20170719

Tribulações e problemas produzem unção! 2co 4:7. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 16/07/17

“Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória.” 2Co 4:17

Introdução:
           
A vida do ser humano, e em especial a do servo de Deus alterna-se em períodos de calmaria e de turbulência, passamos fases em que tudo vai bem, tudo que fazemos dá certo. Porém há outros momentos em que tudo vai mal, tudo dá errado, parece até que Deus esqueceu-se de nós.

Há pessoas que dizem: Depois que decidi ser um cristão, a minha vida passou por inúmeros problemas, muitas dificuldades, eu não entendo o porquê de tudo isso.

Jesus disse que neste mundo nós enfrentaremos muitas aflições (lutas e dificuldades).

Depois de sabermos dessa verdade, que teremos muitas lutas pela frente, cabe-nos algumas perguntas:

Ø  Como devemos reagir às situações adversas?
Ø  O que fazer diante das aflições que nos permeiam?
Ø  De que forma sairemos vitoriosos das tribulações que tentam nos tragar?

Estas são perguntas que constantemente eu faço enquanto enfrento as dificuldades, e o que tenho aprendido é que:

As tribulações produzem para nós um eterno peso de glória. As tribulações produzem unção. Agora se as tribulações são geradoras de unção e poder eu não devo desperdiçar as tribulações.

As tribulações e lutas são placas sinalizadoras que no apontam para Deus e sua unção. O surgimento de um problema seja ele qual for, é na verdade a porta da unção. Passar pelos problemas sem sucumbir e nem desfalecer é uma questão de enxergá-los como canais do poder de Deus.

Quando as pessoas desperdiçam a unção e o poder???

Deixe-me mostrar 7 maneiras de você desperdiçar a unção e o poder:

1. Você desperdiçará a unção e o poder caso não creia que isto foi planejado por Deus.

Sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” Rm 8:28

Muitos conhecem esta palavra, mas não podem dizer “sabemos” pois não tiveram revelação. Não murmure contra Deus, pois ele apenas está usando esta situação para abençoar. O que Deus permite, ele o faz por uma razão e um propósito. E está razão é sua vontade e a sua vontade é a melhor para nós. Deus prevê desenvolvimentos moleculares tornando-se cancerígenos, e ele pode deter isto ou não. Ele tem um propósito e por ser infinitamente sábio, é correto chamar este propósito de plano. Satanás é real e causa muitos desprazeres e dores. Mas ele não é a causa primeira nem última. Veja o que Jesus disse: “Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, aquele que é, que era, e que há de vir, o todo poderoso.” Ap 1:8

Deus está no controle de tudo!

Assim, quando o diabo atacou Jó com úlceras (Jó 2:7), Jó atribuiu-as a Deus (2:10), e o escritor inspirado concorda: “e o consolaram de todo o mal que o Senhor lhe havia enviado” Jó 42:11.

Se você não crê que essa tribulação é plano de Deus você a desperdiçará.

Não desperdice a tribulação!

2. Você desperdiçará a unção e o poder caso creia que ela é uma maldição, e não uma bênção disfarçada.

“Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória.” 2Co 4:17

A tribulação é a ante-sala da bênção!

Persevere e não desista!!!

“35 Não lanceis fora, pois, a vossa confiança, que tem uma grande recompensa. 36 Porque necessitais de perseverança, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. 37 Pois ainda em bem pouco tempo aquele que há de vir virá, e não tardará. 38 Mas o meu justo viverá da fé; e se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. 39 Nós, porém, não somos daqueles que recuam para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma.” Hb 10:35-39

3. Você desperdiçará a unção e o poder caso procure descanso em suas forças e possibilidades em vez de procurá-lo em Deus.

“Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus.” Sl 20:7

O plano de Deus em relação a tribulação é despertá-lo para Deus. Geralmente nós buscamos descanso em nossas possibilidades, isso é racional e humano. Para os crentes espirituais, a tribulação é de fato uma ponte que pode nos aproximar mais de Deus.

O plano de Deus é claro em 2Coríntios 1:9 e Jeremias 17:5: “portanto já em nós mesmos tínhamos a sentença de morte, para que não confiássemos em nós, mas em Deus, que ressuscita os mortos”.
“Assim diz o Senhor: Maldito é o homem que confia no homem, que faz da carne o seu braço, e cujo o coração se aparta do Senhor! Jr 17:5

O objetivo de Deus relativo a tribulação (entre várias outras coisas boas) é derrotar a auto-confiança em nosso coração para podermos descansar completamente nele.

1 Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Todo-Poderoso descansará. 2 Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio. 3 Porque ele te livra do laço do passarinho, e da peste perniciosa. 4 Ele te cobre com as suas penas, e debaixo das suas asas encontras refúgio; a sua verdade é escudo e broquel. 5 Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voe de dia, 6 nem peste que anda na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia. 7 Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido. 8 Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios. 9 Porquanto fizeste do Senhor o teu refúgio, e do Altíssimo a tua habitação, 10 nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. 11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. 12 Eles te susterão nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra. 13 Pisarás o leão e a áspide; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. 14 Pois que tanto me amou, eu o livrarei; pô-lo-ei num alto retiro, porque ele conhece o meu nome. 15 Quando ele me invocar, eu lhe responderei; estarei com ele na angústia, livrá-lo-ei, e o honrarei. 16 Com longura de dias fartá-lo-ei, e lhe mostrarei a minha salvação. Sl 91:1-16

4. Você desperdiçará a unção e o poder caso pense que “vencê-la” significa sobreviver e não aproximar-se de Cristo.

Os planos de Deus e os planos de Satanás para a tribulação não são os mesmos. Satanás deseja destruir seu amor por Cristo, enquanto que Deus planeja aprofundá-lo. A tribulação não vencerá se você morrer, apenas se falhar em aproximar-se de Cristo. O plano de Deus é privá-lo do alimento do mundo e satisfazê-lo com a suficiência de Cristo. Isto tem o objetivo de ajudá-lo a dizer e a sentir: “tenho também como perda todas as coisas pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor”. E saber, portanto, que “o viver é Cristo, e o morrer é lucro” (Filipenses 3:8; 1:21).

5. Você desperdiçará a unção e o poder caso gaste muito tempo com ela e não o suficiente com Deus.

Não é errado pensar na tribulação. É bom você considerar a tribulação. Mas, o muito ocupar-se com ela, e a falta de zelo pelo conhecimento contínuo de Deus é sintomático no incrédulo. No Velho Testamento, mais precisamente quando Israel tinha no Tabernáculo a presença de Deus, no meio das guerras, o povo literalmente se voltava para Deus. O exército não se preocupava em guerrear antes de estar diante de Deus. Eles davam as costas para o inimigo e buscavam a face de Deus dizendo: Do Senhor nos virá o socorro!

Na tribulação está a oportunidade de conhecer mais do Senhor: “Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor” Os 6:3

Na tribulação está a oportunidade de acordar para a verdade de Daniel 11:32: “O povo que conhece ao seu Deus se tornará forte, e fará proezas.”

Na tribulação está a oportunidade de tornar-nos carvalhos indestrutíveis e firmes: “antes tem seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e noite. Pois será como a árvore plantada junto às correntes de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cuja folha não cai; e tudo quanto fizer prosperará.” Salmos 1:2,3

6. Você desperdiçará a unção e o poder caso se isole em vez de aprofundar seus relacionamentos manifestando afeição e humildade.

“Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união... porque ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre.” Sl 133:1-3

“É melhor serem dois do que um, porque tem melhor paga dos eu trabalho: se um cair, o outro levanta o seu companheiro. Mas ai do que estiver só, pois, caindo, não haverá quem o levante. Ec 4: 9-10

“Portanto, confessai os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz. Tg 4:16

“Pois onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou eu no meio deles.” Mt 18:20

7. Você desperdiçará a unção e o poder caso se entristeça como quem não tem esperança.

Há uma ordem expressa de Jesus para cada um de nós. Para os momentos de tribulação Ele nos diz: Alegrai-vos e exultai.

10 Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. 11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. 12 Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós. Mt 5:10-12

Saiba que Deus é a nossa esperança, e Ele sempre tenta nos ensinar que devemos esperar nele.

“Esperei com paciência pelo Senhor, Ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor.” Sl 40:1-4

Muitos oram: “Senhor me dê paciência”, mas se esquecem ou não conhecem o que Paulo disse a respeito disso:

“Mas o fruto do Espírito é: Amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.” Gl 5:22-23  

“Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória.” 2Co 4:17

Diante da tribulação devemos ter a certeza de que precisamos mais de Deus, pois ele é o único que pode dar ao homem força para enfrentá-la e capacidade superá-la. (Isaias 33:2). Portanto se você estiver passando um momento de dificuldade, de prova, de tribulação na sua vida, lembre-se de alguns alertas da palavra de Deus:

1. Toda tribulação é passageira e produz um peso eterno de glória.
2. Na tribulação existe o consolo de Deus. 2Co 1:4
3. A paciência é fruto da tribulação. Rm 5:3

Você atravessa hoje um momento de tribulação na sua vida? Está desesperado, não sabe bem o que fazer? A palavra de Deus para tua vida é busque ao Senhor, ore ao Senhor, entregue ao Senhor, diga a ele: “Senhor está luta não é minha, mas ela é tua”. Diga ao Senhor como Jesus disse. Faça-se a tua vontade e não a minha vontade. Creia que Deus não te deixa só. Creia que no momento d’Ele, serás vitorioso, confia no Senhor de todo o teu coração, e passa pelo fogo, porque serás aprovado.

Sejamos como aquele adolescente que deu um passo à frente para desafiar Golias enquanto todos davam um passo atrás. Davi foi o único a ter coragem para enfrentar o gigante. O rei Saul deveria ser o escolhido para lutar contra o herói filisteu, mas ele desperdiçou a tribulação. Além disso, projetou sua falta de fé e coragem em Davi. Ele disse: “Davi você não pode lutar contra esse filisteu, você não passa de um rapazinho e ele tem sido soldado a vida inteira. Ele vai fazer picadinho de você!”.

Ao pensar nisso por um instante é fácil perceber que Saul estava certo em sua avaliação que Davi parecia ridículo ao decidir enfrentar Golias. Se estivesse ali, você também teria dito a mesma coisa a Davi.

É certo que o exército de Isael estava agindo com base na razão e não com base da fé. Quando agimos pela razão tudo o que conseguimos enxergar é o tamanho dos gigantes. Quando agimos pela fé, tudo que conseguimos ver é como gigantes são pequenos se comparados com o tamanho do nosso Deus. O que diferenciou Davi dos milhares que estavam ali naquele dia foi uma fé extraordinária.

Minha humilde sugestão é de que a única maneira de derrotar o gigante que se colocam entre você e a vida para qual você foi criado é uma fé ridícula e extraordinária.

Se você olhar para a tribulação tendo o chão como ponto de partida, os gigantes vão preencher todo o cenário. Em contra partida, quando você olha para a tribulação da perspectiva de Deus, os gigantes tornam-se realmente pequenos.

Olhar para vida parte da perspectiva de Deus, ainda que a fé pareça ridícula é única maneira razoável de viver.

Não desperdice as tribulações, seja fortalecido através delas!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sabedoria para prosperar em tempos de abundantes chuvas. Pv 1:1-7; 20-33. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 19/01/20

De 3 meses para cá, eu tenho descoberto uma fonte de vida inesgotável através da leitura do livro de provérbios. Eu penso que propositadam...