinheiro, muitos estão trocando pessoas por coisas.

Deixe-me fazer então, 4 considerações que julgo serem importantes sobre o assunto dinheiro:

1.       Ao falar sobre dinheiro, não há de minha parte, nenhuma motivação que não seja a de ver cada membro do corpo de Cristo prosperando. Não estou interessado em enriquecer ou fazer prosperar a instituição Igreja evangélica Geração de Adoradores. Meu sincero objetivo e fundamental motivação é ver cada membro dessa congregação prosperando de maneira plena em todas as áreas, principalmente na área financeira.

2.       Todo avivamento ou despertamento é acompanhado de prosperidade financeira. Uma unção de prosperidade e conquista sinaliza para o mover de Deus. Isso independe do lugar onde estamos. Israel tinha uma promessa de prosperar é isso aconteceu mesmo quando o povo hebreu estava escravo no Egito. Você sabe que o Egito representa o mundo. Os Hebreus estavam no Egito como nós estamos no mundo. Da mesma forma que os hebreus foram blindados contra as pragas do Egito, nós estamos sendo guardados das maldições deste mundo, e podemos prosperar de maneira plena.

3.       Enquete junto aos irmãos:

·         Quantos estão enfermos aqui nessa noite?
·         Quantos estão tristes com alguém porque foram magoados?
·         Quantos estão desanimados?
·         Quem aqui já teve problemas relacionais por causa de dinheiro?
·         Quantos hoje, estão com problemas de ordem financeira?

Jesus adverte que não podemos servir a Deus e a Mamon. Como já mencionei, Mamon é dinheiro elevado à categoria de Deus [Jung Mo Sung]. Poucas coisas têm o potencial de substituir Deus como o dinheiro. O dinheiro é o maior ídolo potencial. Quando o dinheiro é seu escravo, ele se chama dinheiro. Mas quando o dinheiro é seu senhor, ele se chama Mamon. A escravidão ao dinheiro não é privilégio dos ricos. Há ricos para quem o dinheiro é apenas dinheiro, e pobres para quem o dinheiro é Mamon. Depende da maneira como cada pessoas, rica ou pobre, se relaciona com o dinheiro, e do papel que o dinheiro desempenha em sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sabedoria para prosperar em tempos de abundantes chuvas. Pv 1:1-7; 20-33. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 19/01/20

De 3 meses para cá, eu tenho descoberto uma fonte de vida inesgotável através da leitura do livro de provérbios. Eu penso que propositadam...