20180924

Série de Mensagens Metanoia - Parte 7 - Pr. Edenir Araújo - Fatores que adoecem a mente – Esquecimento - Culto de Celebração - 16/09/18


Não se esqueça de lembrar! Sl 103:1; Ec12:1a.

“1 Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga ao seu santo nome.” Sl 103:1

“Lembra-te do teu Criador...” Ec 12:1a

Você já se esqueceu de algo? Os ouvidos que me ouvem já procuraram um celular ou outro objeto que foi esquecido em casa? Controle remoto, molho de chaves, óculos, etc. Sensação terrível é a do esquecimento. Pois, percebemos que temos algo, um objeto por exemplo, mas não podemos usufruir. O esquecimento sempre nos trás uma sensação de dano, perda ou prejuízo.
Eu me lembro de um irmão que tem cinco filhos, e acreditem, um dia após o culto, ele esqueceu um dos filhos no prédio da igreja.

Do que devemos nos esquecer?

Devemos nos esquecer somente de coisas ruins que nos prejudicam.
Sentimentos e experiências negativas devem sim serem esquecidos. Esqueça-se das ofensas, dos males que te causaram. Da acusação do maligno por conta de algum pecado cometido. Essas coisas devem ser deletadas da nossa Memória.
Lembranças nos prendem, pensamentos nos cativam, e devemos nos esquecer de coisas que não nos fazem bem.

Paulo prosseguia para o alvo esquecendo-se das coisas que não edificavam

“12 Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus. 13 Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, 14 prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”Fl 3:13-14
Na nossa mente, algumas coisas nos impulsionam para a frente e nos fazem avançar, enquanto que outras nos prendem ao passado e nos fazem retroceder.
Com exceção de coisas e experiências ruins, o esquecimento pode ser muito danoso. 

No que diz respeito à Palavra, o mesmo principio se aplica.

Palavra de Deus esquecida é Palavra de Deus que pode não ser vivida.
Um dos maiores problemas da Igreja não é apenas a ignorância, mas o esquecimento daquilo que já sabe. Como disse C.S. Lewis: “nosso povo precisa ser mais relembrado do que informado”.
Você já teve o desprazer de ter um pneu furado? E ter um pneu furado à noite? E ter um pneu furado em noite de chuva? E ter um pneu furado em noite de chuva num lugar deserto e perigoso? E ter um pneu furado em noite de chuva num lugar deserto e perigoso, e não ter estepe? Pois é, nós só nos lembramos do estepe quando precisamos dele... Cuidado!... Deus não é um acessório... que tal deixar Deus ser a direção da sua vida? Que tal se lembrar que todos os que são dirigidos pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus?

O primeiro discurso de Josué

No seu primeiro discurso como líder, Josué disse:
Lembrai-vos da palavra que vos mandou Moisés, servo do Senhor, dizendo: O Senhor vosso Deus vos dá descanso, e vos dá esta terra.” Js 1:14
Josué os chama a lembrar porque eles podiam estar esquecendo-se da promessa que já conheciam.
Lembrando do que Deus é, nossa fé é fortalecida. O profeta Isaías recomendou: “lembrai-vos” Is 46:9
No dicionário a palavra “lembrar” significa: “Trazer à memória, recordar, memorial, estar no pensamento, fazer um memorial.” A Palavra que Deus nos disse precisa estar no pensamento, devemos trazê-la à memória para que possa nos dar ânimo e esperança. Por isso o profeta diz:
“Quero trazer a memória o que pode me dar esperança.” (Lm 3:21)

No contexto de Lamentações, podemos notar o antes e depois na vida de Jeremias. Antes de lembrar das palavras e promessas de Deus, o profeta estava depressivo desejando a morte. Após lembrar-se da promessa, Jeremias é animado e avivado.
Com isso, em outras palavras, o profeta Jeremias está dizendo que a Palavra que está na mente é o que pode gerar em nós, ânimo e esperança.

Abraão não se esqueceu da palavra que Deus havia dado a ele.

Abraão quando manda seu servo buscar uma mulher para seu filho Isaque, se lembra em detalhes da promessa que Deus 40 anos antes havia feito a ele.
1 Era Abraão já idoso, bem avançado em anos; e o SENHOR em tudo o havia abençoado. 2 Disse Abraão ao seu mais antigo servo da casa, que governava tudo o que possuía: Põe a mão por baixo da minha coxa, 3 para que eu te faça jurar pelo SENHOR, Deus do céu e da terra, que não tomarás esposa para meu filho das filhas dos cananeus, entre os quais habito; 4 mas irás à minha parentela e daí tomarás esposa para Isaque, meu filho. 5 Disse-lhe o servo: Talvez não queira a mulher seguir-me para esta terra; nesse caso, levarei teu filho à terra donde saíste? 6 Respondeu-lhe Abraão: Cautela! Não faças voltar para lá meu filho. 7 O SENHOR, Deus do céu, que me tirou da casa de meu pai e de minha terra natal, e que me falou, e jurou, dizendo: À tua descendência darei esta terra, ele enviará o seu anjo, que te há de preceder, e tomarás de lá esposa para meu filho.” Gn 24:1-7

A lembrança nos fará agir!

Quando você se lembra de algo, um gatilho é disparado para te fazer agir. Exemplo: “Puxa! Lembrei de agora pagar aquela conta...”; ou, “Preciso dar um telefonema agora...”. 

Na Bíblia a ideia de lembrar também está associada à realidade de agir

“Lembrou-se Deus de Noé […] fez soprar um vento sobre a terra e baixaram as águas.” (Gn 8.1) “Lembrou-se Deus de Raquel, ouviu-a e a fez fecunda.” (Gn 30.22)
Quando a Bíblia usa a figura simbólica de lembrar, em relação a Deus, na verdade está indicando que Ele agiu de acordo com o que estava em sua mente.

Nossas ações estão de acordo com nossos pensamentos

Os pensamentos nos dirigem. Os pensamentos nos dão rumo. Você caminha na direção do que ocupa a sua mente. Pensamentos são poderosas fontes de força e energia, mais do que você imagina. Diferente do que você acredita, você não se move a partir da força dos seus músculos e articulações, mas por causa dos seus pensamentos. Aquilo que você pensa, logo lhe dá rumo e o move na direção dos seus pensamentos. As decisões que tomamos, as ações que manifestamos são produtos dos pensamentos armazenados e ativados na mente, eles definem o seu destino.
Nossos pensamentos podem mudar a maneira como nos comportamos, as decisões que tomamos, e os sentimentos que experimentamos. Eles nos influenciam muito, mais do que acreditamos. Quem não atenta para essa realidade vive à margem dos planos e vontade de Deus.
A pessoa que estamos nos tornando, as coisas que realizamos, a alegria que experimentamos, a realização que almejamos alcançar, dependem dos pensamentos que diariamente alimentam a nossa mente.

Você está com amnésia?

Você está se esquecendo do que Deus disse? Das promessas que o Senhor lhe falou? Para responder basta olhar as suas atitudes.
·         Um crente que murmura esqueceu que Deus é bom;
·         Um cristão preocupado não lembra que Deus está no controle;
·         Um crente que não adora esqueceu que Deus é poderoso para fazer o que disse que vai fazer;
·         Um cristão que não age de acordo com a Palavra é uma pessoa esquecida da mesma.

Pois, quem realmente se lembra da Palavra, necessariamente, viverá de acordo com ela.

Memoriais são poderosos!

Circuncisão, arco-íris, altares de pedra são apenas alguns dos sinais que foram usados por Deus para que o homem não se esqueça. Até mesmo a instituição da Ceia, Jesus disse que é para fazer em “memória de mim” (1Co 11.25).
Deus assim faz porque sabe a tendência que o ser humano tem de esquecer a Palavra e as obras do Senhor. E dessa forma acaba não usufruindo da Palavra e não agindo de acordo com a vontade de Deus. É tempo de lembrar. É tempo da Igreja do Senhor agir naquilo que ela já sabe. Pois assim cada cristão poderá viver o poder de Deus nesta geração.

Davi decidiu dar uma ordem para a sua mente

No Salmo 103, Davi decide assumir o controle de sua vida controlando seus pensamentos. Mesmo não passando por uma boa fase, o salmista decide cercar-se dos atos gloriosos de Deus. A expressão “Bendize, ó minha alma ao Senhor...” é essa decisão de pensar em Deus e sua bondade. A Palavra “alma“ no original é neplesh que pode ser traduzida por: alma, ser, vida, criatura, pessoa, apetite, mente, ser vivo, desejo, emoção, paixão. Podemos dizer que Davi estava dando ordem para sua mente, estava governando seus pensamentos e sentimentos.
A maior parte das pessoas não exercem domínio sobre o que pensam. Passam a maior parte do tempo tendo pensamentos difusos e sem nenhum proveito. Quem não controla seus pensamentos, perde a principal de todas as batalhas, é derrotado na mente. 

O que sua mente focaliza, cria sua realidade.

Don Ward, empresário, comediante e produtor, disse: “A sua mente pode focalizar o medo, a preocupação, o problema, o negativismo ou o desespero. Ou pode focalizar a confiança, as soluções, o otimismo e o sucesso. Você decide!”. Davi sabia dessa verdade, e decidiu dar um rumo para a sua mente.
É fácil queixar-se da vida pensando de maneira negativa, é fácil atentar e reclamar das coisas e experiências ruins que temos. Entretanto, Davi nos ensina que podemos controlar nossas mentes e também nossos corpos em meio às dificuldades. No Salmo, Davi diz sobre o perdão das nossas iniquidades, sobre a cura das nossas doenças, fala sobre o Deus que nos resgata-nos da morte, coroa-nos de favores e misericórdias, sacia de bem nossa boca e nos faz justiça e direito. Recebemos todas estas coisas sem merecer nenhuma delas.
Por mais difícil que seja sua vida, você sempre poderá contar suas bênçãos passadas, presentes e futuras. Quando se sentir atacado por pensamentos caídos e pecaminosos, faça como o salmista e diga: Glorifique ao Senhor ó minha mente! Todo meu corpo adore ao Senhor!

Ajuste sua mente com a mente do Senhor

Alinhar nosso coração e pensamento com os grandes feitos do Senhor é algo imprescindível para sairmos da prisão da ansiedade e do stress. Só assim poderemos avançar no processo de renovação da mente e transformação de vida. Esse é o sentido de levar cativo todo pensamento à obediência de Cristo (2Co 10:4).
Quando nossos pensamentos estão inclinados para o mal, levam ao pecado. Quando focamos nossos pensamentos em Jesus e em Sua graça, fazemos o que agrada a Deus. Os pensamentos de Deus são maiores que os nossos. Deus sabe todas as coisas e seus planos são perfeitos. O Espírito Santo nos ajuda a submeter nossos pensamentos a Deus, aprendendo a ser mais parecido com Jesus.

Quem renova a mente, transforma a vida.

Nós temos poder para governar a nossa mente e pensamentos. Davi nos ensina no salmo 103, 104 e 105, que podemos governar nossos pensamentos. Ainda que alguém esteja mentalmente abalado e desistente da vida, pode encontrar forças no mais íntimo de seu ser, pode dar um novo rumo para a mente e mudar sua vida, sua história, seu destino.
Lemos em lamentações de Jeremias, no capítulo três, que o profeta enfrentava uma grande luta no campo da mente. Dizem os estudiosos que Jeremias estava num processo de depressão profunda esperando a hora da morte. A razão para tal condição era o desespero ou a falta de esperança de Jeremias e seu povo, pois a arca da aliança, onde estava a presença de Deus, havia sido levada para a Babilônia pelo rei Nabucodonosor. Então depois de um profundo lamento, o profeta tem um flash de Lucidez na mente e diz:  
“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.” Lm 3:21
No momento que Jeremias decide pensar diferente, começa a levantar-se das garras da depressão e enxerga novamente o Senhor e Sua bondade.
Pensar com esperança em Deus é a arma mais poderosa que temos. Tenho dito que nossa principal arma é a mente, e nossa munição são os pensamentos CONSTRUTIVOS! Logo após pensar corretamente, Jeremias passa a falar diferente e sua reação é surpreendente.
“22 As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; 23 renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. 24 A minha porção é o SENHOR, diz a minha alma; portanto, esperarei nele. 25 Bom é o SENHOR para os que esperam por ele, para a alma que o busca. 26 Bom é aguardar a salvação do SENHOR, e isso, em silêncio.” Lm 3:22-26
Seu futuro é criado a partir do que você pensa agora. Se você quer um futuro de sucesso, não basta apenas querer, você terá de impregnar o sucesso em sua mente. Quer saúde, impregne sua mente de saúde, quer um casamento prazeroso, impregne sua mente com bons pensamentos a respeito de seu cônjuge. O que você pensa agora é uma semente lançada no campo da mente, que vai geminar, crescer e produzir muitos frutos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

As três provisões da chuva abundante. Dt 11:14. Pr. Edenir Araújo - Culto de Celebração - 12/01/20

“ darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas , para que recolhais o vosso cereal, e o vosso vinho, e o vosso ...