20180118

Não se esqueça de lembrar! Sl 103:1; Ec12:1a. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 14/01/18


“1 Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga ao seu santo nome.” Salmos 103:1

“Lembra-te do teu Criador...” Ec 12:1a

Você já se esqueceu de algo? Os ouvidos que me ouvem já procuraram um celular ou outro objeto que foi esquecido em casa? Controle remoto, molho de chaves, óculos, etc. Sensação terrível é a do esquecimento. Pois, percebemos que temos o algo, um objeto por exemplo, mas não podemos usufruir. O esquecimento sempre nos trás uma sensação de dano, perda ou prejuízo.
Eu me lembro de um irmão que tem cinco filhos, e acreditem, um dia após o culto, ele esqueceu um dos filhos no prédio da igreja.

Do que devemos nos esquecer?

Devemos nos esquecer somente de coisas ruins que nos prejudicam. Sentimentos e experiências negativas devem sim serem esquecidos. Esqueça-se das ofensas, dos males que te causaram. Da acusação do maligno por conta de algum pecado cometido. Essas coisas devem ser deletadas da nossa Memória.

Paulo prosseguia para o alvo esquecendo-se das coisas que não edificavam

12 Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus. 13 Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, 14 prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”Fl 3:13-14

Com exceção de coisas e experiências ruins, o esquecimento pode ser muito danoso. 

No que diz respeito à Palavra, o mesmo principio se aplica.

Palavra de Deus esquecida é Palavra de Deus que pode não ser vivida.
Um dos maiores problemas da Igreja não é apenas a ignorância, mas o esquecimento daquilo que já sabe.

No seu primeiro discurso como líder, Josué disse:

Lembrai-vos da palavra que vos mandou Moisés, servo do Senhor, dizendo: O Senhor vosso Deus vos dá descanso, e vos dá esta terra.” (Js 1.14)

Josué os chama a lembrar porque eles podiam estar esquecendo-se da promessa que já conheciam.
No dicionário a palavra “lembrar” significa: “Trazer à memória, recordar, memorial, estar no pensamento, fazer um memorial.” A Palavra que Deus nos disse precisa estar no pensamento, devemos trazê-la à memória para que possa nos dar ânimo e esperança. Por isso o profeta diz:

“Quero trazer a memória o que pode me dar esperança.” (Lm 3.21)

No contexto de Lamentações, podemos notar o antes e depois na vida de Jeremias. Antes de lembrar das palavras e promessas de Deus, o profeta estava depressivo desejando a morte. Após lembrar-se da promessa, Jeremias é animado e avivado.

Com isso, em outras palavras, o profeta Jeremias está dizendo que a Palavra que está na memória é o que pode gerar em nós, ânimo e esperança.

Abraão não se esqueceu da palavra que Deus havia dado a ele.

Abraão quando manda seu servo buscar uma mulher para seu filho Isaque, se lembra em detalhes da promessa que Deus 40 anos antes havia feito a ele.

1 Era Abraão já idoso, bem avançado em anos; e o SENHOR em tudo o havia abençoado. 2 Disse Abraão ao seu mais antigo servo da casa, que governava tudo o que possuía: Põe a mão por baixo da minha coxa, 3 para que eu te faça jurar pelo SENHOR, Deus do céu e da terra, que não tomarás esposa para meu filho das filhas dos cananeus, entre os quais habito; 4 mas irás à minha parentela e daí tomarás esposa para Isaque, meu filho. 5 Disse-lhe o servo: Talvez não queira a mulher seguir-me para esta terra; nesse caso, levarei teu filho à terra donde saíste? 6 Respondeu-lhe Abraão: Cautela! Não faças voltar para lá meu filho. 7 O SENHOR, Deus do céu, que me tirou da casa de meu pai e de minha terra natal, e que me falou, e jurou, dizendo: À tua descendência darei esta terra, ele enviará o seu anjo, que te há de preceder, e tomarás de lá esposa para meu filho.” Gênesis 24:1-7

Abraão não se esqueceu do que Deus havia falado e por cnta disso foi muito abençoado!

O que Deus tem falado sobre a sus família, trabaçho, ministério???

A lembrança nos fará agir!

Quando você se lembra da algo, um gatilho é disparado para te fazer agir. Exemplo: “Puxa!!! Lembrei de agora pagar aquela conta...”; ou, “Preciso dar um telefonema agora...”. 

Na Bíblia a ideia de lembrar também está associada à realidade de agir

“Lembrou-se Deus de Noé […] fez soprar um vento sobre a terra e baixaram as águas.” (Gn 8.1) “Lembrou-se Deus de Raquel, ouviu-a e a fez fecunda.” (Gn 30.22)

Nossas ações estão de acordo com nossos pensamentos.

Quando a Bíblia usa a figura simbólica de lembrar, em relação a Deus, na verdade está indicando que Ele agiu de acordo com o que estava em sua mente.
Você está se esquecendo do que Deus disse? Das promessas que o Senhor lhe falou? Para responder basta olhar as suas atitudes.

  • Pois um crente que murmura esqueceu que Deus é bom.
  • Um cristão preocupado não lembra que Deus está no controle.
  • Um crente que não adora esqueceu que Deus é poderoso para fazer o que disse que vai fazer.
  • Um cristão que não age de acordo com a Palavra é uma pessoa esquecida da mesma.
Pois, quem realmente se lembra da Palavra, necessariamente, viverá de acordo com ela.

Memoriais são poderosos!

Circuncisão, arco-íris, altares de pedra são apenas alguns dos sinais que foram usados por Deus para que o homem não se esqueça. Até mesmo a instituição da Ceia, Jesus disse que é para fazer em “memória de mim” (1Co 11.25).

Deus assim faz porque sabe a tendência que o ser humano tem de esquecer a Palavra e as obras do Senhor. E dessa forma acaba não usufruindo da Palavra e não agindo de acordo com a vontade de Deus.

É tempo de lembrar. É tempo da Igreja do Senhor agir naquilo que ela já sabe. Pois assim cada cristão poderá viver o poder de Deus nesta geração.

A ingratidão é uma das piores, se não a pior mazela que pode existir no coração de um homem. Se tem algo que o Diabo habita é na ingratidão.


Se olharmos para nossa sociedade veremos a falta de gratidão explicitamente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As três provisões da chuva abundante. Dt 11:14. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 12/01/20

“ darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas , para que recolhais o vosso cereal, e o vosso vinho, e o vosso ...